Por Camila Casarotto

Redatora Freelancer em Marketing Digital. Outro exemplo.

Publicado em 9 de setembro de 2020. | Atualizado em 13 de outubro de 2020


Promoção de conteúdo é uma das etapas mais negligenciadas pelas empresas. O foco costuma ir para a produção, mas é na divulgação dos materiais que eles ganham visibilidade. Veja agora como promover os seus conteúdos para ter mais resultados com eles!

Você planejou as pautas do blog, produziu os posts direitinho e publicou nas datas previstas. Agora é só sentar na cadeira e esperar os visitantes chegarem… Hmm, será que é assim mesmo? Nada disso: você precisa fazer a promoção do conteúdo chegar até eles!

Muitas empresas pensam que o Marketing de Conteúdo acaba quando o post é publicado. Mas, depois da publicação, você ainda tem muito trabalho para atrair os visitantes e fazer os seus conteúdos chegarem a mais pessoas.

Quanto mais visitantes do seu público-alvo você conseguir atrair, mais resultados o conteúdo pode trazer.

Afinal, você não quer ver os seus materiais incríveis ficarem esquecidos no seu site, não é? Então, aprenda agora a criar uma estratégia de promoção de conteúdo e as principais táticas para ir atrás do seu público na internet!

Você vai saber agora:

O que é promoção de conteúdo?

Promoção de conteúdo são as estratégias de divulgação dos conteúdos produzidos para aumentar o seu alcance e as chances de gerar resultados. Elas podem ser usadas para promover blogposts, ebooks, vídeos, webinars, pesquisas ou qualquer outra publicação que mereça mais visibilidade.

A promoção do conteúdo é uma das etapas da estratégia de Marketing de Conteúdo, que geralmente cumpre os seguintes passos: planejamento, produção, publicação, promoção e mensuração.

O problema é que a produção do conteúdo ganha todos os holofotes, enquanto o planejamento, a promoção e a mensuração costumam ser negligenciados.

Então, o que algumas empresas fazem é jogar o link do conteúdo nas redes sociais. Essa é uma das táticas de promoção de conteúdo, mas não funciona se você não souber o que está fazendo.

Portanto, promover conteúdos não é jogar links por aí — essa etapa requer estratégia, definição de público, escolha de canais e criatividade para se destacar na internet. Agora você vai entender como traçar essa estratégia.

Por que fazer promoção de conteúdo?

A internet é enorme. Os usuários estão cheios de conteúdos para ler, assistir e consumir. Você pode até ter publicado um conteúdo incrível, mas existe uma infinidade de materiais lá fora que também estão esperando para serem descobertos.

Então, se a concorrência pela atenção das pessoas é acirrada, você não pode só ficar esperando que o Google divulgue suas páginas no buscador. Sim, o SEO pode trazer bastante tráfego orgânico se você otimizar a página. Mas, se o seu conteúdo é tão incrível, ele não merece ficar esquecido lá no blog. É preciso fazê-lo aparecer para o mundo!

Aí está o papel primordial da promoção de conteúdo: fazer com que os seus materiais alcancem mais pessoas e gerem mais resultados.

A importância da promoção de conteúdo é tão grande que alguns profissionais recomendam a regra 80/20 no Marketing de Conteúdo. Essa regra diz que você deve dedicar apenas 20% do seu tempo para a produção de conteúdos, enquanto os outros 80% vão para a promoção. É bem diferente do que as empresas costumam fazer, não é?

Ok, você pode não concordar com essa proporção, mas entenda a lógica: a promoção do conteúdo é o que garante que ele tenha interessados e, mais que isso, que ele alcance os objetivos traçados pela marca.

Nesse sentido, promover conteúdos tende a valer mais a pena do que criar novos conteúdos. Sabe por quê? Digamos que você publicou um post no blog que recebeu 1.000 visitantes. Sem promovê-lo, é provável que existam milhares de potenciais interessados nesse material que sequer ouviram falar sobre ele.

Então, por que você dedicaria mais tempo à criação de novos conteúdos, se você já tem um material que pode alcançar muito mais pessoas apenas com um trabalho de divulgação? Melhor, então, é dedicar esse tempo — os 80% da regra — à promoção do conteúdo.

É claro que a produção de conteúdos de qualidade merece seu tempo e dedicação. De nada adianta tentar promover conteúdos pobres e rasos, pois eles não vão agradar ninguém. Mas, se você tem conteúdos incríveis com potencial para conquistar mais pessoas, vale a pena se dedicar a promovê-los.

marketing de conteudo primeiros passosPowered by Rock Convert

Como criar uma estratégia de promoção de conteúdo eficaz?

Primeiramente, vamos conhecer os pilares de uma estratégia de promoção de conteúdo. Não queremos que você desperdice esforços divulgando seus links por aí sem critérios. A intenção é planejar uma estratégia cirúrgica.

Então, veja agora por onde começar:

Pense na promoção do conteúdo desde o planejamento

Entre as etapas do Marketing de Conteúdo, o planejamento também costuma ser negligenciado. Muitas empresas já partem para a produção e começam a escrever sem saber por que e para quem.

Porém, essa etapa é essencial para o desempenho da estratégia. Afinal, é aqui que você traça os caminhos que sustentam a qualidade dos conteúdos e orientam todas as etapas, inclusive a promoção do conteúdo. Você precisa saber quais são os objetivos, os indicadores e as personas para promover os conteúdos com as táticas corretas.

Então, a promoção do conteúdo deve estar na sua mira desde quando a pauta está em planejamento. Dessa forma, você consegue alinhar a estratégia de Marketing de Conteúdo do início ao fim.

Escolha os conteúdos certos

Você pode traçar uma estratégia de promoção para todos os conteúdos que produzir. Porém, alguns merecem prioridade, especialmente se você tem um grande volume de produção.

Esses conteúdos que merecem mais atenção são aquelas produções incríveis, que você tem certeza que as pessoas vão gostar de ler, que têm alto potencial de compartilhamento e que podem trazer mais resultados para o seu negócio.

Muitas vezes são artigos pilares do blog, ebooks aprofundados, guias completos, conteúdos interativos ou outros materiais que sejam diferenciados para a sua estratégia.

Concentre os esforços na divulgação desses conteúdos, que podem trazer melhores oportunidades de negócio.

Defina quem você quer atrair

Promover conteúdos exige que você saiba quem você quer atrair. Espalhar o material pela internet e conquistar milhares de visualizações ou downloads não servem para nada se esse público não representa oportunidades de negócio para a marca.

Então, defina a persona da sua estratégia. Isso deve ser feito lá na etapa de planejamento, já que a persona deve ser a mesma do início ao fim: o público para quem você criou o conteúdo é o mesmo para quem você vai promovê-lo.

A partir da definição da persona, identifique quais são os melhores canais para chegar até ela, quais problemas ela quer resolver e qual linguagem deve usar para se comunicar.

Guia para criação de personasPowered by Rock Convert

Escolha os canais que performam melhor

Mais adiante, você vai ver as táticas de promoção de conteúdo e vai perceber que elas podem ser aplicadas em vários canais: redes sociais, emails, blogs, influenciadores etc.

Mais uma vez, sugerimos que você trace uma estratégia para otimizar a divulgação dos conteúdos, em vez de jogar links em toda a internet. E quais são os canais que merecem a sua atenção?

Primeiramente, são aqueles canais que a persona usa. Se ela não costuma usar email, não tem porquê enviar mensagens por lá. Depois, você deve identificar também os canais que trazem melhores resultados.

Uma análise no Google Analytics já ajuda a entender isso, ao monitorar as fontes de tráfego que mais geram visitas, interações e conversões.

Defina táticas para cada tipo de mídia

Existem três tipos de mídia para a distribuição do seu conteúdo pela internet:

  • Owned media (inclui os seus próprios canais, como site, blog, email e redes sociais);
  • Earned media (inclui conteúdos e canais de terceiros, como menções em redes sociais, reviews de consumidores e compartilhamentos);
  • Paid media (inclui canais pagos, como posts patrocinados, mídia display e parceria com influenciadores).
Owned, earned e paid media channels
Fonte: Buffer

Sabendo de todas essas possibilidades, trace uma estratégia de promoção que englobe os três tipos de mídia para potencializar os resultados. Em cada canal, você pode atingir diferentes públicos e usar diferentes abordagens:

  • Nos canais próprios, você fala com quem já conhece a sua marca.
  • Com os conteúdos de terceiros, você amplia o alcance e o brand awareness.
  • Com as mídias pagas, você define o público-alvo com mais precisão.

Então, ao definir táticas todas essas mídias, você cobre todas as possibilidades.

Quais erros podem prejudicar a estratégia de promoção do conteúdo?

Agora, vamos ver o que NÃO fazer. Se você já adota alguma dessas ações, precisa rever logo sua estratégia para não prejudicar a promoção dos seus conteúdos.

Veja agora quais problemas podem estar afetando seus resultados:

Seu conteúdo não é bom

Pode ser difícil de admitir isso, mas verdades precisam ser ditas: talvez você não esteja conseguindo promover seu conteúdo porque ele não é bom…

Se você escreve artigos superficiais demais, não entrega valor algum ao leitor. Se o seu texto tem erros de português, não passa credibilidade. Se o seu vídeo tem problemas de áudio e gravação, não consegue prender a audiência.

Então, verifique as falhas de produção, que podem estar no planejamento do conteúdo ou em erros técnicos.

Você está sendo chato

Você já deve ter visto por aí algumas pessoas que comentam em blogs e grupos apenas para divulgar os links das suas páginas. Isso acontece em emails de spam também. Elas não estão querendo interagir ou contribuir para as discussões — elas só querem tráfego.

Isso não traz resultado algum, porque as pessoas vão ignorar seus links e ainda ficar com uma péssima impressão sobre a sua marca. Se insistir demais, você pode até ser banido ou marcado como spam, o que piora a situação.

Produção e promoção não estão alinhadas

Quando as estratégias de produção e promoção não estão alinhadas, você não sabe quais objetivos precisa atingir, nem para quem deve direcionar os conteúdos, nem como medir os resultados.

Dessa forma, a estratégia não tem um caminho a seguir e acaba indo para os canais e as pessoas erradas, o que só desperdiça os esforços de promoção.

Você direciona para o público errado

Esse é um dos problemas de não alinhar o Marketing de Conteúdo do início ao fim. Se não há uma definição de persona para o conteúdo, você pode promovê-lo para as pessoas erradas, ou seja, que não têm interesse no assunto ou não estão na etapa certa da jornada. Assim, o seu conteúdo tende a ser simplesmente ignorado.

8 táticas de promoção de conteúdo para colocar em prática

Então, vamos ver agora algumas táticas de promoção de conteúdo que podem potencializar a sua visibilidade e os resultados da estratégia. Acompanhe:

1. Divulgue nas redes sociais

As redes sociais têm um alto poder de alcance e engajamento. Então, você não pode desperdiçar essa oportunidade de promoção de conteúdo.

Comece pelos seus próprios canais (owned media). Na sua página do Facebook, Instagram e LinkedIn, por exemplo, você pode publicar os conteúdos que tenham mais afinidade com o público de cada rede.

A atuação da sua marca deve ser consistente entre todas as redes, mas também é preciso ser flexível para adaptar os conteúdos ao perfil de cada plataforma.

No Instagram, por exemplo, você pode apresentar as principais informações de um ebook de maneira visual para despertar interesse, enquanto o público do LinkedIn aceita melhor os textos.

No Facebook e no LinkedIn, você também pode interagir em grupos sobre a sua marca ou área de atuação. Mas é essencial que você utilize o grupo para se relacionar com as pessoas, não apenas divulgar links. Os conteúdos promovidos devem sempre ter valor para elas.

Outra maneira de bombar a promoção de conteúdo nas redes sociais é incentivar a mídia espontânea (earned media). Faça com que seus conteúdos se espalhem no boca a boca dos usuários. Botões de compartilhamento no site e CTAs que incentivem o share servem para isso.

Para completar a promoção de conteúdo nas redes sociais, só faltam os canais pagos (paid media). Aqui você pode patrocinar posts que levem o público — segmentado de acordo com a persona da estratégia — aos seus conteúdos mais relevantes. 

Você também pode trabalhar com remarketing, para atingir usuários que já se interessaram por algum conteúdo da sua marca. Se a pessoa já leu um artigo no blog, que tal indicar a ela o ebook que aprofunda aquele assunto?

Lembre-se de que essa mídia é paga, então não deixe de direcionar o usuário para a conversão que você deseja (um download, um cadastro, uma compra etc.).

Kit Marketing nas Redes SociaisPowered by Rock Convert

2. Promova conteúdos para a sua lista de emails

Email marketing é um canal de relacionamento que você pode usar para manter a proximidade com os usuários e fazê-los voltar ao seu blog. Aqui você pode promover os conteúdos de duas formas principais: newsletters ou fluxos de emails.

Você pode entregar as atualizações do blog diretamente na caixa de entrada dos usuários. Newsletters diárias, semanais ou mensais (entenda a frequência ideal para o seu público) ou cadastros de Feed RSS servem para isso.

Para segmentar os envios, você pode perguntar os interesses de cada usuário e enviar atualizações apenas sobre esses assuntos.

Além disso, você pode criar fluxos de email para nutrir leads com conteúdos que os ajudem a tomar sua decisão. Cada conteúdo promovido deve impulsionar a pessoa a avançar no funil. Assim, você promove os conteúdos e, ao mesmo tempo, direciona os leads até a compra.

3. Publique novos posts e atualizações na página inicial

O seu próprio site também pode ser um canal de promoção de conteúdo. Para aumentar a visibilidade de um conteúdo, você pode divulgá-lo na sua maior vitrine: a página inicial do site.

Essa posição do site costuma ter grande visibilidade para novos visitantes, que estão conhecendo a sua marca ou buscando informações sobre ela. Então, quando um conteúdo de qualidade aparece para esse público, você consegue engajá-lo.

Linkar um conteúdo na primeira página também é uma técnica de SEO. Essa medida mostra ao Google que aquele conteúdo é importante na hierarquia do site e, assim, a página ganha pontos no rankeamento.

Para novas publicações, essa medida é importante também para que os robôs do buscador indexem o conteúdo com mais agilidade. Vale lembrar: para receber tráfego da busca orgânica, o conteúdo precisa estar indexado e bem rankeado.

4. Entre em contato com mídia e influenciadores

Um bom trabalho de assessoria de imprensa pode ampliar muito o alcance do seu conteúdo. Você pode contatar jornalistas de veículos tradicionais, mas também bloggers, youtubers e influenciadores que tenham uma audiência fiel na internet.

A intenção aqui é fazer o seu conteúdo se espalhar pela audiência deles. Para isso, ela precisa ter o perfil de público que você quer alcançar, e o conteúdo deve ser relevante para os veículos e para o público que os acompanha.

Imagine, por exemplo, enviar os resultados de uma pesquisa de mercado para influenciadores da área de marketing. Provavelmente eles e os seus seguidores tenham interesse no que você tem a dizer.

Muitas vezes, a abordagem não precisa ter a formalidade de uma assessoria de imprensa tradicional. Você pode iniciar uma conversa personalizada por email e recomendar algum conteúdo que possa interessar.

Brian Dean sugere buscar pessoas que já tenham mencionado sua marca nas redes sociais para, então, sugerir novos conteúdos. Mas fica a dica: não peça que a pessoa compartilhe o conteúdo — se ela achar bom, isso vai acontecer naturalmente. Veja o exemplo:

Exemplo de contato com influenciadores
Fonte: Backlinko

5. Transforme seus conteúdos em outros formatos

Sabe aquele artigo do blog que teve bastante sucesso? Experimente transformá-lo em um ebook, um vídeo, um webinar.

Com uma nova roupagem, você pode divulgar o conteúdo novamente e dar um novo fôlego para ele. A cada novo formato que você criar, insira links para os outros conteúdos e gere mais tráfego para eles.

Essa transformação também ajuda a conquistar pessoas que preferem um ou outro formato — assistir a um vídeo em vez de ler um artigo, por exemplo. 

Mas lembre-se de que não basta copiar o conteúdo. Cada formato exige uma linguagem e uma abordagem diferente para se comunicar com o público.

Tudo sobre conteúdo interativoPowered by Rock Convert

6. Fale com pessoas e marcas que você citou no conteúdo

Essa é uma tática que mexe com a vaidade das pessoas! Afinal, quem não gosta de ver o seu nome citado como referência em um material? Então, entre em contato com pessoas ou marcas que aparecem no seu conteúdo para avisar que elas estão lá.

