Por Gabriel Camargo

Redator freelancer da Rock Content.

Publicado em 27 de agosto de 2020. | Atualizado em 27 de agosto de 2020


O Marketing Holístico é uma estratégia focada na integração entre diferentes áreas de um negócio. Seu objetivo é oferecer uma experiência única para o consumidor e fazer com que ele escolha a sua empresa em vez da concorrência. Com uma visão colaborativa, a tendência é que os seus resultados sejam ainda melhores.

Com mais autonomia na hora de optar por um produto ou serviço — pesquisando bastante a diferença de preço e o custo-benefício oferecido pelas marcas, por exemplo —, os consumidores têm se tornado cada vez mais exigentes. Como consequência, as estratégias de Marketing precisam se adaptar.

Uma forma de acompanhar essas transformações é focar na realização de campanhas e ações mais inteligentes e precisas, e fazer com que estejam, principalmente, todas em sincronia.

Pensando nessa lógica, foi criada a filosofia do Marketing Holístico, que tem como principal objetivo integrar os diferentes setores da equipe em torno de uma mesma meta: crescer como um todo.

A partir da união de diferentes processos do setor, é possível conseguir resultados melhores? Para ajudar você a encontrar a resposta, vamos abordar os seguintes tópicos neste artigo:

Quer entender melhor esse conceito e conhecer quais são os benefícios de adotá-lo em seu plano de Marketing? Continue a leitura deste artigo e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto!

O que é o Marketing Holístico?

O Marketing Holístico é uma estratégia que considera todos os processos de um negócio uma única coisa. De origem grega, entender o termo que dá nome ao conceito pode facilitar: “holos” significa “inteiro” ou “todo”.

Esse conceito, portanto, é aplicado ao Marketing com a intenção de integrar as diferentes partes de uma equipe ou empresa em busca de um mesmo propósito.

Esqueça a divisão por setores, processos separados e diferentes objetivos, a unidade deve prevalecer na estratégia da sua empresa. Assim, todos os departamentos atuam juntos para criar uma ideia positiva e homogênea na cabeça do consumidor.

No fim, o objetivo é garantir que ele escolha o seu produto e/ou serviço em vez das opções oferecidas pela concorrência.

Como isso é alcançado? A partir do entendimento de que a estrutura de um negócio é similar ao corpo humano. O funcionamento só vai ser o adequado se todas as diferentes partes trabalharem juntas com o mesmo propósito.

Com uma visão mais ampla de toda a empresa, se torna mais fácil alcançar bons resultados. Afinal, por que concorrer internamente em um mercado tão disputado?

Na prática, essa filosofia prega que todos os setores devem se concentrar em um único objetivo: entregar a melhor experiência possível ao usuário.

Dessa forma, todas as tarefas, processos e estratégias estão direcionadas — e alinhadas — para essa mesma meta. A ideia é criar ações integradas e ininterruptas, para que o consumidor receba sempre o mesmo tratamento.

Quais são os quatro pilares dessa estratégia?

Para entender melhor essa filosofia, é preciso compreender os pilares que a sustentam. Abaixo, detalhamos o que cada um deles representa.

Confira!

Marketing integrado

Para que o Marketing integrado seja efetivo e cumpra com o seu papel, os 4 Ps do mix de marketing — produto, preço, praça e promoção — deverão atuar de forma sincronizada para passar a mensagem certa ao consumidor.

Quando esses itens estão em equilíbrio, se torna muito mais fácil cativar e exercer influência sobre o seu público-alvo.

Independentemente de ser via marketing digital ou tradicional, variadas ferramentas podem ser utilizadas, como e-mail marketing, sites/blogs, redes sociais, televisão, rádio, impresso etc.

Para descobrir qual vai ser a mais bem-sucedida para o seu negócio, conheça a fundo a sua persona e saiba quais meios surtirão mais efeito para chamar a atenção e conquistá-la.

É imprescindível, de acordo com o marketing holístico, que a mensagem transmitida em cada uma dessas ferramentas seja unificada, verdadeira e condizente com a imagem e valores da empresa.

A cervejaria holandesa Heineken é um exemplo de sucesso. O foco das suas ações e campanhas não é exatamente o seu produto principal — a cerveja.

A ideia é criar diferentes frentes para se aproximar do consumidor, apostando no engajamento e nas relações humanas, uma estratégia completa e, de fato, integrada.

Guia para criação de personasPowered by Rock Convert

Marketing de relacionamento

Podemos definir o Marketing de relacionamento como todas as atitudes adotadas pela empresa que visam criar e conservar um relacionamento positivo com os clientes, de modo a fidelizá-los.

Muitas são as práticas que podem ser empregadas para tornar o seu público-alvo fã da sua empresa e encantado pelos serviços prestados. Dentre elas, podemos citar:

  • oferecer bonificações e a possibilidade de plano fidelidade;
  • prestar um atendimento de qualidade ao cliente;
  • fazer pesquisas de satisfação sobre produtos e serviços;
  • enviar ofertas de produtos do interesse do cliente;
  • mandar mensagens em datas especiais.

O importante é deixar claro para o cliente que ele é importante para o seu negócio e que, ao optar por ele, será beneficiado.

Além disso, não é só o cliente que deve ser contemplado na abordagem dada pelo Marketing de relacionamento conforme o Marketing Holístico.

Você precisa se lembrar também dos seus funcionários, fornecedores e qualquer pessoa que tenha contato direto ou indireto com o seu negócio, prezando sempre pela boa convivência.

Um exemplo prático disso que aplicamos na Rock é a premiação mensal de Customer Hero, focada em reconhecer os colaboradores que mais excederam sua entrega em relação aos clientes.

Dessa forma, promovemos essa conduta de exemplo para toda a empresa, de modo que outras pessoas possam inspirar nessas ações, buscando sempre um relacionamento de sucesso e parceria com nossos clientes.

Marketing de performance

Quer ter a certeza de que as suas ações e estratégias de marketing estão trazendo o retorno esperado? O Marketing de Performance é a resposta!

Por meio dele, você fará o monitoramento de todas as atividades realizadas pelo seu negócio e entenderá qual está sendo o retorno por parte do público-alvo.

A partir da análise das métricas certas, é possível ter noção tanto sobre o retorno financeiro — taxa de perda de clientes, ROI, qualidade do produto etc. — como não financeiro — repercussão ética, legal, social e ambiental das suas ações, satisfação do consumidor etc.

Ao saber esses dados, é possível justificar todos os investimentos feitos em marketing, o que deve continuar sendo feito e o que deve passar por mudanças ou ser eliminado do seu cronograma.

Marketing interno

Termo advindo da administração, o Marketing Interno ou Endomarketing é aquele realizado tendo em vista o público interno da empresa, ou seja, seus funcionários.

São planejadas e promovidas ações, oferecendo benefícios e a infraestrutura adequada para exercer a função, motivando e treinando o trabalhador, para elevar o grau de satisfação e a sensação de reconhecimento pela empresa.

Um funcionário satisfeito tende a se esforçar para prestar um serviço de qualidade, além de dominar todas as informações necessárias a serem passadas ao cliente.

Muitos são os motivos para não deixar o Marketing Interno de lado, mas segundo o Marketing Holístico, você colherá bons frutos, como:

  • retenção de talentos;
  • redução da taxa de turnover;
  • maior conexão entre funcionário e empresa;
  • mais qualidade na comunicação interna;
  • aumento das vendas;
  • alinhamento nos valores e cultura da empresa.

Um exemplo de empresa que sabe trabalhar muito bem com o Marketing interno é a Apple, que conta com verdadeiros embaixadores em seus postos de trabalho. O maior benefício dessa prática, sem dúvidas, é fazer com que cada cliente se sinta mais confortável ao lidar com a marca.

Afinal, não importa se o consumidor está acompanhando uma apresentação de um novo iPhone ou entrando em uma loja para trocar o seu produto. Lembra do que falamos sobre consistência? É exatamente isso que a Apple oferece como resultado do seu trabalho forte internamente.

Employer BrandingPowered by Rock Convert

Quais são os objetivos do Marketing Holístico?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o funcionamento do Marketing Holístico, que tal entender, na prática, quais são os principais objetivos ao adotar esse conceito?

Construção de marca

Para ter sucesso em um mercado tão concorrido e que lida diretamente com consumidores cada vez mais exigentes, é preciso construir uma marca sólida. Mais importante, é necessário ter o reconhecimento do seu público-alvo.

Mas como fazer isso se, internamente, a sua empresa não sabe, por exemplo, quais mensagens e valores transmitir para a persona?

O Marketing Holístico, portanto, contribui para a construção da sua marca e também o seu brand awareness. Ou seja, o reconhecimento que os consumidores em potencial têm em relação a sua empresa.

Sem esse trabalho, mesmo que você ofereça os melhores preços ou produtos de maior qualidade, se torna muito mais difícil conseguir conversões, por exemplo.

Consistência

Não é porque o consumidor teve uma experiência satisfatória com a sua marca que ele vai ser fidelizado. É preciso mais do que isso: consistência é a palavra-chave.

Não importa o momento, o canal ou o motivo, sempre que ele se relacionar com a sua marca, é importante que ele tenha uma mensagem e tratamento similares. O posicionamento da sua empresa deve ser o mesmo sempre.

A partir da consistência, o consumidor consegue enxergar mais valor na sua marca. Para quem deseja se estabelecer no mercado por um longo período, esse é o caminho mais indicado.

É a regularidade que vai permitir a entrega de uma experiência sempre positiva ao usuário. Dessa forma, as chances de retorno são muito maiores, contribuindo, por exemplo, para a fidelização.

Eficiência

Quando todos os setores trabalham em conjunto, a eficiência também aumenta. Afinal, problemas como o retrabalho são consideravelmente reduzidos.

Todos os profissionais da sua equipe passam a registrar um aumento em sua produtividade. Menos tempo realizando tarefas que já foram feitas ou que não vão ser aproveitadas para alcançar os objetivos globais da empresa.

Com menos tempo desperdiçado, o trabalho estratégico é potencializado. As possíveis oportunidades, por exemplo, passam a ser melhor aproveitadas, enquanto ameaças em potencial podem ser mitigadas com estratégias de prevenção.

Na prática, a tendência é que o desempenho de todos os profissionais aumente, com propósitos claros e integrados para um objetivo ainda maior.

Eficácia

A sinergia em torno dos mesmos objetivos proporciona também a maior eficácia de todas as suas estratégias. Quando levamos para o Marketing Digital, por exemplo, as suas campanhas passam a gerar resultados mais expressivos.

A colaboração entre a equipe permite a definição de melhores decisões para os objetivos macros da companhia, sempre se baseando em dados relevantes.

Tudo passa a ser executado com maior precisão. Seja para posicionar a sua marca, seja para a divulgação mais adequada, todas as ações são potencializadas.

Ao final, o objetivo de fortalecer a sua marca na mente dos clientes se torna mais fácil de ser alcançado. Na prática, o ROI (Retorno sobre Investimento) das suas estratégias, em média, tende a crescer cada vez mais.

Powered by Ion Rock Content

Por que adotar uma estratégia holística?

Quando falamos nas principais tendências do mercado, o Marketing 4.0 é uma delas. O seu objetivo é conectar consumidores e empresas. Para isso, é preciso inovar e modificar as abordagens estratégicas na sua companhia. Isso começa pela busca por um melhor desempenho da sua equipe — e da sua empresa —, certo?

O Marketing Holístico pode ser uma das soluções.

Afinal, a integração de diferentes setores e equipes fornece maior precisão para as suas ações. A partir de métricas e análise de dados, o foco das suas estratégias de Marketing passa a ser muito mais adequado para os objetivos finais.

Nada é feito por acaso, tudo é executado como parte de uma meta ainda maior para a sua empresa.

Estratégias executadas sem planejamento, por exemplo, devem ser deixadas de lado. É preciso se concentrar naquelas ações que realmente podem gerar resultados. E isso só vai acontecer a partir da integração entre diferentes setores e equipes.

O Marketing Holístico, portanto, assegura maior embasamento para as decisões a serem tomadas, por exemplo.

Os profissionais de Marketing devem, cada vez mais, trabalhar em conjunto com diferentes áreas e, assim, ter o máximo de informações relevantes para refinar as suas estratégias.

Com a implementação dessa filosofia, todos os processos são otimizados, oferecendo maior precisão para as suas ações e, assim, as chances de alcançar os seus objetivos também aumentam.

Como implementar o Marketing Holístico?

Mas se essa estratégia é tão importante, o que precisa ser feito para colocá-la em prática na sua empresa? A partir de três passos, é possível implementar o Marketing Holístico, veja!

