Mapa mental online: saiba agora como fazer o seu

Organizar os processos das tarefas da agência é o ponto de partida para que elas sejam cumpridas com sucesso. Por meio de um mapa mental online, você pode sintetizar informações e facilitar a compreensão da sua equipe. Quer saber como? Continue lendo e conheça outras vantagens e como construir o seu mapa mental agora mesmo!

mapa mental online

A organização é um fator indispensável para o bom desempenho de qualquer tarefa ou projeto — e ela deve começar pelas suas ideias. Nesse sentido, o mapa mental é um poderoso aliado para estruturar as etapas das suas atividades em uma agência de comunicação.    

Além de ajudar no raciocínio, essa ferramenta também facilita o processo de memorização, uma vez que a segmentação das informações melhora o entendimento e assimilação das mesmas. Com um mapa mental online você ganha praticidade e otimiza o seu tempo de trabalho.  

Quer saber mais sobre essa técnica? Confira, neste post, o que é, quais são as suas vantagens e como construir um mapa mental eficiente para o seu dia a dia! 

O que são mapas mentais? 

Criada pelo consultor inglês, Tony Buzan, em 1960, o mapa mental caracteriza-se como uma técnica visual que realiza resumos com símbolos, setas, cores e frases objetivas, a fim de organizar um determinado conteúdo e estabelecer associações entre informações.   

Basicamente, trata-se de um esquema que proporciona uma visão geral de uma atividade, contribuindo para a fixação dos seus pontos mais importantes. A ferramenta permite o registro das informações de maneira concisa, pois tem o formato de um diagrama. Pode-se entender o mapa mental como uma ramificação de galhos com informações objetivas que partem de um conteúdo principal. 

O mapa mental é considerado revolucionário devido ao fato de ter sido criado com base no funcionamento do cérebro, haja vista que esse órgão consegue captar e guardar com maior facilidade os dados que visualiza em desenho ou com palavras-chave. Ele busca representar detalhadamente o relacionamento conceitual que há entre informações que se encontram difusas, fragmentadas e pulverizadas na rotina de uma empresa.  

Na maioria das vezes, a técnica serve para fazer anotação de conteúdos, bem como fazer a gestão de informações, solucionar problemas e memorizar etapas de tarefas. 

Por que eu deveria criar mapas mentais na minha agência? 

A sua agência ainda não está habituada a utilizar a técnica de mapa mental? O uso dessa ferramenta pode ser muito útil para aumentar a produtividade seu negócio. Veja alguns dos principais motivos para fazer mapa mental online em agências. 

Ajuda na organização das tarefas 

Cada tarefa realizada pela agência é composta por processos, sendo que cada um deles tem outras subtarefas. Embora cada projeto atendido tenha as suas peculiaridades, é imprescindível estabelecer a ordem e a forma como as atividades devem ser executadas. 

Levando isso em consideração, o mapa mental é indispensável para as organizações das tarefas da empresa. Isso porque, ele orienta a sua equipe sobre as tarefas a serem cumpridas dentro de um projeto, o que aumenta a sincronia entre os setores da agência e reduz significativamente as chances de erros no resultado final.                                    

Facilita o brainstorming  

O brainstorming é um processo que acontece todos os dias em uma agência de comunicação. A etapa criativa visa gerar e registrar o máximo possível de ideias, dando origem a uma infinidade de possibilidades e soluções inovadoras, que posteriormente são refinadas até que seja identificada a melhor proposta para o tema discutido. 

Como se sabe, o brainstorming é crucial para estimular a criatividade e proporcionar o surgimento de ideias diferenciadas. Por meio do mapa mental, a sua equipe pode registrar e organizar as ideias sugeridas.  

Além disso, nesse processo, a técnica também pode ser usada para determinar quais serão os passos necessários para o desenvolvimento de uma ideia, o que poderá determinar se ela vai ser viável ou não.  

Melhora o processo de visualização de etapas de um projeto 

Ter etapas bem definidas é essencial para que um planejamento seja bem-sucedido, pois assim cada departamento saberá o que, quando e como fazer. Assim sendo, pode-se utilizar o mapa mental para identificar as atividades principais e as suas ramificações dentro de um projeto. 

Quando isso é feito, você disponibiliza, de forma visual, todas as etapas do projeto, facilitando a assimilação da sua equipe sobre o que fazer, o que impacta positivamente o fluxo de trabalho. Uma das principais vantagens dessa ferramenta nesse quesito é a possibilidade de diminuir os níveis de refação, já os funcionários tendem a errar menos.        

Agiliza a tomada de decisões  

Tomar decisões é uma constante em qualquer empresa. E o modo como isso é feito reflete diretamente na qualidade das atividades realizadas pela agência e, consequentemente, na sua reputação no seu nicho de mercado.  

A partir de um mapa mental, você consegue organizar e visualizar as informações sobre uma situação, podendo comparar as alternativas possíveis para tomar a decisão mais adequada para a circunstância.

Quais os passos para criar meu mapa mental? 

Fazer um mapa mental é algo bem simples, pois ele é intuitivo. No entanto, é preciso atentar-se para os seus elementos principais para que a técnica mantenha a sua eficácia. Acompanhe o passo a passo para construir o seu mapa mental. 

