O que é preciso para seguir a profissão de revisor?

A profissão de revisor é muito valorizada no mercado editorial, na área acadêmica e na produção de conteúdo publicitário.

Precisando de conteúdo para sua empresa? Encontre os melhores escritores em WriterAccess!

A carreira passou por transformações ao longo dos anos e segue evoluindo para se adaptar às novas demandas de trabalho. Hoje, os novos revisores encontram um campo de atuação maior do que encontrariam há alguns anos.

Pensando nos anos de 2007 ou 2008, por exemplo, seria difícil começar em uma carreira como revisor freelancer e ter a chance de trabalhar com revisão de textos de vários projetos. Não havia muitos blogs e sites à época, e os profissionais da área com alguma autonomia na carreira já tinham trabalhado em agências e colhido referências por onde passaram.

Mas tudo mudou e os revisores que começam a carreira hoje têm a possibilidade de já iniciar como freelancer, se assim o quiserem, e construir um networking do zero.

Seja como freelancer ou não, a função do revisor é praticamente a mesma em todos os casos e vai ganhando particularidades em cada segmento. É o profissional que participa do processo de edição dos textos, sugerindo algo que deva ser adicionado ou removido.

Porém, o seu papel tradicional é o de garantir a correção gramatical dos materiais. O revisor deve fazer a revisão de um conteúdo várias vezes a medida que novas alterações são realizadas, antes que a versão final seja aprovada.

Neste guia, vamos explorar melhor as possibilidades da profissão de revisor e o que é preciso para seguir uma carreira na área. Confira!


    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    Qual é faculdade ideal para ser um revisor?

    O primeiro passo para investir na profissão de revisor é obter a formação acadêmica ideal. Mesmo que frequentar a faculdade não seja uma obrigação para começar a atuar na área de revisão, é uma boa ideia se formar — e alguns motivos podem justificar isso.

    O principal é que os cursos de graduação mais comuns para revisores oferecem uma bagagem de conhecimento sobre a língua que é útil para a profissão, tanto do ponto de vista gramatical quanto da aplicação da língua em diferentes formas de uso.

    O diploma também é um meio de comprovar suas habilidades em determinada área de atuação. Por exemplo, você sabia que papers e livros de medicina precisam de revisão?

    Provavelmente sim, mas não deve ter imaginado que essa revisão precise ser feita por alguém que entenda do assunto. Portanto, até alguém graduado em Ciências Biológicas pode ser um profissional de revisão.

    Por fim, a graduação pode proporcionar suas primeiras experiências na área, como estágios em agências, revistas ou editoras e a troca com outros profissionais.

    Porém, se você ainda não se convenceu de que vale a pena investir em uma formação acadêmica para seguir na profissão de revisor, veja de que forma os cursos mais indicados para a carreira podem ajudar quem está começando.

    Letras

    A oferta de cursos de Letras é grande no Brasil. No entanto, nem todas as instituições de ensino oferecem o curso no grau de bacharelado, opção que costuma abrir oportunidades de estágio para os alunos em empresas de comunicação, como agências e editoras.

    Na grade curricular de Letras, os alunos entram em contato com disciplinas que analisam a fundo os aspectos sintáticos, morfológicos e semânticos da língua. Ainda é possível estudar disciplinas relacionadas aos processos de revisão e tradução de textos.

    O curso de Letras tem a duração média de 4 anos.

    Comunicação Social

    O curso de Comunicação Social é uma formação ampla que tem ênfases que preparam os alunos para carreiras específicas do mercado de trabalho. As ênfases tradicionais de Comunicação Social são Jornalismo e Publicidade e Propaganda.

    A profissão de revisor encontra um lugar nos dois casos. No Jornalismo, o aluno e futuro profissional entra em contato com textos escritos em vários formatos, como reportagens, artigos, roteiros para rádio, TV e outros meios de comunicação.

    Na Publicidade e Propaganda, o aluno aprende os aspectos que estão envolvidos em campanhas publicitárias para meios online e offline. Na produção e revisão de materiais, o aluno aprende a desenvolver os principais tipos de conteúdo para estratégias de marketing.

    Assim como o curso de Letras, Comunicação Social tem duração de 4 anos.

    Produção Editorial

    O curso de Produção Editorial, ou Editoração, tem o foco em ensinar aos alunos as atividades envolvidas nos processos de edição e publicação de livros, revistas, folhetos e outras obras impressas ou digitais.

    Os profissionais formados em Produção Editorial encontram oportunidades em equipes de editoras, revistas, agências e portais de notícias. Para quem é formado, também existe a opção de prestar serviços de produção e revisão de conteúdos como freelancer.

    O curso de Produção Editorial também tem duração de 4 anos.

    Quais são as atividades que o revisor pode atuar?

    Revisores trabalham por trás das câmeras e nem sempre obtêm reconhecimento pelo papel que desempenham. Isso não significa, entretanto, que não existam várias possibilidades de atuação profissional para eles.

    Aqui estão algumas situações em que um revisor pode ser necessário.

    Correção de trabalhos acadêmicos

    A tarefa do revisor acadêmico é garantir a formatação correta da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e fazer a correção gramatical de textos de gêneros científicos, como artigos, monografias, teses, ensaios e dissertações.

    Produção de conteúdo para a web

    revisor de conteúdo para web vai além de um simples corretor gramatical, pois é ele que dá a palavra final se um post pode ser publicado ou se um material rico pode ir para a fase de diagramação.

    Isso envolve analisar a adequação do material à estratégia do cliente, avaliar aspectos de SEO, entre outros critérios cruciais.

    Publicação de livros, revistas e jornais

    Os revisores podem trabalhar com materiais inéditos produzidos por editoras, revistas e jornais, mantendo um diálogo próximo com os editores e os próprios autores durante o processo de revisão.

    Nesse cenário, o profissional deve estar atento aos aspectos gramaticais, à estrutura do texto e às demais adequações que o material precisa cumprir.

    Revisão de traduções

    O revisor de traduções é o encarregado por garantir a clareza, concisão, harmonia e os acertos gramaticais de manuscritos traduzidos de uma língua para outra.

    O profissional deve ter domínio da língua de entrada e da língua de saída da tradução, além de entender quais são os objetivos com o material ali trabalhado.

    O que devo fazer para me tornar um revisor?

    Agora que você já sabe quase tudo sobre a profissão revisor, que tal descobrir o que é necessário para de fato exercê-la? Abaixo, elencamos as dicas mais importantes para que alguém se torne um revisor.

    Ganhar certificações na área

    Além de uma formação acadêmica, algo importante para profissionalizar a carreira é obter as certificações certas. Como revisor, você precisará apresentar evidências de que é capaz de fazer o seu trabalho bem — as certificações indicam exatamente isso.

    A dúvida é uma só: como escolher uma entre milhares de certificações que existem por aí para começar? Há algumas instituições que emitem certificados para revisores. Para fazer a revisão de temas de Ciências da Vida, por exemplo, uma boa ideia é adquirir o BELS.

    BELS é um certificado que garante que você tem a qualificação para revisar artigos científicos de áreas como a biologia e a biomedicina. Já se a sua vontade for trabalhar com a revisão de traduções, uma boa nota no IELTS ou no TOEFL vai ajudar bastante.

    Agora, se você quer se dedicar a revisar conteúdos para a internet, uma certificação em Produção de Conteúdo é a opção mais adequada.

    Nesse caso, você aprenderá no que consiste um material perfeito para a internet e entenderá as particularidades que deve observar durante a revisão.

    Encontrar uma especialização

    A maneira de obter sucesso como revisor é encontrando uma área em que você é especialista. Por isso, é importante reconhecer seus interesses e pesquisar sobre as demandas do mercado para determinada área. Dessa forma, dá para descobrir com o que você mais se identifica e se há espaço nesse setor.

    Depois de definir uma especialização, busque oportunidades de comprovar proficiência nela. Se você já for graduado, por exemplo, uma pós na área pode ser uma boa ideia.

    Diversificar a sua atuação profissional

    Não é recomendável se limitar a uma única atuação como profissionais. Áreas se tornam obsoletas da noite para o dia, e você não vai querer ser o dono de uma locadora na era da Netflix. Então, se esforce para se tornar alguém que consegue se desdobrar em mais de uma área e garanta um fluxo constante de trabalho.

    Aprender a executar outras tarefas, como a edição ou redação, pode fazer uma diferença enorme na sua vida profissional. Seu currículo ficará mais rico, seus clientes terão à disposição uma gama maior de serviços com a qual contar e seus rendimentos certamente também crescerão.

    Se acostumar com as ferramentas

    Um bom revisor domina as suas ferramentas de trabalho. E, atualmente, elas são os editores de texto (Word, LibreOffice, Google Docs) e os dicionários online. Páginas que podem acelerar a sua rotina de trabalho também devem fazer parte dessa lista.

    VOLP (Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa) é uma delas. O Dicionário Criativo é outra. Conheça-as e aprenda a utilizá-las.

    Continuar se atualizando sempre

    Manter-se constantemente atualizado é o que fará de você o revisor ideal. Não estamos falando apenas de coisas como o Novo Acordo Ortográfico — que já não tem mais nada de novo, inclusive. Ler blogs sobre escrita, devorar alguns livros, conversar com profissionais da sua área, frequentar workshops e palestras é tão importante quanto.

    São nessas situações que você será apresentado a novos conceitos, testará suas habilidades e aprenderá coisas novas. Como revisor, o maior pecado que se pode cometer é tornar-se arrogante. Por isso, ser introduzido a novas ideias e estar sempre aberto a aprender com os feedbacks dos seus clientes é fundamental.

    Montar uma biblioteca de suporte

    Já que você escolheu trabalhar como revisor profissional, é necessário investir em um acervo capaz de ajudá-lo a desempenhar seu papel bem. Uma boa ideia é começar, quanto antes, uma biblioteca. Ela pode conter guias gramaticais, dicionários e livros de áreas específicas nas quais você atua.

    Quanto mais rica for a sua biblioteca, melhor. Assim, você terá o que consultar sempre que tiver uma dúvida e poderá ter uma performance melhor no trabalho.

    Encha também a sua biblioteca de livros tradicionais. Afinal, ler bastante é um dos requisitos necessários para se dar bem na sua nova carreira.

    Como conciliar o trabalho de revisão com o empreendedorismo?

    Já pensou em empreender com o que você mais ama? Se a profissão de revisor é a sua praia, saiba que o empreendedorismo é uma possibilidade de fazer sua carreira decolar.

    Porém, como em qualquer outra profissão, o revisor freelancer precisa tomar alguns cuidados para conseguir manter uma boa demanda de trabalho e, se tudo der certo, fazer dos seus serviços uma fonte de renda principal.

    Separamos algumas dicas para conciliar o trabalho de revisão com o empreendedorismo.

    Formalize-se como revisor MEI

    O Microempreendedor Individual (MEI) é o profissional registrado como pessoa jurídica e, por isso, ganha acesso a uma série de benefícios restritos a essa categoria.

    Tornando-se um revisor MEI, você pode, por exemplo, emitir notas fiscais e pagar seus impostos de uma maneira simplificada, por meio de um carnê único a cada mês.

    Sendo MEI, você ainda ganha acesso aos benefícios previdenciários concedidos pelo INSS, como aposentadoria, auxílio-doença e salário-maternidade.

    Para dar entrada na formalização como MEI, é simples. Basta acessar o Portal do Empreendedor, clicar em Quero ser MEI e seguir o passo a passo.

    Invista em marketing pessoal

    A rotina de um freelancer é bem diferente da rotina de um funcionário regular de carteira assinada. Em meio às demandas de trabalho, é preciso sobrar tempo para divulgar seu serviço e estar sempre em busca de melhorar sua imagem perante os potenciais clientes.

    É um esforço contínuo, mas recompensador. A ideia é agregar valor ao seu trabalho, chamando atenção para os serviços que você realiza. Uma dica interessante é criar um perfil no LinkedIn e entrar em contato com outros profissionais da sua área.

    Saiba precificar seus serviços

    Como todo freelancer, um revisor deve aprender a colocar preços no trabalho que executa. Para isso, você pode utilizar algumas ferramentas online, como a Calcularte.

    Conhecer os preços praticados no mercado editorial também pode ajudar. Hoje, é possível verificar isso com uma busca no Google e descobrir quanto ganham outros profissionais do mercado criativo.

    Onde um revisor pode encontrar oportunidades de trabalho?

    Embora existam inúmeras situações nas quais um revisor é útil, encontrar a sua primeira oportunidade pode ser difícil.

    Como em qualquer outra profissão, adquirir experiência para conquistar trabalhos de mais responsabilidade pode se tornar uma situação paradoxal.

    Abaixo, descubra quais são as portas que o revisor pode bater e conseguir uma oportunidade.

    Contatos mais próximos

    Muitas pessoas começam com tarefas simples, como a revisão e a normatização de trabalhos acadêmicos feitos por amigos ou parentes. Tais oportunidades são ideais porque permitem que você comece a colocar em prática o que aprendeu, mas não pode ser o seu único trabalho para sempre.

    Elas podem, no entanto, ajudar você a montar um portfólio. Como vimos, essa ferramenta será imprescindível se você quiser conquistar outras chances de trabalhar na área.

    Grupos em redes sociais

    Com a popularidade de outras redes sociais, o Facebook começou a destacar nos últimos anos os grupos dos quais o usuário faz parte. Essa foi uma forma de manter a rede atrativa para o público. Boa parte desses grupos são úteis para encontrar oportunidades de trabalho para profissionais autônomos, como os revisores. Por isso, aproveite esse canal.

    Você também encontra perfis em outras redes, como o Instagram, que estejam voltados para a divulgação de trabalhos para revisores e produtores de conteúdo. Assim, quando surgir uma oportunidade que tenha a ver com você, basta correr atrás e enviar seu contato.

    Plataformas para trabalhos de revisão

    Quando você estiver seguro das suas habilidades e pronto para começar a pegar projetos maiores, sites de trabalho freelance são uma ótima opção. Neles, você conseguirá desenvolver seus primeiros relacionamentos profissionais, aprenderá como colocar um preço nos seus serviços e experimentará a realidade do mercado.

    Veja alguns dos sites para trabalhar como freelancer e conquistar trabalhos de revisão:

    Essas são plataformas que podem ajudar você a adquirir experiência como revisor e, quem sabe, construir uma carreira como freelancer na área.

    É isso, chegamos ao final do nosso guia. Vimos aqui as faculdades para quem deseja seguir a profissão de revisor, as principais atividades remuneradas e o que alguém precisa fazer para começar na área. Agora, você tem tudo que precisa para desempenhar essa função e encontrar oportunidades de trabalho.

    Quer uma ajudinha nesse começo de jornada? A Rock Content preparou um e-book com um checklist interativa para a revisão de textos. Baixe de graça e aproveite!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo no WriterAccess.

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo em WriterAccess.

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Compre conteúdo de alta qualidade com a WriterAccess.

    Tenha acesso a mais de 15.000 freelancers especializados em redação, edição, tradução, design e muito mais, prontos para serem contratados.

    Fale com um especialista e amplie seus resultados de marketing.

    A Rock Content oferece soluções para produção de conteúdo de alta qualidade, aumento do tráfego orgânico e conversões, e construção de experiências interativas que transformarão os resultados da sua empresa ou agência. Vamos conversar.