O que é marketing disruptivo e como essa estratégia funciona

Utilizar o marketing disruptivo em suas estratégias tem potencial para ajudar sua empresa crescer. Por meio dele, é viável encontrar oportunidades de diferenciação, melhorar a jornada de seus clientes, marcar presença em canais importantes e aumentar a percepção de valor de sua marca.

marketing disruptivo

Os consumidores da era moderna se deparam diariamente com milhares de marcas, mensagens e conteúdos de divulgação, e se destacar em meio a todo esse ruído é uma tarefa cada vez mais complicada. Uma excelente alternativa para lidar com o problema é por intermédio do marketing disruptivo e de suas ferramentas.

Ao criar abordagens, conteúdos e materiais totalmente fora do formato tradicional, você consegue melhorar seu desempenho. Assim, mesmo com um orçamento mais justo, é possível alcançar resultados surpreendentes.

Se você quer saber como o marketing disruptivo funciona e como ele pode ser utilizado em favor dos seus projetos, continue a leitura e confira um passo a passo detalhado sobre o tema. Nele, você vai aprender:

    O que é marketing disruptivo?

    O marketing disruptivo é uma nova forma de enxergar a publicidade tradicional e ultrapassar os limites do seu nicho de atuação. Em um mundo moderno e conectado, em que os consumidores estão diante de milhares de marcas e de conteúdos publicitários, é importante encontrar outros caminhos para se destacar de tanto barulho.

    Um dos grandes diferenciais desse tipo de marketing é que ele não demanda um grande orçamento para alcançar sua persona. Por meio de uma proposta inovadora, de um vídeo viral ou de um lançamento bem planejado, é possível impactar o público sem ter de utilizar mecanismos da publicidade paga.

    Desse modo, quem busca aparecer mais que todas as alternativas disponíveis nos canais físicos e digitais pode utilizar as ferramentas do marketing disruptivo para se posicionar e ser mais competitivo.

    Como o marketing disruptivo funciona?

    Essa metodologia consiste em descartar qualquer regra ou ideia ligada às práticas tradicionais de marketing, criando algo totalmente diferente. Esse tipo de campanha pode ser feita quando empresas menores, com orçamentos justos, têm que competir com grandes corporações, com vários dígitos para gastar com publicidade.

    Um ótimo exemplo de estratégia disruptiva é a criação da Netflix. A elaboração de um streaming de vídeo sob demanda por um preço baixo fez com que todo o segmento de aluguel de DVDs se tornasse obsoleto, transformando o nicho de modo definitivo.

    Portanto, o marketing disruptivo segue contra o status quo do mercado, assumindo riscos e rejeitando a ideia de que há apenas um caminho para o sucesso de uma empresa ou de um projeto. Assim, campanhas de marketing disruptivas não servem somente para colocar a organização em uma posição única, mas contribuem para remodelar setores inteiros da economia.

    Como usar o marketing disruptivo?

    Boas estratégias de marketing disruptivo têm o poder de fazer você lucrar muito e deixar a concorrência para trás. Portanto, aprender como aplicar essa técnica é um fator imprescindível se deseja alcançar resultados expressivos. Para ajudar com isso, preparamos várias dicas. Confira!

    Compreenda o seu segmento

    Entender o nicho em que a empresa atua é fundamental para encontrar oportunidades de praticar o marketing disruptivo e assumir a liderança do seu mercado. Com isso, é possível melhorar sua lucratividade e encantar os clientes, de forma simultânea.

    Para ter sucesso com essa etapa, existem alguns passos que podem ajudar. Por exemplo, é possível realizar uma análise detalhada da concorrência, a fim de conhecer quais são as ações dela e como o seu negócio pode criar um diferencial.

    Além disso, você pode procurar compreender as dores e desejos de seu potencial cliente e definir que tipo de estratégia deve ser usada para resolver os problemas que ele tem. Ao completar essa fase, fica mais fácil aplicar o marketing disruptivo.

    Marque presença

    Após entender o seu mercado, é hora de encontrar os melhores canais para divulgar suas soluções e demonstrar como sua empresa pode ajudar a persona e quais são os diferenciais que você tem nesse sentido. Existem várias ferramentas que podem ser usadas para esse fim.

    Você pode recorrer ao Instagram, no intuito de se aproximar dos consumidores e criar um relacionamento mais forte. Também, pode ter um site bem elaborado com as principais informações, facilitando o contato do cliente, por exemplo.

    O importante é que sua empresa esteja sempre presente na mente do consumidor quando ele necessitar das soluções que você oferece. Ao se certificar de que isso aconteça, estará mais próximo de conseguir resultados melhores.

    Proporcione experiências

    Encantar o cliente em sua jornada de compra é essencial para aumentar o lifetime value (LTV) e, consequentemente, melhorar a lucratividade do negócio. Se deseja que tal fato ocorra em sua empresa, existem boas práticas que você pode incorporar no cotidiano publicitário do negócio.

    Por exemplo, investir em Marketing de Conteúdo e disponibilizar informações que realmente agreguem valor ao dia a dia das pessoas é um bom primeiro passo. Além disso, é necessário assegurar um bom atendimento, conhecer o cliente e investir em humanização.

    A partir dessas dicas, quem contatar sua empresa, provavelmente, vai sair encantado. Desse modo, tende a continuar negociando com você no longo prazo, aumentando os seus resultados.

    Refine a jornada do cliente

    Após garantir que a jornada de compras esteja bem estruturada, é hora de encontrar melhorias que possam ser aplicadas. É relevante prestar atenção nas oportunidades para otimizar a jornada do consumidor.

    Essa tarefa fica mais simples se você fez o dever de casa e aplicou as fases anteriores, ou seja, se estudou o seu mercado, compreendeu o cliente, marcou presença em diversos canais e começou a pensar na jornada. Quer aprender mais sobre a jornada do cliente? Então, vale conferir os artigos que separamos para você:

    Use as emoções

    Saber utilizar os gatilhos mentais e as emoções de seus clientes é uma ótima maneira de criar excelentes campanhas de marketing disruptivo. Ao recorrer a esse tipo de estratégia, sua empresa tem tudo para alcançar resultados melhores.

    Por exemplo, você pode usar emoções distintas para cativar o público, o que pode ajudar a aumentar a conexão da marca com as pessoas. Nesse sentido, é possível iniciar a peça de publicidade abordando um problema da persona e, ao apresentar sua solução, demonstrar como ela pode superar a adversidade e ter uma vida mais feliz.

    Quais são as vantagens do marketing disruptivo?

    Ao adotar estratégias disruptivas em seus projetos, o custo dessa implementação é baixo e o potencial de retorno é elevado. Por isso, há inúmeros benefícios de desenvolver um ambiente focado em ideias disruptivas.

    Muda a percepção de sua marca

    Ao investir em marketing disruptivo, você consegue mudar a percepção de sua marca diante dos parceiros, colaboradores e do público geral. Isso significa que essa nova postura da empresa a diferencia de qualquer outra que está vendendo alguma coisa na internet ou em lojas físicas.

    Por meio dessa abordagem, é possível investir no storytelling do seu negócio e criar vantagens competitivas indiscutíveis. Uma narrativa adequada permite que seus ativos sejam percebidos como valiosos pelos clientes, trazendo um grande valor agregado para a marca, assim como acontece nos produtos da Apple.

    Aumenta a conexão com os clientes

    Um dos grandes destaques do marketing disruptivo é o protagonismo do cliente para a definição de mudanças e melhorias do negócio. Empresas disruptivas, como o Google, a Apple, a Uber ou a Netflix, surgiram com propostas que aumentam a qualidade de vida de seus clientes, trazendo mais conforto e praticidade para o seu dia a dia.

    Assim, quando uma empresa segue essa mesma filosofia, ela consegue se envolver com os clientes em um nível pessoal, identificando suas principais dores e necessidades. Portanto, a busca por informações sobre as necessidades do público se torna mais simples, já que ele mesmo diz o que deseja da empresa e quais problemas precisa resolver.

    Esse tipo de conexão pode ser estimulada por meio das redes sociais, como o uso de caixinhas com respostas no Instagram, a realização de lives no Youtube e a criação de canais no Telegram para o diálogo direto com os clientes.

    Oferece um período de monopólio sobre a criação

    Mesmo que o seu produto ou serviço seja copiado pelos concorrentes, existem vantagens para quem explora pela primeira vez alguma ideia disruptiva. Isso significa que há, mesmo que seja por um tempo limitado, um poder de monopólio sobre as inovações da empresa.

    Esse tipo de exclusividade pode ser explorada nas estratégias de marketing, contribuindo para o aumento das vendas. Assim, caso você desenvolva técnicas, por exemplo, mesmo que os concorrentes criem algo semelhante, não haverá o mesmo efeito, pois o principal impacto vem de ideias originais e inovadoras.

    Com as dicas que apresentamos neste artigo, você consegue aplicar o marketing disruptivo em seu negócio e aproveitar todos os benefícios que ele tem a oferecer. Assim, sua empresa tem potencial de se diferenciar dos concorrentes e caminhar a passos largos para o sucesso e a liderança no seu nicho de atuação.

    Quer aprender como criar estratégias para maximizar os lucros do seu negócio? Então, confira como usar o Marketing para escalar suas vendas, agora mesmo!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!