Conheça as profissões da área de tecnologia que estão em alta

Descubra por que escolher profissões da área de tecnologia, veja quais são as principais delas e entenda quais habilidades desenvolver.

profissões da área de tecnologia

    O  avanço tecnológico nunca se deu de maneira tão rápida na humanidade quanto nos dias atuais. Isso implica na busca cada vez maior por mão de obra especializada, voltada à inovação e tecnologia. Assim, existem profissões da área de tecnologia que estão em alta atualmente e, agora, você vai descobrir quais são.

    Entender o contexto e a velocidade em que esses avanços ocorrem é de extrema importância para entender como se especializar e se colocar neste mercado. É por isso que trouxemos neste artigo os seguintes tópicos:

      Por que escolher profissões da área da tecnologia?

      Sabemos que descobertas, inovações e tecnologia fazem parte de toda a história da humanidade e que, se chegamos até aqui, foi devido a milhares de milênios de informação e conhecimento acumulado e passado por gerações até o contexto atual.

      A diferença é que, na antiguidade, as primeiras civilizações progrediam a passos ínfimos se comparados aos que damos atualmente. Talvez devido à dificuldade de transmitir essa informação, talvez devido à falta de conhecimentos prévios, talvez devido ao menor tempo médio de vida.

      Fato é que atualmente damos, em um único dia, passos muito mais largos na área da tecnologia do que em milhares de anos na antiguidade.

      Tal fato traz como consequência a busca cada vez maior do mercado por pessoas que possuem habilidades de inovação e que estão trilhando carreiras nas profissões da área da tecnologia.

      Habilidades necessárias para um profissional da área de tecnologia

      Algumas habilidades devem ser desenvolvidas por quem se interessa por tecnologia e deseja atuar nessa área. Afinal, elas serão necessárias na execução das atividades e, por consequência, requisitadas nos processos seletivos para tais vagas. Vejamos quais são as principais:

      Pensamento crítico

      Apesar de muitos acreditarem que a primeira habilidade mais importante é a criatividade, ela, sem pensamento crítico, passa a ser uma tarefa prazerosa de se cumprir, mas tem seu foco disperso e mal direcionado.

      Essa é a opinião dada por Martha Gabriel no workshop Mercado de Trabalho Pós Coronavírus, onde a autora, especialista na área de educação, tecnologia e inovações, discute os efeitos da pandemia na sociedade atual e os impactos sociais nas maneiras de conviver e trabalhar.

      Criatividade

      Não é por que a criatividade não está na primeira posição que ela perdeu sua importância. Como dissemos, se a criatividade for bem direcionada pelo pensamento crítico, será uma de suas ferramentas mais poderosas no meio da tecnologia e inovação.

      Resolver problemas é a base do desenvolvimento tecnológico na humanidade desde que se há relatos. E não há nada melhor do que a criatividade para a resolução de problemas!

      Com criatividade é possível enxergar todas as perspectivas de um mesmo problema, de modo a encontrar soluções originais e disruptivas para o mesmo.

      Curiosidade e atitude ágil

      O profissional que deseja atuar e crescer na área de tecnologia precisa ser curioso e ter coragem para ser proativo e tomar atitudes de maneira ágil e adaptável.

      Isso porque, como já foi dito, essa área está em constante desenvolvimento, e é preciso curiosidade e interesse para acompanhar e entender as novas tecnologias e inovações, além de atitude ágil para aplicar, testar e definir quais delas se aplicam a suas necessidades.

      Comunicação

      Ainda quando se fala na área de tecnologia, muitos têm em mente um preconceito: aquela figura preconcebida caricata de um “nerd”, anti-social que vive isolado, perdido por horas em seus códigos. Mas essa ideia está totalmente enganada.

      Para trabalhar com tecnologia, ter bom relacionamento interpessoal, boa oratória e comunicação assertiva é imprescindível.

      Isto porque, praticamente todas as atividades exercidas na área são realizadas em equipe, seguindo demandas externas e pensando na experiência de usuários e clientes do que se está desenvolvendo

      Foco

      O foco e a concentração são habilidades muito necessárias para estes profissionais. Isto porque, seja devido a sua importância dentro das organizações, seja devido aos constantes bombardeamentos por novidades no mercado, ou por outras distrações, este tipo de profissional tende a sofrer constantes interrupções.

      Se autoconhecer para entender o próprio ritmo e quais gatilhos aumentam e diminuem a própria produtividade, vai proporcionar o foco que as atividades exercidas por estes profissionais demandam.

      Quais profissões da área da tecnologia estão em alta?

      Tendo em mente o contexto em que nos encontramos e as habilidades necessárias para o profissional se destacar neste mercado, é claro que você deve estar ansioso para saber quais são as profissões da área da tecnologia mais requisitadas pelas empresas do ramo. Vamos à elas!

