Filezilla: entenda para que serve e como instalar

O FileZilla é um dos clientes FTP mais populares da internet. Além da simplicidade da sua interface, o serviço se consagrou por ser um projeto livre (de código aberto) e oferecer opções para todos os tipos de sistema operacional.

Filezilla

Com tantas ferramentas intuitivas para criar e gerenciar sites, os clientes FTP perderam espaço no mercado. A maioria dos serviços de hospedagem oferecem Gerenciadores de Arquivos que funcionam, basicamente, da mesma forma, e podem ser acessados pelo navegador, dispensando instalações.

Ainda assim, muitos webmasters continuam utilizando esses softwares pela segurança, pela estabilidade e pela velocidade que oferecem na transferência de arquivos.

Além disso, soluções como o FileZilla trazem recursos adicionais interessantes. Entre eles, a possibilidade de listar arquivos ocultos ou gerenciar o nível de permissão dos diretórios — o que nos permite dar acesso ao banco de dados do site para outros profissionais, sem correr o risco de ter dados sigilosos expostos para pessoas não autorizadas.

De maneira geral, porém, o que os clientes FTP entregam é a facilidade de incluir, apagar, modificar ou mover arquivos de um site rapidamente, simplesmente, acessando um programa na área de trabalho. E o FileZilla é uma das melhores opções para isso.

Continue a leitura pra saber tudo sobre essa ferramenta, além de aprender a instalá-la e configurá-la no seu computador!

    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    O que é FileZilla?

    Antes de falarmos especificamente do FileZilla, é importante esclarecermos o que é um cliente FTP. Essa sigla significa File Transfer Protocol, ou Protocolo de Transferência de Arquivos, e o que os clientes fazem nada mais é do que enviar e receber dados por meio desse protocolo de internet.

    Esse recurso, inclusive, não é nada novo. Ele existe desde os anos 1970 e é usado para trocar arquivos entre computadores. Nos dias de hoje, essa troca acontece, principalmente, entre dispositivos pessoais e servidores — os computadores superpotentes nos quais rodam os sites, as redes sociais e os aplicativos modernos.

    O FileZilla é um dos softwares capazes de conectar máquinas e transferir arquivos usando o FTP. Sua primeira versão surgiu em 2001, mas seu sucesso se deu alguns anos depois, com a popularização da internet e das ferramentas para criação de blogs e sites.

    Atualmente, o projeto oferece uma versão paga com recursos adicionais, mas o programa clássico continua sendo totalmente gratuito, e é uma das aplicações para computador mais baixadas da internet. Além disso, há versões disponíveis para Windows, Linux e macOS.

    Para que esse tipo de software serve?

    Como você sabe, um site nada mais é do que um grande amontoado de códigos, imagens, textos e vídeos disponíveis na internet. Para se destacar na sua estratégia de Marketing de Conteúdo, por exemplo, você vai precisar trabalhar bem a aparência do seu site, adicionar recursos, criar novos conteúdos e remover itens prejudiciais. Basicamente, são tarefas que envolvem o gerenciamento de arquivos dentro do banco de dados do site.

    Ainda que muita coisa possa ser feita por meio do painel do seu CMS, muitas vezes, pode ser necessário organizar ou gerenciar arquivos de maneira direta, ou seja, acessar o servidor do seu site e manipular pastas e documentos. As principais situações em que isso pode ser necessário são:

    • para adicionar arquivos muito extensos ou em formatos não suportados pelo gerenciador de arquivos do CMS ou da hospedagem;
    • ao limpar arquivos inúteis ou residuais de plugins desinstalados, que podem estar comprometendo a velocidade do site;
    • para restringir o acesso a determinadas áreas do banco de dados por questões de hierarquia, segurança ou privacidade;
    • para corrigir erros ou problemas de desempenho ocasionados por arquivos problemáticos ou documentos mal alocados.

    Além dessas funções, vale destacar a facilidade que os clientes FTP, como o FileZilla, oferecem. Após instalado e conectado ao servidor da sua hospedagem, basta um clique para iniciar o programa e começar a gerenciar seus arquivos.

    Mesmo usando um serviço online semelhante dentro da sua empresa de host, o tempo necessário para chegar até lá é muito maior e exigirá várias outras etapas, como logins, autenticações, buscas no cPanel etc.

    Quais são as principais vantagens de usar o Filezilla?

    A internet conta com muitas opções de cliente FTP, como Cyberduck, WinSCP e Transmit. O FileZilla, porém, se destaca no mercado por ser muito simples de utilizar, e por oferecer muitos recursos interessantes, o que chega a surpreender por ser uma solução gratuita.

    Entre as principais vantagens do projeto, podemos citar:

    • interface direta e intuitiva: todas as funções do FileZilla estão disponíveis logo de cara, e o manejo de arquivos é tão simples quanto fazê-lo no gerenciador de arquivos do computador;
    • transferências rápidas: o FileZilla oferece uma das velocidades de transmissão mais rápidas entre os clientes FTP, tanto para download quanto para upload;
    • compatível com CMSs: o programa funciona perfeitamente com os principais CMSs do mercado, sobretudo, o WordPress, no qual é possível instalar até temas e plugins por ele;
    • edição de códigos-fonte: você ou o programador da sua equipe podem corrigir erros em códigos diretamente pelo cliente FPT.

    Além de todas essas vantagens, o FileZilla também oferece uma versão flash para download que pode ser instalada em pendrive. Isso permite levar o software para qualquer dispositivo, mas requer muita cautela no quesito segurança.

    O mais recomendável, portanto, é instalar a aplicação local em um computador confiável. E é isso que ensinamos, no próximo tópico.

    Como instalar o FileZilla?

    O FileZilla é um software como qualquer outro, ou seja, você precisará baixá-lo e instalá-lo no seu computador para utilizar. Aprenda como fazer, no passo a passo, a seguir.

    Acesse o site oficial do FileZilla

    O programa está disponível em vários repositórios nacionais e internacionais. Por questões de segurança e para garantir o download da versão mais recente, é sempre recomendável baixar o arquivo no site oficial do projeto, que é o https://filezilla-project.org (em inglês).

    Logo na página inicial, em “Quick download links”, você encontra os links para as duas modalidades do serviço: o FileZilla Client (que conecta computadores comuns a servidores) e o FileZilla Server (que é instalado em servidores para permitir o acesso por computadores comuns). Sua escolha, portanto, deve ser a primeira: “Download FileZilla Client”.

    FileZilla

    Selecione o arquivo compatível com seu sistema operacional

    Na próxima página, verifique se o sistema operacional inciado está correto. Se sim, basta clicar em “Download FileZilla Client”. Caso contrário, selecione o logotipo do sistema operacional do seu computador na linha “Other platforms…”, logo abaixo, para baixar o arquivo correto.

    FileZilla

    Na versão para o Windows, surgirá uma janela com várias opções do programa, incluindo as pagas. Selecione a primeira, que é a gratuita e com o download direto.

    FileZilla

    Inicie o instalador e instale o FileZilla

    Após baixar o arquivo, basta executá-lo e seguir os seguintes passos na instalação:

    • na primeira janela, clique em “I Agree” (Eu concordo) para confirmar que está de acordo com as licenças de uso do serviço;
    • na segunda janela, é oferecido um software adicional que você pode cancelar, desmarcando a caixa de seleção do anúncio (“Já li a Política de Privacidade e concordo…”) e clicando, em seguida, em “Next” (Próximo);
    • Após a instalação, clique em “Finish” (Finalizar) para encerrar o assistente e iniciar o FileZilla.

    Como conectar o FileZilla à minha hospedagem?

    Outra grande vantagem que o FileZilla oferece é a conexão rápida. Em muitos clientes FTP, a configuração do serviço no servidor pode ser bastante trabalhosa e exigir algum conhecimento técnico. Nesse caso, porém, ela é extremamente simples.

    Antes de tudo, você precisa se certificar de que a sua empresa de hospedagem oferece acesso aos servidores por meio do FileZilla. Dada a popularidade do serviço, é improvável que ela não disponibilize esse tipo de acesso, mas é recomendável verificar.

    Os dados que você vai precisar para fazer a conexão são os seguintes:

    • host: que é o endereço do servidor que pretende acessar;
    • nome de usuário: que pode ou não ser o mesmo que você usa para acessar a hospedagem;
    • senha: que também pode ou não ser a mesma utilizada no login do host;
    • porta: que indica exatamente a aplicação que pretende acessar.

    Esses dados, geralmente, estão disponíveis no dashboard ou no cPanel da sua hospedagem, mas há casos em que é necessário entrar em contato com a empresa para obtê-los. Tudo dependerá do serviço que você utiliza.

    Com as informações em mãos, basta inseri-las nos campos indicados, logo abaixo do menu superior do programa, e depois clicar em “Conexão rápida”.

    FileZilla

    Esse é o jeito mais rápido e fácil de fazer a conexão, mas, dependendo do seu host, outras ações podem ser necessárias. Você deve verificar isso, também.

    Após se conectar, você verá as pastas do seu banco de dados no programa. Na maioria das instalações com CMS, os arquivos visualizáveis do site ficam no diretório “public_html”, e é nele que você, provavelmente, fará a maior parte dos ajustes.

    O nosso guia sobre o FileZilla termina aqui, e esperamos que as informações citadas tenham ajudado a conhecer melhor e a utilizar essa ferramenta. Ela pode ser muito útil na rotina e na resolução de problemas do seu site.

    Para você que é cliente do Stage, a plataforma de hospedagem oficial da Rock Content, saiba que temos um tutorial completo ensinando a gerenciar os arquivos do seu site com o FileZilla. Confira!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!