Erros de Black Friday que você deve evitar nas suas campanhas em 2022

A Black Friday é uma das datas mais importantes do ano para as empresas. Mas, se o seu planejamento não for bom, você cometerá falhas que beneficiarão (e muito) seus concorrentes. Esses erros na Black Friday podem ser fatais em um momento tão crucial para suas vendas, então, é preciso saber evitá-los.

erros black friday
Estratégias de Conteúdo com Patrícia Moura

A época de fim de ano é um momento para família, comida, comemorações… e vendas. As marcas costumam descobrir que seus melhores meses acontecem no final do ano, o que pode adicionar mais estresse aos profissionais de marketing que tentam criar as campanhas de marketing digital mais eficazes.

Como a Black Friday é o maior dia de compras do ano, marcas inteligentes já estão planejando sua abordagem para aproveitar o momento. Mas muitas gastam seu tempo, esforços e, em última análise, seus recursos nas coisas erradas.

Esta é uma lista dos 16 maiores erros de Black Friday que as empresas costumam cometer. Queremos ajudar você a evitar problemas e se planejar adequadamente para aproveitar ao máximo essa época.

1. Focar apenas descontos

Muitas marcas e profissionais de marketing presumem que os descontos são a única opção na Black Friday. Afinal, preços baixos especiais costumam ser a atração número um para os clientes que buscam um ótimo negócio. No entanto, existem muitos outros tipos de ofertas que você pode utilizar, que podem atrair ainda mais clientes.

Compre um e leve outro

“Compre um e leve outro” é uma ótima maneira de atrair clientes que desejam obter o máximo de seu dinheiro. A abordagem pode ser “compre um e leve outro de graça”, ou “compre um e ganhe metade do desconto no outro”, mas a principal atração é a economia percebida que os clientes obtêm. Apenas certifique-se de que sua venda seja para itens que as pessoas vão querer a caráter múltiplo.

Frete grátis

As taxas de envio podem fazer com que os clientes abandonem suas compras ou comecem a hesitar, mesmo que o valor seja baixo. Oferecer frete grátis em suas vendas da Black Friday ajudará você a levar os clientes até a linha de chegada das vendas online.

Brindes com as compras

Assim como em uma venda “compre 1 leve 2”, um presente grátis pode atrair os clientes com a ideia de que eles receberão mais do que o valor pelo qual pagaram. Um brinde pode ser um item pequeno, como uma sacola ou brinquedo, ou um presente mais caro, como uma pulseira ou joia.

Mas, independentemente do tamanho, esses brindes podem fazer que os clientes realizem uma compra que, de outra forma, não teriam feito para evitar a perda de um presente.

2. Buscar os clientes errados

Um aspecto importante de uma campanha de sucesso da Black Friday é entender quem são seus clientes e fazer o marketing para grupos específicos. Embora você possa ter um público-alvo para seus produtos ou serviços, durante a Black Friday, seus clientes atuais serão pessoas comprando presentes para seus clientes ideais.

Você precisará ajustar seus anúncios e estratégias de segmentação para alcançar as pessoas certas e se certificar de não deixar as partes interessadas passarem despercebidas. Além disso, ampliar suas qualificações de público durante as campanhas de anúncios para que sua mensagem seja vista por mais pessoas.

3. Não diversificar os públicos

Enquanto você deseja trabalhar no redirecionamento de seus anúncios para compradores reais, não apenas seus compradores ideais, você também precisa reservar um tempo, durante a Black Friday, para refinar esses públicos ao usar dados para atualizar seus perfis de comprador.

Você pode usar a tecnologia de geolocalização e dados de saída de qualquer local físico para obter um melhor registro de seus clientes, para saber quem incluir.

4. Não se planejar com antecedência

Um dos maiores erros das marcas na Black Friday é não se planejar. Uma estratégia de marketing de sucesso nesse período não pode ser lançada de última hora. Você precisa gastar tempo pesquisando e desenvolvendo uma estratégia que trará mais resultados para você e sua empresa.

Quando você planeja com antecedência, pode reservar um tempo para ver o desempenho das etapas iniciais de suas campanhas ou ajustar suas mensagens e designs para tentar capturar mais consumidores. O seu marketing precisa começar bem antes do evento real, mas sem uma estratégia, com o tempo, sua marca perderá vendas e receita.

5. Não ativar carrinhos abandonados

O abandono de carrinho é um dos principais motivos pelos quais as vendas não atingem seu potencial total durante a Black Friday. Os clientes podem ter dúvidas, procurar outras ofertas para comparar ou, simplesmente, se esquecer do carrinho, mas ignorar essas vendas em potencial é um grande erro.

Você pode usar os dados do cliente para enviar lembretes na forma de emails ou, até mesmo, mensagens de texto para clientes com carrinhos abandonados, e pedir que voltem e concluam a compra. Isso pode ajudar a lembrar os consumidores de suas compras ou, pelo menos, esvaziar o carrinho para que você tenha um melhor entendimento das suas vendas potenciais.

6. Deixar o público se virar sozinho

Outro motivo pelo qual os clientes podem sair sem fazer compras é a sensação de sentirem sobrecarregados. Deixar um cliente sozinho, sem qualquer ajuda, pode levá-lo a se sentir estressado ou ignorado, e ele vai migrar para outras marcas.

Trabalhe para melhorar suas experiências de usuário em seu site e atualizar chatbots ou recursos de chat ao vivo para ajudar os clientes a se conectarem com respostas, ou com funcionários que podem orientá-los para o que procuram.

7. Criar apenas ofertas “de fim de ano”

Embora a maioria dos profissionais de marketing e marcas saiba manter suas ofertas de fim de ano um tanto abertas, com termos gerais, como “fim de ano”, em vez de dias específicos, ainda pode haver uma desconexão se você se concentrar apenas nisso.

A Black Friday e as mensagens de fim de ano devem ser amplas o suficiente para incluir ofertas fora das promoções dessa época. Assim, atinge clientes que procuram produtos e serviços por outros motivos.

8. Subestimar as vendas online

Os profissionais de marketing, até mesmo, os que trabalham com marketing digital, às vezes, podem cometer o erro de pensar que as vendas online não serão iguais às vendas na loja física durante a Black Friday. A verdade é que as vendas online podem ultrapassar as realizadas na loja física.

Se você não investir tempo e energia para criar uma ótima experiência online, poderá descobrir que os clientes se afastam totalmente de sua marca. 

Para obter o máximo das suas vendas online, você também precisará se concentrar em seu e-commerce e se certificar de que sua navegação seja clara, seus formulários sejam fáceis de preencher e seus produtos tenham ótimas imagens e descrições para impulsionar as vendas.

9. Pensar que você não precisa de uma campanha completa

Alguns profissionais de marketing acham que um único anúncio ou material de Black Friday é suficiente para atrair clientes. Na verdade, você precisa desenvolver uma campanha completa, do início ao fim, para garantir que aproveite ao máximo essa temporada de compras.

Sem um plano completo, você pode perder os principais eventos de ponto de contato que aumentam a conscientização e atraem os clientes.

10. Não coletar dados do cliente

Como a Black Friday é o maior dia de compras do ano, você tem oportunidades incríveis de coletar informações de clientes e aumentar seu banco de dados. Se você não obter emails e informações desse público, pode estar perdendo a chance de aumentar drasticamente suas vendas futuras.

Quando você coleta as informações do seu cliente, não apenas aumenta seu banco de dados para marketing e retargeting no futuro, como também, pode expandir seu entendimento sobre os perfis de clientes reais e ideais. Os dados coletados também podem ajudar a determinar quais canais são mais bem-sucedidos e a desenvolver estratégias de marketing digital no futuro.

11. Esperar muito para lançar suas campanhas

Mesmo que você tenha uma campanha bonita, bem pesquisada e completa, tudo pode ser em vão se você esperar muito tempo para que ela seja lançada. Emails de conscientização e datas de venda anteriores, como uma promoção de prévia da Black Friday, podem ajudar a comercializar seus negócios muito antes da data real. 

Esperar até tarde demais pode significar que os clientes já alocaram mentalmente seu orçamento para outras marcas, ou encontraram ofertas semelhantes às suas em outras empresas, e assumiram um compromisso interno com seus concorrentes.

