Como escrever uma carta: estrutura e exemplos para freelancers

Para o freelancer, a carta de apresentação é o lugar para mostrar ao cliente por que vale a pena contratá-lo. Descubra aqui como escrever uma carta do zero!

Como escrever uma carta

Você já precisou escrever uma carta de apresentação? Essa é uma experiência relativamente comum para quem já se candidatou a cargos de trabalho regular.

Contudo, mesmo nesses casos, a carta é considerada um documento opcional. Então, surgem as questões: por que um freelancer deveria saber como escrever uma carta? E o que uma carta de apresentação deve conter?

Em primeiro lugar, a carta de apresentação para o freelancer é uma excelente maneira de demonstrar ao cliente o seu genuíno interesse em fechar uma parceria. Pense nela como um primeiro gesto no relacionamento com o cliente.

Para responder o que uma carta de apresentação deve conter, criamos este post, que aborda:

Aqui, você vai encontrar mais detalhes sobre a importância desse instrumento para o freelancer e como montar uma carta do zero. Vamos lá?

O que é uma carta de apresentação?

A carta é um gênero textual antigo que, ainda hoje, encontra uma infinidade de objetivos práticos. Não à toa, existem cartas argumentativas, carta aberta, carta comercial, carta pessoal e a carta de apresentação.

Quando falamos sobre seleção de emprego, a carta de apresentação é um instrumento bastante comum. No geral, essa carta tem vários objetivos:

  • apresentar uma candidatura;
  • informar o envio de currículo;
  • demonstrar disposição para a realização de uma entrevista.

Esse texto tem a possibilidade de mostrar aos recrutadores ou gestores experiências que não são possíveis de abordar com clareza em um currículo tradicional.

Como deve ser a estrutura de uma carta para freelancer?

Antes de falarmos sobre o texto, é importante mencionar que não há uma única estrutura para a carta de apresentação.

O que há, na verdade, são vários modelos que podem ser personalizados conforme a oferta de trabalho que você se submete. E o ideal é que isso aconteça mesmo.

Cada modelo pode servir de base para que você escreva a sua própria carta, usando as suas palavras ao relatar experiências, habilidades e metas profissionais.

Imagine quantas pessoas não usam modelos prontos de cartas — com certeza, não são poucas.

Para um freelancer empreendedor, personalizar um modelo significa que você tem originalidade e se esforçou para construir algo único e autêntico para o seu cliente.

Dito isso, existe uma sequência básica para uma carta de apresentação que pode ser o seu ponto de partida. Essa estrutura é composta por cinco partes:

  1. Cabeçalho
  2. Saudação + como você se interessou pela proposta + o que você faz
  3. Experiências com o projeto
  4. Projetos realizados
  5. Agradecimento + chamada de ação

Agora que você tem uma noção da estrutura básica para uma carta, veja o que escrever em cada uma das suas partes.

1. Cabeçalho

A função do cabeçalho é situar o leitor sobre quem é você com algumas informações básicas: nome, e-mail, número de telefone para contato e data.

Dependendo do contexto, o cabeçalho não é necessário, como acontece no envio de propostas em plataformas freelancer.

Esse trecho é mais usado quando um profissional manda uma proposta por e-mail, com a carta em anexo. Por isso, é um trecho opcional.

2. Saudação + como você se interessou pela proposta + o que você faz

É aqui que a carta começa! A breve saudação pode iniciar com o nome da pessoa: “Caro Sr. Daniel”, “Prezado Thiago,” ou “Sra. Ana,”, são todos exemplos apropriados.

Começar com o nome do contratante ajuda a incentivá-lo a pensar em você como alguém com proximidade, com quem gostaria de trabalhar.

Após o nome, você pode pular uma linha. Em seguida, é o momento de mencionar o cargo para o qual você está se candidatando e onde você viu o anúncio da vaga.

Explique seu interesse específico na função e na empresa para que a pessoa que lê saiba que você pesquisou e tem um interesse genuíno. Por exemplo:

Prezada Sandra,

Estou animada para me candidatar ao cargo de Designer Gráfico na Cloud Company que encontrei no Indeed. Entendo que a sua empresa está aderindo a novas linhas de produtos e acredito que minhas habilidades em animação fornecem uma vantagem significativa para criar lançamentos bem-sucedido. Como fã de longa data de seus produtos, estou feliz com a oportunidade de trazer meu estilo e paixão para a empresa.”
GIF by Giphy QA - Find & Share on GIPHY

O primeiro parágrafo da sua carta de apresentação é a primeira impressão que quem lê terá de você. Por isso, é importante apelar para o seu comprometimento de forma rápida e sucinta.

3. Experiências com o projeto

Seu segundo parágrafo deve ser uma breve visão geral do seu histórico de trabalho, com foco no cliente e na posição desejada.

É importante incluir as principais conquistas, habilidades e especialidades que tornam você uma pessoa particularmente adequada para desempenhar um bom trabalho na futura posição.

Concentre-se em um ou dois exemplos de projetos passados e forneça detalhes específicos sobre seu sucesso, incluindo impactos mensuráveis ​​que você fez.

Season 2 Reaction GIF by The Office - Find & Share on GIPHY

4. Projetos realizados

Como freelancer, é bem provável que você já tenha trabalhado em vários projetos ou para clientes parecidos com aquele para qual você envia a carta.

Se você tiver um portfólio, aqui é o momento de incluir um link para ele. Uma alternativa, caso não tenha portfólio, é anexar exemplos do seu trabalho ao enviar sua carta de apresentação por e-mail.

Ao fornecer um link ou anexar um trabalho, ofereça uma breve explicação sobre por que conhecer esses projetos é relevante para o cliente.

Veja também estes materiais complementares:

5. Agradecimento + Chamada de Ação

Ao fechar sua carta de apresentação freelancer, é importante deixar um breve agradecimento ao leitor por seu tempo e consideração. Mas outro elemento que pode ser ainda mais benéfico no final é a chamada de ação — ou Call To Action (CTA).

O CTA é importante por um motivo simples: pense na sua carta como um texto persuasivo escrito para demonstrar que você é a melhor pessoa para uma função.

Por mais que o texto não tenha um tom apelativo, é importante saber qual o objetivo maior que está por trás na carta.

Portanto, a chamada de ação cumpre a função de mostrar que você está disponível para o próximo passo, que provavelmente é uma entrevista após a leitura da carta.

Veja um exemplo de CTA na carta de apresentação:

Estou animado para discutir como posso ajudar a [Nome da empresa]. Por isso, me coloco à disposição para um telefonema ou uma reunião para falarmos com mais detalhes.

Por que é importante escrever uma carta de apresentação freelancer?

Se você quer fechar parceria com uma empresa pequena, é bem provável que os empregadores leiam a carta de apresentação para avaliar seus candidatos.

Boa primeira impressão

Antes de qualquer entrevista, a carta de apresentação é sua oportunidade de fornecer uma primeira impressão, uma amostra de que você é uma parceria em potencial.

A descrição das suas experiências, qualificações e valores devem dizer de forma sutil “Olha só como eu sou incrível, me contrata, por favor” — brincadeira.

Você até pode ser uma pessoa incrível, mas, na melhor das hipóteses, o cliente pensará ao ler sua carta “essa pessoa tem o que eu procuro”.

A sutileza é fundamental aqui, ok? Pense na carta como um primeiro gesto de cumprimento que dirá quem você é e como se comporta enquanto freelancer.

Awkward Season 3 GIF by The Office - Find & Share on GIPHY

Descrição da sua situação atual

A carta também fornece ao cliente mais detalhes sobre sua situação atual, explicando por que você está se candidatou a essa parceria específica.

Você pode ser um profissional iniciante procurando ganhar experiência em uma área ou pode ter deixado seu empregado para embarcar em uma carreira nova.

Quaisquer que sejam suas razões, uma carta de apresentação dá ao cliente a chance de conhecer sua situação atual e o que você pode trazer para ele.

Aproximação com o cliente

Os freelancers sempre buscam maneiras de manter clientes em tempos difíceis. As soluções envolvem quase sempre estratégias para o bom relacionamento. E tudo começa quando você prospecta as novas oportunidades.

Para começar o relacionamento com o pé direito, demonstre como você pode contribuir com o sucesso do cliente, até que ponto conhece sua visão, missão e valores. A carta pode cumprir justamente esse objetivo.

Como escrever uma carta? 9 dicas para freelancers

Agora que você já conhece a estrutura básica para o texto e a importância desse instrumento, vamos às dicas de como escrever uma carta de apresentação formal, mas, ao mesmo tempo, persuasiva e pessoal:

  1. Personalize a carta
  2. Mantenha a carta com uma formatação adequada
  3. Use palavras-chave estratégicas
  4. Evite adjetivos
  5. Tome cuidado com erros de ortografia e gramática
  6. Siga as instruções do anúncio da vaga
  7. Não inclua exigências ou expectativas salariais
  8. Use poucas palavras para dizer mais
  9. Inclua a chamada para ação no final

Confira!

1. Personalize a carta

As cartas de apresentação devem ser personalizadas para cada função para a qual você deseja assumir. O texto vai adquirir novas características conforme a função desejada.

The Office Dwight GIF - Find & Share on GIPHY

No caso do freelancer, isso significa entender qual é o projeto do cliente.

O que vai mudar de uma carta para outra depende das competências e experiências que o cliente mais valoriza e busca no profissional a ser contratado.

Pode ser necessário, por exemplo, substituir habilidades por outras que correspondam melhor à descrição do projeto até ajustar seu tom para se alinhar às expectativas do cliente. É um esforço que o ajudará a ver por que você é a pessoa certa.

2. Mantenha a carta com uma formatação adequada

Todos os fatores que interferem na organização visual das informações estão relacionados à formatação da carta, como:

  • cores;
  • tipo de fonte;
  • espaçamento;
  • extensão do texto;
  • marcações (negrito, itálico e sublinhado).

No geral, quanto mais concisa e discreta for a formatação do texto, melhor. O seu objetivo com a carta é chamar a atenção do leitor para as informações descritas.

Um cabeçalho longo, parágrafos extensos ou um estilo de fonte pouco profissional podem distrair e prejudicar a reputação que você deseja criar em sua carta.

Também se certifique de usar cores ou outros enfeites apenas quando necessário ou apropriado para seu nicho de mercado.

Para tornar sua carta ainda mais legível, você pode optar por substituir o parágrafo em que fala sobre as suas habilidades por três a quatro breves bullet points (marcadores).

Esses pontos ajudam a destacar as suas habilidades ou realizações relevantes.

3. Use palavras-chave estratégicas

O texto da carta não será ranqueado nos resultados do Google. Isso significa que a palavra-chave não cumpre o papel de tornar o seu texto relevante para o algoritmo do buscador.

O objetivo da palavra-chave aqui é mais simples: incorporar os termos do universo semântico do cliente para tornar a descrição das suas qualificações mais persuasiva. Mostre que você e o cliente falam “a mesma língua”.

Para isso, é importante revisar a descrição do trabalho para destacar os termos que revelam as preferências do cliente e que tipo de responsabilidade será exigida de você.

Na descrição de um projeto de copywriting, pode ser que o cliente opte por usar o termo “redator publicitário” em vez de “copywriter”.

O significado dos dois termos pode ser diferente dependendo do contexto. Então, o ideal é optar na carta pelas escolhas que o cliente fez na descrição do trabalho.

Depois, avalie as suas habilidades e experiências para determinar quais estão mais alinhadas com essas palavras-chave e incorpore-as.

Detalhe: é uma boa ideia incorporar os termos selecionados na carta, mas cuidado para não repeti-los com frequência ou usá-los de maneira descontextualizada.

4. Evite adjetivos

Você quer transmitir aspectos positivos sobre o seu trabalho na carta de apresentação, mas precisa fazer isso da maneira certa. É fundamental falar sobre realizações e resultados reais em vez de usar adjetivos para se descrever.

Mesmo sem querer, os adjetivos como “muito bom”, “impecável” ou “alta qualidade” podem sugerir arrogância e vaidade. Veja um exemplo de como não começar uma carta:

“Como um freelancer altamente experiente e confiável, estou seguro de que minhas habilidades se qualificam para sua exigência. Portanto, estou enviando esta carta para descrever as minhas melhores habilidades de gerenciamento de projetos.”
Ryan Howard What GIF - Find & Share on GIPHY

Na pior das hipóteses, o cliente pode pensar que a linguagem excessivamente lisonjeira foi usada para esconder a falta de experiência ou competência técnica. Portanto, opte por falar sobre resultados reais e deixe os elogios para outra hora.

5. Tome cuidado com erros de ortografia e gramática

Nada arruína a credibilidade mais rápido que erros de ortografia e gramática. Mesmo quando é claro que os erros foram de digitação, eles geram suspeitas.

