Como atrair compradores com o poder do marketing emocional

A emoção é mais do que apenas a cola que mantém juntas relações humanas significativas. É também um fator influente nas decisões de compra dos consumidores modernos. Aqui está o que você precisa saber para fazer o marketing emocional funcionar para seu negócio.

marketing emocional

Não consegue atrair compradores com o poder do marketing emocional?

A emoção é talvez uma das forças mais poderosas quando se trata da natureza humana. Mexa com uma pessoa a ponto de ela sentir algo, e você ganhou sua atenção com sucesso.

Dito isso, não é difícil entender por que as campanhas de marketing digital mais bem-sucedidas também são aquelas que se conectam com as pessoas sobre o que mais importa — seus valores, dores e sentimentos pessoais.

A maioria dos consumidores modernos quer e espera construir conexões pessoais com as marcas das quais compram e cultivar relacionamentos significativos com elas ao longo do tempo.

O marketing emocional é uma ótima maneira de mostrar aos seus clientes que você também quer isso, mas acertar nessa estratégia é uma arte.

Veja como começar na direção certa.

    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    O que é Marketing Emocional?

    Embora a maioria das abordagens modernas de marketing busquem despertar sentimentos nos compradores, pelo menos até certo ponto, estabelecer uma conexão emocional com o público-alvo é o objetivo principal do marketing emocional.

    A ideia é aproveitar essa conexão para convencer o espectador a concluir uma ação, seja comprar um produto, se inscrever em uma lista de e-mails ou qualquer outro exemplo.

    A maioria das iniciativas de marketing emocional se concentra em explorar uma emoção específica.

    Sim, essa emoção pode ser positiva, como alegria, excitação, expectativa ou orgulho. No entanto, muitas campanhas bem-sucedidas também aproveitam o medo, a raiva ou a inveja.

    Se uma emoção pode potencialmente ser forte o suficiente para influenciar a tomada de decisões, você pode confiar que ela tem sido o foco da estratégia de marketing emocional de uma marca em algum momento.

    Por que o marketing emocional é tão eficaz?

    As emoções humanas não são apenas poderosas. Elas tendem a permanecer muito tempo depois de serem sentidas, e podem deixar as pessoas profundamente desconfortáveis ​​se não forem resolvidas. Esse é especialmente o caso de emoções negativas.

    Agir de acordo com uma emoção é uma maneira de conseguir isso, e é exatamente por isso que os anúncios emocionais mostram um aumento de 23% nas vendas em comparação com os anúncios padrão.

    Aqui estão mais alguns fatores que tornam o marketing emocional especialmente eficaz.

    Ele ajuda seu público a se lembrar de você

    Você já notou como algumas de suas memórias mais claras são de experiências que inspiraram emoções poderosas?

    Eles podem ser lembranças felizes, com certeza, mas é provável que você se lembre de algo que o deixou especialmente irritado, com medo ou ansioso.

    A emoção tem uma conexão poderosa com a memória, então eventos, experiências e até anúncios que têm um impacto emocional tendem a ficar com as pessoas.

    Faça com que seu público sinta algo, e eles estarão muito mais propensos a se lembrar de você.

    Ele contribui para impulsionar as vendas

    De acordo com pesquisas, os anúncios que alavancam a emoção humana são 31% eficazes em média, enquanto os anúncios que seguem táticas mais tradicionais são cerca de 16% eficazes.

    Em outras palavras, atingir seu público diretamente é uma maneira bastante confiável de orientar as decisões de compra.

    O marketing emocional fantástico mostra a uma pessoa o que poderia ser possível se ela se tornasse um cliente. Isso ajuda a convencê-la de que seus produtos e serviços podem torná-la mais feliz, saudável, confiante, com menos medo e muito mais.

    Ele estimula seu público a compartilhar

    O que você normalmente faz depois que algo que você viu ou experimentou fez você sentir algo poderoso?

    Se você for como a maioria das pessoas, provavelmente contará a outra pessoa, seja enviando mensagens a um amigo ou compartilhando o conteúdo em questão nos feeds das suas redes sociais.

    As pessoas adoram preencher suas timelines com material que as faça sentir algo. Eles querem passar os sentimentos positivos para os outros e reclamar dos negativos.

    Conteúdo carregado de emoção também é mais provável de desencadear conversas duradouras.

    Ele desperta a fidelização do cliente

    Os clientes que formaram conexões emocionais com as marcas das quais compram são muito mais valiosos do que aqueles que não o fizeram.

    Uma pessoa que se sente conectada à sua empresa é alguém que permanecerá fiel a você ao longo do tempo, voltando a comprar de você várias vezes.

    Os clientes fiéis também são muito mais propensos a recomendar seus serviços para outras pessoas de quem gostam. Eles vão defender você e legitimar os produtos que você oferece, que é o tipo de publicidade que você simplesmente não pode comprar.

