Por Kellison Ferreira

Publicado em 9 de junho de 2019. | Atualizado em 19 de fevereiro de 2020


O shadowban é um banimento temporário que o Instagram não assume, mas realmente aplica em alguns usuários. Para evitar, o ideal é ficar longe de algumas práticas. Saiba mais sobre como evitar o shadowban em nosso post!

Seus posts não têm atingido tantas pessoas? Seus stories estão com as visualizações bem abaixo do que o normal? Situações como essas são bastante comuns e o fato de parecerem estranhas realmente tem fundamento.

Pode ser que você esteja passando por um shadowban, que explica o menor alcance do conteúdo que você gera, o que resulta também em menor interação.

Alguns comportamentos do usuário na hora de usar o Instagram podem gerar a ativação de algoritmos da plataforma. Eles são entendidos como comportamentos inadequados e pouco comuns para perfis — e justamente isso é o início do problema com a sua conta.

Neste post falaremos mais sobre o shadowban e vamos solucionar as principais dúvidas e detalhar um pouco esse comportamento que gera tanta insatisfação:

Confira tudo a seguir!

 

O que é o shadowban e o que o causa?

Na tradução litearal, shadowban significa algo como “banimento fantasma”. Na prática, trata-se de um mecanismo que o Instagram aplica para bloquear desempenho das postagens de uma conta, mas de modo que esse impedimento não seja explícito.

Praticamente, a plataforma faz isso de forma escondida, diminuindo o alcance de postagens do feed, comentários e de visualizações dos stories. Ninguém vê as suas publicações temporariamente, até que esse ban seja encerrado.

Os seguidores da conta conseguem visualizar esses conteúdos, no entanto, nunca como prioridade, aparecendo na linha do tempo, algo que o Instagram aplica normalmente.

Já para outros usuários, em casos de perfis abertos, as publicações simplesmente são expostas. Se você publica algo e coloca uma localização, usuários que entrarem nos posts com a tag desse lugar não conseguem ver o conteúdo.

Nesses casos, a única maneira de visualizar a postagem é indo diretamente ao perfil que a publicou. Entretanto, não há nenhum tipo de exposição da publicação em feeds, já que é exatamente nisso que se foca o shadowban.

Esse nome é utilizado porque não há um bloqueio explícito e oficial por parte da plataforma, no entanto, a publicação fica praticamente escondida nos feeds da linha do tempo, das hastags e das localizações.

A plataforma também nunca oficializou que realmente faz isso, mas usas orientações deixam claro que alguns comportamentos podem gerar o shadowban.

Menor alcance para perfis de marcas

Os principais alvos do shadowban são, geralmente, as contas comerciais. Até por isso, profissionais de social media começaram a detectar uma queda vertiginosa no alcance, nos comentários e nas curtidas dos posts.

A interação não acontece justamente porque o conteúdo não fica visível ao público. Como perfis comerciais estão totalmente ligados ao engajamento, que muitas vezes dependem das interações, rapidamente foi possível perceber que havia algo de errado com a exposição dos conteúdos.

No entanto, o Instagram não faz essa restrição à toa: há uma série de políticas de uso adequado da plataforma e que, se são desrespeitadas, o shadowban provavelmente vai acontecer.

É uma forma que o Instagram tem de manter o controle da visibilidade das postagens, tentando tornar o comportamento da plataforma o mais orgânico possível.

 

Como descobrir se seu perfil sofreu shadowban?

O shadowban é sorrateiro e chega sem avisos, por isso que é sempre complicado entender quando ele realmente é a situação do seu perfil. Muitas pessoas têm passado por essa dúvida por conta das recentes mudanças no algoritmo do Instagram ao longo dos últimos anos. Realmente, existe a tentativa de embarreirar impulsionamentos feitos por meio de hacks que não são proibidos.

Justamente o uso em excesso desses mecanismos fez com que o Instagram percebesse que, cada vez mais, perfis até mesmo pessoais têm usado essas estratégias. Cabe a cada um saber de que modo está fazendo o uso de determinadas hashtags e ferramentas paralelas voltadas para a gestão de contas na rede social.

Se a sua última, ou suas publicações recentes, têm recebido poucas interações, talvez você tenha sido temporariamente banido da exposição no Instagram. Há algumas técnicas que vão ajudá-lo a descobrir se isso realmente aconteceu, confira!

Cheque se sua publicação aparece por perfis que não seguem você

Comece fazendo uma nova publicação, da mesma forma que geralmente faz. Não mude nada, use as hashtags, localização e faça todo o procedimento comum, especialmente se é o caso de uma conta comercial.

A partir disso, é possível realizar uma checagem do alcance dessa postagem, conferindo justamente na ótica de pessoas que são seus seguidores.

O ideal é que, ao menos, cinco perfis que não seguem você façam a busca pela hashtag utilizada no post, ou até mesmo a localização utilizada. Se a publicação não aparecer nesses dois feeds, aí realmente é possível cravar que você está em um shadowban temporário.