Felizmente, esses são problemas fáceis de corrigir. Basta colocar o texto em uma ferramenta de correção automática ao escrever o texto e pedir a outra pessoa que revise sua carta antes de enviar, de preferência peça para um revisor profissional.

Vale a pena verificar estes materiais que abordam o tema:

6. Siga as instruções do anúncio da vaga

A parte mais importante de enviar uma carta de apresentação é seguir as instruções do próprio empregador.

Se o anúncio da vaga disser para incluir a carta de apresentação e currículo como anexo de e-mail, faça o que é solicitado, de preferência anexando os arquivos nos formatos de Microsoft Word e PDF à sua mensagem.

Se o gerente de contratação disser que deseja que você envie seus materiais usando um sistema de inscrição online, não envie um e-mail ou o seu currículo pelo chat de uma rede social — nesse caso, o sistema de inscrição pode ou não aceitar o envio da carta.

É importante enviar corretamente os dados solicitados pelo empregador e incluir todas as informações solicitadas para que sua mensagem seja lida.

7. Não inclua exigências ou expectativas salariais

Não deixe de demonstrar um genuíno interesse no trabalho em si e não fazer parecer que o dinheiro é sua principal motivação na carta.

A menos que você receba instruções para fazê-lo, não inclua exigências ao cliente ou expectativas salariais. O ideal, portanto, é deixar o cliente mencionar o salário primeiro, quando for possível.

8. Use poucas palavras para dizer mais

A enxurrada de informações que chegam até nós hoje criou períodos de concentração mais curtos do que nunca. As cartas de apresentação não são exceção a esse contexto. Os gerentes estão inundados com textos, então, a economia de palavras é importante.

Seja breve com um formato de três ou quatro parágrafos, usando cada um deles para se concentrar em um aspecto da sua candidatura.

Comece com uma introdução que chame a atenção e expresse seu entusiasmo sobre o cargo e a empresa. Se você tiver uma referência, deixe seu nome aqui.

Por fim, reafirme brevemente como você pode agregar valor à atuação, agradeça ao gerente de contratação por sua consideração e inicie a próxima etapa dizendo que gostaria de marcar uma ligação ou entrevista.

9. Inclua a chamada para ação no final

O convite ao final da carta é uma chamada sutil que serve mais para reforçar que você está à disposição para uma entrevista do que persuadir o leitor.

Então, não se esqueça de informar ao destinatário como entrar em contato com você para agendar uma reunião.

Happy Season 5 GIF by The Office - Find & Share on GIPHY

O que escrever na carta de apresentação? Veja alguns exemplos

A seguir, veja alguns exemplos de como você pode aplicar a estrutura básica para uma carta de apresentação, sendo um freelancer.

Exemplo 1

Cabeçalho

João, copywriter

99-99999-9999

[email protected]

25 de outubro de 2023

Prezado Sr. Ramírez,

Tive conhecimento por meio do LinkedIn do cargo de redator sênior na Happy Monday e fiquei empolgado com a oportunidade. Passei os últimos 10 anos desenvolvendo conteúdo para sites como Pastéis e Segunda de Manhã, que fundei e construí para um dos principais sites de notícias.

No anúncio sobre a vaga de redator sênior, soube que você está interessado em adicionar um membro à equipe que seja capaz de levar o Happy Monday para o próximo nível, incluindo a incorporação das redes sociais da empresa e a otimização das técnicas de SEO do site. Minha experiência é particularmente útil para alcançar seus objetivos. Eu posso:

* analisar o tráfego e direcionar a criação de conteúdo para atrair visualizações. Meu conteúdo no Segunda de Manhã está entre os 10 artigos mais lidos do site, e criar e construir o Pastéis me ensinou como usar ferramentas de análise para perseguir tendências que valem a pena perseguir;
* ajudar a Happy Monday a obter a marca de verificação azul. Há 2 anos, expandi o perfil do Twitter da Segunda de Manhã de 200 para 20.000 seguidores. Em julho do ano passado, ajudei a ganhar o status de feed verificado para o perfil da empresa;
* chamar a atenção do público que importa. Seja recebendo retuítes de nomes do setor, seja aumentando a participação de mercado entre o público de 18 a 34 anos ou ganhando prêmios, tenho experiência em transformar ótimos sites em excelentes e dar a atenção que o conteúdo deles merecem.

Eu adoraria ter a oportunidade de conversar com você sobre a vaga e o que eu poderia trazer para a Happy Monday.

Anexei meu portfólio e enviarei um e-mail ainda esta semana para marcarmos um horário para conversar, se possível.

Obrigado pelo seu tempo e consideração.

Atenciosamente,

João.

Exemplo 2

Raquel Silva, designer, 99-99999-9999, [email protected]

Prezada Sr, Clara,

Tive conhecimento de que o departamento gráfico precisa de um designer profissional com criatividade, habilidades técnicas e um forte desejo de aprender. Em resposta a isso, estou me oferecendo para o cargo vago.

Eu desenvolvi proficiência com softwares de web design e de design em geral. Tenho satisfeito a maioria dos meus clientes com a minha criatividade. O design gráfico é uma arte pela qual se pode expressar facilmente tantos significados.

Ele adiciona tantas perspectivas extras a uma criação comum. Estou pronta para fornecer todos os tipos de gráficos relacionados a logotipo, banner, animação, desenho animado, imagens 3D etc.

Por favor, considere minhas seguintes aptidões como candidata:

* Mestre em Belas Artes com bacharelado na área específica de Design Gráfico;
* Tese sobre fotografias publicitárias no programa cultural;
* aptidão do Adobe Illustrator, Adobe Photoshop, Adobe ImageReady, CSS, WordPress, QuarkXpress web etc.;
* conquistas admiráveis na gestão de equipes e atendimento ao cliente;
* agilidade na estratégia visual, desenvolvimento de layout e eletrônica;
* três anos de experiência prática em programas de design gráfico e animação;
* paixão por design e trabalho criativo.

Além disso, tenho vários trabalhos gráficos online que fiz nesses anos. Anexei o link para esses portfólios que ajudarão você a ter uma ideia clara da minha criatividade. Minhas experiências educacionais e profissionais comprovam a elegibilidade do meu trabalho. Acredito firmemente poder somar significativamente ao seu projeto.

Você também pode rever o meu currículo anexado aqui. Por favor, sinta-se à vontade para entrar em contato comigo se tiver alguma dúvida. Estou sempre disponível no meu e-mail.

Atenciosamente,

Raquel Silva.

Exemplo 3

Prezada Patrícia,

Entro em contato com você para registrar meu interesse no projeto anunciado no seu perfil do LinkedIn. Durante meus 8 anos de trabalho na área, sempre admirei a Soluções Digitais e acho que poderia oferecer as habilidades que você procura.

Meu objetivo é e sempre foi obter o máximo da minha equipe e criar excelentes relacionamentos com clientes. É por isso que, nos últimos 3 anos de trabalho com empresas como Ultras e Tec, ajudei a supervisionar as equipes e a aumentar a receita das empresas em 14% e 18%.

A gestão de clientes é uma habilidade que sei que a Soluções valoriza, e é algo de que também priorizo no meu trabalho. Os depoimentos de antigos clientes do site da Soluções é uma prova da sua capacidade de responder adequadamente às necessidades do cliente e eu adoraria trazer minha experiência para obter resultados ainda melhores.

Eu ficaria mais que feliz em falar com mais profundidade sobre como posso ajudar a Soluções a continuar seus sucessos. Entre em contato comigo pelo telefone 207-440-4475 se estiver interessado em se encontrar para uma reunião.

Obrigado por levar minha candidatura em consideração e espero que possamos discutir a oportunidade com mais profundidade em breve.

Sinceramente,

Joana.

Use esses exemplos como pontapé para criar a sua própria carta de apresentação. Vale lembrar que esse texto merece passar por algumas alterações conforme as funções e expectativas do contratante.

Chegamos ao final do nosso guia de como escrever uma carta de apresentação. Seguindo as dicas que separamos acima, você poderá triplicar sua chance de marcar uma entrevista com seu futuro cliente logo após enviar o texto. Boa sorte!

Precisa estruturar melhor seu negócio freelancer? Então, aproveite para pescar algumas dicas no e-book que preparamos sobre como profissionalizar sua carreira freelancer. Até a próxima!

Compartilhe
facebook
linkedin
twitter
mail
Copyediting

Thiago Murça

Briefing

Nara Porto

Gostou deste conteúdo?

Envie-o para seu e-mail para ler e reler sempre que quiser.

Posts Relacionados

Os melhores conteúdos para sua carreira freelancer, direto na sua caixa de entrada

Inscreva-se para receber no e-mail conteúdos exclusivos e em primeira mão.