      Programador, Desenvolvedor e Engenheiro de Softwares

      Estas são funções super requisitadas em todas as empresas de sucesso que utilizam da tecnologia como meio para construir, sistemas, plataformas, infoprodutos, softwares, e outras coisas que necessitam de domínio de linguagens de programação e códigos.

      Dentre essas linguagens existem algumas mais utilizadas e mais importantes que estes profissionais devem dominar, são elas:

      • Python: tida como uma das melhores linguagens de programação;
      • C e C++: as linguagens de programação mais populares;
      • Java: linguagem de programação orientada a objetos, mais fácil de aprender que C e C++;
      • JavaScript: linguagem de programação versátil, rápida e atualizada anualmente;
      • Kotlin: linguagem de programação versátil, opera em conjunto com Java no desenvolvimento de softwares para Android;

      Mas saber escrever na linguagem é apenas uma parte do trabalho destes profissionais. É semelhante a saber falar inglês e acreditar que isso vai te garantir um emprego em um país em que essa é a língua oficial.

      Ser um programador, desenvolvedor ou engenheiro de softwares requer o uso do pensamento crítico, somado à lógica e criatividade, aplicados nessas linguagens para chegar a um programa, software ou aplicativo que seja solução para as dores de um cliente ou uma empresa.

      Especialista em Inteligência Artificial (IA) e Machine Learning

      As maiores empresas do mundo vêm realizando investimentos consistentes em recursos humanos e não-humanos para criação e desenvolvimento de tecnologias de Inteligência Artificial (IA) e Machine Learning.

      As aplicações da IA e do Machine Learning vão desde um User Experience diferenciado, até mecanismos de segurança e assistentes pessoais, chegando até mesmo a área da educação.

      Os conhecimentos necessários para atuar nesta profissão também passam pelas linguagens de programação citadas acima, além de Big Data, Matemática, Ciência da Computação e outros.

      Engenheiro DevOps

      Este é o profissional responsável por unir características de desenvolvimento e operações em suas funções e em sua equipe.

      Dessa maneira, o engenheiro DevOps introduz metodologias, ferramentas e processos, de maneira a atender requisitos de todos os âmbitos e de todo o ciclo de desenvolvimento de um software.

      Por isso, ao exercer esta função você participa de decisões e aplicações que norteiam projetos desde a criação do código, passando pela implementação do mesmo e chegando a manutenção posterior, quando esta se faz necessária.

      Existem ainda empresas que utilizam o termo, não somente para definir uma função, mas para definir a cultura da empresa. Isso significa que a empresa como um todo deve ter conhecimento e envolvimento tanto nos processos de desenvolvimento quanto nos processos de operações.

      É uma função que requer muito conhecimento sobre a área de atuação da empresa, além do domínio de habilidades técnicas e, principalmente, não técnicas, já que ele é responsável por integrar equipes e subequipes de uma empresa.

      UX Designer e UI Designer

      User Experience (UI) e User Interface (UI) são áreas que surgiram com a intenção de melhorar a integração da interface humana com a usabilidade de um sistema, melhorando e, se possível, extinguindo todas as limitações existentes entre as duas.

      Dessa maneira, o UX Designer, juntamente com o UI Designer, são responsáveis por identificar e solucionar quaisquer aspectos da experiência entre um indivíduo e um sistema.

      É difícil distinguir exatamente o que é UI e o que é UX, mas uma boa definição é dizer que o UI está mais ligada ao meio com o qual o usuário realiza as suas interações, enquanto o UX está relacionado com o sentimento que o usuário obtém durante essa experiência.

      Os benefícios do investimento nessas áreas tem sido cada vez mais comprovado na prática, com a criação destas áreas em inúmeras empresas. Eles vão desde o aumento nas conversões, fidelização de clientes, maior tempo dentro de plataformas, indicações, redução de custos entre outros.

      Cientista de dados

      Na era da informação, um profissional especializado em lidar com a imensa quantidade de dados que produzimos é de suma importância para toda empresa que almeja obter, tratar e utilizar ao seu favor os dados sobre seus produtos, parceiros e clientes.

      Os cientistas de dados trabalham compilando, filtrando, limpando e extraindo informações de dados das mais diversas fontes. Essas informações embasam a tomada de decisões e o posicionamento de mercado das organizações. Daí a importância destes cargos. E por isso, a alta procura por estes profissionais.

      Este profissional deve possuir conhecimento em linguagens de programação, visualização de dados, data mining, estatística, big data, planilhas e BI.

      Compartilhe

      Inscreva-se em nosso blog

      Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

      Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

      Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!

      Nosso site é otimizado para cada país em que operamos.

      Ir para site em Português ->