Por André Mousinho

Especialista em Marketing de Conteúdo na Rock Content.

Publicado em 2 de setembro de 2019. | Atualizado em 11 de outubro de 2019


O curso de Blogs Corporativos da Universidade Rock Content é ministrado pelo especialista em SEO André Mousinho. Conheça sua história e jornada até ser professor da Universidade!

No dia 14 de julho (7) de 2014 (a numerologia pira), um dia depois da final da Copa do Mundo no Brasil, recebi uma ligação que mudaria o rumo de toda a minha carreira, e consequentemente, da minha vida.

Já havia sofrido um “7 a 1” nas minhas duas primeiras entrevistas de estágio na Rock Content. Não tinha nenhuma experiência de trabalho no meu curso de Publicidade e Propaganda e confesso que meu grande objetivo era não formar sem estágio.

Mesmo sem um time de RH, consegui não ser aprovado. Pelo menos, na época a dispensa era motivadora: “Você tem interesse em ser nosso redator freelancer?”

Era perfeito! Trabalhar durante a Copa em casa e assistindo a todos os jogos.

E, um dia depois da final, veio a ligação e a solução para a minha missão de não formar sem nenhum estágio no currículo.

“Você pode começar amanhã?”

Por sorte as minhas séries estavam em hiato, então, sequer hesitei em aceitar a proposta. E foi assim que a minha jornada na Rock Content começou.

Macaco roteirista treinado

Minha primeira função na Rock era bem simples e mecânica. Eu e Breno, meu fiel companheiro de faculdade e estágio, brincávamos que poderiam nos dispensar e colocar macacos treinados no lugar.

Nosso papel era entregar os links do Google Docs com os conteúdos para os clientes — na época ainda não tínhamos uma plataforma — ou seja, control C e control V.

Quando necessário, colocávamos uma imagem para a capa dos textos também. O que, na verdade, é uma tarefa bem essencial. Basta visitar alguns blogs por aí e ficar chocado com a qualidade das imagens.

Mas como estagiários de Customer Success, e acompanhando as estratégias de muitos clientes na Rock, aprendemos demais nessa época.

Eu não tinha muitas perspectivas naquela época. Achava que a Rock Content era minha porta de entrada no mercado e queria mesmo ser roteirista. Sempre amei escrever, contar e criar histórias.

Inclusive, já estava com minha matrícula para uma pós-graduação em roteiro feita. 

O plot twist

Depois que formei, em janeiro de 2015, fui contratado na Rock e comecei atuando no time de Qualidade.

A função era revisar e otimizar conteúdos produzidos pelos nossos redatores e, vez ou outra, produzir alguns conteúdos também.

Minha intenção era melhorar minha escrita e aprender cada vez mais tendo contato com vários tipos de conteúdo e redatores diferentes. Isso enquanto aguardava o início da minha pós.

Esse início, porém, nunca veio.

A turma não fechou. Fiquei um pouco frustrado, mas segui em frente esperando a próxima turma. Enquanto isso, aproveitava o crescimento dos blogs da Rock para produzir conteúdos. Minha assinatura era relacionar filmes e séries da cultura POP, à marketing e à redação para web.

Primeiro produzi vários conteúdos para o Comunidade (Escreva para Web na época):

Escrita para Web: Lições que aprendemos com O Hobbit

Lições de Escrita que aprendemos com Os Guardiões da Galáxia

Perfil de Redator: qual X men é você?

Walter White e a fórmula para o post perfeito

Descubra como entrar na DivertidaMente dos seus leitores

Dessa forma, eu aprimorava minha escrita enquanto me divertia e ajudava o blog Escreva para Web ganhar mais visitas. Não era o que eu sonhava, mas era o que eu tinha naquele momento.

Volta por cima

Após ficar alguns meses no time de Qualidade, fui para o time recém-criado de Planejamento. Onde éramos responsáveis por definir temas e palavras-chave, além de criar pautas de conteúdos para os clientes.

Era um trabalho legal, mas eu não estava feliz fazendo aquilo. E então comecei a procurar outras oportunidades de emprego.

Cheguei até a me candidatar para uma vaga em uma grande startup e o Edmar Ferreira (um dos fundadores e CEO na época) me ajudou. Para a minha felicidade (e do Ed também) deu errado.

Prefiro não citar qual era a outra startup para eles não lamentarem profundamente (risos).

Enfim, era uma fase que eu não estava muito feliz. Talvez a tendência fosse eu trabalhar mais ou menos assim:

Mas não foi o que aconteceu. Na verdade, eu me motivei e me dediquei a fazer o melhor pela Rock no tempo que eu permanecesse na empresa. Afinal, sempre adorei a cultura e as pessoas, apenas não estava tão feliz com minha função.

Nessa época, eu resolvi parar de escrever para o Escreva para Web e comecei a produzir conteúdo para o blog que me daria mais visibilidade, o Marketing de Conteúdo.

Então resolvi trazer a minha assinatura para o blog da Rock e comecei a produzir conteúdos como:

Aprenda a se dar bem na Era de Ultron do Marketing Digital

Star Wars, a Força e o Marketing de Conteúdo

Deadpool Explica: por que seu conteúdo é uma m… (o auge, sem dúvidas)

Quiz — Quem é você na Liga da Justiça do Marketing Digital

BatMarketing V SuperVendas: a origem do Vendarketing

Os conteúdos são bem legais, pode conferir. Como eles acompanhavam os lançamentos dos filmes, geralmente performavam muito bem e geravam vários compartilhamentos nas Redes Sociais.

Além disso, batemos uns 3 recordes de tráfego diários com alguns desses conteúdos que eu produzi. Isso começou a chamar a atenção do Diego Gomes (na época, CMO da Rock).

Nesse mesmo período, eu comecei a bolar um projeto de Storytelling para conteúdos que eu queria apresentar para o Diego e ver se era interessante para o Marketing. Aí veio um novo plot twist.

Marquei uma reunião com ele e quando fui apresentar minha ideia fui interrompido por um:

“Quero que você assuma o Marketing de Conteúdo”.

Estava ali algo que eu jamais imaginara. Assumir o blog da Rock.

Como eu já amava produzir conteúdos para o blog, e gostava muito de estudar SEO, não tinha como recusar. Era uma oportunidade de ouro para minha carreira. Pela primeira vez, passei a cogitar realmente construir minha carreira com Marketing de Conteúdo e SEO.

Como crescer um blog gigante?

Quando eu assumi o blog da Rock, já recebíamos cerca de 280 mil acessos mensais. Você deve imaginar o meu pânico, certo? Como crescer isso? Nem tem 280 mil pessoas no Brasil (RISOS).

No dia 2 de maio (o dia mais doido do ano) de 2016, assumi o Marketing de Conteúdo com a difícil missão de superar os 500 mil acessos até dezembro daquele mesmo ano.

Você pode conferir a história do blog da Rock, desde a sua criação, até o início de 2019 nesse outro conteúdo!

Lá eu dou mais detalhes de cada momento e cada estratégia que fizemos no blog.

Em 2016 dobramos o blog de tamanho. Não alcançamos os 500 mil acessos (280 era em maio, antes que você me corrija), mas conquistamos números incríveis. 

Foi assim que comecei a consolidar o meu nome no SEO e a descobrir uma paixão para a carreira. 

Continuei produzindo diversos conteúdos para o blog, mas acima de tudo, eu era responsável por criar as estratégias, cuidar da qualidade do que era postado e responder pelo crescimento do blog.

O importante não é competir

Sem dúvidas uma das coisas que mais me motivou e permanecer firme no SEO e que me motiva até hoje é a competitividade.

Essa é uma pergunta que eu faço para todo mundo que entra no time dos blogs da Rock: “você é competitivo?”.

Quando a resposta é “não” eu prontamente digo “mas você vai ser”.

Não tem jeito, SEO é competição. É um campo de batalha. E você vai fazer de tudo (com moderação) para chegar no topo do Google. E quando você chega, é mais ou menos assim:

primeiro lugar para marketing digital

Se você der uma semaninha de desatenção, pode ser o suficiente para perder aquelas suadas posições que você conquistou.

E, sem dúvidas, foram os concorrentes que mais fizeram eu me desenvolver como profissional. Já disputamos posições com muita gente grande:

  • Resultados Digitais
  • Viver de Blog
  • E-commerce Brasil 
  • Hotmart…

E mais recentemente:

  • Neil Patel
  • Ideal Marketing

Concorrentes enormes, internacionais e mesmo assim conseguimos vencer grande parte (diria até a maioria) desses combates.

Até hoje estamos no topo para algumas das principais palavras-chave do nosso mercado como: Marketing de Conteúdo, Marketing Digital, SEO, Inbound Marketing, Automação de Marketing, Email Marketing, Vendas, entre outras. 

E foi graças a essa competitividade que vivi o maior case da minha carreira.

Quem é Neil Patel

Em setembro de 2016, o nosso querido Guru do Marketing Digital, Neil Patel, veio até o Brasil e visitou algumas empresas do nosso mercado.

Dentre elas a Rock.

Quando adentrou nossa humilde residência, Neil Patel fez uma ameaça ao Vitor Peçanha. Ele afirmou que roubaria a nossa primeira posição para a palavra-chave Marketing Digital.

E disse que conseguiria isso por um fato simples: “eu tenho muito dinheiro”.

Imagine você, com menos de um ano como editor do blog da Rock Content, ser ameaçado pelo cara que você lia os textos para aprender a fazer sua estratégia.

Minha reação:

obrigado Neil Patel

E o pior de tudo. Ele conseguiu conquistar essa primeira posição.

Durou uma semana. Esse gif representa como foi a passagem do Patel pela primeira posição do Google para Marketing Digital:

passagem do Patel pela primeira posição do Google para Marketing Digital

O melhor de tudo: o maior nome do Marketing Digital no mundo ameaçou rankear em primeiro para nossa principal palavra-chave. 

Como respondemos:

SERP para neil patel

Rankeando em primeiro lugar para o nome dele! Isso mesmo, conseguimos o primeiro lugar para o nome do maior guru de Marketing Digital do mundo.

obrigado neil patel

Para conferir essa história com detalhes confira o case de sucesso Obrigado Neil Patel, onde eu conto como o Guru investiu (sem querer) no nosso blog.

Rock University

Após viver esses cases incríveis, conseguir levar o blog a meio milhão de acessos mensais e conquistar essa posição para o nome do Neil Patel, foi hora de encarar o melhor de todos os desafios:

Passar o conhecimento para frente.

Nada me alegra mais do que ensinar pessoas. Sem dúvidas, dos valores principais da Rock Content, ensinar é o que eu mais me identifico.

Quando o Diego me convidou para ser professor da Universidade eu quase não acreditei. Fiquei muito feliz e aceitei na hora.

E foi assim que surgiu o curso de Blogs Corporativos. O curso no qual eu compartilho as estratégias que usei e uso até hoje para manter o blog da Rock Content com um tráfego altíssimo e na primeira posição para as principais palavras-chave.

E nada melhor do que ver o curso impactando ajudando pessoas:

certificado na universidade rock

Isso não tem preço!

Além desse curso, atualmente vou gravar a versão atualizada 2.0 do nosso curso de SEO. 

O curso será o mais completo do mercado. Vão ser mais de 9 horas desde os fundamentos do SEO até as práticas mais avançadas que usamos por aqui.

Então, fique de olho nos próximos lançamentos da Rock University. 

Melhor do que conseguir colocar um blog no topo, criar uma estratégia de conteúdo e de SEO eficientes, é poder passar esse conhecimento para frente e saber que estou ajudando várias pessoas e empresas a obterem resultados semelhantes.

Especialista em SEO

Após mais de 2 anos sendo responsável pelo blog da Rock Content, fui promovido a Especialista em SEO e identifiquei meu próximo passo.

Era hora de parar de cuidar somente do blog da Rock e passar a cuidar de estratégias mais macro. Então, assumi o planejamento estratégico de todos os principais blogs da Rock Content e deixei de ser o Editor do (na época) Marketing de Conteúdo.

Hoje, sou responsável pelas estratégias de SEO e Conteúdo do blog da Rock, do Comunidade Rock Content e do nosso blog Latam.

Sem dúvidas, abraçar novos blogs foi uma experiência incrível e que gerou ainda mais aprendizados.

Hoje temos um tráfego total de mais de 3 milhões de acessos somando os nossos blogs.

Conteúdos avançados

Outro papel que quis assumir como especialista foi a produção de conteúdos avançados e com estratégias mais práticas sobre SEO e conteúdo.

A ideia era realmente me posicionar como autoridade e trazer um tipo de conteúdo que eu só consumia em blogs estrangeiros para o Brasil.

Isso me forçava a aprender sempre estratégias novas e tentar sair na frente do mercado para criar conteúdos avançados para ajudar nossa persona. Alguns exemplos de conteúdos:

Hacks avançados de Conteúdo

Como rankear em primeiro no Google para qualquer palavra-chave

Como recuperar posições no Google

Featured Snippets: o guia para a posição Zero do Google

Como fazer bons relatórios de SEO

Além disso, comecei o Rock Labs, minha série própria de vídeos com dicas práticas e mais avançadas de SEO.

Atualmente a série está pausada.

E agora estou focado em refazer e melhorar o nosso já excelente curso de SEO da Rock University.

A melhor parte

Quando falei que me tornei professor da Rock University comentei como ensinar é minha tarefa preferida.

Sem dúvidas, a melhor parte de ser um especialista é poder ajudar e treinar uma equipe que um dia será muito melhor que você.

Hoje tenho o privilégio de treinar novos integrantes do time e os editores de cada um dos nossos blogs. Ver o crescimento deles é disparado o que mais me motiva a continuar.

Melhor que rankear em primeiro lugar pro nome do Neil Patel é ver o Dimitri Vieira em menos de dois anos assumindo o Comunidade com 200 mil acessos e hoje termos 900 mil acessos mensais.

Ou ver a Larissa Lacerda conquistando 10 Featured Snippets para palavras-chave importantes em DOIS dias. Um deles em QUATRO minutos!

Aproveito esse texto pra deixar um muito obrigado às pessoas que trabalharam comigo e vejo que cresceram demais e estão voando cada dia mais alto:

Thaís Costa

Letícia Nonato

Dimitri Vieira

Érico Mafra

Laura Bernardes

Larissa Lacerda 

Vocês fizeram isso tudo valer a pena e me forçaram a aprender muito mais do que qualquer concorrente ou referência que eu tenho.

Essa é a minha maior motivação para continuar fazendo o que eu faço. Ensinar e ver profissionais crescendo, seja com a nossa equipe da Rock Content, seja com cada aluno que assiste aos cursos da Rock University.

A melhor parte do conhecimento é ser passado para frente.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *