Sua geração de leads vai permanecer a mesma — exceto se você focar no Marketing de Conteúdo baseado em dados!

marketing de conteúdo baseado em dados

    Um conteúdo bem escrito e que chama a atenção é o que pode diferenciar a sua empresa dos seus concorrentes.

    Isso também pode ajudar a criar clientes fiéis que continuarão a interagir com você. Esse trabalho costuma ser conhecido como Marketing de Conteúdo, sendo o Santo Graal de qualquer estratégia de marketing.

    Gerar insights valiosos a partir de dados e aplicar as descobertas à sua estratégia de marketing de conteúdo será mais importante do que nunca.

    Vamos discutir o que é uma estratégia de marketing de conteúdo, por que ela é essencial para seus esforços de marketing e como as estratégias de marketing de conteúdo baseado em dados (ou data-driven) fornecem uma vantagem competitiva.

    Neste artigo, abordaremos os tópicos a seguir.

      O que é marketing de conteúdo?

      É comum que as empresas lutem para gerar tráfego e converter os visitantes em leads, mantendo o topo de seu funil de vendas cheio. A publicidade paga pode ser complexa e arriscada se você não sabe o que está fazendo. Também pode ficar muito cara se você errar.

      O marketing de conteúdo é uma abordagem de marketing desenvolvida para distribuir conteúdo consistente e informativo, feito sob medida para a sua buyer persona.

      Esse conteúdo é voltado para responder aos problemas sofridos pela sua buyer persona. Ele atende a essas necessidades de uma forma que atrai e envolve o seu público. Uma estratégia de marketing de conteúdo é projetada para impulsionar as conversões, aumentando o brand awareness e trazendo mais tráfego para seu site.

      Existem vários fatores que determinam o sucesso do marketing de conteúdo. Um deles é escolher o tipo certo de conteúdo, que pode incluir alguns ou todos os seguintes:

      Você precisa escolher o tipo de conteúdo mais adequado para seu público, os canais de marketing que você usa e seus objetivos de marketing.

      O que é marketing de conteúdo baseado em dados (data-driven)?

      O marketing de conteúdo data-driven é uma abordagem analítica usada para otimizar estratégias de marketing. Os dados são coletados de um público-alvo que corresponde ao perfil do cliente ou à buyer persona de uma empresa. Então, esses dados são usados ​​para criar campanhas eficazes de marketing de conteúdo.

      Você pode adotar uma abordagem de marketing sem uma base sólida ou criar uma abordagem de marketing direcionada por meio do uso de dados. Uma estratégia de marketing de conteúdo data-driven sempre ofuscará a alternativa de uma estratégia pouco eficiente. Isso porque o marketing de conteúdo baseado em dados usa informações reais adquiridas por meio de feedbacks e interações com o cliente.

      Esses feedbacks fornecem uma visão sobre as motivações do consumidor e suas preferências. As estratégias de marketing de conteúdo orientado por dados ajudam as empresas a otimizar o desempenho de um canal de marketing.

      Juntamente com outras ferramentas, são recursos que permitem acompanhar o seu desempenho em tempo real. O uso de dados como base de uma abordagem de marketing de conteúdo aprimora a experiência do cliente, levando ao aumento da receita e dos lucros.

      Por que o marketing baseado em dados é importante?

      Você não pode ser tudo para todo mundo. Os consumidores têm preferências que orientam o seu comportamento de compra e o caminho que percorrem até a compra.

      Usar os dados que estão por trás da jornada do lead oferece às empresas uma chance maior de convertê-lo em um cliente pagante com uma abordagem de marketing direcionada.

      Você não quer gastar dinheiro, tempo e esforços com ações de marketing digital que não funcionam, certo? A análise baseada em dados em um nicho permite que as empresas visualizem um registro dos hábitos de compra de seus clientes.

      Com essas informações, podem adaptar estratégias de vendas e marketing diretamente ao seu público-alvo. A vantagem adicional de usar uma estratégia de marketing de conteúdo baseado em dados é poder usar esses dados para identificar quais canais de marketing estão tendo melhor desempenho.

      Como os dados podem orientar sua estratégia de criação de conteúdo?

      No segmento B2C, você pode querer coletar informações que incluem dados demográficos, psicográficos e dados coletados de mídias sociais. Indicadores como o Customer Effort Score (CES) e o Net Promoter Score (NPS) também são informações valiosas que podem ser coletadas, junto com outras fontes de dados.

