O que são Social Posts e como escrevê-los

Este é o conteúdo definitivo para ajudar você a produzir as melhores chamadas para redes sociais. Confira a seguir!

social posts

A gigante proporção que foi tomada pelas redes sociais nos últimos anos é indiscutível. Já pensou que o Instagram acumula um bilhão de usuários ativos por mês? Elas foram (e são) responsáveis por uma mudança muito forte na maneira de consumir informação pelo público, seja ele qual for — e isso quer dizer que um bom conteúdo nas redes sociais é essencial. 

Os “social posts”, ou as chamadas para redes sociais, entram como trunfo na realidade de qualquer empresa ou pessoa que queira lucrar com as plataformas, por isso, não podem ficar de fora da sua estratégia de sucesso nas mídias sociais.

Quer saber mais sobre o assunto? Neste post, explicamos:

Boa leitura!

O que são Social Posts e para que eles servem?

Antes de aprender a construí-los, é hora de saber exatamente do que se tratam. “Social Post” é um termo em inglês que, quando traduzido para o português, se refere às chamadas de/para redes sociais ou chamadas para ação. Isso mesmo: simples e direto ao ponto! Não existem segredos relacionados ao significado.

Para que eles servem? Também é uma pergunta muito fácil de ser respondida! Atualmente, podemos dizer que um conteúdo tem mais chances de ser visto, notado e “amado” pelos leitores quando ele é compartilhado nas redes sociais. Afinal, elas se tornaram praticamente rotina de milhões de pessoas ao redor do mundo. É difícil achar alguém que não tenha pelo menos um perfil em uma plataforma, né?

Por isso, se alguém ou alguma marca deseja que seus conteúdos sejam um sucesso em cliques, conversão e viralização, não basta escrever qualquer coisa no Twitter ou achar que uma legenda óbvia no Instagram dará conta do recado.

Social Posts são a porta de entrada para tudo aquilo que você queira divulgar e tornar público. Por isso, eles devem ser pensados minuciosamente e de forma extremamente estratégica. Falaremos como fazer isso ainda neste texto, então continue a leitura para saber mais!

Quais são os pré-requisitos de um Social Post arrasador?

Não existem regras relacionadas à criação de uma chamada para as redes sociais. Porém, como foi dito, é preciso seguir algumas diretrizes para que eles se transformem em um conteúdo atrativo. Veja quais são os principais na lista que fizemos a seguir!

Respeite o número ideal de caracteres de cada rede social

O Instagram é uma rede social que investe muito em conteúdo visual, afinal, as imagens são o carro-chefe da marca. O Twitter, ao contrário, é uma rede na qual predominam as palavras.

Já o Facebook consegue unir os dois de maneira um pouco mais harmônica, enquanto o LinkedIn faz sucesso com seus textos mais longos.

Para iniciar a produção de um social post, é indispensável compreender as complexidades de cada rede social e produzir com harmonia aos moldes e recomendações de nomes da área. Os caracteres são, talvez, a principal métrica que deve ser avaliada. Veja se seus posts têm seguido as seguintes diretrizes:

  • Facebook: entre 40 e 80 caracteres;
  • LinkedIn: entre 50 e 100 caracteres
  • Instagram: entre 140 e 150 caracteres;
  • Twitter: entre 140 e 170 caracteres.

Não promova “clickbaits”

Um dos conselhos mais importantes de um bom social post é bem simples: não prometa aquilo que você não pode cumprir. Nem é preciso entrar nas questões que envolvem uma “propaganda enganosa” para justificar, né?

Pense no seguinte: por mais que você queira despertar a curiosidade do leitor e que clickbaits pareçam ser bons aliados para a estratégia, ao abrir o link e perceber que aquele conteúdo foge — ou não tem nada a ver — com o prometido, o leitor vai cultivar uma série de sensações negativas em relação a sua marca. Essa não é a ideia, certo?

A verdade é que não há nada pior que marketing negativo, principalmente nas redes sociais! Por isso, é preciso evitar ao máximo os clickbaits. O melhor é evitar fazer falsas promessas e estabelecer um diálogo honesto com o seu leitor logo de primeira. Então, além de produzir conteúdos de qualidade para web, lembre-se de manter uma boa relação com o prospect também.

Dica de ouro!

Aqui vai uma dica valiosa para produzir social posts sem clickbaits: depois de escrever seu artigo, pense em dúvidas que o leitor comum teria sobre aquele assunto. Vamos dar alguns exemplos para você entender melhor.

Imagine que um post de curiosidades gerais sobre jornalistas será produzido. Considerando esse público e as dúvidas mais comuns sobre o assunto, poderíamos escrever este social post aqui: 

“Quer saber o motivo de jornalistas serem frequentemente chamados de “focas”? Nós te contamos a seguir!”

Entendeu? A ideia é separar alguma informação que desperte a curiosidade das pessoas e destacá-la logo na chamada para rede social. Você pode transformar o social post em uma pergunta, como no exemplo acima, ou usar o modo imperativo e recomendar a leitura de um texto, como escrevemos abaixo.

“Descubra, ainda, como é o mercado de trabalho para jornalistas e de que forma esse profissional pode se destacar no Marketing de Conteúdo.”

Pense nos tópicos do seu artigo. Cada um deles responde a uma questão, certo? Você só precisa destacar na sua chamada para rede social uma dessas perguntas, mas sem revelar demais sobre o que foi escrito. É uma forma de atiçar o público-alvo dando um gostinho do seu conteúdo. Veja mais um exemplo a seguir.

“Tem dúvidas sobre a carreira em jornalismo? Então, não deixe de conferir este post especial com as principais curiosidades sobre a profissão!” 

Desenvolva um senso de urgência no leitor

Você já sentiu como se a sociedade “andasse cada vez mais rápido”? A era da internet e das tecnologias em geral fez com que o tempo se transformasse cada vez mais em uma moeda de troca valiosa. Por isso, engana-se quem pensa que ficamos horas e horas concentrados no mesmo conteúdo nas redes sociais. É tudo baseado no aqui e agora.

Garanto para você que aquele amigo que é conhecido por ser o viciado em celular desenvolveu um senso de urgência muito grande a partir da disseminação das redes. Afinal, em 10 segundos o Twitter já foi atualizado com vários posts e memes, o Instagram já “rebagunçou” o feed e o Facebook já entregou novíssimas postagens dos membros da família falando de política.

Por isso, é preciso aproveitar os mínimos períodos na timeline de uma pessoa, assim, posts com senso de urgência são ótimos aliados na estratégia.

Mostre para o seu leitor o porquê de ele precisar, urgentemente, abrir aquele link. Faça ele se sentir como se, caso o conteúdo não seja acessado, a vida dele perca um pouquinho de sentido. É exagero, mas é tipo isso, afinal, você quer muito que o conteúdo seja lido, certo?

Palavras no infinitivo são uma escolha de ouro para fazer isso acontecer. Olha mais um exemplo abaixo, considerando ainda o post sobre curiosidades gerais sobre jornalistas.

“Preparamos um conteúdo especial com as principais curiosidades sobre o curso e a carreira em Jornalismo na era digital. Não deixe de conferir a seguir!”

Estimule interações

Por fim, não podemos esquecer de métricas que todo Social Media ama receber no final do mês ao fazer um relatório de desempenho. Sabemos que curtidas não são tudo e que um post com milhares de likes não necessariamente é um conteúdo encantador.

As interações como um todo, porém, são indicadores melhores e mais positivos, afinal, um leitor precisa retirar muito mais tempo, trabalho e esforço para deixar até mesmo um simples comentário em uma página. Lembra do que falamos sobre o senso de urgência?

Por isso, tenha em mente que quanto mais a interação for estimulada, mais ela vai acontecer. E existem inúmeras formas de fazer isso.

No Facebook, por exemplo, é possível brincar com os botões de reação que aparecem abaixo de cada post. Já no Twitter, existe o finado “fav” que atualmente é chamado de “like”, versus o retweet. No Instagram, deixe perguntas no final dos posts mostrando que você se importa com o seu leitor! Aqui vai mais um exemplo:

“Tem alguma dúvida sobre a carreira em Jornalismo? Aproveite que está por aqui e compartilhe ela nos comentários. Vamos adorar responder!”

Como deve ser a entrega de Social Post na Rock?

Agora que você já sabe como escrever social posts, chegou o momento de entender como funciona a entrega de chamadas para redes sociais aqui na Rock Content.

A maioria das tarefas de texto na plataforma da Rock pede a entrega de 3 social posts com, no mínimo, 80 caracteres. É função do redator escrever essas chamadas para ação, sempre considerando o pitch de produção da pauta, ou seja, o guia para produzir o conteúdo para um cliente em específico.

É essencial, ainda, considerar a linguagem e o posicionamento do cliente nas redes sociais. Por isso, antes de produzir os social posts vale a pena dar uma olhada nas plataformas e nos social posts já produzidos. Essa é uma dica fundamental.

Outro ponto importante é que essas 3 chamadas para redes sociais precisam ser diferentes, por isso, não vale copiar um trecho do texto e destacá-lo no social post. As chamadas precisam ser instigantes e criativas.

Os gatilhos mentais podem ajudar nessa questão, assim como as técnicas de copywriting. Se você quer influenciar alguém, inclusive, a técnica de copywrting precisa ser explorada. afinal, o copywriting tem por objetivo justamente atrair o leitor ou mesmo convencê-lo a fazer algo. 

Qual a importância do revisor?

O revisor é fundamental para conferir se os social posts atendem às recomendações da Rock Content, além do pitch de produção da tarefa. Se necessário, saiba que ele poderá pedir ajustes nas chamadas para a ação. Caberá, assim, ao redator considerar suas recomendações para refazê-la quando necessário.

Esse foi nosso conteúdo sobre como escrever social posts! Abordamos aqui as principais diretrizes de cunho mais técnico, mas, além de entender sobre elas, saiba que é essencial conhecer genuinamente o público-alvo para o qual você escreve.

É a partir de um verdadeiro conhecimento que será possível entender o tom de voz, uso ou não uso de gírias, memes, enfim, todo o mundo de possibilidades que existe na internet.

E no caso dos produtores de conteúdo, reforçamos a recomendação de conferir com cuidado as orientações do pitch de produção das tarefas, além das outras particularidades do cliente. Isso é fundamental para produzir bons social posts aqui na Rock Content.

Gostou do artigo? Aproveite que está por aqui para conferir o Manual do Freelancer. O documento vai responder várias dúvidas suas e, ainda, apresentar os principais direcionamentos para ajudar você a desenvolver um trabalho de qualidade na Rock. 

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail
Copyediting

Thiago Murça

Atualização

Débora Passarelli

Gostou deste conteúdo?

Envie-o para seu e-mail para ler e reler sempre que quiser.

Posts Relacionados

Semântica: tudo que você precisa saber para acertar

alt Samanta Jovana
abr 27, 18 | Leitura: 5min

Os melhores conteúdos para sua carreira freelancer, direto na sua caixa de entrada

Inscreva-se para receber no e-mail conteúdos exclusivos e em primeira mão.