16 melhores sites de afiliados para aumentar a renda

Descubra os sites de afiliados mais eficazes e aprofunde-se na compreensão dessa estratégia de marketing digital. Nosso artigo fornece uma lista detalhada das melhores plataformas e explora os principais conceitos do mundo do marketing de afiliados, equipando você com o conhecimento necessário para ter sucesso.

site de afiliados

Precisando de conteúdo para sua empresa? Encontre os melhores escritores em WriterAccess!

O mercado de afiliados é um dos responsáveis pela grande popularização do Marketing Digital no Brasil, com destaque para plataformas facilitadoras como Hotmart, Eduzz e Monetizze, que, a exemplo de serviços renomados como o Google AdSense, abriram as portas desse tipo de negócio para o grande público.

Assim como outros segmentos do marketing, os sites de afiliados já foram rodeados de promessas e polêmicas, porém, atualmente, esse método de monetização se encontra muito mais maduro e estruturado em relação aos anos anteriores.

Para ter ideia, de acordo com a eMarketer, mais da metade (58%) dos criadores de conteúdo nos EUA indicam que suas comissões de afiliados representam uma fonte de renda, sendo esta a segunda forma mais popular de rendimento, ficando atrás apenas do conteúdo patrocinado (82%). Além disso, estima-se que os gastos globais anuais com marketing de afiliados alcançarão $14 bilhões.

Neste artigo, além de apresentar os melhores sites de afiliados, vamos abordar assuntos como:


    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    Continue a leitura para ver nossa lista com os melhores sites de afiliados e tudo sobre essa oportunidade de renda extra. Boa leitura!

    1. Hotmart

    Com uma proposta intuitiva e usuários de enorme sucesso no país, a Hotmart, focada no comércio de infoprodutos, se tornou líder do segmento na América Latina e já fecha vendas, por meio dos seus clientes, em mais de 150 países.

    Seu funcionamento é inteiramente inspirado no mercado global de afiliados e, por isso, seu site também exerce um papel educativo para quem está começando. Os produtores contam com uma área exclusiva para hospedagem de cursos e arquivos e os afiliados têm acesso a uma série de recursos de rastreamento e promoção para divulgar os produtos.

    A Hotmart é, provavelmente, a empresa mais comentada do mercado de afiliados, porém, existem concorrentes de peso, como Eduzz e Monetizze, que não podem ser ignorados. Seu destaque, porém, se dá justamente devido à sua popularidade, já que nenhuma outra opção da categoria no país tem tantos produtos e vendedores disponíveis.

    2. Google AdSense

    O Google AdSense é uma das ferramentas de ouro da gigante das buscas e que movimenta marcas e vendedores do mundo todo desde o início de suas atividades. Ele pode não ter sido o primeiro sistema a oferecer esse tipo de serviço, mas, sem dúvidas, foi o responsável por espalhar essa ideia pelo mundo.

    No AdSense, o Google remunera blogs e sites que exibem anúncios dos seus parceiros cadastrados. Existem diversos modelos de pagamento disponíveis, mas o mais popular e simples de todos é feito por clique.

    Por muito tempo esse programa foi sinônimo de monetização na internet e, ainda que muitas outras soluções tenham surgido nos últimos anos, seu papel ainda é extremamente relevante na manutenção de milhões de páginas na internet.

    3. Nuvemshop

    Já conhecida no universo de e-commerce, a Nuvemshop agora conta também com um programa de associados. O processo se baseia nas indicações para novos usuários da plataforma, assim, a cada nova indicação, é possível ganhar o referente às 2 primeiras mensalidades pagas.

    Para fazer parte do programa, basta se cadastrar como associado Nuvemshop, configurar seu link exclusivo e então sair por aí divulgando.

    4. Eduzz

    A Eduzz apresenta funcionalidades muito semelhantes às da Hotmart, ainda que apresente algumas regras e funções exclusivas. Entre suas principais vantagens, podemos citar o maior leque de opções para quem pretende utilizar os recursos da plataforma para comercializar produtos físicos.

    Em relação à confiabilidade e à estrutura, a empresa paulista não deixa nada a desejar em relação à forte concorrente mineira, entretanto, por ainda contar com um público relativamente menor, muitos afiliados e produtores enxergam vantagem em atuar com menos concorrentes diretos.

    Outro benefício que faz com que muitos vendedores optem pela Eduzz é o chamado “Funil Infinito” que impede que os afiliados percam comissões com o passar do tempo. Isso garante que o usuário responsável por levar um lead ao produtor seja comissionado, mesmo quando a venda é realizada após vários meses.

    5. Monetizze

    A Monetizze é a empresa mais jovem entre os sites de afiliados e surgiu com o intuito de resolver as principais queixas dos profissionais do mercado, como o risco de não ser comissionado por uma venda. Nesse sentido, uma de suas funcionalidades mais interessantes é a comissão eterna por leads gerados.

    Outro destaque da Monetizze é que, embora ela tenha menos anos de vida no mercado, seu catálogo de produtos é vasto, principalmente na área de internet marketing, e é possível antecipar parte das suas comissões.

    É claro que, como todas as outras plataformas, existem regras e taxas relacionadas ao serviço prestado. Cabe ao produtor ou ao afiliado analisar os termos e condições de cada empresa para escolher a que melhor funcione para o seu negócio.

    6. Lomadee

    Para negócios que têm como foco principal a comercialização de produtos físicos, um dos sites de afiliados brasileiros mais interessantes é o Lomadee. São dezenas de anunciantes, muitos deles marcas famosas do mercado, organizados em diversas categorias como moda, perfumaria, turismo, eletroeletrônicos e muitos outros.

    A Lomadee conta com um generoso leque de formatos para anúncios e opções exclusivas para os anunciantes, inclusive ferramentas de venda dentro das redes sociais.

    Os critérios para atuar como afiliado nessa plataforma, porém, podem ser um pouco mais restritivos em relação a outros serviços, o que a acaba favorecendo a qualidade geral das suas operações.

    7. Hotwords

    O Hotwords é um programa de afiliados também muito conhecido no Brasil e merece destaque devido às semelhanças com o serviço do Google AdSense, sendo a principal delas o pagamento por cliques.

    A plataforma oferece opções variadas de anúncios e promoções para o vendedor utilizar, e também disponibiliza uma série de modelos de monetização para que o usuário opte pelo que menos afete a estética e a usabilidade de seu site ou blog.

    8. Associados Amazon

    É claro que a gigante do e-commerce não poderia ficar de fora de um modelo de negócio como esse. Associados Amazon é o programa de afiliados oficial da Amazon que permite que seus usuários divulguem produtos, especialmente livros, em sites, blogs e redes sociais.

    As comissões variam de acordo com a categoria, a disponibilidade e a demanda dos produtos, mas, em geral, os resultados costumam ser bastante consistentes, uma vez que o vendedor se beneficia da fortíssima autoridade da marca americana.

    Um dos diferenciais da Amazon é a oportunidade de aumentar as vendas com as promoções criadas pela própria empresa. São diversas datas comemorativas e períodos de desconto em que os afiliados contam novas opções de oferta e divulgação para aumentarem suas vendas.

    9. Afilio

    Afilio é outro site de afiliados que alavanca muitos modelos de negócios. Criada em 2008, seu foco é o marketing de performance que entrega resultados em toda a web e mobile. Isso resulta em mais leads, vendas e exposição da marca. 

    Oferece campanhas com modelos baseados em performance, focados em segmentos e aprovados tanto por bases selecionadas manualmente quanto por bases nacionais e internacionais.

    Também inclui um grande número de afiliados selecionados e aprovados manualmente para cada campanha, com mais de 50.000 no total.

    10. Magalu

    O Magazine Luiza é uma rede popular de varejo brasileira especializada em revistas. Atuam apenas em grandes cidades, facilitando a promoção de estratégias de vendas. Os afiliados têm uma variedade de categorias diferentes para escolher, divididos em níveis iniciantes, bronze, prata, ouro e diamante. 

    À medida que completam determinados objetivos, as comissões sobre as vendas aumentam. Ao atingir o nível Diamante, o afiliado consegue retirar entre 5% a 12% de comissão das vendas dos produtos.

    11. Shopify

    O Shopify é mais um site de afiliados que torna possível navegar, comprar e rastrear pedidos facilmente em um só lugar. Ao utilizar esse programas de afiliados, as comissões de vendas podem chegar a $150 por cliente indicado e convertido. GetResponse integra Shopify como uma ferramenta adicional, facilitando a combinação de duas plataformas poderosas. 

    Ambas as ferramentas trazem grandes benefícios, como iscas digitais prontas para divulgação, marca global forte e bons materiais de apoio. A plataforma também fornece comissões previsíveis e ótimos materiais de suporte.

    12. Shein

    A Shein tem uma série de requisitos que precisam ser atendidos para ser um afiliado. Isso inclui ter um alto número de seguidores em uma das seguintes plataformas: Facebook, YouTube ou Instagram.

    Além disso, os afiliados precisam atender aos requisitos da plataforma em relação ao número de seguidores nas redes abaixo:

    • Cada foto postada deve ter 1.000 curtidas, além de mais 10.000 ou mais seguidores em sua conta do Instagram;
    • Ter 1.000 curtidas ou mais nos vídeos no TikTok e 15.000 seguidores ou mais;
    • Ter mais de 10.000 seguidores no YouTube e a partir de 1.000 visualizações em cada vídeo.

    Para ganhar dinheiro promovendo os produtos Shein por meio do site deles, basta se cadastrar no site e atender às exigências acima.

    13. Udemy

    Udemy é uma plataforma de cursos online conhecida mundialmente. É um dos melhores sites de afiliados para quem se interessa por esse ramo, pois é focado em cursos. Além disso, os afiliados da Udemy podem fazer aulas de treinamento no site. 

    As pessoas que desejam começar um blog ou site na área de treinamento profissional se beneficiam dessa vantagem.

    A plataforma facilita a criação de links e anúncios contextuais, além de permitir monitorar completamente seus anúncios e o desempenho de vendas por meio de uma interface pronta.

    Isso torna muito mais fácil cobrar as comissões que ainda faltam receber.

    14. ClickBank

    O ClickBank é a maior plataforma de produtos digitais do mundo. O sistema de ID do ClickBank permite que qualquer pessoa o use para promover qualquer produto na plataforma.

    Em vez de criar links de afiliados para cada produto, isso permite que o mesmo ID seja usado para qualquer item cadastrado no site.

    15. UOL Afiliados

    Os membros do programa UOL Afiliados podem ajustar seus anúncios para melhor atender às suas necessidades. Isso permite que eles usem o programa para vários produtos oferecidos pela empresa.

    Outros recursos incluem serviços de hospedagem, email marketing e loja online. Além disso, a remuneração acontece por meio da contagem de cliques, que possibilita ganhar dinheiro online.

    16. ThirstyAffiliates

    O ThirstyAffiliates é um plugin gratuito para o WordPress que ajuda blogueiros a administrarem seus links de afiliados. Trata-se de um excelente para impulsionar a divulgação de seus produtos, além de proteger seus links de roubos e incluí-los em seus artigos automaticamente. 

    Com essa plataforma, você pode ganhar até 30% de cada venda feita. Um dos itens mais populares é a licença para sites, que custa US$ 49, e rende US$ 14,90. E a boa notícia é que não há um limite mínimo para sacar os ganhos.

    O que é marketing de afiliados e como eles atuam?

    Depois de ver a lista de site, vale a pena entender um pouco mais dessa estratégia. O marketing de afiliados é uma tática na qual um afiliado promove produtos ou serviços de um produtor em troca de uma comissão por cada venda realizada através de seus esforços de divulgação.

    O afiliado utiliza links específicos que permitem rastrear as vendas originadas de suas recomendações, garantindo que receba a comissão acordada para cada transação concluída. Por exemplo, um blogueiro pode inserir links de afiliados para livros específicos em suas resenhas; quando um leitor clica no link e compra o livro, o blogueiro ganha uma comissão.

    Em essência, o mercado de afiliados nada mais é do que uma modernização das vendas por indicação. Um influenciador digital, por exemplo, atua como um representante de uma marca e é comissionado pelas vendas realizadas a partir do seu público.

    Temos, então, um sistema “ganha-ganha” no qual o produtor é o criador e responsável pelo produto ou serviço ofertado, e o afiliado é o promotor encarregado de levar essa solução para o público e, finalmente, fechar vendas.

    A partir daí temos a origem do termo “afiliado” que descreve a pessoa que faz parte de uma sociedade. Isso significa que, em essência, produtores e afiliados são sócios, ainda que os sites de afiliados permitam esse tipo de negócio sem a necessidade de acordos e contratos legais.

    Sendo assim, se você conta com um público sólido nas redes sociais ou em um blog, por exemplo, ser um afiliado pode ser uma excelente oportunidade de monetizar o seu tráfego e auxiliar empresas parceiras.

    Como funcionam os sites de afiliados?

    Os sites de afiliados são a grande novidade no chamado Marketing de Afiliação, ainda que já marquem presença na internet há muitos anos. O principal propósito dessas plataformas é gerenciar as transações promovidas pelos afiliados e seus respectivos produtores.

    Há pouco mais de uma década, as vendas por recomendação pela internet eram realizadas de maneira manual. As empresas precisavam verificar suas vendas uma a uma, visando a identificar quais eram feitas a partir dos seus parceiros, para, então, repassar as comissões.

    Hoje, porém, esse tipo de operação é impensável. Os sites de afiliados rastreiam as vendas a partir de cookies, plugins e links especiais para garantir que cada afiliado seja comissionado automaticamente pelas vendas que promoveu.

    As regras variam entre as plataformas, mas, em geral, a automação de marketing trouxe muito mais confiabilidade e precisão a esse tipo de negócio, consequentemente atraindo muito mais pessoas e empresas interessadas em aumentar o alcance dos seus produtos ou fazer renda promovendo outras marcas.

    Quem pode ser um afiliado?

    Uma das grandes oportunidades que os sites de afiliados trouxeram para o mercado acabou se tornando um dos seus pontos mais polêmicos, principalmente nos primeiros anos de atuação dessas plataformas, quando o conhecimento sobre Marketing Digital no Brasil ainda se encontrava bastante restrito.

    Na maioria dos sites de afiliados, basta realizar um login com CPF para ter acesso ao catálogo de produtos da empresa, gerar links e começar a anunciar. Não são exigidas capacitações específicas ou CNPJ, por exemplo, e o acesso é amplo e livre.

    Naturalmente, esse estímulo ajudou a atrair milhares de curiosos seduzidos pela suposta “facilidade” de fazer algum dinheiro na internet com mínimos esforços. Anúncios e promoções realizados com poucos critérios e uma verdadeira pulverização de ações simplistas acabaram afetando a credibilidade do sistema, porém, ao longo dos anos a situação melhorou.

    Ficou cada vez mais claro que para obter lucros com os sites de afiliados era necessário investir em tráfego, relacionamento e estratégias de marketing estruturadas, como o Outbound e Inbound Marketing. Ou seja, estamos falando de um negócio de verdade que exige capacitação, recursos, planejamento e profissionalismo.

    Profissionais autônomos e empresas podem atuar de diferentes formas. Os influenciadores e produtores de conteúdo são os mais conhecidos, mas há também a possibilidade de firmar parcerias entre diferentes organizações que concordam em se promover mutuamente.

    Qual a diferença entre anunciante, afiliado e cliente?

    Em todo site de afiliados, existem três elementos indispensáveis para que os processos aconteçam sem problemas: o anunciante, o afiliado e o cliente. Veja com mais detalhes como eles funcionam a seguir.

    Anunciante

    Consiste no dono do produto ou serviço fornecido, seja por uma empresa ou um único profissional. Para criar uma grande rede de afiliados, ele emprega os serviços de uma plataforma de afiliação.

    Uma vez contratada, esta plataforma facilita a criação de um movimento de promotores. Desse ponto de vista, ele pode divulgar seu produto para um público amplo.

    Afiliado

    O afiliado divulga ao público informações sobre o produto ou serviço de uma empresa em troca de compensação. Pode ser usado por um indivíduo ou uma empresa e geralmente é acompanhado por um anúncio baseado em comissão. 

    Ele monetiza o conteúdo usando estratégias de marketing digital em sites, blogs e canais de mídia social. Quanto mais segmentado for o conteúdo, melhor suas estratégias funcionam para ganhar dinheiro. Isso porque ele promove produtos que se encaixam no nicho em que está focado.

    Cliente

    A principal força motriz por trás de qualquer site de afiliados bem-sucedido é o cliente. São eles que determinam a eficácia da plataforma de afiliados, o que resulta em ganho monetário tanto para o anunciante quanto para o afiliado.

    Vale ressaltar que é importante nutrir um bom relacionamento entre o anunciante e seu afiliado. 

    Conclusão

    Ambas as partes precisam manter contato próximo para discutir seu progresso e encontrar novas maneiras de melhorar. Trabalhar em conjunto também os ajuda a produzir conteúdo e promoções de alta qualidade das quais ambas as partes podem se orgulhar.

    Um bom lugar para começar pode ser combinando os esforços de anunciantes e afiliados na produção de conteúdo online.

    Essas, porém, são apenas algumas sugestões de sites de afiliados para você utilizar, já que existem diversos outros programas disponíveis por aí.

    O que podemos dizer, de maneira geral, é que os resultados dependem de uma série de fatores, entre eles o relacionamento com o seu público e a geração de tráfego por meio de uma boa estratégia de SEO.

    Se você pretende investir no marketing de afiliados, não deixe de ler nosso artigo sobre SEO para afiliados e descubra a melhor maneira de promover seus links na internet!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo no WriterAccess.

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo em WriterAccess.

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Compre conteúdo de alta qualidade com a WriterAccess.

    Tenha acesso a mais de 15.000 freelancers especializados em redação, edição, tradução, design e muito mais, prontos para serem contratados.

    Fale com um especialista e amplie seus resultados de marketing.

    A Rock Content oferece soluções para produção de conteúdo de alta qualidade, aumento do tráfego orgânico e conversões, e construção de experiências interativas que transformarão os resultados da sua empresa ou agência. Vamos conversar.