5 razões pelas quais a aquisição de tráfego para seu blog é fundamental para a conversão em clientes

Aquisição de tráfego para seu blog é essencial para gerar conversões. Afinal, você precisa de visitantes navegando pelas suas páginas para captar o interesse deles e transformá-los em leads. Por isso, vamos entender agora quando é importante focar em tráfego para o blog nas suas estratégias de marketing digital.

aquisição de tráfego para seu blog

    Criar um blog é uma das principais estratégias para levar mais visitantes até o seu site. As publicações do blog aparecem nas buscas do Google, fortalecem a autoridade da sua marca e engajam os usuários, que podem se tornar clientes.

    Mas os visitantes só se tornam clientes se você souber captar o interesse deles e converter em oportunidades de negócio. É por isso que muitas pessoas focam nas conversões, na taxa de conversão e, é claro, na otimização da taxa de conversão.

    Porém, viemos aqui para lembrar: tudo começa na aquisição de tráfego para seu blog, que pode acabar sendo preterido nas estratégias de marketing digital. Muitas vezes, o foco no tráfego traz mais resultados que o foco na conversão, sabia?

    Por isso, vamos tratar neste artigo sobre os motivos para investir na aquisição de tráfego para seu blog, que é fundamental para a conversão de leads e clientes. Acompanhe agora!

      Vale a pena focar em tráfego em vez de conversões?

      Tráfego ou conversão: qual deve ser o foco da sua estratégia de marketing digital? É claro que as empresas gostariam de investir nas duas frentes, que são essenciais para ter mais resultados na internet.

      Porém, o contexto geral é de recursos escassos, que pedem um direcionamento dos esforços para determinadas estratégias, conforme os objetivos do marketing no momento. Além disso, campanhas de mídia paga geralmente pedem que o anunciante defina um objetivo de marketing, que também pode se dividir entre tráfego ou conversão.

      Por isso, muitas empresas se deparam com essa dúvida: tráfego ou conversão? E a resposta tende a ser: vamos focar na conversão. No relatório State of Marketing da HubSpot, dá para ver que as empresas estão mais preocupadas em gerar leads, não tráfego:

      aquisição de tráfego para seu blog

      Quem foca em otimizar as conversões não está errado: afinal, elas representam resultados efetivos para a marca, como uma venda, um contato ou um lead.

      Para isso, algumas estratégias miram em tornar os formulários mais enxutos, criar landing pages, incluir CTAs e fazer testes A/B, por exemplo. Mas tudo isso demanda uma análise de métricas e de comportamento do usuário para identificar os pontos de melhorias e não fazer alterações que acabem prejudicando os resultados.

      Essas medidas são essenciais, não há dúvidas. É preciso melhorar o caminho até a conversão para gerar mais leads e clientes. Porém, todo esse esforço de otimização pode gerar poucos resultados se você tem pouco tráfego.

      Por isso, é importante pensar o que deve vir antes. Em vez de focar logo na conversão, procure tornar o seu tráfego mais robusto, de maneira que a taxa de conversão, mesmo que ainda seja baixa, represente um bom volume de clientes para o seu negócio. Depois, você pode pensar em melhorar essa taxa para aproveitar o tráfego que está gerando.

      A visita ao site é o primeiro passo do cliente na relação com a sua marca. Então, procure iniciar um contato com o maior número de pessoas, para depois aprofundar o relacionamento e levar até a venda.

      O foco na aquisição de tráfego para seu blog é especialmente importante para empresas que estão começando. As pessoas precisam primeiramente conhecer o seu negócio e começar a criar confiança. A conversão provavelmente não vai acontecer logo de cara, então é preciso nutrir esse relacionamento antes de fazer a venda.

      Isso é uma premissa do inbound marketing e de uma das suas principais ferramentas: o funil de marketing. No topo do funil, os visitantes devem ser convertidos em leads. E, segundo a analogia do funil, passam para a etapa seguinte apenas quem está realmente interessado em estreitar o relacionamento com a marca.

      Quais os principais motivos para investir na aquisição de tráfego para seu blog?

      O blog é um canal importante para os resultados do seu negócio na internet. Não por acaso, é um dos pilares das estratégias de inbound marketing e marketing de conteúdo.

      Um blog funciona como um repositório de publicações da marca, que ajuda a mostrar o seu domínio e autoridade nos temas do seu mercado. Se bem otimizadas com SEO, as publicações melhoram a experiência do usuário e ganham boas posições nos resultados da busca do Google.

      Se bem produzidas e alinhadas às dúvidas da persona, essas publicações também conseguem engajar o público, despertar interesse e confiança na marca e iniciar um relacionamento com um potencial cliente. O segredo aqui é captar o interesse dos visitantes para transformá-los em leads, que representam oportunidades de vendas.

      Mas o blog precisa de tráfego para começar a dar resultados! Por isso, vamos ver agora os principais motivos para investir em aquisição de tráfego, antes de focar nas conversões:

      1. Aumentar o número de conversões do site

      O primeiro passo para gerar conversões é ter visitantes navegando no seu site ou blog. Essas estratégias andam lado a lado. Por isso, esta é a principal razão para focar no tráfego: aumentar o número de conversões.

      Perceba que, ainda que a sua taxa de conversão se mantenha a mesma, o aumento no número de visitantes deve resultar no aumento de leads, contatos e vendas para o seu negócio.

      Porém, é preciso ter cuidado para não cair na armadilha de achar que esse crescimento vai ser necessariamente proporcional ao tráfego. Mais visitantes só significam mais conversões se você atrair um tráfego qualificado.

      Além disso, é preciso garantir que as estratégias de conversão dos visitantes em leads e vendas funcionem; caso contrário, você só vai ter visitantes que abrem e fecham as suas páginas sem interagir, sem engajar, sem deixar um contato.

      2. Aumentar o alcance e a consciência de marca

      Aumentar o tráfego significa que mais pessoas vão visitar o seu site e conhecer o seu negócio. Pode ser um primeiro contato, geralmente sem interesse na compra. Mas a sua marca já não é mais uma desconhecida.

      Dessa maneira, você já começa a conquistar um espaço valioso na mente do consumidor, que se torna cada vez mais relevante à medida que novas interações acontecem.

      Quanto mais mentes você conquistar, mais ganha brand awareness — ou seja, consciência de marca, que representa o nível de reconhecimento pelos consumidores, não apenas da sua identidade, mas também da sua personalidade, valores e propósito.

      O relatório State of Marketing da HubSpot mostra que, embora a prioridade de marketing das empresas seja a geração de leads, o principal objetivo das estratégias é o brand awareness. 

      Então, o foco na aquisição de tráfego pode ser a melhor opção, especialmente para tracionar empresas que estão no início das suas operações e precisam ampliar seu alcance.

      aquisição de tráfego para seu blog

      3. Atrair potenciais clientes qualificados

      Investir em aquisição de tráfego pressupõe que você deve estabelecer uma estratégia para atrair pessoas que têm potencial interesse nos seus produtos. Portanto, você consegue atrair um tráfego qualificado de pessoas que têm mais chances de se tornar clientes.

      Para isso, a estratégia de aquisição de tráfego para seu blog deve mirar em canais e abordagens focados no perfil da persona:

      • Para posicionar os posts do blog na primeira página do Google, procure responder as dúvidas da sua persona;
      • Para atrair tráfego pago, segmente o público-alvo de acordo com as características da persona;
      • Para atrair tráfego de mídias sociais, explore os interesses da sua persona, na linguagem e nos canais que ela usa.

      Dessa maneira, você consegue atrair um público com mais chances de conversão.

      4. Potencializar as vendas a longo prazo

      A geração de tráfego mira no topo do funil. A intenção é atrair visitantes que podem ser convertidos em leads e, depois de nutridos pelo marketing, se transformar em clientes da marca.

      Portanto, a presença dos visitantes no seu blog é a oportunidade de engajar e nutrir a relação com um maior número de potenciais clientes. Quanto mais você conseguir conquistar a atenção e a confiança dos usuários, mais chances tem de iniciar um relacionamento com eles que pode resultar em um maior número de vendas no longo prazo.

      Perceba, portanto, que os investimentos em aquisição de tráfego podem não gerar um retorno financeiro imediato. Mas é preciso avaliar os efeitos no longo prazo para perceber os resultados nas conversões.

      aquisição de tráfego para seu blog

      5. Obter dados para otimizar as conversões

      Outro motivo importante para focar na aquisição de tráfego para seu blog é gerar um bom volume de dados para analisar e otimizar as conversões.

      Poucos visitantes não conseguem gerar dados significativos para tomar decisões de marketing. Digamos que você queira fazer um teste A/B no blog para saber qual tipo de formulário converte mais. Para fazer essa avaliação, é preciso ter um grande número de visitas.

      Portanto, qualquer mensuração de métricas do blog precisa de volume de tráfego para oferecer uma visão confiável sobre o comportamento do usuário nas páginas.

      Vale ressaltar que o CRO (conversion rate optimization ou otimização da taxa de conversão) se baseia na coleta de informações sobre as interações do usuário para tomar decisões de melhorias. Portanto, a geração de tráfego é um pressuposto para a otimização.

      Quais tipos de tráfego você pode adquirir para seu blog?

      Mas, afinal, de onde podem vir novos visitantes para o seu blog? Vamos ver agora quais são as principais fontes de tráfego para aumentar o alcance do seu blog:

      Tráfego orgânico

      O tráfego orgânico são os visitantes que vêm de mídias orgânicas, que não cobram diretamente pela divulgação da sua marca.

      O principal canal é a página de resultados da busca do Google, entre os links não patrocinados por anunciantes. As páginas que aparecem ali não pagam por essa mídia — elas são otimizadas com SEO e bons conteúdos para ganhar posições na classificação do Google.

      Esse tipo de tráfego tende a ser bastante qualificado, já que as páginas do seu blog podem aparecer para pessoas que estão buscando uma resposta exatamente naquele momento. E é a sua página que vai entregar a resposta que o usuário quer.

      Tráfego pago

      O tráfego pago vem de mídias patrocinadas pelas marcas. Diferentemente do tráfego orgânico, esses visitantes só chegam até o seu blog se você pagar pela divulgação em mídias como links patrocinados, banners em sites, anúncios em redes sociais e muitos outros canais.

      O tráfego pago costuma ser bastante focado, já que você pode definir um público-alvo segmentado. Google Ads e Facebook Ads, principais plataformas de publicidade na internet, oferecem filtros avançados de segmentação.

      Por envolver um investimento direto, o tráfego pago geralmente é usado com foco em conversão. Mas você também pode investir em anúncios pagos para atrair visitantes até o seu blog e aumentar o brand awareness.

      Tráfego de referência

      O tráfego de referência se refere aos visitantes que chegam até o seu blog por meio da divulgação em outros sites e blogs.

      O tráfego de referência que vem de sites e blogs confiáveis, de qualidade e autoridade, contribui também para o SEO. O link building, que é uma estratégia essencial de SEO off page, depende do ganho de backlinks de sites de terceiros, a fim de mostrar ao Google que a sua marca é uma referência na área.

      Tráfego social

      O tráfego social são visitantes que vêm de canais como Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter, Pinterest e outras plataformas de rede social.

      Gerar tráfego de redes sociais é uma forma de transformar o engajamento da sua comunidade em conversões para o seu negócio. Quando você leva os seguidores até o seu blog, tem a chance de captar seu email e construir uma lista própria de contatos, sem depender mais das redes sociais.

      Além disso, o tráfego social tende a já estar mais avançado no funil de vendas, pois os seguidores já interagem com a marca nas redes sociais. Assim, o blog tem grandes chances de converter esses visitantes.

      Tráfego direto

      O tráfego direto são os visitantes que chegam diretamente ao seu blog, sem precisar de uma mídia ou link de referência.

      Eles podem digitar o blog na barra do navegador ou ter o link salvo nos seus Favoritos, por exemplo. Esses exemplos mostram a força da marca, que já conquistou a lembrança e a confiança do visitante. Provavelmente, esses visitantes têm grandes chances de conversão.

      Porém, é difícil investir nesse tipo de tráfego, já que não depende de uma ação da marca. Para atrair tráfego direto, é preciso ter uma estratégia consistente de marca, que fortaleça o branding na mente dos consumidores.

      Agora, é hora de começar a investir na aquisição de tráfego para seu blog. Você tem várias opções de canais e mídias para atrair mais e mais visitantes. Com ações simples de geração de tráfego, você pode ter mais conversões do que a própria estratégia de otimização da taxa de conversão.Mas não fique apenas nas estratégias de atração e captação de clientes. Depois de convertê-los, você também precisa saber reter clientes. Leia o nosso artigo sobre retenção de clientes e saiba como ter mais resultados para o seu negócio!

      Compartilhe

      Inscreva-se em nosso blog

      Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

      Posts Relacionados

      Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

      Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!