Análise

Como em qualquer estratégia, a primeira etapa para a implementação desse conceito consiste na análise do cenário em que a sua empresa se encontra. Ou seja, o melhor entendimento de quais são os seus principais desafios e oportunidades. 

Realizar uma análise SWOT, por exemplo, pode ser o primeiro passo para ter uma visão mais global acerca dos objetivos e obstáculos da sua empresa.

Além disso, é fundamental aprender o máximo sobre os seus clientes. Os seus desejos, necessidades e principais dificuldades podem guiar as suas estratégias e garantir que elas sejam as mais adequadas para causar o impacto necessário em quem realmente interessa. 

Afinal, é preciso que os objetivos definidos sejam, de fato, o que a sua empresa precisa para continuar crescendo

Baixe o nosso template de apresentação para Análise SWOT

Preencha o seu email e receba gratuitamente:


Criação

Com tudo o que foi coletado na etapa anterior, é hora de transformar informações em táticas e estratégias para inicial o alinhamento das áreas.

É o momento para se colocar no lugar dos seus clientes e entender um pouco mais sobre como eles enxergam o seu negócio e o que é oferecido. A ideia é definir quais vão ser as ações práticas a serem utilizadas.

A partir dos dados e informações relevantes sobre a sua audiência, as suas estratégias podem ser moldadas para atender esse público. Da definição do tom de voz a ser utilizado até os canais que a sua marca vai se fazer presente, é o momento de tirar as ideias do papel. 

Lembrando que é essencial que as decisões sejam tomadas em conjunto para a sincronia na execução.

Entrega

Com o planejamento definido, agora é a etapa de entregar uma nova experiência ao usuário. O mais importante é oferecer algo de valor aos consumidores, que faça com que eles se aproximem ainda mais da sua empresa.

É a hora de construir uma relação mais próxima e, quem sabe, conseguir a tão sonhada lealdade desses clientes.

Lembre-se também de monitorar o que está sendo feito. Afinal, sempre há espaço para realizar melhorias na sua comunicação e planejamento. Por isso, determine alguns KPIs e sempre fique atento ao que está funcionando e o que pode ser aprimorado. 

Receber feedbacks dos clientes também é uma forma de conseguir informações valiosas sobre como melhorar.

Quais são as principais práticas do Marketing Holístico?

Como já falamos brevemente no início deste post, normalmente, um negócio é composto de diferentes setores, alguns deles diretamente relacionados às vendas e divulgação de um produto ou serviço. 

Quando o Marketing Holístico é adotado em uma empresa, setores como vendas, marketing, financeiro e RH passam a atuar de maneira conjunta.

Assim, cada um contribui com suas especificidades para melhorar a performance da empresa. Um conceito muito utilizado quando falamos em Marketing Holístico é o Vendarketing, que consiste na integração entre Vendas e Marketing. 

Afinal, as duas áreas acabam tendo objetivos próximos, certo? Por que não, então, integrá-las para conseguir melhores resultados?

Da mesma maneira, a equipe responsável pelo desenvolvimento do produto, por exemplo, não deve simplesmente executar uma ideia sem embasamento. Aproveitar o conhecimento que os vendedores têm é uma necessidade. 

Assim, é possível refinar o resultado final do que vai ser entregue ao mercado, criando uma solução, de fato, útil para o usuário.

Ou seja, todos os setores acabam se interligando e, mais importante, podem trabalhar juntos para garantir uma melhor experiência ao usuário. Quando as engrenagens estão encaixadas e trabalhando na mesma direção, as chances de sucesso das suas estratégias são muito maiores.

Como você pôde perceber ao longo deste texto, o Marketing Holístico é uma estratégia que está ganhando muita popularidade, principalmente devido à sua capacidade de elevar o diferencial competitivo de uma empresa no mercado

Ao fixar a imagem da marca no pensamento do consumidor, as suas chances de se destacar se tornam muito maiores. Quando planejamento e estratégia são bem definidos, a probabilidade de sucesso da sua empresa aumenta. 

Que tal, então, descobrir como estrutura um plano para aumentar o contato com clientes em potencial? Baixe o ebook e saiba como gerar 10 mil leads com potencial de compra por mês!

Powered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *