Por Gabriel Camargo

Redator freelancer da Rock Content.

Publicado em 25 de fevereiro de 2020. | Atualizado em 27 de julho de 2020


O LinkedIn Ads é a plataforma da rede social voltada para o gerenciamento de anúncios de mídia paga. Porém, muita gente não explora esse recurso corretamente e pode perder inúmeras possibilidades de negócio. Leads qualificados, credibilidade e alcance são alguns dos benefícios de utilizar esse recurso e promover a sua marca.

Parte fundamental do trabalho de um gestor é saber alocar os recursos disponíveis para a sua equipe nas estratégias mais eficientes. Com tantas opções de mídias para anúncios, não é tão simples escolher o canal mais adequado.

Uma plataforma, porém, não pode ser deixada de lado: o LinkedIn Ads. Sim, a rede social voltada para o ambiente profissional pode ser um diferencial. O uso da publicidade paga é muito comum em certas redes sociais, como Facebook e Instagram.

O LinkedIn, porém, nem sempre é explorado pelas empresas, o que pode ser um grande erro. Afinal, para quem procura por novas oportunidades de negócio, nada melhor do que fortalecer a sua presença em um canal repleto de tomadores de decisão.

Por isso, preparamos este artigo completo sobre o assunto:

Usar o LinkedIn Ads é se conectar a uma grande rede de profissionais dinâmicos e influentes. Que tal descobrir como utilizar essa rede social na prática? Continue a leitura e confira!

O que é LinkedIn Ads?

O LinkedIn Ads é o gerenciador de anúncios da rede social homônima. Por mais que o Marketing de Conteúdo ofereça inúmeros benefícios para a sua estratégia, a mídia paga também deve fazer parte do seu planejamento.

Portanto, para fortalecer a presença digital da sua marca na rede social, essa plataforma permite um maior controle sobre todas as suas campanhas e ações. Dessa forma, é possível se aproximar da sua audiência de maneira personalizada.

A partir de diferentes formatos de anúncios, modelos, segmentações e formas de pagamento, você pode tornar as suas campanhas mais precisas. Ou seja, além de se comunicar com a sua audiência por meio do tráfego orgânico, também é importante investir alguns recursos nesse formato de comunicação.

Por que anunciar no LinkedIn?

Muitos profissionais se perguntam sobre os motivos para anunciar no LinkedIn. Por mais que canais como o Facebook e o Google sejam fundamentais, é importante explorar outras audiências.

Segundo a própria rede social, são mais de 700 milhões de usuários únicos. O mais interessante porém, são os 63 milhões de tomadores de decisão que estão presentes.

Ou seja, é o canal ideal para quem deseja se comunicar com quem pode criar novas oportunidades de negócio, por exemplo. Voltada para o ambiente profissional, é uma forma de fortalecer a sua marca dentro do seu segmento.

Além disso, segundo dados da HubSpot, o LinkedIn é 277% mais eficiente em comparação ao Facebook quando o assunto é geração de leads. Nada mal, certo?

O que fazer para anunciar no LinkedIn Ads?

Na prática, como utilizar o LinkedIn Ads? Para facilitar a sua tarefa, preparamos um passo a passo com cada etapa necessária para anunciar na rede social. Confira!

1º passo: acesse o Gerenciador de Campanhas

O primeiro passo consiste em acessar o Gerenciador de Campanhas do LinkedIn. Nessa fase, você já poderá escolher o nome de sua campanha, lembrando que com esse título poderá garantir uma maior facilidade de visualização e identificação.

O LinkedIn também oferece a funcionalidade de criar links com outras campanhas publicitárias.

Criar anúncio no LinkedIn

A escolha desse nome é essencial para sucesso da sua estratégia. Quanto mais claras forem as informações, melhor. Vale tanto para filtrar o público-alvo como para atingir os resultados que você espera com mais exatidão.

2° passo: defina o seu objetivo

Depois, é o momento de definir o objetivo da sua campanha. Quer fortalecer o brand awareness da sua empresa ou gerar mais leads? Para facilitar esse trabalho, o LinkedIn já informa algumas das metas mais usuais para um melhor direcionamento das suas ações.

Criar anúncio no LinkedIn Ads

Mas lembre-se de que é fundamental escolher a opção que realmente traduza o objetivo do seu planejamento. Caso contrário, a tendência é que os resultados não apareçam como o esperado e o budget não seja aproveitado da maneira ideal.

3° passo: escolha o público

Além de pensar na mensagem mais adequada para impactar o usuário e a plataforma ideal para criar essa conexão, é importante segmentar o seu anúncio. A ferramenta é muito completa e permite a customização completa do seu público-alvo.

Criar campanha no LinkedIn Ads

Ainda é possível excluir certo público com quem você não deseja se comunicar. Enfim, todo o trabalho de segmentação pode ser feito na própria plataforma.

É fundamental assegurar que os critérios utilizados estejam de acordo com os seus objetivos, aumentando as chances de sucesso das suas campanhas.

Sair atirando para todos os lados não é uma boa estratégia. Por isso não se esqueça de segmentar seu anúncio! Se seu produto é para um público específico, isso pode ajudar a aumentar suas conversões — quanto mais relevante sua segmentação, mais cliques você terá.

4º passo: defina o formato do anúncio

Após essas definições, é necessário escolher o formato do seu anúncio. Assim como no Facebook, o LinkedIn oferece diferentes opções para impactar a sua audiência.

Essa decisão precisa ser tomada após um estudo mais detalhado sobre o seu público. Por isso, é sempre importante ressaltar o impacto que a segmentação exerce.

Formato de anúncios do LinkedIn Ads

O lado positivo é que as opções são as mais variadas. Pode ser com uma imagem única, com um carrossel, em formato de texto ou, até mesmo, como mensagem privada. Esse é um recurso interessante para quem já tem uma maior proximidade com a audiência e quer um contato mais direto com o público.

Tenha em mente que para escolher o tipo de mídia você pode selecionar tanto o modo vídeo — que deve ter 30 segundos ou menos para garantir que não se tornará cansativo ou que causará desistência antes de passar a informação completa — ou poderá selecionar anúncio em texto.

Essa escolha depende apenas do seu planejamento.

Powered by Rock Convert

5° passo: escreva o seu anúncio

Pronto, chegou a parte mais prazerosa: hora de criar a imagem, o texto ou as ideias que deseja transmitir ao seu público. Tenha sempre em mente quem você deseja atingir com sua mídia, com quem você quer entrar em contato ou quem você quer que clique no seu anúncio.

Você poderá enviar um link para que, mesmo quem ainda não tem uma conta no LinkedIn, possa acessar seu anúncio, ou incluir um link para direcionar diretamente para a página de ofertas em seu site. Também, divulgar a página do LinkedIn de sua empresa, blogs e área de orçamento.

Vale lembrar: o título do anúncio tem um limite de 25 caracteres. O corpo do conteúdo tem a limitação de 75 caracteres. Objetividade para criação do texto é essencial: quanto mais relevantes forem as informações, maior demanda de acesso.

Call to Action (CTA)

Disponibilizar uma CTA dentro da cópia de seu anúncio, como “Baixe seu Ebook” ou “Receba uma amostra grátis”, garante também uma melhora na taxa de cliques no seu anúncio.

Valor

Informação extremamente importante e chamativa. Aproveite, coloque a informação do desconto disponível para clientes, brindes, prazos para não deixar o cliente pensando demais, faça ele se sentir convidado a conhecer você hoje mesmo. Deixe ele sentir que a maior vantagem será entrar na sua loja agora.

Infelizmente (ou felizmente), não há uma regra fechada ou uma receita mágica para ter sucesso. Por isso, teste vários formatos e atrativos para seu anúncio para ter sucesso com seu público em específico.

Há um número enorme de variações e, com certeza, haverá algumas que darão a você um melhor resultado.

6° passo: escolha a forma de pagamento

Após segmentar seu anúncio e criar a sua estrutura, é preciso escolher a forma de pagamento. Você pode optar por custo por clique (CPC), que seria a cobrança cada vez que alguém clica no seu anúncio, ou pagar por 1000 impressões (CPM).

O próprio LinkedIn vai sugerir algumas ofertas, dependendo do seu orçamento e da concorrência do seu produto. Se escolher pagar por 1000 cliques, será cobrado o valor a cada vez que seu anúncio for mostrado para mil pessoas no LinkedIn.

7° passo: defina um orçamento e os horários

Antes de decidir um valor alto para investimento no seu anúncio, teste primeiro o sucesso das variações dele. Não é o valor alto que definirá uma campanha bem-sucedida, mas sim, conquistar e atingir seu público-alvo.

Para melhor planejamento, o LinkedIn disponibiliza também a ferramenta de contato com os clientes que acessam seu anúncio. Assim, eles podem solicitar orçamento, pedir outras informações e você consegue estreitar o relacionamento com seu público.

Você ainda pode escolher quando será disponibilizado seu anúncio: de forma contínua ou em horários determinados.

8º passo: não pare de monitorar

Sua campanha publicitária no LinkedIn está pronta! Mas isso não significa que o trabalho está finalizado.

É preciso ficar de olho no desempenho dela e, assim, entender o que está funcionando e aquilo que precisa ser aprimorado. A boa notícia é que o próprio LinkedIn Ads fornece um mapeamento dos resultados.

Mensurar resultados no LinkedIn Ads

Você acessará estatísticas e CPC médio para cada campanha, auxiliando assim sua decisão de investimento para otimizar seus investimentos. No LinkedIn, uma boa referência para um CTR é de cerca de 3% ou superior.

Qual é a importância e como mensurar resultados?

Um dos grandes benefícios do Marketing Digital é, justamente, poder acompanhar em tempo real o desempenho das suas ações. Por isso, quando tiver a oportunidade, sempre monitore o que está sendo gerado pelas suas campanhas.

Explore a ferramenta do LinkedIn Ads e defina as métricas que devem ser monitoradas para garantir que a sua estratégia funcione. Afinal, essa é a melhor maneira de direcionar os seus recursos de forma precisa.

Caso você constate que as campanhas estão com acessos baixos, por exemplo, existem várias formas de otimizar e aumentar a visualização. Ao clicar no anúncio, você terá todas as informações disponíveis e classificadas por variações para uma melhor análise.

Utilize para seu benefício essa ferramenta, pois assim poderá definir quais serão os próximos anúncios e quais serão as metodologias que você vai empregar neles.

Quais são as 3 melhores práticas para gerar mais resultados?

Além de saber como criar um anúncio no LinkedIn Ads, é fundamental conseguir explorar todos os benefícios que essa ferramenta oferece.

Por isso, listamos algumas boas práticas, confira!

1. Siga as especificações da plataforma

De nada adianta seguir o passo a passo acima para criar um anúncio no LinkedIn e não entender quais são as recomendações e regras da plataforma. Dos formatos permitidos para as imagens até o tamanho e duração dos vídeos.

Antes de fazer uma campanha, analise quais são as especificações do LinkedIn Ads e garanta que tudo esteja sendo seguido à risca.

2. Explore o Formulário de Geração de Leads

O LinkedInAds também fornece o recurso de Formulário de Geração de Leads. De forma simples e eficiente, ele é exibido para o usuário e já vem com as suas principais informações preenchidas.

Ou seja, facilita ainda mais o trabalho de conversão, além de oferecer dados mais relevantes sobre o novo lead.

3. Faça testes e melhorias

Além de monitorar o desempenho das suas estratégias, é importante encontrar diferentes maneiras de aprimorar as suas campanhas. Adotar os testes A/B, por exemplo, vai permitir que as suas ações se tornem cada vez mais precisas.

O diferencial é se basear nas métricas das campanhas que já foram executadas e, assim, encontrar maneiras de aprimorá-las.

Utilizar o LinkedIn Ads no seu plano de Marketing pode ser, portanto, um diferencial. Com um método simples para anunciar e a utilização das melhores práticas, é possível conseguir resultados satisfatórios na rede social, fortalecendo a sua marca entre os tomadores de decisão no mercado.

Para potencializar o seu desempenho no LinkedIn, é importante saber explorar todos os recursos que a plataforma oferece, certo? Que tal, então, ampliar sua marca utilizando essa rede social? Baixe o ebook com um guia completo da Rock Content sobre Marketing no LinkedIn!

marketing no linkedin ebook

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *