Os 6 principais insights do Content Marketing Conference 2022

principais insights cmc 2022

É sempre importante estar a par das tendências de marketing. Afinal, essa é a melhor forma de avançar no seu negócio e atender às expectativas do seu cliente. Eventos e encontros da indústria são uma das melhores maneiras de se atualizar e gerar insights.

O Content Marketing Conference 2022 (CMC), um dos maiores eventos de marketing de conteúdo do mundo, realizado na semana passada nos Estados Unidos, foi uma verdadeira mina de ouro para profissionais que buscam as melhores estratégias para suas marcas.

O CMC 2022 reuniu os melhores especialistas e pensadores para discutir o estado atual do marketing de conteúdo e suas tendências mais fortes para o futuro. A partir da apresentação de nomes importantes do marketing digital, os participantes puderam ter uma visão compreensível do que deveriam implementar para alcançar resultados de qualidade.

Você está pronto para impulsionar ainda mais o crescimento de seus negócios? Então, confira os 6 maiores insights do CMC 2022!

1. IA dará início a uma nova geração de profissionais de marketing de conteúdo

A escrita com IA já é a norma entre aqueles que querem combinar personalização com alto desempenho. Essa nova realidade é responsável pelo surgimento da próxima geração de profissionais de marketing de conteúdo, de acordo com a palestra de Paul Roetzer, fundador e CEO do Marketing AI Institute.

A IA pode ser usada por redatores para melhorar a personalização e criar experiências de maior qualidade para o público com alta eficiência e crescimento de forma escalável. Em outras palavras, a IA permite que os profissionais de marketing forneçam um conteúdo melhor e mais adequado às expectativas de seu público-alvo com maior rapidez.

A principal diferença entre a geração atual e a próxima de profissionais de marketing de conteúdo será como eles lidam com a IA, de acordo com Paul. Novos profissionais poderão unir seus esforços com a máquina de forma mais inteligente e estratégica.

2. Combinar outsourcing e insourcing é a resposta

O CEO e co-fundador da Rock Content, Diego Gomes, foi entrevistado por Byron White, fundador e presidente da Content Marketing Conference e WriterAccess, em uma conversa sobre crescimento impulsionado por escalabilidade e eficiência.

Segundo Diego, as empresas precisam se adaptar à velocidade com que o marketing evolui. A resposta não está na terceirização ou em times internos separados, mas sim em uma combinação dos dois. Esta é a melhor forma de escalar sua equipe com talento sob demanda.

De acordo com Diego, a Rock Content está continuamente construindo e melhorando sua enorme comunidade de talentos globais, o que lhe permite entregar essa escalabilidade para clientes de diferentes tamanhos.

3. Ser orientado por propósitos gera lucro e impacto

Para as empresas que ainda buscam motivos para priorizar terem um propósito, aqui vai: os clientes preferem se sentir emocionalmente conectados com uma marca, o que gera mais vendas e um impacto mais relevante.

Essa ideia foi trazida pelo empreendedor, autor e filantropo Kuda Biza, que deu uma palestra no CMC 2022 com foco em incentivar as empresas a defenderem algo. Afinal, isso permite que os clientes formem um vínculo sólido com a marca e se sintam motivados a comprar.

Ser orientado por um propósito significa alinhar as ações de sua marca com seu posicionamento. Essa autenticidade é essencial para ajudá-lo a atingir seus objetivos e, ao mesmo tempo, ser valioso para os clientes. Biza acrescentou ainda que o propósito adiciona combustível aos seus objetivos, o que o coloca numa posição de prioridade.

4. Histórias e experiências são essenciais

Com tantos canais de marketing, métricas de desempenho e meios para otimizar suas tarefas, é sempre importante se atualizar sobre o que é realmente importante para o público atual: contar histórias e proporcionar experiências de qualidade.

Durante o CMC 2022, Brittany Hodak, palestrante e autora do livro “Creating Superfans” destacou o mindset que é realmente capaz de conquistar e reter as pessoas: o foco em experiência do cliente ou CX. Segundo Brittany, a maior ameaça para as empresas hoje é causar apatia e indiferença.

Todo cliente tem uma história, que foi o que os levou até você. Sua marca também tem um, que deve inspirar confiança e identificação. Esse pensamento, por sua vez, permite que você aprenda o suficiente para criar experiências que atendam às expectativas do cliente e seja capaz de (super)entregar o que ele precisa.

5. Você pode melhorar seu inbound marketing com um pouco de outbound

Se você está percebendo que seu conteúdo não está ganhando força, pode não ser culpa dele. Em vez disso, seu conteúdo precisa ser implantado em canais mais eficientes para gerar resultados de qualidade, de acordo com o fundador e CEO da MobileMonkey, Larry Kim.

Larry sugere que você deve combinar o melhor dos dois mundos – inbound e outbound – para obter resultados efetivos. Confiar em apenas um (e a maioria das empresas escolhe o primeiro) deixa seus resultados relegados apenas à sorte, e não a processos bem implementados.

Segundo Larry, para 2023 e adiante, as empresas devem considerar adicionar técnicas de outbound ao seu manual. Isso significa melhorar e aumentar a abordagem direta com prospects, mas mantendo seus esforços para tentar atrair clientes com as técnicas de inbound.

6. Use um modelo de marketing que funcione para você

Rand Fishkin, cofundador e CEO da SparkToro, subiu ao palco para falar sobre as melhores estratégias de marketing em períodos de recessão, como a que vivemos atualmente. Momentos como estes podem gerar um planejamento mais conservador por parte das empresas, o que pode acabar prejudicando os resultados.

Existem muitas variáveis ​​em jogo, então modelos visuais podem tornar o processo mais fácil. Em sua apresentação, Rand compartilhou uma estrutura que pode ajudar os profissionais de marketing a decidirem o que priorizar em tempos de incerteza para melhorar seus resultados. O modelo se chama Marketing Flywheel, que, diferentemente do Funil de Marketing (que tem início e fim), foca em um movimento contínuo para as estratégias de marketing.

Rand também acrescentou que o simples fato de um canal de marketing ser bem-sucedido não significa que sua empresa precise estar nele. Em vez disso, sempre observe onde está seu público e seus hábitos mais relevantes online (e offline).

O que vem daqui para frente

Como você viu, o CMC 2022 trouxe vários pontos importantes sobre o estado atual do marketing de conteúdo e para onde ele está indo.

No entanto, aprender sobre essas tendências é apenas o primeiro passo. Afinal, você precisa pegar o que faz sentido para o seu negócio e adaptá-lo de acordo com sua realidade. A melhor abordagem é sempre uma combinação das tendências do mercado com o toque exclusivo do seu negócio.

Quer continuar atualizado com as melhores práticas de Marketing? Então se inscreva na The Beat, o boletim interativo da Rock Content. Lá, você encontrará todas as tendências que importam no cenário do Marketing Digital. Vejo você lá!

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!