Entenda o que é media training e qual a sua importância para as marcas

Media training é a preparação de um profissional para atuar como porta-voz de uma organização ou ajudá-lo a lidar com entrevistas e diversas outras situações que surgem durante o contato com os canais de mídia, como rádio, TV, jornais ou revistas.

Media training

    O contato com a mídia é um processo de Relações Públicas essencial para que qualquer marca consiga se consolidar no mercado e estabelecer a sua própria identidade. À medida que as empresas crescem, esse diálogo se torna cada vez mais constante e necessário.

    Apesar disso, poucas são as pessoas que apresentam experiência nisso e que conheçam as principais técnicas para contribuir com uma comunicação integrada — a qual pode ser fundamental em uma gestão de crise ou momentos mais instáveis do negócio.

    Pensando nisso, nesta postagem você encontrará as principais informações sobre o assunto, como:

    Continue a leitura e confira cada uma delas!

    O que é media training?

    A nomenclatura americana media training, ou treinamento de mídia em português, representa o treinamento de um profissional que atuará como porta-voz de uma organização para tratar de um determinado assunto.

    Esse processo é estruturado com base em diversas técnicas de comunicação específicas, visando o desenvolvimento desse porta-voz, para que ele possa se expressar melhor e de forma clara e sucinta, passando as informações corretas.

    De modo geral, aborda-se as questões de gestão de crise, oratória, desenvoltura e postura profissional, que são exigidos pela mídia, inclusive como se portar nas redes sociais.

    Essa capacitação é composta, de modo geral, por treinamentos, entrevistas, análises verbal e corporal e, ainda, conta com a aplicação de questionários e gravações que servirão para a avaliação final da postura do porta-voz.

    É comum que muitas empresas encarem o media training apenas como uma palestra ou workshop em que serão passadas todas as orientações em um período curto de tempo, algo em torno de 2 a 4 horas.

    Mas não é bem assim que funciona. Esse é um processo contínuo e complexo que demanda um longo período de treinamento e aprendizagem, afinal, são muitos pontos que devem ser tratados e avaliados de maneira crítica.

    Qual a importância do media training para a empresa?

    Ter um profissional devidamente preparado para lidar com a imprensa, independentemente da situação, é fundamental para todas as empresas que buscam ter um posicionamento sólido e uma imagem favorável junto à opinião pública.

    Desse modo, ela estará pronta para dar uma resposta rápida a sociedade mediante a uma situação de crise, por exemplo, o que evita grande parte dos problemas que ela teria, caso não estivesse preparada.

    Dependendo do assunto da situação ou do segmento, pode-se indicar uma pessoa ou outra e, por essa razão, é preciso treinar mais de uma pessoa para diversas situações.

    Selecionando do profissional correto

    Mas como saber qual é o profissional ideal para receber o media training? Pessoas que têm mais desenvoltura e uma comunicação mais acertada são os primeiros a serem cotados, mas isso não é garantia de sucesso.

    Elas precisarão passar credibilidade e ter uma postura exemplar, então “falar bem” não deverá ser o único fator a ser considerado.

    O ideal é que sejam escolhidas pessoas que compõe o alto escalão da empresa, como o presidente, diretores e, até mesmo, alguns investidores.

    Quais são os benefícios do media training?

    Você já deve ter percebido alguns dos benefícios de se investir no media training, não é mesmo? Contudo trouxemos mais alguns para que você se convença de uma vez por todas que esse é um treinamento fundamental.

    1. Organização do discurso

    Durante o treinamento, o profissional será apresentado a todas as etapas que compõe uma entrevista e como responder de maneira adequada a cada pergunta realizada pelo entrevistador.

    Para que isso ocorra da melhor manira possível, o porta-voz precisa ensaiar cada uma delas e, ainda atentar-se ao tempo e coesão do que está dizendo, afinal, tempo é algo escasso para os veículos de mídia.

    2. Controle emocional

    Ter controle emocional é a chave para qualquer porta-voz conseguir direcionar corretamente uma entrevista. Ao demonstrar qualquer tipo de desconforto, isso poderá ser encarado como medo e o entrevistador o pressionará ainda mais.

    Outra situação é que, nem sempre, as tréplicas serão tão inofensivas quanto as perguntas, o que pode tirar qualquer um de seu centro de equilíbrio.

    Portanto, é preciso exercitar o controle emocional e a empatia para evitar respostas atravessadas ou indiretas que podem piorar uma situação ou criar um desconforto com a imprensa.

    3. Fortalecimento do posicionamento da marca

    Ter uma marca forte e com credibilidade é fundamental para qualquer empresa e, ao investir em media training, a empresa terá profissionais devidamente capacitados para representá-la, seja em entrevistas ou momentos crise.

    Se posicionar corretamente e oferecer informações relevantes sobre o mercado são fatores que auxiliam na construção de uma imagem positiva e reforça a sua credibilidade em seu setor de atuação.

    Ser escolhido como uma fonte de referência para uma entrevista é algo que somente empresas que têm grande credibilidade conseguem.

    Como funciona o media training?

    Podemos dividir o media training em duas etapas principais: teórica e prática. Na etapa teórica aborda-se os conceitos básicos e as técnicas de comunicação essenciais no trato com os diversos canais de mídia.

    Aqui também é abordada a importância do planejamento prévio a ser realizado com base nas informações passadas pelo entrevistador.

    Assunto abordado, perfil de público e posicionamento do veículo precisam ser avaliados com antecedência a fim de se evitar possíveis gafes, ou mesmo, que se diga algo que vá contra os princípios do entrevistador.

    Já na parte prática, faz-se diversas simulações de situações que o profissional poderá passar durante uma entrevista ou uma coletiva de imprensa, por exemplo.

    Essas simulações são gravadas e, posteriormente, são avaliados alguns pontos, como a desenvoltura, postura, linguagem corporal e tempo de resposta e são indicados os pontos que precisam de melhorias.

    Apesar de seu um processo essencial para todas as empresas e pessoas que são expostas publicamente, poucas são as que investem em media training, o que acaba prejudicando a imagem das mesmas.

    Agora que você já sabe o que é media training, aproveite a visita ao nosso blog e baixe o nosso guia das áreas de comunicação e Relações Públicas na era dos dados.

    Compartilhe
    Redator Rock Content Rock author vector
    um de nossos especialistas.

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!

    Nosso site é otimizado para cada país em que operamos.

    Ir para site em Português ->