Será que você sabe realmente o que é um bom ROI? Descubra agora!

Determinar o que é um bom ROI é importante para que uma empresa possa obter um resultado mais realista desse indicador, pois os valores mensurados variam conforme o setor de negócio ou o investimento realizado.

o que é um bom roi

    Basicamente, o ROI — Return on Investiment — corresponde a um indicador utilizado para avaliar a lucratividade da empresa, ou seja, o retorno financeiro positivo de determinado capital investido no negócio. Apesar de esse conceito ser bem simples, é preciso observar diversos fatores para entender o que é um bom ROI, realmente, e como ele é importante para aumentar as vendas.

    Isso porque o índice também pode trazer outras percepções, como identificar o que deve servir de base para a análise do retorno sobre o investimento, de acordo com o setor de negócio ou área da empresa.

    Na prática, avaliar o ROI é uma atividade muito importante, tanto para o crescimento do negócio quanto para ajudar a conquistar novos clientes com a aplicação de estratégias eficientes. Esse é o tema do nosso post, que contém os seguintes tópicos:

      Quer saber mais? Continue conosco e boa leitura!

      O que considerar ao analisar um ROI?

      De uma forma simplificada, a mensuração do ROI é feita pela diferença entre o valor da receita, ou seja, o valor faturado, e o custo do investimento feito, dividido pelo custo do investimento. Assim, quanto maior for o resultado, melhor para os negócios. Veja a fórmula abaixo:       

      o que é um bom roi
      Fonte: Rock Content

      Em tipos de negócios em que há a venda concretizada de produtos, por exemplo, em um e-commerce, é simples calcular o ROI referente a cada produto e avaliar se vale a pena ou não seguir com cada oferta. Entretanto, nem sempre é possível mensurar esses valores da mesma maneira em todas as empresas, pois há variações de acordo com o ramo de atividade.

      Assim, o que é um indicativo positivo para uma empresa do ramo de comércio pode não ter o mesmo significado para uma empresa prestadora de serviços. Apesar disso, o ROI é uma ferramenta de análise que pode e deve ser utilizada pelas empresas.

      Para obter a verificação esperada, basta identificar o que será estimado como o valor investido e entender quais são os custos de investimentos. Confira o que considerar ao analisar se o ROI é positivo ou negativo para as diferentes áreas, a seguir.

      Publicidade e propaganda

      O ROI em uma agência de publicidade e propaganda pode ser avaliado como um indicador indireto, pois representa o quanto cada campanha criada para os seus clientes obteve o retorno esperado para eles.

      Assim, uma agência deve quantificar, por exemplo, o custo para a elaboração de uma campanha de marketing e o retorno obtido por ela para considerar se o serviço prestado a determinado cliente teve um ROI positivo ou negativo para a agência.

      Relacionamento com o cliente

      A área de relacionamento com o cliente também deve mensurar o ROI para analisar a satisfação de seus consumidores. Afinal, cliente satisfeito é sinônimo de novas oportunidades de negócio. Portanto, avaliar o quanto a empresa consegue reverter positivamente a cada investimento feito para aprimorar o atendimento é essencial para a sua saúde financeira.

      Marketing Digital

      O Marketing Digital é bem abrangente, pois oferece diversas oportunidades de investimentos, como em estratégias de e-mail marketing, publicações em redes sociais, marketing de conteúdo e muito mais. Além disso, os profissionais da área contam com inúmeras ferramentas que possibilitam mensurar diversos KPIs em detalhes.

      Dessa forma, é possível calcular o ROI para cada atividade específica, e identificar quais estratégias oferecem o retorno adequado e quais necessitam de aprimoramentos para atender à necessidade da persona e, como consequência, gerar resultados positivos para a empresa.

      Capital de risco

      As empresas que investem em capital de risco são aquelas que aplicam recursos financeiros em outros negócios que estão em fase inicial de suas atividades ou naquelas que têm um potencial de crescimento promissor. Mensurar o ROI para esses investimentos, portanto, é uma tarefa um pouco mais complicada.

      Uma das formas de avaliar o risco do investimento é com base em resultados estatísticos sobre a probabilidade de sobrevivência do negócio após determinado período. Dessa forma, elas podem estimar qual são as mais promissoras e fazer uma avaliação do ROI correspondente.

      O que é um bom ROI?

      A melhor forma de avaliar o ROI é usar o percentual, pois facilita o entendimento em relação aos valores apurados. Antes de aplicar a fórmula que mostramos acima, é preciso considerar como esses valores são formados, já que eles representam a lucratividade e os custos envolvidos no investimento.

      Por isso, é importante considerar todos os gastos envolvidos, inclusive, os impostos que incidem sobre produtos ou serviços, pois eles podem modificar o resultado da avaliação.

      Apesar de o cálculo do ROI não permitir a inclusão do tempo estimado para o retorno, é importante considerar essa estimativa, pois isso pode ajudar na análise para decidir se o investimento realmente vale a pena. É preciso ressaltar que existe uma fórmula para calcular o prazo do retorno de investimento (PRI ou payback), o que representa um instrumento a mais para ajudar na análise.

      A fórmula para calcular esse indicador é formada pela divisão do investimento total pelo valor do lucro líquido que, por sua vez, representa a diferença entre a receita total e custo total. O resultado será o tempo necessário para reverter o valor investido na forma de lucro.

      Analise o resultado

      Embora os valores que servem de base para o cálculo do ROI sejam diferentes, ou seja, conforme o ramo de negócio ou área da empresa em que foi feito um investimento, a análise do índice é bem semelhante.

      Basicamente, se o resultado do cálculo for positivo, indica que não houve prejuízo para o negócio e, como mencionamos, quanto maior o valor, maior será a lucratividade. Já se o resultado for negativo, indica que os custos sobre os investimentos são maiores que a receita e, portanto, não representa um bom negócio para a empresa, pois ele corresponde a perda de recursos.

      Determine o desempenho dos investimentos

      Imagine que uma loja virtual pretenda fazer uma promoção em um período sazonal, como Natal ou qualquer outro dia comemorativo, com a finalidade de obter um aumento expressivo em suas vendas. Para realizar essa promoção, entretanto, ela necessita investir na compra de vários produtos para sua loja e em campanhas promocionais para atrair o público-alvo.

      A análise do ROI, nesse contexto, é importante para avaliar se a estratégia adotada trouxe o retorno esperado e, assim, mensurar o desempenho dos investimentos realizados e os resultados obtidos.

      Como essa análise pode impactar seus resultados?

      Vamos voltar ao exemplo que demos sobre a compra de produtos para uma promoção sazonal em uma loja virtual. Imagine que, ao calcular o ROI, os custos referentes aos impostos fossem ignorados. Isso faria com que a lucratividade fosse aparentemente maior, o que não corresponde à realidade, e pode causar prejuízos futuros, caso a falha se repita.

      Por que essa análise é importante?

      A análise do ROI é importante tanto para evitar prejuízos na empresa quanto para indicar que ela está no caminho correto. Por isso, o levantamento dos valores adequados para compor o cálculo e a sua interpretação devem fazer parte da rotina da empresa antes e depois de realizar investimentos.

      O que fazer quando o ROI for negativo?

      Uma ação comum nas empresas, quando o ROI é negativo, é interromper o investimento realizado. Entretanto, nem sempre essa é a melhor alternativa, pois é preciso avaliar os processos e os custos envolvidos para identificar o que deu errado e, então, tomar a melhor decisão com base em uma análise mais aprofundada.

      Assim, se for encontrada alguma falha, será possível corrigi-la para reverter o resultado negativo ou, se for o caso, realmente seguir em outra direção. Além disso, é preciso adotar algumas estratégias que podem ajudar a evitar o ROI negativo.

      Estude o mercado

      Uma forma de ter sucesso no investimento é por meio da análise de mercado. O estudo sobre as tendências ajuda a entender as necessidades dos clientes, e é essencial para a tomada de decisões estratégicas. Atualmente, existem diversas ferramentas tecnológicas que surgiram em razão da transformação digital, e que podem ajudar na coleta e análise de métricas e indicadores.

      Faça um bom planejamento

      Para evitar surpresas desagradáveis em relação ao ROI, é necessário realizar um bom planejamento sobre os investimentos futuros. Para isso, além de ter em mãos o resultado da análise da etapa anterior, que é o estudo de mercado, faça um levantamento financeiro para estimar os custos envolvidos. Dessa forma, será mais fácil identificar possíveis falhas na estratégia.

      Para cada modelo de negócio há um modo diferenciado de definir o que é um bom ROI, pois os custos envolvidos e os resultados esperados também são bem variáveis. Entretanto, diversas ações podem ser tomadas para evitar retornos negativos, como analisar o resultado obtido, fazer pesquisas de mercado e elaborar um bom planejamento sobre os investimentos.

      Agora que você já sabe como a análise do ROI é importante para a empresa, confira nosso guia de retenção de clientes, com 13 técnicas imperdíveis para não perdê-los

      Compartilhe
      Redator Rock Content Rock author vector
      um de nossos especialistas.

      Inscreva-se em nosso blog

      Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

      Posts Relacionados

      Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

      Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!