      Ao estudar esses conjuntos de dados, você revelará segmentos de consumidores que demonstram preferências, comportamentos e inclinações semelhantes. Os dados ajudam as empresas a refinar suas mensagens de marketing para incluir ofertas que se alinham estreitamente ao segmento de mercado onde seus clientes ideais podem ser encontrados.

      Antes de lançar uma estratégia de marketing de conteúdo baseado em dados, é fundamental que você comece com seus objetivos. O alvo de uma estratégia de marketing de conteúdo é construir um relacionamento com seu público, criando conteúdo de valor agregado. Depois de entender quais são seus objetivos, você pode acessar as fontes de dados apropriadas.

      Como construir os dados para uma peça de marketing de conteúdo orientada a dados?

      Você pode usar uma empresa de mineração de dados para entregar uma pesquisa ou obter dados por conta própria por meio de uma variedade de métodos.

      Esses métodos abrangem estudos de caso, pesquisas e dados que você já coletou de seus clientes existentes. Isso pode incluir:

      • fazer uma análise competitiva que destaca os problemas do cliente e as soluções que seus concorrentes oferecem para resolver esses problemas ou oportunidades;
      • conduzir pesquisas de palavras-chave usando o Google Analytics e o SEMRush. Isso oferece insights sobre como o cliente pesquisa o produto ou serviço que deseja ou precisa no nicho em que você opera;
      • pesquisar tendências e estatísticas de mercado. Você pode coletar esses dados de sites da mídia e do setor, como Kissmetrics, Statista e Forbes;
      • coletar dados do seu site, incluindo como você se classifica no Google, o número de visitantes do seu site, compartilhamentos de mídia social e taxas de cliques (CTR);
      • obter métricas de autoresponders de email como Mailchimp, que entregam dados sobre as taxas de abertura de e-mail e o número de endereços de e-mail coletados;
      • criar uma buyer persona para saber mais sobre os dados demográficos. Além disso, aprender mais sobre a psicografia de seu público-alvo para descobrir com o que o seu público se preocupa e obter insights sobre seu ciclo de compra.

      Uma vez que você coletar esses dados, pode começar a planejar uma estratégia de marketing de conteúdo baseado em dados para gerar leads de melhor qualidade.

      Como posso implementar uma estratégia de marketing de conteúdo data-driven?

      Existem duas fases para aplicar os dados ao marketing:

      • a criação de conteúdo;
      • a publicação de conteúdo.

      Os dados precisam ser usados ​​de uma forma que defina como o conteúdo se conectará com sua buyer persona. Isso ajuda a orientar a criação de seu conteúdo desde o início de seu projeto.

      Comece com um planejamento forte

      No estágio de planejamento do uso de dados para orientar sua estratégia de criação de conteúdo, você deve criar o material tendo em mente sua buyer persona.

      Não é suficiente adivinhar se o seu conteúdo vai gerar identificação com sua persona. Você deve projetar e escrever conteúdo direcionado a um público específico, e não tentar atingir o maior público possível.

      Certifique-se de estar usando dados precisos

      Usar os dados na fase de criação de conteúdo começa com a definição de seus objetivos de marketing. Você deseja atrair novos clientes, aumentar sua receita de vendas, crescer seus lucros, criar brand awareness ou melhorar a experiência do cliente?

      Você pode querer observar métricas como o tempo que os visitantes passam em uma página da web específica. Outra métrica a ser observada é se, quando e onde eles abandonam o seu site.

      Todas as campanhas de marketing precisam construir confiança junto ao seu público para desenvolver um relacionamento contínuo com ele.

      Defina os tópicos para o seu público de forma clara

      Quando tudo estiver pronto para criar conteúdo, defina claramente o tópico e a abordagem que você deseja que ele assuma.

      Ele precisa abordar um problema ou oportunidade que está dentro do seu nicho. Você pode identificar isso a partir de suas buyer personas.

      Pesquise

      A partir daqui, pesquise possíveis tópicos que você possa usar e que apareçam em uma pesquisa do Google usando palavras-chave que abordem o problema ou a oportunidade.

      Se estiver escrevendo conteúdo para um blog, use de 8 a 10 títulos. Alguns dos parágrafos devem conter palavras-chave junto com links clicáveis. Os leitores tendem a pular a leitura pelos tópicos; então títulos, listas e parágrafos curtos são essenciais no corpo do artigo.

      Certifique-se de incluir links de entrada e saída para outro conteúdo que você criou. Adicionar vários links para outros sites que não sejam concorrentes também cria credibilidade.

      Como criar uma estratégia de marketing de conteúdo baseado em dados?

      Se sua estratégia de marketing de conteúdo não estiver bem definida, você pode atingir o público equivocado ou ir aos lugares errados.

      Os dados podem fornecer feedbacks sobre quem está interagindo com assuntos em alta. Essa abordagem destaca quais canais seu público-alvo está usando atualmente. Isso também possibilita identificar os influenciadores mais relevantes dentro desses grupos.

      Crie suas buyer personas

      Comece com o seu público em mente. Use buyer personas e dados de clientes existentes para identificar seu público ideal.

      Depois de entender o público de seu conteúdo, você pode escolher que tipo de material usar e buscar os canais de marketing mais prováveis ​​para alcançar esse público.

      Mapeie quais canais você usará

      Explore os dados que informam sobre os melhores canais a serem usados ​​para atingir o seu público-alvo. A forma e a linguagem do seu conteúdo dependerão do canal de marketing que você usará para entregá-lo.

      Diferentes canais de marketing atendem a diversos públicos. Alguns tipos de conteúdo são adequados para determinados canais em vez de outros.

      Use influenciadores em seu espaço

      Para maximizar seu alcance, aproveite os influenciadores que já atuam em seu espaço. Ao coproduzir conteúdo e compartilhá-lo nas plataformas uns dos outros, esses influenciadores ajudarão você a crescer em novas redes.

      Por exemplo, o varejista norte-americano GNC conseguiu alavancar essa estratégia para ganhar mais de 380 mil novos fãs no Facebook simplesmente ativando pequenos grupos de nicho online.

      Avalie seu ROI

      Como acontece com qualquer campanha de marketing, baseada em dados ou não, é importante medir os aspectos críticos do que funciona e do que não funciona.

      Isso significa que, conforme você define suas metas de marketing, é preciso escolher os indicadores-chave de desempenho (Key Performance Indicators — KPIs) que medirão o valor e o engajamento.

      É fácil rastrear as vendas, que é um componente essencial do marketing de conteúdo eficaz. Lembre-se de incluir outras métricas, como taxas de retenção de clientes e fidelização, juntamente com o engajamento.

      Aqui estão algumas métricas a serem consideradas, incluindo seus KPIs ao projetar uma campanha de marketing de conteúdo data-driven.

      Tráfego

      Você deve monitorar o tamanho do público que seu conteúdo está alcançando. Além disso, você precisa medir qual porcentagem dele corresponde ao seu público-alvo.

      Taxa de engajamento

      Outra métrica importante é medir o engajamento. Se o seu público não está engajado com seu conteúdo, você pode precisar considerar mudar sua abordagem.

      Taxa de conversão

      O objetivo de uma estratégia de marketing de conteúdo baseado em dados é coletar leads que você pode transformar em clientes pagantes. Esse é o dado mais valioso de todos, medido pela sua taxa de conversão.

      Dependendo dos seus objetivos de marketing de conteúdo, o que seu público fez depois de ver, assistir ou ler seu conteúdo? Essas pessoas se inscreveram para receber um boletim informativo? Elas acessaram o site? Em caso afirmativo, por quanto tempo elas permaneceram lá e em quantas páginas clicaram? Elas baixaram algum conteúdo ou o compartilharam nas redes sociais?

      Embora a mineração de dados possa ser demorada, você descobrirá que o esforço vale a pena. Essa é uma abordagem direcionada que permite atingir os clientes em potencial certos.

      Com o conteúdo adequado e usando os canais de marketing corretos, você pode converter esses leads em clientes pagantes. Em resumo, a sua geração de leads pode permanecer a mesma, a menos que você se concentre no marketing de conteúdo baseado em dados.

      Uma boa maneira de coletar dados do seu público é por meio de conteúdo interativo. Se você quer impulsionar sua estratégia, confira agora mesmo nosso ebook gratuito sobre tudo envolvendo conteúdos interativos!

      Compartilhe

      Inscreva-se em nosso blog

      Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

      Posts Relacionados

      Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

      Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!

      Nosso site é otimizado para cada país em que operamos.

      Ir para site em Português ->