Utilize uma ferramenta própria para isso

Por mais que haja controvérsias em relação a esse mecanismo de checagem, o Shadowban Tester é uma plataforma da web que verifica as contas e o desempenho das suas publicações. Basta inserir o nome de usuário da plataforma e o site faz uma análise rápida e bastante objetiva.

Por mais que costume funcionar, há alguns usuários que relatam uma análise fraca e que não retrata a verdade. O ideal é que você use os dois mecanismos, até como forma de confirmação um do outro. Assim, as chances de ter a real situação concretizada é alta.

 

O que fazer ao perceber que sua conta está em shadowban?

Constatou que você está em um shadowban? Calma! Agora trata-se de um jogo de paciência, uma vez que o banimento é temporário. O ideal é evitar as práticas que geraram o banimento, para garantir que ele não se estenda por mais tempo.

Além disso, você pode seguir esses procedimentos:

  • dê um tempo no seu perfil, algo entre 24-48h sem nenhuma publicação;
  • mude seus hábitos, especialmente no volume de postagens por dia;
  • revogue qualquer acesso de aplicativos que usam seu perfil como acesso;
  • se a conta for de uma grande empresa, entre em contato com o Instagram.
 

Como evitar o shadowban?

Como é um procedimento ligado a algumas práticas, naturalmente, também depende de você evitar que o shadowban mantenha sua conta “congelada” por algum tempo. Se você conhece as práticas inadequadas, fica mais fácil evitá-las.

Veja a seguir como evitar o shadowban!

Pare o uso de hashtags proibidas

Algumas hashtags, por estarem marcadas em fotos proibidas no Instagram, ou por usarem termos indevidos, estão proibidas na plataforma. Você até consegue usá-las, mas o shadowban pode ser uma consequência disso. O ideal é sempre estar atento à lista de hashtags proibidas.

Evite exagerar nas hashtags

É comum que perfis simplesmente exagerem no número de hashtags utilizadas nas decrições, e a razão é simples: o conteúdo, dessa forma, pode aparecer para mais pessoas e em diferentes buscas.

O número ideal é de 6 hasthtags por post, jamais passando dos 30, o que é realmente bem acima do limite.

Varie as hashtags

As hashtags estão sempre ligadas a assuntos, e por isso alguns perfis usam uma série de variações de termos e expressões. Assim, é mais fácil ser encontrado por um determinado público-alvo.

Acontece que o uso de hashtags parecidas podem gerar o entendimento do spam, o que resulta no shadowban.

Reduza o uso de automações

As automações para conseguir seguidores e interagir com posts são proibidas pela plataforma, algo que é bastante claro e todo social media deveria saber. Naturalmente, muitos usam essas ferramentas cientes do risco, mas isso pode realmente causar o shadowban.

Portanto, é melhor ter um trabalho maior de dedicação do que perder totalmente o alcance da conta.

Curta e comente com moderação

Ainda que o trabalho seja feito de maneira mecânica, se você repete muitas vezes acaba por abrir a margem para que o Instagram entenda que é uma automação. Tenha cuidado ao curtir uma série de posts de uma só vez, ou comentar a mesma coisa em diversas publicações.

Esteja atento ao conteúdo das suas publicações

Por mais que um conteúdo não seja explícito, o tom usado, ou algumas referências, podem ofender usuários, ou até mesmo gerar má interpretação. Isso vai ocasionar em denúncias na publicação, o que automaticamente é considerado para o banimento temporário.

Mantenha-se atento às notícias sobre as políticas

As políticas do Instagram sempre se atualizam, especialmente diante de algumas tentativas de burlar as regras. Além disso, novos motivadores para o shadowban também podem aparecer. O ideal para manter sua conta sempre limpa é estar bem informado, lendo blogs e sites relacionados.

Pesquise antes de usar plataformas de gestão

Há muitas ferramentas de gestão de contas do Instagram à disposição dos usuários, no entanto, nem todas realizam um trabalho que respeita as restrições da rede social. Antes de começar a utilizar, pesquisa com usuários se já geraram algum problema.

Cuidado na hora do unfollow

Quer deixar de seguir algumas contas? Vá com calma! Até isso pode ser motivo para um shadowban. O ideal é que você não dê unfollow em muitos perfis de uma só vez. Divida o trabalho em alguns dias e evite problemas maiores!

Mantenha a conta sempre ativa

Apesar de ser uma dica muito simples, ela pode fazer a diferença até mesmo se você passar por um shadowban! O Instagram entende que são essas contas que movimentam a rede social, por isso as valorizam bem. Se por um acaso o banimento ocorrer, rapidamente sua conta voltará à ativa.

O shadowban não precisa ser um fantasma que assombra os profissionais que gerem redes sociais! Com bons cuidados e práticas recomendadas é possível ficar longe desse problema.

Aproveitando o gancho, confira nosso e-book sobre marketing no Instagram!

Marketing no InstagramPowered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *