SEO e SEM: Qual a diferença entre as duas estratégias?

No Marketing Digital, é fundamental saber como SEO e SEM ajudam a criar estratégias e a gerar resultados. Assim, é possível fazer um negócio crescer, ganhar relevância e autoridade para atrair mais pessoas e, consequentemente, vender muito mais. É preciso, então, entender as similaridades e diferenças desses termos.

Atualizado: 05/08/2022
SEO e SEM: Qual é a real diferença entre eles?

Precisando de conteúdo para sua empresa? Encontre os melhores escritores em WriterAccess!

Quando falamos em estratégias para melhorar a visibilidade das empresas no ambiente digital, temos que considerar duas siglas muito importantes: SEO e SEM. 

SEO é a sigla para Search Engine Optimization, e SEM significa Search Engine Marketing.

Ambas são usadas em complemento, já que são igualmente importantes. Contudo, existem similaridades e diferenças importantes para conhecer, antes de começar um projeto com as duas. 

Por isso, entenda melhor os conceitos, suas semelhanças e diferenças, nos tópicos a seguir.

    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    O que é SEO?

    SEO está ligado à otimização para motores de busca. Trata-se de um conjunto de estratégias internas para melhorar o posicionamento dos sites nas páginas de resultados de buscadores (SERPs). Tudo, de maneira orgânica.

    Ou seja, o site deve naturalmente crescer em qualidade e em relevância, adaptando-se às buscas do usuário, para que o próprio Google entenda isso e o posicione nas primeiras impressões.

    São estratégias internas que focam ajustar tecnicamente o site e apresentar informações úteis.

    É uma forma de atrair atenção dos algoritmos do Google para que seja possível tornar uma página visível para mais clientes. 

    O SEO envolve quatro pilares diferentes: 

    SEO On-Page

    O On-Page diz respeito a otimizações internas, feitas dentro do próprio site, como link building, controle dos títulos, controle de headers e otimização das palavras-chave. 

    Elas seguem princípios para posicionar melhor a página e permitir melhor concorrência nas buscas do Google. 

    É um mix entre o cuidado com o conteúdo (a parte criativa) com certo quesito técnico.

    SEO Off-Page

    O SEO Off-Page envolve atenção com links externos e com a autoridade do negócio, bem como a relação com outras empresas e domínios na rede. 

    Está ligado à área de RP (relações públicas), também.

    Conteúdo

    O conteúdo envolve a parte criativa e informacional, como o texto do site e os blog posts. 

    Deve conciliar a criatividade, a qualidade do texto, o cuidado com as palavras-chave e o olhar técnico, para contribuir com a parte On-Page.

    SEO técnico

    O SEO técnico, por sua vez, é o conjunto de otimizações técnicas e estruturais de um site, incluindo aspectos como velocidade, rastreabilidade de páginas, árvore de links, segurança etc. 

    Envolve, até mesmo, uma conexão com a parte de desenvolvimento web e programação.

    O que é SEM?

    SEM, por sua vez, é o marketing para motores de busca. 

    Engloba uma série de ações para lidar com os motores, buscando posicionar bem um site e conseguir cliques de pessoas interessadas.

    Ou seja, abrange todas as táticas de uma empresa no ambiente de um mecanismo de busca para tentar se destacar. 

    Um dos principais braços do SEM é a mídia paga — são os anúncios e links patrocinados que envolvem investimento direto a fim de aparecer para mais pessoas.

    O SEM é poderoso como o SEO, mesmo que envolva menos articulações. O seu objetivo é mais direto, por isso, requer um cuidado mais específico. 

    Contudo, ainda assim, precisa de um bom copywriting, análise de público-alvo e de palavras-chave, bem como uma análise de dados robusta para entender indicadores e resultados.

    Quais são as semelhanças entre SEO e SEM?

    Vamos começar, de fato, a comparar esses conceitos para solidificar o assunto. Primeiro, vamos explorar as similaridades entre SEO e SEM.

    1. Melhoram visibilidade do site

    Ambas as estratégias são essenciais para melhorar a visibilidade de um site em páginas de resultados. 

    Caso a empresa tenha um site iniciante e invista em SEO e SEM, ela verá resultados claros de aumento de competitividade e de acessos.

    O que provoca isso é, justamente, o fato de que os sites sobem posições nas páginas e são recomendados pelo próprio Google para quem pesquisa algo. Isso aumenta as chances de reconhecimento da marca. 

    As duas táticas fazem isso de formas diferentes, o que exploraremos melhor no tópico sobre as diferenças entre elas.

    2. Aumentam tráfego

    As duas estratégias também ajudam no aumento de tráfego. 

    Ao posicionar melhor as páginas em SERPs, é possível atrair mais cliques das pessoas e impulsionar os acessos.

    Com um mix de bom posicionamento e copywriting, é viável garantir que as pessoas sejam atraídas pelos links. 

    O aumento de tráfego, por sua vez, pode representar mais conversões e mais vendas.

    3. Ajudam na escolha de palavras-chave

    A seleção de palavras-chave é um processo fundamental em ambas as estratégias. 

    Para o SEO, é o ponto de partida de várias das ações de conteúdo e SEO On-Page, por exemplo. No SEM, é imprescindível escolher os termos-chave antes de uma campanha com anúncios.

    Se pensarmos especificamente nas SERPs, isso fica ainda mais evidente. 

    Para que o algoritmo do Google realmente consiga estabelecer um match entre um link e uma pesquisa do usuário, a palavra-chave é o principal fator.