Digamos que você realizou uma pesquisa sobre as marcas mais admiradas na sua região. Então, você pode mandar uma mensagem para as marcas que aparecem em destaque no ranking: “ei, você sabia que a sua marca apareceu em primeiro lugar na nossa pesquisa?”. 

Você acha que elas não vão querer mostrar para todo mundo que mandaram bem!?

7. Comente em blogs, grupos e fóruns

Não, não estamos falando de black hat. Você não deve poluir a caixa de comentários ou incomodar grupos do Facebook com links insistentes, certo?

Muitas vezes, os links inseridos em blogs, redes sociais e fóruns são marcados com a tag “nofollow”. Ou seja, eles não transmitem autoridade para a sua página. Portanto, o foco não é esse. A intenção aqui é gerar tráfego, mas com relevância nas conversas.

Comente em blogs, grupos e fóruns para contribuir nos debates. Participe sem links, primeiramente, para construir um relacionamento com a comunidade e ganhar a confiança das pessoas.

Então, insira links para promover seus conteúdos apenas quando eles forem relevantes para a conversa e ofereçam um real valor para as pessoas.

8. Faça guest posting

Assim como os comentários, guest posts também ficaram com má reputação porque muitas pessoas abusaram deles para ganhar backlinks. No entanto, quando essa estratégia é bem-feita, pode trazer ótimos resultados na promoção de conteúdo. Guest posting bem-feito significa:

  • Encontrar blogs parceiros que tenham afinidade com a sua audiência;
  • Produzir um conteúdo único para cada parceiro, sem replicar em outros blogs;
  • Incluir links relevantes e contextualizados no artigo, sem forçar a barra.

Dessa forma, você consegue conquistar o leitor do blog parceiro e promover seus conteúdos para uma nova audiência.

Ferramentas para promover conteúdos na internet

Você vai ter uma ajuda para promover seus conteúdos na internet: há várias ferramentas para aplicar as táticas que mostramos acima.

Confira agora com quais você pode contar:

Ferramentas de gestão de redes sociais

Ferramentas de gestão de redes sociais — como mLabs e Hootsuite — permitem criar e agendar publicações para diferentes plataformas em um só lugar.

Além disso, algumas delas informam os melhores horários para publicar (quando os seguidores estão online). Assim a promoção de conteúdo nas redes sociais fica muito mais eficiente.

Botões de compartilhamento social

Botões de compartilhamento no seu site e blog estimular que os próprios usuários promovam seus conteúdos. Alguns exemplos de ferramentas para isso são o Better Click to Tweet, o botão Salvar do Pinterest e o Image Sharer.

Ferramentas de email marketing

Conte com uma boa ferramenta de email marketing para promover seus conteúdos por email. MailChimp, GetResponse e E-goi são bons exemplos de ferramentas que permitem segmentar listas, criar fluxos de email e automatizar envios.

Ferramentas de captura de emails

Para promover conteúdos por email, você precisa construir uma lista robusta. Utilize ferramentas de captura de emails amigáveis no seu site, como as do Sumo e do OptinMonster.

Ferramentas de captura de emails
Fonte: OptinMonster

Ferramentas de Feed RSS

Se os leitores do seu blog querem receber todas as atualizações, você pode utilizar um feed que mande os posts por email.

O WordPress oferece um recurso nativo para feeds, mas o Google Feedburner e o FeedPress trazem recursos adicionais.

Ferramentas de busca de influenciadores

Para trabalhar com influenciadores, você precisa buscar parceiros que tenham afinidade com a sua marca e seu público. Então, utilize ferramentas para encontrar influenciadores, como o Buzzsumo e o Airfluencers, que agregam vários perfis.

Ferramentas de busca de influenciadores
Fonte: Buzzsumo

Enfim, agora você já sabe a importância da promoção de conteúdo e como traçar as estratégias e táticas para isso. Deixar os seus conteúdos parados depois de publicá-los significa deixar várias oportunidades para trás.

Então, não se acomode! Vá atrás do seu público para ter ainda mais resultados no Marketing de Conteúdo.

Agora, queremos promover um conteúdo nosso para que você aprenda ainda mais. Acesse o nosso guia completo sobre SEO e conheça mais táticas para ganhar visibilidade orgãnicamente!

Powered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *