Aprenda as técnicas de como escrever para blogs ou sites

Escrever para blogs ou sites é uma atividade especializada. Não pense que é como escrever para qualquer outro meio, porque a web exige algumas técnicas específicas para oferecer uma melhor experiência ao leitor, otimizar para o Google e atingir objetivos de marketing. Aprenda agora as melhores técnicas para isso.

Atualizado: 03/05/2022
escrever para blogs ou sites

Precisando de conteúdo para sua empresa? Encontre os melhores escritores em WriterAccess!

Quem sabe escrever para blogs ou sites tem um grande poder nas mãos. A redação para web se tornou uma atividade especializada, muito requisitada pelas empresas que investem em marketing de conteúdo e desejam ter mais resultados na internet.

No marketing digital, as empresas querem atrair mais tráfego para o site, engajar sua audiência, conquistar a confiança dos consumidores, aumentar sua autoridade no mercado e gerar mais oportunidades de negócio. E a produção de conteúdo para blogs e sites pode contribuir para tudo isso — desde que a escrita tenha qualidade.

É por isso que muitos jornalistas, escritores, publicitários, profissionais de marketing e de outras áreas estão cada vez mais interessados nas técnicas de escrita para web. Isso se tornou um novo nicho profissional, já com inúmeras oportunidades no mercado.

Por isso, reunimos neste artigo as melhores dicas e técnicas de como escrever para blogs e sites. Você vai ver como esse tipo de redação pede atenção para gerar os resultados esperados. Acompanhe agora para saber tudo!

    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    Por que escrever para blogs ou sites é diferente?

    Existem vários tipos de textos: notícias de jornais, reportagens, copywriting, blogposts, email marketing, textos literários, escrita acadêmica, redação para vestibular e por aí vai. Mas você acha que é a mesma coisa escrever para esses diferentes tipos de redação? Não é bem assim…

    Cada texto pede uma técnica diferente de escrita, que varia conforme o público que lê, o contexto do leitor, o objetivo do texto, o suporte em que ele é publicado, entre outros vários fatores. Por isso, escrever para blogs e sites é diferente de todas essas possibilidades de redação.

    A produção de conteúdo para blogs e sites de empresas tem as suas próprias técnicas, porque tem um contexto específico, assim como outros tipos de textos. Nesse caso, o redator deve entender que a sua produção deve:

    • cumprir objetivos de marketing da empresa;
    • comunicar-se com consumidores e clientes potenciais da marca;
    • ser publicada e lida em canais digitais, não impressos.

    Esses três fatores tornam a escrita para blogs e sites muito específica, diferente de outros tipos de textos. É por isso que, ao longo dos últimos anos, os profissionais desenvolveram técnicas de redação para web que se adequassem a esses fatores. Vamos conhecê-las melhor logo mais.

    Por que as técnicas de escrita podem melhorar seus resultados no marketing digital?

    As técnicas para escrever melhor em blogs e sites são capazes de melhorar os resultados de marketing de conteúdo das empresas. Essa estratégia tem o objetivo de atrair clientes, engajar consumidores e criar uma percepção positiva da marca por meio de conteúdos relevantes para a sua audiência.

    Mas você acha que é possível conquistar todos esses resultados no marketing digital com textos mal escritos e mal otimizados?

    As marcas perdem credibilidade e oportunidades se publicam textos copiados de outros autores, difíceis de ler pela internet, com erros de português e sem otimização para o Google, por exemplo.

    Por isso, a qualidade da redação para web está na essência do marketing de conteúdo. Boas práticas de redação para blogs e sites melhoram a experiência do usuário e transmitem confiança para o leitor, que é também consumidor ou cliente potencial da marca.

    Se as pessoas gostam do que leem no seu blog ou site, você consegue transmitir a sua mensagem e se conectar com elas. Assim, é possível iniciar e estreitar o relacionamento com os consumidores.

    Além disso, um texto que segue as melhores práticas de como escrever para blogs e sites tem mais chances de conquistar o Google. Muitas dicas de escrita para web são também técnicas de SEO, que ajudam a posicionar as páginas nos primeiros lugares do buscador.

    Dessa forma, a marca consegue atrair mais visitantes para o seu blog e site, além de fortalecer a sua autoridade no mercado.

    Quais são os pilares da redação para blogs e sites?

    Agora, vamos começar a entender como escreve para blogs e sites de forma eficiente, que seja interessante para o leitor e traga resultados para as marcas. Inicialmente, vamos falar dos pilares da redação para web, que sustentam os melhores textos para blogs e sites. Elencamos aqui os principais:

    Planejamento

    Assim como toda estratégia de marketing, textos de blogs e sites precisam ser planejados antes de serem escritos. Para isso, é preciso alinhar a escrita ao planejamento de marketing, que define os objetivos da marca, a persona com quem ela quer se comunicar e as estratégias que vai usar.

    Como parte do marketing de conteúdo, os textos de blogs e sites devem contribuir para cumprir o planejamento da marca, por isso também devem perseguir os mesmos objetivos e falar com a mesma persona. Com os objetivos e a persona em mente, é possível definir a estrutura do texto, a linguagem mais adequada e os temas que você pode abordar.

    Coesão e coerência

    Aqui está uma dica que vale para qualquer tipo de texto, mas que é importante lembrar também na redação para web: um texto de qualidade depende de coesão e coerência.

    A coesão se refere ao encadeamento das ideias para estabelecer nexos entre as partes do texto — entre palavras, frases e parágrafos. O texto fica mais agradável e bem escrito quando usa conectores, ganhos semânticos, sinônimos e pronomes. Já a coerência se refere à construção de sentidos, que são o ponto de partida do texto.

    Pode-se dizer que a coerência está no plano das ideias, enquanto a coesão é a sua manifestação formal, a fim de transmitir sentidos. Quando um texto é coeso e coerente, você consegue transmitir sua mensagem e engajar a leitura.

    Originalidade

    É essencial que os textos para blogs e sites sejam originais. O principal motivo para isso são os direitos autorais — afinal, você não pode plagiar a criação de outra pessoa ou empresa. Além de ser antiético, é crime.

    Mas também existem outros motivos para ser original na sua escrita. O Google identifica quando uma página copia a outra e pode punir quem utiliza essa prática.

    Além disso, originalidade é uma forma de se diferenciar dos outros milhares de conteúdos que já estão publicados na web, com as suas próprias palavras, conhecimentos e experiências na área. 

    Relevância

    Outro pilar da redação para blogs e sites é a relevância do texto para a persona. Você deve escrever sobre assuntos que interessem à sua audiência, que tenham relação com a sua área de atuação e respondam dúvidas importantes do seu público.

    É isso que vai fazer as pessoas chegarem até o seu site ou blog e valorizar o que você escreveu, a fim de resolver alguma necessidade.

    Otimização SEO

    Textos de blogs e sites não devem ser apenas bem escritos. Eles também precisam adotar técnicas de SEO, ou seja, de otimização para que o conteúdo tenha mais chances de aparecer nos primeiros lugares do Google.

    Dessa forma, o texto ajuda a página a conquistar mais tráfego e engajar os usuários, o que é essencial para gerar mais oportunidades de negócio. Lembre-se de que escrever para blogs e sites é também cumprir objetivos de marketing.

    Escaneabilidade

    Escaneabilidade é a característica de um texto que pode ser lido rapidamente, com destaque para os seus pontos principais. Um conteúdo escaneável é mais interessante para o leitor da web, que geralmente está com pressa e quer chegar logo ao ponto que lhe interessa.

    Por isso, a escaneabilidade é também um dos pilares da escrita para blogs e sites e uma das suas características mais específicas. Mais adiante, você vai ver algumas técnicas para criar textos escaneáveis.

    Como escrever para blogs ou sites? Conheça as melhores técnicas!

    A seguir, vamos ver as principais técnicas de como escrever para blogs e sites. São 20 dicas, que você pode usar como um checklist já no seu próximo texto! Confira agora: 

    1. Estruture o seu texto

    Antes de começar a escrever, estruture o texto com os tópicos e as principais ideias que você pretende desenvolver, a fim de responder às dúvidas da persona. Lembre-se de que o texto deve ter início, meio e fim para transmitir a sua mensagem ao leitor.

    2. Seja objetivo

    Em geral, a leitura de textos na internet é mais rápida. As pessoas querem encontrar logo a resposta para uma dúvida. Por isso, evite textos prolixos: foque naquilo que interessa e deixe de lado floreios e palavras que não contribuem para a experiência de leitura.

    3. Utilize palavras-chave naturalmente

    A pesquisa de palavras-chave é uma tarefa essencial do planejamento de marketing de conteúdo. Nessa etapa, a empresa deve identificar os termos que as pessoas podem usar para chegar até os seus conteúdos e, assim, gerar mais tráfego e conversões para o site.

    Essas palavras-chave devem ser usadas naturalmente ao longo da página para que ela apareça nas buscas dos usuários. Não force a barra usando várias vezes o mesmo termo, porque isso prejudica a experiência de leitura. Procure usar termos relacionados, sinônimos, variações e outras palavras do campo semântico da palavra-chave principal.

    Palavras-chave são essenciais para quem quer escrever melhor para web e otimizar seus conteúdos para o Google. Leia outros posts do blog em que tratamos sobre esse assunto:

    4. Insira palavras-chave em locais estratégicos

    Se você inserir a palavra-chave e suas variações em determinados locais da página, o Google pode entender melhor qual termo está no seu foco. No título, em alguns intertítulos, no início e no fim do texto são alguns locais estratégicos para o SEO do conteúdo.

    5. Crie um bom título

    O título é o primeiro contato do leitor com o seu texto. Isso pode acontecer nas redes sociais, na página de resultados do Google ou outras formas de divulgação. Então, o título tem o papel de despertar o interesse do leitor e fazer com que ele clique no link para ler o texto todo.

    Por isso, é importante caprichar na hora de criar o título, que deve ser informativo e persuasivo, além de incluir a palavra-chave que está no seu foco.

    escrever para blogs ou sites

    6. Utilize um bigode

    No jargão jornalístico, o bigode é o texto que vem logo abaixo do título de uma matéria. Ao escrever para blogs, você pode inserir um bigode abaixo do título, com cerca de 40 palavras, com um pequeno resumo do que você vai apresentar no texto. Inclua aqui também a palavra-chave e/ou suas variações, sempre de forma natural.

    7. Comece bem com a introdução

    A introdução do texto é o trecho que deve fisgar o leitor. Você deve despertar o interesse das pessoas em continuar lendo. Para isso, é interessante começar com uma frase de impacto, um dado instigante, uma pergunta que faça o leitor pensar, uma promessa que só vai ser resolvida ao longo do texto, entre outros recursos.

    8. Divida o texto em intertítulos

    A divisão do texto em intertítulos é um recurso de escaneabilidade. Em vez de oferecer um grande texto sem qualquer destaque interno, divida o conteúdo em tópicos para que o leitor possa ir direto ao ponto que lhe interessa.

    Essa divisão também ajuda o Google a entender a hierarquia do seu texto por meio das heading tags, que servem para marcar os intertítulos no código-fonte.

    9. Priorize parágrafos curtos

    Parágrafos curtos também contribuem para a escaneabilidade e melhoram a experiência de leitura. Não é uma regra, não existe um mínimo ou máximo de linhas, mas cuide para não cansar o leitor com muitos assuntos dentro de um mesmo parágrafo.

    10. Alinhe o texto à esquerda

    O alinhamento do texto é uma dúvida comum. Em geral, em trabalhos acadêmicos, notícias de jornal e outros formatos impressos, utiliza-se o texto justificado.

    Porém, a redação para web recomenda o alinhamento à esquerda, por questões de escaneabilidade: em vez de apresentar um grande bloco de palavras, que não dá vontade de ler, você torna o texto mais leve e agradável de ler.

    11. Insira links internos

    Links internos são essenciais na redação para web. Eles têm a função primordial de oferecer conteúdos complementares aos leitores, mas também cumprem o papel de aumentar o tempo de permanência no site e fazer o usuário circular por outras páginas.

    Isso mostra ao Google que você está oferecendo uma boa experiência no seu site. Além disso, os links internos ajudam o buscador a entender as relações entre os conteúdos do site e quais páginas são mais importantes. Um blogpost que é citado várias vezes, especialmente no início do texto, pode ser considerado mais relevante pelo Google.

    12. Busque referências confiáveis

    Procure enriquecer o seu texto com informações, dados e estatísticas, que trazem mais credibilidade ao conteúdo. Mas faça isso com referências confiáveis, como autoridades e especialistas do seu nicho.

    Isso ajuda a construir um texto com mais qualidade, e o Google valoriza quando você cria links para sites externos que são autoridades do mercado.

    13. Utilize listas numeradas e bullet points

    Listas numeradas e bullet points também ajudam a tornar o texto mais leve e escaneável. Aproveite oportunidades de listar ou enumerar itens para criar uma quebra no texto. Saiba que os olhares daqueles leitores mais apressados vão se direcionar para esses elementos.

    14. Mantenha o leitor engajado

    Durante uma leitura, é comum se distrair um pouco. Se você considerar que muitas pessoas podem ler um texto de site ou blog pelo celular, enquanto se movimentam por aí, as chances de perder a atenção são grandes.

    Então, explore alguns recursos de coesão textual, que mantêm os leitores engajados, como perguntas que levam ao próximo tópico ou frases que retomam algo que você falou anteriormente. 

    15. Explore o storytelling

    O storytelling é também uma forma de manter a atenção do usuário. A técnica de contar histórias prende o nosso interesse desde quando somos crianças. Queremos saber como o herói superou seus desafios ou o que aconteceu com o vilão, não é? Então, aproveite esses recursos nos seus textos para engajar o leitor e despertar suas emoções.

    16. Incorpore outros formatos de conteúdo

    Escrever para blogs e sites vai além dos textos, sabia? Incorporar imagens, vídeos, infográficos e posts de redes sociais é uma forma de tornar a leitura mais envolvente, trazer mais informações para o texto e tornar o conteúdo mais escaneável.

    17. Utilize negritos e itálicos

    Use negritos e itálicos para destacar determinados trechos do texto. É mais um recurso de escaneabilidade que ajuda a direcionar a leitura para frases importantes do texto, que transmitam suas ideias principais. Mas faça isso com parcimônia, ok? Se você destacar tudo, nada se destaca.

    18. Crie um índice de tópicos

    Criar um índice de tópicos no início do texto ajuda o leitor a se localizar no conteúdo. Isso vale especialmente para textos longos e evita que a pessoa tenha que rolar toda a página para encontrar o que deseja.

    escrever para blogs ou sites

    19. Escreva a meta descrição

    A meta description é um pequeno texto marcado no código da página que identifica a sua descrição. Ela é usada para descrever a página no snippet que aparece nos resultados da busca do Google, portanto tem o poder de atrair o interesse e o clique do usuário.

    Muitas vezes, o buscador utiliza trechos da própria página para criar essa descrição e atender melhor à busca do usuário. Mas, se você define essa descrição no código, facilita a vida do Google e pode descrever a página de forma mais interessante e persuasiva.

    20. Faça chamadas para ação

    Chamadas para ação (CTAs) podem ser usadas ao longo do texto para direcionar o leitor a outros conteúdos do blog ou site. Mas, ao final do texto, elas são ainda mais importantes, porque têm a função de manter o usuário engajado com a sua marca.

    Então, crie CTAs para outros posts do blog, redes sociais, newsletter, contato ou ofertas da empresa, por exemplo.

    escrever para blogs ou sites

    Então, gostou de conhecer as principais técnicas de como escrever para blogs e sites? São dicas simples que você pode começar a aplicar já nas suas próximas produções.

    Depois de escrevê-las, não esqueça de revisar os textos para não deixar passar qualquer erro ou esquecer de fazer alguma otimização. Além disso, fique de olho nos dados dos usuários para entender quais textos fazem mais sucesso e como você pode melhorar sua escrita para ter mais resultados no marketing de conteúdo.

    Agora, aproveite para ler sobre as tendências de marketing digital deste ano e conhecer outras estratégias que você pode adotar para ter mais sucesso na internet.

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo no WriterAccess.

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo em WriterAccess.

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Compre conteúdo de alta qualidade com a WriterAccess.

    Tenha acesso a mais de 15.000 freelancers especializados em redação, edição, tradução, design e muito mais, prontos para serem contratados.

    Fale com um especialista e amplie seus resultados de marketing.

    A Rock Content oferece soluções para produção de conteúdo de alta qualidade, aumento do tráfego orgânico e conversões, e construção de experiências interativas que transformarão os resultados da sua empresa ou agência. Vamos conversar.