    Marketing emocional: melhores práticas e dicas para o sucesso

    Entender por que o marketing emocional funciona e o que ele pode fazer pelo seu negócio é apenas o começo para ter sucesso.

    Confira algumas dicas, truques e boas práticas para garantir que as campanhas que você criar atinjam todas as notas certas.

    1. Adote uma narrativa significativa

    A mente humana adora uma boa história. As histórias são belas maneiras de mobilizar emoções, incentivar a identificação e inspirar a conexão, por isso também são a base de qualquer campanha abrangente de marketing emocional.

    Elas também são uma maneira simples e acessível de vincular a emoção até mesmo ao produto ou serviço mais improvável.

    Sim, você pode fazer isso adicionando narrativas vívidas à sua publicidade e conteúdo da web, mas essa não é a única maneira de usar o storytelling a seu favor.

    Você também pode usar depoimentos de clientes em sua publicidade e adicionar a história sobre o começo da sua empresa na página “sobre nós” do seu site.

    Campanhas de marketing relacionadas à caridade podem ajudar a humanizar sua empresa e dar-lhe um coração pulsante.

    2. Surpreenda seu público e deixe-os curiosos

    Você sabia que é mais provável que você se lembre de uma experiência com precisão se algo o pegou de surpresa?

    Seus clientes são da mesma forma, e você pode usar isso a seu favor.

    Desenvolva novas ideias ou aborde as conhecidas de um ângulo que seus clientes podem não ter percebido antes. Também não custa provocá-los um pouco — apenas o suficiente para deixá-los se questionando sobre o que eles achavam que sabiam.

    É mais provável que eles busquem mais informações sobre sua marca ou sua mensagem principal por conta própria e prestarão mais atenção em você daqui para frente.

    3. Conheça seu público e concentre-se nele

    Não simplesmente assuma que mais sempre é igual a mais quando se trata de alcançar. Um marketing bem-sucedido de qualquer tipo tem a ver com alcançar e nutrir um crescimento sustentável.

    A fidelidade do cliente é a chave para fazer isso, e isso é impossível de alcançar se sua empresa estiver tentando ser tudo para todas as pessoas.

    Uma mensagem incrível que atinge o alvo com um grupo demográfico cuidadosamente selecionado pode não fazer muito sentido se for deliberadamente diluída para que se aplique ao maior número possível de pessoas.

    Você corre o risco de parecer inautêntico em vez de genuíno e valioso. Portanto, certifique-se de estabelecer quem é seu público e desenvolver mensagens de marketing com eles em mente.

    4. Preste muita atenção nos elementos criativos

    Memória e emoção estão fortemente ligadas aos sentidos, então tenha isso em mente ao desenvolver os elementos mais criativos de sua campanha de marketing.

    A cor, em particular, tem um efeito poderoso nas emoções de uma pessoa. Por exemplo, muitas pessoas associam instintivamente o vermelho à excitação ou paixão e o azul à calma, relaxamento ou segurança. Tenha isso em mente ao escolher imagens para destacar o impacto emocional desejado.

    O mesmo pode ser feito com elementos como música ou som.

    Músicas escritas em um tom maior tendem a soar borbulhantes, otimistas e felizes. Mas, em contraste, as melodias em tons menores evocam emoções mais complicadas, como melancolia, introspecção e tristeza. Suas escolhas de tempo, instrumentos e harmonia também são importantes.

    5. Seja sempre autêntico

    Mesmo quando estão bem cientes de que estão assistindo a um anúncio, as pessoas não gostam de sentir que estão sendo vendidas ou forçadas a pegar sua carteira. Em vez disso, elas querem fazer conexões com marcas e empresas que parecem autênticas.

    Elas querem se sentir como mais do que apenas mais uma venda em potencial e precisam saber que você é genuíno antes de fechar um negócio ou confiar em você sua qualidade de vida. Portanto, seja sempre autêntico em seu marketing, especialmente quando quiser explorar as emoções das pessoas.

    Seu público pode identificar uma falsificação a um quilômetro de distância, então um pouco de autenticidade ajuda bastante.

    Conheça os valores fundamentais da sua empresa, entenda onde eles se cruzam com os do seu cliente e seja sincero em suas iniciativas de branding.

    6. Recompense a receptividade com engajamento

    Envolver seus clientes é mais ou menos óbvio quando você administra um estabelecimento comercial físico tradicional.

    Quando eles entram em sua loja, é instintivo cumprimentá-los e garantir que eles se sintam bem-vindos. Mas tudo isso pode ser fácil de esquecer quando você e sua clientela estão em lados opostos de uma tela de computador.

    Uma das maneiras mais potentes de aumentar a eficácia de uma campanha de marketing emocional é devolver o entusiasmo do seu público por completo.

    Crie lealdade comentando, curtindo e compartilhando fotos que seus clientes postam usando e amando seus produtos.

    Responda aos comentários sobre seu conteúdo e tire quaisquer dúvidas que as pessoas tenham. É uma ótima maneira de construir e nutrir uma comunidade com sua marca no centro.

    Ótimos exemplos de marketing emocional na prática

    Quer ver mais de perto como funciona o marketing emocional bem-sucedido em ação?

    Dê uma olhada em como as seguintes marcas abordaram o tema e aprenda com os melhores do mercado.

    Claro, cada exemplo é diferente, mas todos eles pregam a arte de despertar emoções profundas em um público-alvo.

    Coca-Cola

    Desde o início da pandemia, muitas marcas adotaram a publicidade que ajuda a elevar as pessoas e lembrar aos clientes que eles se importam.

    Então, naturalmente, não foi uma surpresa quando a Coca-Cola, uma marca famosa por seu foco na conexão humana e na criação de memórias positivas, aderiu a essa tendência.

    E eles também fizeram certo, possibilitando que seus clientes encomendassem latas de Coca-Cola personalizadas decoradas com mensagens sinceras e as enviassem para seus entes queridos (as latas inspiradoras de edição limitada também apareceram nas lojas).

    As mensagens animadoras até apareceram no lugar do icônico logotipo da empresa, mostrando aos clientes da Coca-Cola que seu bem-estar e conexões emocionais significativas eram mais importantes do que a própria identidade da marca.

    Sheba

    Se você possui um gato (ou já teve no passado), sabe muito bem como nossos amigos felinos são propensos a atividades noturnas turbulentas.

    A marca de comida para gatos de luxo Sheba mostrou a seus clientes o quão bem eles poderiam se relacionar ao serem acordados no meio da noite por um gatinho superzeloso com esta coleção inteligente de canções de ninar às 4 da manhã para donos de gatos cansados.

    As canções de ninar são relativamente simples — sons ASMR (em português, Resposta Sensorial Meridiana Autônoma, calmantes justapostos com imagens adoráveis ​​relacionadas a gatos — mas tiveram um impacto significativo no público-alvo da Sheba.

    A campanha ajudou a pintar a marca como relacionável, elegante e atenciosa — uma combinação perfeita para atrair os amantes de animais que adoram seus animais de estimação.

    E você pode apostar que eles se lembraram de Sheba quando tiveram que comprar comida para seu gato.

    Dollar Shave Club

    Embora explorar emoções negativas relacionadas às dores de um cliente em potencial seja sempre uma abordagem poderosa, é essencial entender como você pode fazer isso sem deixar o cliente se sentindo negativo.

    Este anúncio do Dollar Shave Club é um exemplo perfeito de como fazer isso com sucesso.

    A marca consegue isso abordando frustrações comuns relacionadas ao barbear — como o preço alto que navalhas decentes podem ter — em um contexto bem-humorado e otimista que deixa o espectador se sentindo tudo menos negativo.

    O público genuinamente sente que o Dollar Shave Club pode ser a solução que eles estão procurando: uma empresa que entende quem são seus clientes e se preocupa em salvar o dia.

    Cadbury’s

    Seguindo a mesma linha que a Coca-Cola, a Cadbury iluminou com sucesso a Páscoa de 2021 para seus clientes britânicos e irlandeses com uma divertida caça aos ovos virtual que ajudou entes queridos distantes a se sentirem mais conectados, apesar da pandemia contínua.

    Os participantes tiveram a oportunidade de esconder um ovo virtual gratuitamente em qualquer lugar do mundo por meio de um aplicativo de realidade aumentada compatível com o Google Maps.

    Se quisessem, os usuários também podiam comprar um dos quatro ovos de edição limitada, usando o aplicativo para “esconder” o ovo para um ente querido. Então, uma vez encontrado, o localizador receberia uma versão física desse ovo.

    A campanha ajudou os clientes cansados ​​da pandemia a se sentirem mais conectados aos entes queridos enquanto desfrutavam de um pouco de diversão e nutriam uma conexão pessoal com a marca Cadbury.

    Conclusão: o marketing de sucesso gira em torno de uma grande história

    Em um mundo em que negócios estão voltados cada vez mais para uma conexão pessoal, a capacidade de explorar com sucesso as emoções do público é crucial.

    Aprender as engrenagens do marketing emocional é parte integrante disso, mas também é a capacidade de contar uma história incrível.

    Confira nosso guia completo sobre storytelling para ver mais de perto o que faz parte de uma história convincente.

    Você aprenderá o que torna uma determinada história bem-sucedida, o que pode fazer com que ela falhe, como escolher a história certa para sua campanha e muito mais!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!