Aprenda a usar o banco de dados de clientes para otimizar seu marketing e vendas

O banco de dados de clientes tem como objetivo coletar e analisar informações a respeito dos consumidores, a fim de oferecer informações capazes de tornar as estratégias de marketing mais eficientes.

banco de dados de clientes

    Um gerente de marketing está sempre em busca de novas ideias para gerar mais valor e vendas para o seu negócio. Mas a procura por soluções inovadoras pode fazer com que você ignore a gestão de recursos básicos, como o banco de dados de clientes.

    Ele deve estar presente em toda empresa, independentemente do seu porte, pois é com esse conjunto de informações que você pode otimizar as suas estratégias de divulgação, atração e retenção de consumidores. O desafio, no entanto, é fazer isso de uma maneira inteligente e utilizando da melhor forma os recursos disponíveis.

    Nesse cenário, a coleta de dados tem se mostrado uma solução eficiente. A partir da análise dos dados dos consumidores, é possível rever hábitos de consumo, analisar o comportamento de compra e outros aspectos, de maneira que seja possível assegurar importantes vantagens competitivas para o negócio.

    Quer aprender como usar o banco de dados de clientes para otimizar marketing e vendas? Então, esta leitura é para você! Nela, você vai conferir:

      O que é o banco de dados de clientes?

      Banco de dados de clientes são todas as informações que sua empresa coleta sobre os consumidores da marca. Sendo assim, ele é um grande aliado para impulsionar todos os tipos de negócios, já que, com ele, você pode captar e armazenar informações pessoais dos seus clientes, como:

      • data de nascimento;
      • telefone;
      • endereço;
      • histórico de navegação no site da empresa, entre outras.

      Assim, ao coletar e armazenar os dados dos clientes de forma organizada e constante, é possível usar essas informações a favor das estratégias de marketing.

      O que é o Database Marketing?

      Database Marketing usa a tecnologia para extrair e filtrar todas as informações referentes a dados dos clientes de uma empresa. Assim, o objetivo dessa estratégia é coletar dados preciosos, a fim de oferecer informações capazes de tornar as estratégias de marketing mais eficientes.

      Isso é possível com o uso de conceitos já conhecidos do Big Data, permitindo que o Database Marketing seja usado pelas empresas para otimizar seus investimentos, assegurando um melhor retorno sobre os investimentos em marketing.

      Nesse cenário, quanto maior é o conhecimento acerca do público, melhores são as chances de encontrar o momento e a comunicação mais eficientes para abordar os potenciais clientes de uma empresa. É por isso que grandes corporações já fazem uso do Database Marketing para criar as suas campanhas, pois sabem que achismos podem custar bem caro.

      Todas as ações tomadas no marketing das empresas devem ser analisadas, tendo como base os dados coletados e o que eles revelam. São eles que mostram se existe alguma coisa errada com a sua base de leads ao verificar os indicadores de email marketing, por exemplo.

      Os dados também são capazes de indicar quais são as oportunidades disponíveis, em quanto tempo elas podem ser realizadas e quais ações devem ser tomadas.

      Portanto, os dados são fortes aliados para embasar as ações de marketing e contribuir com o desenvolvimento da empresa. Mas fique tranquilo. As informações provenientes do database não são exclusivas de grandes corporações. Pequenos negócios também podem contar com essa estratégia para ampliar os seus mercados e elevar os lucros.

      Por que é importante manter o banco de dados de clientes?

      Basicamente, manter o banco de dados de clientes é importante para poder entender as preferências do seu consumidor e criar ações mais alinhadas com as expectativas do seu público ideal.

      Com uma análise eficiente dos dados, é possível, por exemplo, saber quais são os produtos de preferência do seu cliente, descobrir qual o ticket médio empregado nas compras e medir o grau de satisfação dele com relação à marca. Todas essas questões podem ser respondidas com base na análise eficaz de dados coletados para o marketing.

      Portanto, fica fácil perceber que, ao analisar o banco de dados dos seus clientes, você obtém informações relevantes sobre eles. Isso ajuda a empresa a economizar dinheiro com as ações de marketing, além de garantir que elas sejam muito mais efetivas.

      A coleta de dados, seja de maneira online, seja off-line, é essencial para o sucesso das ações de marketing. Com ela, é possível investir em campanhas com maior propensão à conversão.

      Como o banco de dados pode ajudar sua estratégia de marketing?

      Além de economizar e criar campanhas que conversem melhor com o seu público, manter um banco de dados de clientes confere, ainda, outras vantagens. Confira, a seguir!

      Informações organizadas

      Ao coletar os dados, você pode categorizá-los. Dessa forma, é possível garantir uma organização eficiente das informações captadas, o que é fundamental para assegurar o sucesso das ações de marketing.

      Dados relevantes

      Coletar dados relevantes a respeito do seu cliente pode ajudar o setor de marketing a criar campanhas mais alinhadas com as expectativas desse público. Isso também pode ser usado para melhorar a experiência do consumidor com a marca.

      Maior precisão

      Como já adiantamos, garantir o retorno do investimento das ações de marketing é algo fundamental para a sustentabilidade do negócio. Por isso, é preciso estar atento e estudar os dados para que eles sejam usados para otimizar os investimentos.

      Personalização

      Ainda com relação à experiência do consumidor, a personalização é algo que o marketing deve sempre considerar em suas ações. Além de aproximar o público com a marca, isso gera uma maior identificação, o que favorece a fidelização.

      Como um banco de dados influencia o setor de vendas?

      Uma equipe de vendas que conhece os seus clientes pode oferecer a eles a melhor solução e em menos tempo, o que aumenta as chances de efetivação de novos negócios. Isso porque, com as informações em mãos, os vendedores não precisam empregar tempo na busca de dados sobre o consumidor X ou Y, aumentando a eficiência de seus atendimentos.

      Além disso, organizações que mantêm um banco de dados organizado e com informações consistentes sobre os seus compradores podem melhorar a sua negociação. Ao final, a soma de todos esses fatores garante a satisfação do consumidor, o que gera mais valor para a marca.

      Como usar o banco de dados de clientes para otimizar seu marketing?

      Como você pode perceber, o uso de dados é fundamental para embasar as ações de marketing. As informações coletadas são capazes de impactar a captação de leads, as campanhas de mídias pagas, as vendas e todas as ações de marketing.

      Logo, ignorar a importância dos dados é agir no escuro, o que pode gerar prejuízos incalculáveis para a marca. Mas também é importante recordar que o comportamento das pessoas muda ao logo do tempo, devido a fatores sociais e econômicos. Assim, mais do que manter um banco de dados, é importante atualizá-lo.

      Com isso em mente, os dados coletados podem ser usados para:

      • personalizar a comunicação;
      • aumentar a relação de custo-benefício das ações de Marketing;
      • garantir a segurança das informações;
      • reduzir o tempo de busca por informações em outras fontes;
      • criar campanhas mais efetivas.

      Quais as melhores estratégias de marketing utilizando o banco de dados?

      As melhores estratégias de marketing dependerão de fatores como objetivos do negócio, verba disponível, público-alvo e mercado. No entanto, ao utilizar o banco de dados, é possível otimizar as campanhas. Acompanhe, a seguir!

      Enviar mensagens personalizadas

      Uma das aplicações de banco de dados mais comuns é o envio de mensagens personalizadas, tanto via SMS quanto por WhatsApp e até email marketing. Além disso, o banco de dados torna possível conhecer toda a jornada de compra do cliente, o que facilita esse processo.

      Com isso, é possível garantir, por exemplo, uma taxa melhor de taxa de abertura de e-mails marketing. Ainda vale lembrar que, quanto melhor for a experiência do cliente, maiores são as chances de ele comprar da sua empresa novamente.

      Criar um programa de fidelidade

      Entender como o consumidor se comporta é a chave para estreitar o relacionamento com ele, o que também facilita a sua fidelização. Assim, o Database Marketing também pode ser usado para criar um programa de fidelidade capaz de ofertar promoções e descontos exclusivos.

      Isso colabora para que os consumidores já fidelizados se tornem, também, defensores da marca no mercado.

      Orçar o custo de aquisição do cliente (CAC)

      Ao consultar as informações do banco de dados do cliente, fica mais fácil calcular métricas que são relevantes em relação aos custos relacionados à aquisição de novos clientes. A conta é simples: divida os investimentos da empresa com a aquisição de novos consumidores pelo número de clientes conquistados em determinado período de tempo.

      Lembre-se de que você precisa levar em consideração todas as despesas de marketing que fazem parte das campanhas.

      Qualificar leads

      O banco de dados de clientes pode ser usado para gerar novas ideias capazes de suprir as demandas dos consumidores. Isso também colabora para a qualificação de leads e também para fidelizá-los.

      Só para você se recordar, os leads são potenciais clientes que tiveram alguma interação com a sua marca e deixaram informações de contato, o que acontece ao baixar um e-book ou assinar uma newsletter, por exemplo. Mas é importante lembrar que nem todos os leads se tornarão clientes. Logo, é necessário fazer a segmentação conforme a chance de conversão.

      Nesse cenário, as campanhas de nutrição são fundamentais para aproximar esses potenciais consumidores da sua marca.

      Como vimos ao longo desta leitura, o banco de dados de clientes pode ser usado para tornar as estratégias de marketing mais eficientes. Assim, colabora para a otimização dos esforços e um melhor retorno sobre investimento.

      Se você gostou deste artigo, aproveite para conferir tudo sobre dados primários e dados secundários de clientes!

      Compartilhe
      facebook
      linkedin
      twitter
      mail

      Inscreva-se em nosso blog

      Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

      Posts Relacionados

      Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

      Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!