Por Ivan de Souza

Analista de Marketing na Rock Content.

Publicado em 27 de abril de 2020. | Atualizado em 28 de abril de 2020


Atualizar o site do seu negócio é uma tarefa que deve ser feito com periodicidade, sobretudo quando há alguma informação importante que os visitantes precisem saber. Com as mudanças provocadas pela COVID-19, é preciso ter ainda mais atenção a esse ponto.

Criar um site se tornou essencial depois que o mundo foi atingido pelo coronavírus. Como as pessoas foram instruídas a ficar em casa, os sites se tornam o meio principal de comunicação entre sua empresa e o público. Por isso é importante atualizar site de negócios levando em conta este quadro que estamos vivendo.

Assim, produzimos este artigo com a finalidade de apontar como fazer essas atualizações por meio dos pontos a seguir.

  • O que deve ser atualizado no site durante a crise de COVID-19?
  • Como você pode fazer essas atualizações?

Continue a leitura!

O que deve ser atualizado no site durante a crise de COVID-19?

Vamos começar passando pelas informações que devem ser atualizadas no site para que todos fiquem cientes de como sua empresa está operando diante da pandemia.

Horário de funcionamento

A vinda do novo coronavírus fez com que muitas empresas tivessem de readequar seu modo de trabalho, a começar por abrir mão do escritório e pedir que seus colaboradores trabalhem de casa até que o cenário mude. E isso também influencia a questão do horário de funcionamento.

Afinal, o fato de empresas estarem atendendo aos clientes de casa não quer dizer que o serviço possa ser feito a qualquer momento. Por isso, deixe claro em seu site em que dias e horários haverá funcionamento durante a pandemia. Assim, eles passam a ter suas expectativas correspondidas ao saberem quando podem contar com a empresa.

Políticas da empresa

Por mais que todas as empresas adotem suas políticas em relação à contratação de produtos ou serviços, no momento atual é fundamental que todas tenham flexibilidade em relação a isso. 

Por exemplo: se você oferece um serviço que funciona a longo prazo e gera multa caso uma das partes decida fazer rescisão do contrato, é necessário ser flexível nessa cláusula por conta do impacto econômico que o vírus tem gerado e pelo fato de pessoas e empresas estarem projetando negócios a curto prazo.

O mesmo vale para a venda de produtos. Se o processo de compra for muito burocrático, é recomendável que ele se torne mais simples a fim de facilitar a experiência dos seus clientes. 

Informação para os clientes internos 

Os clientes internos são seus fornecedores, parceiros e colaboradores, ou seja, aqueles que prestam serviços para você. Vamos falar sobre como você pode tratar cada um deles.

Assim como você, seus funcionários estão passando por momentos de dúvidas e incertezas que podem influenciar sua rotina de trabalho. É preciso ser compreensivo e apoiar tanto os que seguem com você quanto aqueles que tiveram de ir embora por conta da crise.

A relação com os fornecedores também deve ficar mais próxima. Afinal, eles também buscam manter seus negócios ativos e a parceria que têm com você é fundamental. Por isso, fortaleça-a, sobretudo se o site tiver uma parte totalmente dedicada a parceiros.

Informação para os clientes externos

Da mesma forma que você deve alinhar as expectativas com os clientes internos, também é necessário fazê-lo com os externos, ou seja, seus consumidores finais.

Neste cenário tão delicado que vivenciamos, é preciso compreender o novo comportamento de consumo dos seus clientes. E caso a sua empresa tenha tido redução no número de funcionários, é preciso que todos tenham essa atenção aos clientes também.

Sobre os produtos ou serviços que seu negócio oferece, descontos e alinhamento com o valor que eles oferecem durante a crise também são pontos que podem estimular o público a comprar ao visitar seu site.

Powered by Rock Convert

Informação sobre a entrega de produtos e serviços

É preciso que seus clientes saibam como funciona a entrega de produtos ou serviços, portanto ela devem estar bem explicada no site.

No caso de produtos, deixe bem claro como funciona a compra e também as formas pelas quais o cliente conseguirá recebê-los (sobretudo se o site for um e-commerce). Por isso, as formas de pagamento e a logística de entrega devem estar bem apontadas.

Em relação à oferta de serviços, é necessário deixar claro como eles serão executados, sobretudo levando em conta o isolamento requerido pela pandemia. 

Como você pode fazer as atualizações?

Vejamos agora as maneiras pelas quais você pode realizar essas atualizações no site e em outros canais de marketing.

Notificação em banners e pop-ups

Para que seu público fique ciente das mudanças da empresa durante este período de pandemia, você pode contar com a ajuda de pop-ups e banners, que são facilmente configurados nos sites feitos em WordPress.

Os pop-ups podem ser inseridos a partir da Hello Bar, um plugin que tem justamente essa finalidade. Inclusive, você pode começar optando pela versão gratuita, que permite até 5 mil visualizações dos seus avisos.

Já os banners podem ser criados pelo Rock Convert, um plugin desenvolvido internamente pela Rock Content. Com ele, você consegue inserir os banners em páginas ou blog posts de acordo com as categorias de cada um, o que torna o trabalho muito mais fácil e rápido do que inseri-los manualmente em cada conteúdo.

Calendário de postagem no blog

Por falar em blog (um dos canais essenciais do seu plano de marketing de conteúdo), é recomendável que você tenha um calendário de postagens totalmente dedicado ao assunto no seu. Um aviso na forma de blog post é essencial, inclusive ele pode ficar fixado no topo durante um tempo para que mais pessoas o acessem.

Contudo, outras postagens envolvendo o tema também são pertinentes. Seguem alguns exemplos:

  • como o mercado está se comportando diante do coronavírus;
  • como tem sido o relacionamento da sua empresa com os clientes durante a pandemia;
  • cases de sucesso de clientes que deram a volta por cima apesar da pandemia.

Este terceiro exemplo gera muito valor para empresas que prestam serviços para que os clientes percebam que podem contar com sua oferta neste momento para terem sucesso.

E-mail e redes sociais

Por fim, e-mail e redes sociais também são canais que devem ser utilizados com essa finalidade. Se você tem uma lista de contatos, envie um e-mail a eles informando sobre as atualizações.

O mesmo vale para as redes sociais: faça uma publicação no dia e horário em que elas mais têm acessos e deixe seus fãs e seguidores a par de como a empresa está funcionando e de que modo eles podem contar com você.

Por fim, uma dica: apesar de esses comunicados serem importantes, não fale apenas sobre isso nos seus canais online. 

Caso haja necessidade de passar informações frequentes sobre este cenário, recomendamos que opte pelo Princípio de Pareto para que um máximo de 20% das suas publicações sejam dedicadas ao assunto coronavírus.

Seguindo essas orientações, você conseguirá atualizar o site da sua empresa. Reforçamos que, nesta época em que todos devem ficar em casa, o site torna-se o canal mais forte de negócios, razão pela qual você deve manter a performance dele bem afiada.

Por sinal, a Rock Content tem uma solução para sites em WordPress com foco em resultados, chamado Rock Stage, que possibilita criar um site ou mesmo migrar o seu para a plataforma. Saiba mais a respeito ou marque uma conversa com um dos nossos consultores.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *