Texto para Landing Page: como construir copys que vendem

Quem não deseja otimizar os resultados do negócio? Copys que vendem são a resposta para turbinar os pontos de conversão de um funil de vendas. Por esse motivo, saber como construir o texto adequado pode ser a resposta para garantir os melhores resultados na sua landing page.

Copys que vendem são o segredo para a construção de textos de sucesso. Você decide qual ação deseja impulsionar e amplia a conversão nesse ponto. No caso das landing pages, o objetivo é bastante específico.

Em geral, a empresa que trabalha com marketing digital para impulsionar seus resultados entende qual é a importância de conhecer o funil de vendas e criar ações que estimulem o lead a caminhar por ele até fechar a venda.

Neste artigo, mostraremos como é importante ter textos de qualidade, aumentando a taxa de conversão em um dos primeiros gargalos do funil: a conversão de visitantes em leads.

Conheça o poder de uma boa copy, descubra as principais dicas para montar seu texto e confira um modelo pronto de landing page. Boa leitura!


    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    O que é uma landing page e para que serve?

    A mudança de milênio ainda não trouxe carros voadores e máquinas do tempo, mas revolucionou muitos processos humanos com a transformação digital. A popularização da internet impactou a forma como as pessoas se relacionam, além de vários comportamentos em relação à jornada de compras.

    Se antes a presença nas ruas e eventos era fundamental para se conectar com o público, hoje, esse acesso está na palma da mão do cliente, a um clique de distância. Como entram as landing pages nessa história?

    Elas são ferramentas fundamentais para a conversão de usuários em leads. Sabe aquelas pessoas que chegam até suas páginas e navegam por elas? Com a landing page, também conhecida como página de captura, você coleta dados relevantes para manter o contato com o potencial cliente, ou lead.

    Uma landing page é bastante simples, uma página com um formulário para que o usuário preencha com os dados pessoais dele, como nome, email e número de telefone.

    Para estimular o fornecimento dessas informações, é comum oferecer algo de valor, como e-book, vídeo, infográfico, ou mesmo um cupom de desconto.

    Quais são as vantagens de usar uma landing page?

    Existem muitos benefícios ao construir uma landing page. Acompanhe!

    Funil de vendas

    O funil de vendas é uma estratégia amplamente usada. Com a landing page, você aumenta a lista de novos leads no topo do funil. Dessa forma, melhora os resultados da estratégia, impactando até a etapa de vendas.

    Conversões

    Com uma página de captura bem estruturada, você aumenta as chances de o usuário fornecer dados relevantes para o relacionamento com a empresa. Assim, eleva a conversão de novos leads.

    Automação de marketing

    A landing page estará disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, de forma escalável. Isso permite a realização de estratégias de automação de marketing.

    O que é um texto de copy?

    A produção de conteúdo nunca foi tão grande quanto na era digital. O marketing de conteúdo não se limita apenas aos meios escritos, oferecendo, também, estratégias em vídeo e conteúdos interativos. O copywriting, ou copy, é a parte dos conteúdos focados em convencer o usuário a tomar uma ação específica.

    A CTA, ou Chamada Para Ação, de uma copy pode ser desde curtir uma publicação até baixar um e-book ou realizar uma venda. Como essa é uma etapa do processo que requer maior atenção, pois depende de uma tomada de decisão do usuário, a linguagem de uma copy, normalmente, é bastante persuasiva e tem o foco em chamar a atenção e convencer o público.

    Está gostando deste artigo? Separamos outros materiais que podem ser interessantes:

    Quais os passos para construir copys que vendem?

    Agora que você já conferiu alguns detalhes importantes sobre a estrutura de uma landing page e a criação de uma copy, está na hora de juntar os pontos e fazer a copy para sua página de captura. Vale destacar que esse processo nem sempre vai contar com todos os passos (alguns são opcionais).

    De toda forma, vale a pena entender os aspectos que contribuem para seu texto se tornar uma copy que vende!

    Fale para sua persona

    O primeiro ponto para montar uma copy que ajude na conversão da sua landing page é saber quem é a persona que você pretende converter, e adaptar sua linguagem para esse público. Não adianta empregar uma linguagem técnica se seu público é leigo no assunto.

    Entretanto, também não é uma boa ideia apostar apenas na informalidade e descontração para garantir a conversão de novos leads. Isso significa que a Netflix, Top of Mind do mercado de streaming, pode desenvolver uma página de captura que solicita apenas o email do usuário, e usar as capas dos filmes e séries mais famosos como argumento, mas que não é um modelo que deve ser seguido por todas as outras empresas.

    Pense no seu cliente potencial, quais são seus desejos, problemas, ideais e valores. Desenvolva uma copy que atenda às demandas e supere as expectativas do seu público.

    Use gatilhos mentais

    Imagine que você precisasse tomar uma atitude consciente a cada respiração, batida do coração ou tantos outros processos fisiológicos. Pensar nisso se torna algo quase impossível. Acontece que existem muitas outras decisões que nós tomamos de forma inconsciente.

    Os gatilhos mentais são as chaves que aproveitam essas brechas na automação humana para aumentar as conversões. Quando você se depara com um depoimento, lista ou dados em uma copy, tudo isso são gatilhos mentais inseridos no texto para ajudar o usuário na tomada de decisão.

    Como uma landing page é um texto relativamente pequeno, concentre-se em dois ou três que façam mais sentido.

    Lembrando que o gatilho da escassez — limitar sua oferta por um tempo determinado ou número de vagas — é um dos que mais ampliam o senso de urgência, impulsionando a tomada de decisão da persona. Como o objetivo da landing page é fazer com que o usuário tenha uma ação, esse é um dos gatilhos mais interessantes de se usar.

    Aposte no storytelling

    “Se eu explicar como o copywriting me ajudou a impulsionar as conversões de uma landing page que desenvolvi, contando para você quais pontos me ajudaram a garantir esses resultados, certamente, você terá maior interesse e confiança no que estou oferecendo”.

    Esse é um exemplo de storytelling, ou a arte de narrar histórias para promover um produto ou serviço, e é uma ótima oportunidade para sua landing page.

    Claro, é preciso dar atenção a algumas questões, como:

    • garantir que a história seja verdadeira;
    • observar se o fato é relevante para o público e se a transformação é expressiva;
    • criar uma narrativa pequena, uma vez que um texto de landing page não deve ser tão grande quanto uma postagem de blog.

    Saiba qual dor você resolve

    Sua landing page oferece algo em troca dos dados. O que seria essa oferta? Crie textos específicos em relação ao que você oferece. Pode ser um desconto para um evento da sua empresa, a subscrição em uma newsletter ou um e-book sobre um tema específico.

    A página deve estar conectada com essa dor e reforçar o quanto a entrega pode ajudar o usuário a resolver seu problema. Lembre-se, também, de que aquilo que você promete deve ser cumprido.

    O consumidor está cada vez mais consciente da jornada de compras e não gosta de se sentir enganado. Além disso, a propaganda enganosa pode acarretar em processos, multas e em uma série de consequências negativas, atrapalhando a imagem da empresa.

    Gere conexão com o usuário

    Você sabe o nome da pessoa que está visualizando a sua landing page? Provavelmente, não. Mesmo assim, é possível criar proximidade e gerar conexão escolhendo as palavras adequadas.

    Uma delas é, no lugar do nome, usar o pronome “você”. Dessa forma, aumenta a sensação de estar realmente conversando com a pessoa. Além disso, quanto mais você tiver dados sobre a sua persona, fica mais fácil personalizar o texto de acordo com as expressões usadas pelo público.

    Para facilitar a produção dos conteúdos para landing page, tenha um manual com termos proibidos e expressões que podem ser usadas. Isso facilitará o processo de criação.

    Desperte a atenção

    “Essa dica é infalível e só vou revelar porque já vi os resultados com meus próprios olhos!” Algumas expressões, como a frase anterior, despertam a atenção do usuário para você, então, falar sobre o que deseja.

    Algumas são bem conhecidas:

    • “o gerente ficou maluco”;
    • “falta pouco para acabar o estoque”;
    • “se você (condição X), então, a (oferta Y) é a sua solução”;
    • “todos (público x) estão usando a (solução Y) e garantindo bons resultados”.

    Lembre-se de que despertar a atenção é o primeiro objetivo de uma copy que vende. Faça com que o leitor dê atenção para o que você vai falar e, depois disso, fale. Entre com informações relevantes que comprovam a chamada anterior.

    Insira listas e números

    O texto de landing page deve ser curto e dinâmico. Por esse motivo, o uso de listas e números é uma excelente estratégia para persuasão e para aumentar a escaneabilidade, facilitando a leitura do usuário. Aposte em dados relevantes, certificando-se da fonte, no caso de pesquisas.

    Os bullet points, ou listas, são uma oportunidade de contar sobre os motivos pelos quais a persona deve considerar a oferta da landing page.

    Destaque os diferenciais da sua entrega e aposte em argumentos fortes para convencer a pessoa de que vale a pena se submeter à oferta.

    Apresente a ideia com verbos de ação

    Confira, descubra, conquiste: ao montar uma copy que vende para sua landing page, escolha o imperativo para conversar com a persona. Esse modo verbal reforça a ideia de ação e contribui para as tomadas de decisão.

    Dependendo da situação, talvez, outros modos verbais também sejam interessantes, mas sempre teste no imperativo antes para garantir qual é a melhor opção:

    • “preencher o formulário para receber o e-book” vs. “preencha o formulário e receba o e-book”;
    • “planejar uma viagem desenhando suas experiências” vs. “planeje uma viagem e desenhe suas experiências”.

    Tenha um CTA claro e objetivo

    Toda a landing page está focada na chamada para ação. Entretanto, é comum dedicar uma a duas frases para reforçar o convite, além de inserir algum texto no botão para envio de dados no formulário da página de captura.

    Aposte em frases simples, claras e botões que ajudem a tomada de decisão, como:

    • baixe o material;
    • teste grátis;
    • contrate agora;
    • inscreva-se, dentre outras.

    Como é a estrutura de copys que vendem na página de captura?

    Inicie o texto da sua copy com um título chamativo. Ele deve fazer uma promessa, como “aprenda a construir uma copy que vende”. Lembre-se de que ela deve ser cumprida para aqueles que preencherem o formulário.

    Em seguida, use por volta de três bullet points para destacar os diferenciais da oferta. Então, ofereça os campos para preenchimento dos dados da maneira mais objetiva possível, e finalize com o botão de chamada para ação.

    Veja, na prática, alguns exemplos:

    Como você deve ter percebido, textos para copys que vendem sua landing page podem ter um modelo final bem diferente. O importante é ter certeza de que você chamou a atenção do usuário, e oferecer argumentos irresistíveis para que ele aposte na oferta da página de captura.

    Para aumentar sua performance nas landing pages, baixe nossos templates de alta conversão e garanta os melhores resultados!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!