Online para offline, aplicativos e expansão: o que esperar da Black Friday

O que esperar da Black Friday? Com as medidas de prevenção por causa da Covid-19, o comércio passou por várias transformações, migrando parte das transações para o universo online. Com a chegada dessa importante data do calendário comercial, é hora de checar quais são as tendências e como se destacar.

melhores campanhas de black friday

Se seu negócio é da área do comércio, então o acompanhamento de datas comerciais importantes provavelmente faz parte da sua rotina. Nesse sentido, saber o que esperar da Black Friday é fundamental. Afinal, somente dessa forma será possível se preparar com estratégias que realmente apresentem o resultado esperado — tanto em visibilidade da marca quanto principalmente em vendas.

Para garantir resultados impactantes é preciso se programar. Dessa forma, é muito importante acompanhar as tendências e decidir qual será o plano de marketing, implementando ações coerentes e que geram resultados consistentes. Veja como essa data mudou sua lógica por causa da pandemia e descubra como se adaptar ao novo modelo.

Neste artigo você confere respostas para questões-chave como:

    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    O que é a Black Friday?

    Na década de 1960, a polícia dos Estados Unidos percebeu um movimento atípico devido às compras do dia de Ação de Graças. Para denominar esse fenômeno das ruas com maior movimento e tumultos ela chamou de Black Friday. A partir de 1980, o termo seria usado da forma comercial como o conhecemos. O objetivo principal dessa data é o aquecimento das vendas, que culminará no Natal.

    Normalmente o comércio precisa se preparar com antecedência para as festas de fim de ano, que normalmente são responsáveis por um grande volume de transações. Sendo assim, é comum que na Black Friday aconteçam as queimas de estoque, nas quais um ou mais produtos são oferecidos a preços muito baixos e um estoque limitado.

    Quando acontecerá a próxima Black Friday? 

    Uma data que surgiu no calendário norte-americano e rapidamente chegou ao Brasil, principalmente depois da transformação digital, por volta de 2010, a Black Friday acontece na quarta sexta-feira de novembro, após o dia de Ação de Graças. Neste ano, a data acontecerá no dia 26 de novembro.

    Claro que, para o lojista aproveitar esse momento, a preparação deve ocorrer com certa antecedência, permitindo um planejamento adequado. É preciso identificar quais serão os produtos e preços praticados, além de aquecer a lista de prospects e clientes para aumentar as conversões nessa data tão especial para o comércio.

    Como a pandemia mudou a Black Friday?

    O relacionamento das marcas com o público foi bastante impactado com a pandemia. Mesmo assim, várias empresa souberam aproveitar a situação, gerando visibilidade e até mesmo tração para o negócio. Por um lado, uma crise econômica se iniciou com a chegada da pandemia, impactando o poder de compra do consumidor e por outro surgiu uma oportunidade única.

    Houve um grande crescimento do e-commerce por causa do isolamento social. Públicos mais conservadores, que antes tinham alguma resistência para realizar suas compras online, agora já finalizam seus pedidos pela internet para os mais variados nichos de mercado.

    O que esperar da Black Friday?

    Vale destacar que, mesmo em um momento economicamente mais instável, a tendência é que a Black Friday consiga resultados expressivos. Com muitas famílias que sofreram redução na renda, essa pode representar uma excelente oportunidade para a antecipação das compras de Natal. Dessa forma, podemos dizer que a Black Friday continua sendo uma data estratégica para alavancar as vendas.

    Quais são as tendências para a Black Friday deste ano?

    Assim como nas outras edições, a Black Friday é uma data cheia de surpresas e inovações. Para que o seu negócio aproveite ao máximo essa oportunidade, é fundamental acompanhar as novidades para oferecer a melhor experiência para a sua persona e aumentar as chances de conversão!

    Online para offline

    Da mesma forma que mencionamos o quanto o universo online ganha destaque durante essa data e principalmente por conta da pandemia, as oportunidades offline têm uma tendência a deslanchar neste ano. Isso não significa que o online perderá força, mas sim que as duas frentes devem ser trabalhadas. Estude soluções omnichannel como compra pelo site e retirada na loja.

    Aplicativos

    Uma estratégia amplamente usada para garantir o fechamento da venda é o uso de apps próprios da empresa. Dessa forma, em vez de você disputar com a concorrência que também está presente nas plataformas online, é como se você trouxesse o cliente para dentro da sua loja. Com o aplicativo, é possível acompanhar cada passo do cliente e criar estratégias para aumentar as chances de conversão. 

    Expansão de serviços 

    Para alguns setores, como a área de eletrônicos, já é comum pensar na Black Friday como uma oportunidade que se estende até a segunda-feira da semana seguinte, também conhecida como Cyber Monday. Outras possibilidades de expandir esse evento é apostando em nomes como Black Week, que aproveita a semana inteira para oferecer as promoções para o público.

    Foco no atendimento ao consumidor 

    Com a concorrência presente e o usuário cada vez mais consciente do processo de vendas, é fundamental desenvolver as estratégias com foco no atendimento ao consumidor. A experiência do cliente é um ponto fundamental para garantir resultados excelentes com a Black Friday.

    Outros

    Ainda pensando no consumidor, o que acontece é que o cliente está cada vez mais consciente e busca por empresas que estejam de acordo com os princípios e valores da pessoa. Claro que não é possível agradar a todos os tipos de ideais, mas para garantir bons resultados, o interessante é identificar qual é a personalidade da marca e usar essa referência, posicionando a empresa no mercado.

    Como se adaptar a isso da melhor maneira?

    Para conseguir resultados expressivos na Black Friday, é fundamental que a empresa planeje quais serão os produtos ou serviços oferecidos na promoção, prepare uma disponibilidade de estoque e, principalmente, reforce o atendimento nessa data. Além disso, é importante atualizar os modelos de entrega e, sempre que possível, integrar a loja física com as plataformas digitais da empresa na jornada de compra do cliente.

    Após conferir o que esperar da Black Friday este ano você deve ter percebido que, apesar de a pandemia ter impactado essa data, ela apenas acelerou um processo que já acontecia em edições passadas. Cada vez mais é importante que a empresa seja coerente e integre seus diversos canais de contato com o público, além disso, o cliente como centro da estratégia continua sendo um ponto fundamental.

    Se você gostou deste artigo, então é hora de se preparar: baixe nosso material sobre marketing digital para a Black Friday e impulsione seus resultados já!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!