Rock Content adquire WriterAccess nos EUA. Saiba mais ->

Organizador de projeto: conheça os 6 principais do mercado e saiba como escolher o ideal

Um organizador de projeto é uma plataforma extremamente útil para as organizações, pois permite gerenciar equipes, definir prazos e metas, integrar dados e atividades, bem como criar fluxos de trabalho que tornam a operação muito mais ágil e transparente. Podem ser disponibilizados em softwares nativos, mas, em geral, são plataformas SaaS.

organizador de projeto

Não importa o tamanho do seu empreendimento, a tecnologia pode ajudar muito na gestão do seu projeto. As plataformas de serviço estão fazendo um tremendo sucesso no mundo inteiro, não apenas por serem uma tendência no mercado, mas por terem se revelado extremamente úteis, o que inclui os tipos de organizador de projeto.

Além de centralizarem todos os dados e pessoas envolvidas no projeto em um ambiente interativo, dinâmico e digital, a maioria delas pode ser acessada tanto por desktop, quanto por celular, permitindo que você e sua equipe permaneçam conectados, mesmo quando estiverem envolvidos com outras atividades.

O maior atrativo dessas ferramentas, porém, é a sua interface. O ambiente visual integrado e organizado facilita muito a execução de tarefas.

Além disso, pelo fato de quase todas elas serem oferecidas em plataformas SaaS (software como serviço), fica muito mais fácil gerenciar equipes remotas, sendo, por isso, fundamentais para empresas que desejam implementar o home office.

Não há dúvidas, portanto, que os organizadores de projeto são essenciais. Mas como escolher um?

Diante de um mercado tão aquecido, é realmente difícil tomar essa decisão, e é por isso que você está aqui. Para ajudar, preparamos uma lista com as 6 opções mais famosas, suas características, prós e contras. É só continuar a leitura para conferir!

    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    1. Studio

    Abrimos a nossa lista com o Studio, o organizador de projetos focado em agências da Rock Content. A plataforma começou como uma solução interna da empresa para gerenciar os projetos dos seus clientes e conectá-los à sua enorme base de freelancers. Entretanto, o projeto deu tão certo que a Rock decidiu disponibilizá-lo para o público, tornando-o mais um produto do seu recheado leque de ferramentas.

    O objetivo do Studio é estruturar processos internos por meio da criação de fluxos de trabalho, gestão financeira e monitoramento de resultados. Como dito, a solução é focada em agências e tem o objetivo de simplificar o gerenciamento de clientes concentrando as suas principais atividades e demandas em um único ambiente.

    Seu visual claro, limpo e intuitivo são pontos positivos. A experiência entregue é bastante agradável e fácil de se familiarizar. Outro ponto importante é que as empresas têm acesso ao time de talentos da Rock Content para integrar a sua produção de conteúdo. Além disso, é muito fácil encontrar orientações e dicas nos materiais disponibilizados pela Rock e em seus canais oficiais.

    2. Jira

    O Jira é um sistema de gerenciamentos de projetos fornecido pela australiana Atlassian.

    Tal como outras plataformas da categoria, ela agrega diversos tipos de dados em uma mesma interface, integra diferentes usuários em fluxos de trabalho e oferece mecanismos de comunicação muito eficientes.

    Entre os destaques do serviço, pode-se citar o seu mecanismo para recuperação de “desastres”. A plataforma salva boa parte do trabalho localmente para evitar perdas em caso de quedas de conexão ou interrupções do servidor. Além disso, oferece um modo inteligente de distribuição de tarefas e também suporte full time.

    O ponto negativo fica por conta apenas da curva de aprendizado do software, que no início pode parecer um pouco confuso, principalmente para quem não está habituado com esse tipo de ferramenta. Implementá-lo para grandes equipes pode exigir um pouco mais de investimento em treinamento.

    3. Artia

    O Artia é um organizador de projetos brasileiro. Oferece tudo o que se espera de um software da categoria, como cronograma, templates de projetos, exibição Kanban, relatórios personalizados e mecanismos de comunicação.

    Uma grande vantagem do serviço é que a empresa oferece uma versão gratuita por tempo ilimitado para testar o serviço à vontade.

    O ponto negativo fica por conta da interface em algumas seções da plataforma. O Artia tem um estilo bem tradicional, que remete aos softwares de planilhas, o que torna a sua experiência menos fluida que a de outras ferramentas.

    Você também pode se interessar por estes artigos:

    4. MS Project

    O MS Project é um organizador de projeto muito popular entre profissionais de engenharia e arquitetura, embora atenda qualquer tipo de projeto. Isso se deve ao fato de seus recursos e sua interface serem especialmente focadas em etapas de planejamento e controle.

    O serviço tem o selo de qualidade da Microsoft, que o disponibiliza dentro de seus pacotes de ferramentas empresariais. Dada a relevância do seu fornecedor, é uma das plataformas de gestão mais usadas do planeta.

    Vale destacar, porém, que o MS Project é um sistema com um direcionamento bastante técnico. Vários recursos exigem treinamento, dos mais avançados aos mais simples, como a personalização de relatórios.

    5. GanttProject

    O GanttProject é uma plataforma gratuita para desenvolvimento de projetos. Existem planos pagos disponíveis que liberam recursos adicionais, mas o foco dos seus criadores está na versão aberta, o que é um ponto muito positivo para quem não pode ou não pretende investir.

    Além do acesso grátis, o GanttProject é relativamente simples de usar, justamente por oferecer poucos recursos.

    É um gerenciador de projetos muito básico e que atende apenas quem precisa de um organizador para seus empreendimentos. Sua interface é também muito antiga e pouco fluida, mas a opção segue sendo interessante para uma opção gratuita.

    6. Bitrix24

    O Bitrix24 é uma plataforma bem completa. Entre seus mais de 35 recursos diferentes, você tem intranet (rede corporativa fechada), chat, calendário com agenda, ferramentas para recursos humanos, CRM e, claro, o gerenciador de projetos.

    O plano gratuito do Bitrix24 é bastante recheado em relação a outros softwares, mas empresas com equipes maiores precisarão recorrer aos planos comerciais. Embora ofereça muitas possibilidades, suas configurações são relativamente longas e complexas.

    A nossa lista com os organizadores de projetos mais famosos fica por aqui. Observe que para escolher o seu, você deve levar em conta a proposta de cada ferramenta e as necessidades do seu empreendimento.

    O ideal é escolher a ferramenta que mais se encaixa com o que procura, para não precisar de soluções adicionais, nem pagar por recursos que não vai utilizar.

    Agora, se você tem ou trabalha para uma agência de comunicação, você precisa conhecer o Studio! Criada por quem mais entende de Marketing de Conteúdo no Brasil, a plataforma é uma solução desenvolvida especialmente para as necessidades desse segmento. Aproveite que está por aqui e saiba mais sobre essa incrível ferramenta da Rock!  

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!