1. Defina qual é o tema principal  

Todo o mapa mental tem um desdobramento, iniciando em uma ideia maior que ganha ramificações. Portanto, a primeira coisa a se fazer é definir qual é o tema principal que você irá trabalhar.  

Nessa etapa, também é indicado fazer uma lista com as possíveis ramificações do assunto. Lembre-se que elas deverão ser objetivas.  

2.Reúna informações 

Muito provavelmente, você terá dificuldades para resumir um assunto caso o conheça somente superficialmente.  

Para que isso não aconteça, reúnas todas as informações pertinentes para o mapa mental. Busque entender o assunto, o que e como terá que ser feito. A partir desse embasamento, é mais prático determinar os tópicos importante para o mapa. 

3.Inicie a construção do mapa mental 

Agora que você já tem todas as informações em mãos, é o momento partir para a prática. Saiba como proceder. 

3.1 Escreva ou desenhe o elemento central  

Abra o software selecionado para aplicar a técnica e, no centro da tela, escreva ou faça o desenho do seu tema principal. 

É importante ressaltar que o nosso cérebro não funciona de forma linear. Isso significa que nós podemos nos lembrar de algo de maneira fragmentada e posteriormente vamos nos aprofundando no assunto. Por isso, escrever sobre um assunto seguindo uma linha embaixo da outra e sempre na mesma cor não é funcional para raciocinar sobre a questão.  

Em se tratando do mapa mental, em que você tem um elemento central, você respeita o funcionamento do seu cérebro, podendo adicionar uma nova ramificação sempre que uma informação nova surgir.  

3.2 Desenhe para reforçar as informações 

Para ligar um tópico principal ao outro, faça desenhos, como linhas ou setas, preferencialmente coloridas. Pode-se fazer conexões de até quatro níveis. Quanto menos comum for a estrutura do mapa mental, menos entediado o seu cérebro ficará.  

A nossa memória é visual, logo quanto mais símbolos visuais você utilizar, mais facilidade terá para aprender e assimilar o tema.  

3.3 Utilize palavras-chave 

Um dos maiores erros de quem faz mapa mental é esquecer de utilizar palavras-chave. O mais correto é evitar frases inteiras, usando apenas duas palavras para criar os ramos que conectam as etapas do mapa. Com isso você ocupa menos espaço e elabora um esquema fácil de memorizar.  

4 ferramentas para criação de mapas mentais online 

Inicialmente, os mapas mentais eram feitos à mão. Na atualidade, com tantas ferramentas eletrônicas disponíveis, você pode utilizar plataformas virtuais para criar o seu mapa mental do jeito que quiser. Conheça as melhores opções para utilizar no seu dia a dia. 

1. Creately 

Essa plataforma tem 70 modelos de diagramas, mas somente 5 estão disponíveis para versão gratuita. Os usuários contam com 1000 formas inteligentes para montar mapas mentais criativos.  

Existe a possibilidade de criar formas e conectores por meio de uma só interação. Outro benefício, é permitir a colaboração entre mais de uma pessoa, ou seja, uma equipe inteira pode participar da elaboração do mapa. 

2. MindMeister 

O MindMeister foi projetado para empresas, pois viabiliza a criação de mapas mentais de forma individual ou em grupos com mais de 100 pessoas.  

Uma das suas principais características é a personalização, visto que o usuário pode personalizar os balões individualmente, com a opção de acrescentar links, comentários, tarefas e anexos. Ao final do seu projeto, você pode disponibilizar o mapa em uma apresentação de slides.  

3. Coogle 

Aqueles que optam pelo Coggle podem dar asas para a sua imaginação, já que ele não tem uma estrutura fixa e permite colaboração em tempo real. Aqui, você pode usar inúmeros pontos iniciais. A plataforma está disponível tanto na versão paga quanto na gratuita.  

4. Mind Note 

Nesse programa, você pode simplesmente ‘’jogar’’ as suas ideias e, a partir daí, iniciar a construção de um mapa para organizá-las. Cada arquivo pode ser montado com diferentes recursos, como imagens, palavras, notas e links.  

O seu diferencial é a alternativa de estar o layout inteligente, que emite recomendações de como deixar o seu mapa mais compreensível. Esse ponto é de extrema relevância para facilitar o entendimento das demais pessoas que irão se orientar por meio do mapa mental.  

Como você pode perceber, o mapa mental online facilita desde a organização até o cumprimento das tarefas executada pela sua agência. Afinal de contas, ajuda a simplificar os processos de cada projeto. Sem falar que ele também funciona como uma ferramenta de autoconhecimento na sua rotina de trabalho, pois lhe auxilia a organizar os seus pensamentos, melhorando o seu desempenho profissional. 

Para aumentar a organização das atividades da sua empresa, não deixe de conhecer o Studio, um software de gestão integrada, que conta com o método Kanban, que possibilita a visualização das atividades de acordo com os seus respectivos status (não planejada, planejada, em andamento, aguardando aprovação, e finalizada).

Outro recurso que otimiza o controle das tarefas é o Timesheet, que registra o tempo que cada colaborador gasta em uma atividade e viabiliza ajustes para evitar gargalos entre os setores da agência.  

Gostaria de adquirir novas habilidades e aperfeiçoar as suas qualidades? Descubra como você pode se conhecer melhor!

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Posts Relacionados

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!