Por Redator Rock Content

um de nossos especialistas.

Publicado em 20 de novembro de 2013. | Atualizado em 2 de agosto de 2017


O grande objetivo do marketing, de qualquer empresa, é ajudar a gerar mais vendas. Porém, não é função do marketing ir “pra rua” e vender, mas sim criar as condições para que mais e melhores vendas aconteçam. Ou seja: no marketing, por mais que ‘vender’ não seja a atividade, é sempre o foco. Mas como construir […]

O grande objetivo do marketing, de qualquer empresa, é ajudar a gerar mais vendas.

Porém, não é função do marketing ir “pra rua” e vender, mas sim criar as condições para que mais e melhores vendas aconteçam. Ou seja: no marketing, por mais que ‘vender’ não seja a atividade, é sempre o foco. Mas como construir então o plano de marketing para garantir esse foco?

Explicamos abaixo os 4 principais pilares de ação do marketing para deixar o pessoal de vendas com a faca e o queijo na mão:

1- Conhecer o cliente e seus hábitos

Conhecimento é poder e essa é a função primária do marketing: levantar informações sobre os clientes (e os potenciais) e seus hábitos de consumo relacionados ao produto/serviço da empresa.

Esses dados são utilizados para, por exemplo, o desenvolvimento/aperfeiçoamento do produto, dar guias específicas para vendas ou mesmo determinação de preços e meios de distribuição. Ou seja, essas informações são insumos vitais para o funcionamento da empresa.

Para tal, a realização de pesquisas de mercado, tanto quantitativas quanto qualitativas, é essencial. Para ver dicas sobre como realizar vários tipos de pesquisa, recomendo esse conjunto de artigos do Saia do Lugar (é só clicar aqui).

2- Determinar os canais de distribuição

Como fazer o seu produto chegar até o potencial cliente? A falta de qualidade na criação de canais de distribuição coerentes é uma das principais causas de baixos resultados de vendas. Onde o seu cliente compra? Em qual situação? Quem já conversa com ele atualmente? Quem influencia sua decisão de compra?

A partir dessas respostas, umas originadas nas pesquisas e outras do aprendizado prático, é possível desenvolver uma melhor distribuição do produto, abrindo assim o caminho para o pessoal de vendas trabalhar no máximo do seu potencial.

3- Comunicar o produto

Depois de todo o trabalho de conhecimento do público, desenvolvimento e distribuição do produto, o trabalho de comunicação é responsável por criar a demanda, gerando assim impacto direto sobre as vendas.

Aqui é a famosa parte publicitária: criar os materiais e veiculá-los canais de comunicação que atinjam exatamente (o melhor possível, na verdade) o seu público-alvo.

Este é o momento do próprio marketing utilizar as informações colhidas nas pesquisas para atingir o potencial cliente, sempre mostrando os diferenciais mais valorizados e incentivando a compra.

4- Trazer valor para a Marca

Subestimar o peso que uma marca forte exerce no momento da compra é um erro cada vez mais comum, ainda mais quando vemos apenas metas de vendas imediatas e não se pensa a longo prazo.

Pense em você como consumidor: no momento em que vai decidir a compra, uma marca já vista antes não faz diferença?

Apesar de ser um investimento com retorno mais a longo prazo, faz a diferença para quem enxerga que empreender é uma maratona, e não uma corrida de 100 metros.

Conclusão

Então quem trabalha em marketing tem que saber tudo de vendas? Claro, seria ótimo, mas a realidade não é essa.

Por isso, incentivar uma grande interação das pessoas que trabalham com marketing com as de vendas pode garantir não só um plano de marketing mais coeso, como principalmente melhores resultados de vendas.

Caso você queira ver mais dicas sobre Plano de Marketing, não deixe de ver essa seção no Saia do Lugar.

Abraços,
Luiz Piovesana (por planos de marketing que deixam marqueteiros e vendedores felizes)

(O Luiz é co-fundador do Empreendemia e um dos editores do blog para empreendedores, Saia do Lugar.)

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *