Como encontrar um nicho para trabalhar como copywriter

A carreira de copywriting valoriza quem domina áreas específicas de mercado. Além da importância de nichar sua atuação, podemos conversar também sobre os setores que mais contratam e como você pode se destacar nesses mercados.

Como encontrar um nicho para trabalhar como copywriter

Quem pensa em trabalhar como copywriter e produção de conteúdo web em geral costuma ter sempre a mesma dúvida no início: sobre o que eu posso escrever para conseguir mais jobs?

Embora não exista uma área específica que garanta o seu sucesso, nichar a sua produção de conteúdo pode ser a melhor decisão para se destacar no mercado.

Quer entender por que trabalhar em nichos é tão interessante para quem começa na carreira e quais são os principais atualmente? Neste post, eu conto tudo sobre o assunto. Vem comigo!

Entenda a importância do nicho de mercado

Antes de partir para os nichos que mais contratam copywriters atualmente, eu queria conversar com você sobre o porquê de trabalhar dessa forma, pelo menos no início.

Escolher alguns nichos e se imergir neles é uma maneira de focar sua carreira e tornar seu trabalho mais consistente rapidamente. Como isso acontece? Veja algumas vantagens de nichar que demonstram a importância dessa atitude para copywriters.

Destacar seu trabalho como referência

Quando empresas e outros clientes buscam copywriters, sempre vão priorizar quem é destaque na sua área de atuação. Um e-commerce não precisa de alguém que saiba muito de construção civil, por exemplo. Quanto mais específico for o conhecimento melhor para eles.

Ou seja, nichar pode até fechar algumas portas em assuntos que você não domine, mas faz você se destacar naqueles que entende muito. Virar referência é uma garantia de jobs constantes e consolidação para a sua carreira.

Agilizar a produção

Quanto mais você domina um assunto, menos precisa pesquisar sobre ele. Muitos copywriters não vão admitir, mas é ótimo chegar ao ponto em que você pode até ignorar algumas referências vindas do cliente porque de cara já sabe exatamente o que escrever.

Cada conhecimento adquirido corta minutos de pesquisa e agiliza seu trabalho. Assim, dá para entregar conteúdos mais rápido e atender mais clientes simultaneamente.

Desenvolver conteúdos mais profundos

Outra vantagem de focar em um nicho é que cada vez que você domina uma camada dele, pode passar para as próximas, mais profundas e complexas.

Isso faz os conteúdos ficarem mais úteis para a persona que lê e, principalmente, mais único em relação à quantidade de textos produzidos que não passam da superfície do tema.

Cobrar mais caro

Se você produz conteúdos mais profundos em prazos menores e vem se tornando uma referência naquele nicho, seu trabalho começa naturalmente a ser mais valorizado.

Isso mesmo, quem se especializa pode cobrar mais caro! Afinal, o cliente sempre prefere pagar mais se isso significa um trabalho consistente e efetivo para seus objetivos. Copywriting é um investimento com grande retorno e eles sabem disso.

Conheça os principais nichos que contratam copywriter

Não existem nichos que são melhores ou piores para se trabalhar como copywriter. Porém, a própria dinâmica de mercado faz com que alguns setores estejam mais ou menos aquecidos e isso afeta a demanda por trabalho. Veja os que mais contratam atualmente.

E-commerce

O e-commerce, com certeza, é um dos nichos mais interessantes para copywriters. Com todo seu processo de atração e venda acontecendo no meio digital, uma loja virtual precisa de conteúdo para criar esse vínculo com o público e engajar.

O interessante aqui é que você pode aplicar quase qualquer tipo de conhecimento a essa realidade. Afinal, um e-commerce pode vender de tudo. Quem se destaca no setor, portanto, é quem sabe unir a categoria de produto ao conhecimento dos hábitos de consumidores online.

UX

Experiência do Usuário (UX) é um tema nas reuniões da maioria das empresas atualmente. Com a transformação digital, é a busca por experiências em sites, aplicativos e redes sociais que engajem e fidelizem seu público.

Por ser um assunto tão novo e importante, muita gente busca informações sobre UX. Saber escrever sobre o tema é garantia de muito trabalho.

Tecnologia

A tecnologia em geral está gerando muita demanda exatamente por que ela está se inserindo de vez na vida de pessoas e empresas. Nós não vivemos mais sem tecnologia, o que levanta questões práticas e de segurança.

Ser copywriter de tecnologia é trabalhar em um nicho mais técnico, que exige mais precisão nas informações. Mas é também um que valoriza muito quem sabe produzir conteúdos de qualidade.

Educação

Outro setor que vem sendo transformado nos últimos anos é a educação, que está cada vez mais assimilando a internet em seus métodos. A demanda por conteúdo de educação para profissionais e estudantes só aumenta.

Moda

A moda nunca vai deixar de ser um nicho interessante para copywriters. Afinal, todo ano suas referências mudam, novidades surgem e não falta trabalho para produção de novos conteúdos. Sem contar que é uma área muito cativante de produzir.

Decoração

Seguindo o mesmo contexto do nicho de moda, a decoração é um tipo de área em constante atualização e, por isso, sempre aquecida. E vem crescendo ainda mais nos últimos anos, com a popularidade de programas de reforma e de redes sociais que inspiram como o Pinterest.

Entretenimento e cultura

O copywriting em entretenimento e cultura geralmente é mais voltado para hard news, aquelas notícias diárias sobre lançamentos e produções. Portanto, é um perfil diferente para sua carreira, mas que também está sempre contratando.

Aprenda a se posicionar como especialista em copywriter

Independentemente do nicho que você escolher, carreiras consolidadas de copywriting passam sempre pelo desenvolvimento das mesmas habilidades básicas.

Então, vamos conversar um pouco mais sobre elas? Veja como investir em você para melhorar a atuação em nichos e se posicionar como uma referência neles.

Invista nos seus interesses

Mesmo que existam nichos mais ou menos aquecidos, a qualidade do seu trabalho sempre vai vir das suas afinidades. Não adianta nada apostar em uma área com muita demanda se você não gosta do assunto ou tem dificuldade de entendê-lo.

É melhor investir nas áreas que você gosta e tem afinidade. Se você tem prazer de escrever sobre aquilo, isso vai transparecer no seu conteúdo e gerar mais valor para o seu trabalho.

Consuma todo tipo de conteúdo relacionado

Se você definiu os nichos que quer atuar, é hora de deixá-los fazerem parte da sua vida. Assine conteúdo sobre, siga perfis em redes sociais na área, faça pesquisas constantes de notícias e novas informações. Isso dá mais dimensão ao trabalho e agiliza a produção.

Aprofunde-se em temas adjacentes

Você gosta muito de escrever sobre tênis, por que não aprender um pouco também sobre chinelos? Eu dei um exemplo bobo, mas é para você entender como nem sempre sua cabeça precisa focar em uma coisa só.

Vários desses nichos são adjacentes a outros assuntos: moda e decoração, UX e Design, E-commerce e Marketing Digital. Quando sentir que já domina uma área, comece a expandir horizontalmente sua capacidade de criar conteúdos.

Pesquise o trabalho de competidores

Para se destacar em um nicho, você precisa saber o que todo mundo está fazendo nele. Assine newsletters, siga blogs, acompanhe posts em redes sociais. Veja como outros profissionais abordam o tema, aprenda com eles e troque informações.

Desenvolva seu estilo

A parte mais importante dessa troca entre diferentes abordagens de copywriting em um nicho é partir delas para criar a sua própria identidade.

Se todos copywriters partem de referências similares, é a forma como você entrega o conteúdo que faz diferença para o cliente. Portanto, siga a linguagem que o público espera nessa área, mas coloque seu próprio tempero nela.

Lembre-se da estrutura

É sempre bom lembrar que copywriting não é como escrever ficção, crônicas ou fazer jornalismo. A produção de conteúdo para web deve ser útil e cativante, mas, ao mesmo tempo, mirar em um objetivo comercial do seu cliente.

Por isso, sempre pesquise sobre a estrutura de conteúdo mais comum no nicho, conheça melhor a persona desse tipo de negócio e, claro, aprenda sobre SEO. Um bom conteúdo com uma boa forma é fundamental para se destacar.

Treine com frequência

Mesmo que você não tenha um job agora, tire um tempo para praticar seu copywriting. Invente uma pauta, se for preciso, mas esteja sempre escrevendo sobre o assunto. Assim, você começa a ver o que funciona e o que não funciona e lapida suas habilidades.

Uma ideia interessante, inclusive, é ter um blog no nicho que você escolheu. Além desse treino, ele pode servir de portfólio para conseguir ainda mais clientes.

Nunca pare de se atualizar

Independentemente da área de atuação, quem quer se consolidar como copywriter vai sempre precisar aprender uma coisa nova.

Por exemplo, imagina alguém que escreve sobre presença de empresas em redes sociais que não ligou para conhecer o TikTok nos últimos meses. Esse freelancer já ficou para trás. Outro exemplo é a produção de podcasts, uma demanda que cresceu muito recentemente.

Se você quer se posicionar e se destacar em uma área, vai ter que aceitar essa rotina para a vida. Como eu disse, imergir no assunto é torná-lo parte de você.

Procure por empresas nesse mercado

Depois de se posicionar no nicho que você prefere trabalhar, é hora de mostrar todas essas suas qualidades para o mercado. Mas como você faz isso? Para você sair daqui mirando certo, veja algumas atitudes que deve tomar para conseguir mais trabalho:

  • manter um portfólio de conteúdo na área;
  • usar redes sociais (principalmente o LinkedIn) para entrar em contato com empresas;
  • educar seus possíveis clientes mostrando como eles podem melhorar resultados com copywriting e, assim, criar suas próprias oportunidades;
  • participar de comunidades e redes nas quais copywriters se encontram e abusar do networking;
  • participar de bancos de talentos freelancer que fazem a ponte entre profissionais e empresas;
  • pedir para clientes satisfeitos recomendarem o seu trabalho;
  • novamente, nunca parar de aprender.

Se você se preocupa com seu crescimento profissional, tem disciplina para se aprimorar sempre e foca nos nichos que mais se encaixam com seu estilo, o sucesso é questão de tempo.

Trabalhar como copywriter é uma carreira muito dinâmica e até viciante para quem gosta de produzir conteúdo. É hora de aliar essa paixão com um entendimento melhor do mercado para se posicionar e se destacar.

E que tal conhecer ainda mais sobre a profissão e o que ela exige de profissionais? Leia nosso e-book exclusivo com o ABC do copywriting!

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail
Briefing

Nara Porto

Copyeditor

Thiago Murça

Gostou deste conteúdo?

Envie-o para seu e-mail para ler e reler sempre que quiser.

Posts Relacionados

Quer sugerir pautas? Saiba como fazê-lo!

alt Carolina Zanoti
mar 2, 15 | Leitura: 7min

Revisão em inglês: o que é preciso para se adaptar?

alt Samanta Jovana
abr 1, 18 | Leitura: 6min

Os melhores conteúdos para sua carreira freelancer, direto na sua caixa de entrada

Inscreva-se para receber no e-mail conteúdos exclusivos e em primeira mão.