12. Pensar que a urgência se criará sozinha

Uma das razões pelas quais a Black Friday é um dia de tanto sucesso para compras e vendas, ano após ano, é a urgência da data. Um dia por ano para as melhores ofertas, com medo de perder promoções incríveis, cria um verdadeiro gatilho psicológico para os consumidores comprarem rapidamente.

Se a sua estratégia de marketing não funcionar com a escassez de recursos e a urgência criada, você pode perder nas compras por impulso. Experimente truques como uma contagem regressiva, tempos de expiração de ofertas, mensagens de “somente hoje” ou limites de estoque de produtos para ajudar a impulsionar seu público a comprar.

13. Presumir que os clientes virão até você

Assim como alguns profissionais de marketing, muitas vezes, pensam que a urgência se criará sozinha, eles também acham que os clientes virão automaticamente até eles na Black Friday. Afinal, os clientes fiéis de sua marca não procurarão as ofertas da Black Friday que você está oferecendo?

Até mesmo os defensores leais da marca podem ficar sobrecarregados com o número de anúncios e ofertas disponíveis durante a Black Friday e, sem receber sua mensagem e informações sobre suas ofertas, você pode se perder nessa bagunça. 

Nunca presuma que seus clientes virão até você — é seu trabalho criar anúncios, campanhas e pontos de contato que guiarão as pessoas até sua loja.

14. Esquecer da Cyber ​​Monday

Com o termo “Black Friday” usado o tempo todo durante o final do ano, algumas marcas se esquecem completamente da Cyber ​​Monday. Esse é um dia de compras relativamente novo, que ocorre imediatamente na segunda-feira após a Black Friday. 

A Cyber ​​Monday é um dia conhecido pelas compras online, por isso, muitas marcas tradicionais de materiais de construção se esquecem de incluí-la. No entanto, você não quer prejudicar seus consumidores da Black Friday, oferecendo melhores negócios na Cyber ​​Monday.

Uma dica é escolher produtos diferentes para focar em cada evento, para que você possa espalhar as compras e evitar ofender os clientes, oferecendo um negócio melhor em um dia diferente. Outra boa dica é pensar na Black Friday e na Cyber ​​Monday como dois pontos de uma única campanha de vendas.

As vendas da Black Friday e da Cyber ​​Monday devem trabalhar juntas para entregar ofertas aos clientes nos dois dias, e usar mensagens diferentes para capturar as nuances de cada data de compras.

15. Errar na comunicação interna

Uma estratégia forte de Black Friday não olha apenas para sua comunicação com os clientes, mas também, para sua comunicação interna. O final do ano pode ser o mais estressante para sua equipe. Ela não está apenas montando negócios da Black Friday, mas também, são clientes de outras marcas ao mesmo tempo. 

Além do estresse do trabalho, os funcionários querem aproveitar as folgas com a família ou descansar nos feriados. Ter um plano claro e uma estratégia interna, além de ser aberto com os integrantes da equipe, pode tirar um pouco do estresse do planejamento da Black Friday no escritório, e ajudar sua organização a fluir sem problemas na preparação para o grande dia.

16. Ser irrealista

Com tanto potencial investido na Black Friday, não é difícil ver por que algumas marcas e profissionais de marketing abraçam mais do que podem suportar. Algumas marcas tentam fazer muito e acabam sobrecarregadas, e não têm tempo ou força de trabalho para gerenciar todos os aspectos do evento.

Você também precisa ser realista sobre coisas como:

  • seus tempos de envio;
  • o que você tem atualmente em estoque
  • quanto tempo leva para reabastecer os produtos.

Se você prometer mais do que pode cumprir, prejudicará seriamente a reputação de sua marca e os clientes que dependem de sua palavra.

A Black Friday é o início da temporada de festas e o maior dia de compras do ano. Sem um plano, no entanto, os profissionais de marketing podem acabar cometendo grandes erros na Black Friday, que afetam seus resultados financeiros de forma negativa.

Aproveite para saber mais ao se inspirar com bons exemplos para essa época do ano. Veja as melhores campanhas de Black Friday!

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail

Inscreva-se em nosso blog

Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

Posts Relacionados

Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!