    Por isso, é preciso trabalhar bem com as keywords. Ao entender SEM e SEO, as empresas conseguem amadurecer nesse sentido para, inclusive, captar melhor o que o público deseja e entender como se posicionar no mercado. 

    Quais são as diferenças entre SEO e SEM?

    Agora, vamos explorar as diferenças entre esses conceitos para evidenciar ainda mais suas características.

    1. Anúncios nos SERPs

    SEO envolve tráfego orgânico, ou seja, algo que depende exclusivamente da definição dos motores de busca e das pesquisas feitas pelo usuário, sem investimento pago. 

    Assim, não há anúncios em uma estratégia de SEO — o mais próximo que se tem disso é um link para uma landing page, por exemplo.

    Ou seja, a empresa, normalmente, não desembolsa recursos por ações em SEO (a menos que contrate consultorias especializadas). 

    É possível, inclusive, desenvolver uma estratégia inteira sem precisar pagar externamente por nenhum serviço. Ao seguir o conjunto de boas práticas e técnicas, é viável obter o resultado correspondente. 

    Já no caso de SEM, temos anúncios pagos. A mídia paga, como falamos, é um dos braços fundamentais do conceito, e ajuda a estruturar as táticas para lançar os resultados. 

    É preciso, ainda, pensar nas palavras-chave, no texto para atrair, mas sempre contando com a vantagem de estar bem posicionado antes dos resultados orgânicos.

    2. Pagamento por clique ou impressão

    No SEM, você paga constantemente para exibir anúncios e links patrocinados. 

    Contudo, há uma lógica por trás: o pagamento por clique ou impressão. Você cria uma campanha com certo valor e deve mostrar a um número X de pessoas, ou conseguir um número X de cliques até suprir o valor desembolsado.

    Da mesma forma, pode acontecer também de a empresa não chegar ao valor investido, com menos cliques ou impressões do que o esperado. 

    Nesse caso, pode-se recuperar o dinheiro, a depender da campanha.

    Já em SEO, isso não existe. Os cliques e acessos são gratuitos, pois dependem do trabalho coordenado para subir posições organicamente nas SERPs.

    3. Velocidade dos resultados

    Esse ponto é até mais fácil de entender, considerando o que já falamos. 

    Por conta do investimento em mídia paga, o SEM tende a ser mais rápido e mais focado em curto prazo do que o trabalho de SEO.

    Além disso, você obtém logo um feedback acerca das ações, com uma visão clara do que está certo e errado. 

    A cada ação, a empresa tem acesso aos dados e métricas sobre os resultados, às reações e respostas do público etc. 

    Por outro lado, com o SEO, não é possível obter resultados tão rápidos. É importante considerar que há, inclusive, variações nos acessos e nos números.

    Isso porque é necessário um trabalho coordenado para construir relevância e autoridade de um domínio aos olhos dos mecanismos de busca. 

    Mesmo assim, ao fim de uma estratégia consolidada de SEO, sua empresa dispõe de resultados consistentes, que permitirão planejar novas ações e expandir seu negócio. 

    Como escolher qual utilizar em suas estratégias?

    Em resumo, até aqui: o SEM é o conjunto de estratégias de marketing para motores de busca, incluindo até o próprio SEO. Ou seja, abarca tráfego pago e links comprados, bem como tráfego conseguido de forma orgânica.

    Ambos são fundamentais para o Marketing Digital e para a sobrevivência de uma empresa online. 

    É interessante, inclusive, combinar as duas estratégias e observar resultados consistentes em curto e em longo prazo.

    Contudo, caso precise escolher um, a empresa precisa pensar em seu nicho de mercado, na concorrência e em seu público. 

    É necessário avaliar, sobretudo, a urgência de compra do seu produto/serviço.

    Há casos de produtos que envolvem jornadas mais simples, por exemplo, em que as pessoas não pesquisam tanto antes de comprar e não precisam passar por qualificação de leads e outras etapas. 

    Nessa situação, o SEM pode ser uma boa tática. Em casos de personas mais simples, também é muito bom.

    Porém, há situações em que o SEO é crucial para gerar resultados incríveis. Em situações de jornadas complexas, em que o consumidor pensa bastante antes de comprar um ticket mais alto, o SEO ajuda com conteúdo, com estratégias diferentes para diversas intenções, etc. 

    Além disso, quando é preciso construir credibilidade no mercado ou atrair empresas em uma tática B2B, o SEO é indispensável. 

    Separamos mais alguns artigos que podem te interessar:

    Como vimos, SEO e SEM são estratégias importantes, que podem ser combinadas para gerar resultados poderosos. 

    É preciso entender melhor suas particularidades e diferenças para saber qual escolher para sua empresa.

    Entendeu melhor o assunto? Quer saber mais sobre um aspecto vital do SEO para negócios locais?

    Então leia nosso e-book sobre como definir e estruturar o SEO local para otimizar seus resultados na sua região!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo no WriterAccess.

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo em WriterAccess.

    Gabriel Sacramento Rock author vector
    Redator de Marketing

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Compre conteúdo de alta qualidade com a WriterAccess.

    Tenha acesso a mais de 15.000 freelancers especializados em redação, edição, tradução, design e muito mais, prontos para serem contratados.

    Fale com um especialista e amplie seus resultados de marketing.

    A Rock Content oferece soluções para produção de conteúdo de alta qualidade, aumento do tráfego orgânico e conversões, e construção de experiências interativas que transformarão os resultados da sua empresa ou agência. Vamos conversar.