Texto persuasivo de vendas: 4 exemplos para fechar mais negócios

O texto persuasivo de vendas é caracterizado pela quantidade de palavras de ordem, uso de adjetivos ao longo do conteúdo e posicionamento do cliente como protagonista da estratégia. Empresas como Apple e Netflix são exemplos de uma comunicação com alto poder de conversão.

texto persuasivo de vendas

Precisando de conteúdo para sua empresa? Encontre os melhores escritores em WriterAccess!

Se as suas campanhas de marketing não estão convertendo da forma que deveriam, provavelmente existem furos na estratégia de copywriting. Um bom texto persuasivo de vendas é capaz de transformar leads em clientes, potencializando os resultados e fidelizando essas pessoas.

Quer saber como isso acontece na prática? Neste conteúdo, você vai encontrar quatro exemplos de um excelente copywriting aplicado na prática, além de entender a importância de investir em um discurso persuasivo. Vamos lá?

Neste post você encontra:

    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    Qual é a importância da persuasão para vender?

    A comunicação está por trás de qualquer estratégia de vendas. Pense só: você tem um produto ou serviço e deseja mostrá-lo para pessoas que ainda não conhecem a sua marca. 

    Como é que ele pode alcançar esse grupo? Não importa qual seja o meio escolhido: via internet — com sites e redes sociais — ou no ambiente físico, em um outdoor ou anúncio no jornal. É a comunicação que viabiliza o processo entre as duas partes interessadas. 

    Mas a comunicação por si só é básica, afinal, não basta alcançar um grupo: é preciso conduzi-lo no processo de compra, chegando no momento final, que é a venda. E é justamente neste momento que a persuasão ganha espaço.

    O cérebro humano funciona de uma forma incrível: existem espaços reservados para os momentos de tomada de decisão, que incluem os processos de compra e podem envolver uma simples ida ao supermercado ou o financiamento de uma casa. 

    Essas decisões são engatilhadas por sentimentos específicos e que podem ser trabalhados no copywriting. Na verdade, é justamente esse o objetivo da escrita persuasiva, o que reforça a sua importância.

    Ao identificar os gatilhos necessários para uma tomada de decisão que favoreça os seus objetivos, trabalhamos cada um deles nas peças de comunicação. Dessa forma, existem muito mais indícios de que a conversão vai acontecer naquele momento. 

    Quais são os 4 exemplos de textos persuasivos para vender mais?

    Chegou a hora de mostrarmos os principais textos persuasivos de vendas, identificando qual foi o gatilho aplicado e como ele se conecta com cada público-alvo de grandes marcas. Acompanhe!

    1. Dropbox

    O Dropbox é um software que permite o armazenamento e gestão de arquivos. Existem outras funcionalidades, como serviço de assinatura eletrônica e o compartilhamento dos dados com outras pessoas, mas pense no público-alvo ou possíveis personas da marca.

    A proposta de valor da empresa é bem vasta, o que faz com que grupos completamente diferentes aproveitem o produto e façam bom uso deles. Nesses casos, a criação de um tom de voz e discurso pode ficar um pouco mais complicada, mas existe solução.

    Quando não conseguir encontrar um padrão entre as pessoas que consomem o seu produto ou serviço, invista no discurso direto e na simplicidade. Veja alguns exemplos no site do Dropbox:

    • Armazenar. Sincronizar. Compartilhar. Assinar. Simplificar.
    • Mantenha a vida organizada e o fluxo do trabalho — tudo em um só lugar.
    • Faça mais com seus arquivos.
    • O que o Dropbox pode ajudá-lo a fazer?

    Perceba como essas expressões são capazes de despertar a atenção e curiosidade de qualquer pessoa que se interesse pela ferramenta. A união de uma estratégia que vai “direto ao ponto” na comunicação pode ser reforçada, também, com o uso de palavras no imperativo.

    Mantenha, faça, centralize, facilite: essas expressões transferem o poder para o cliente, que se sente empoderado e com um bom contexto dos benefícios oferecidos pelo Dropbox. 

    2. Apple

    O texto persuasivo de vendas trabalhado pela Apple tem forte apoio na repetição de palavras e na exaltação dos produtos. Veja alguns exemplos coletados no site:

    • iPhone 13 Pro. É todo Pro.
    • iPhone SE. Tão poderoso. Tão ao seu alcance.
    • iPad Air. Cor e potência no ar.

    Outros exemplos carregam um tom descontraído, como é o caso de “iPhone 13, seu novo superpoder” e “Studio Display, paixão à primeira vista”.

    Agora, você pode se perguntar: o que é que faz com que a Apple tenha um apoio tão forte nesse discurso caloroso, recheado de adjetivos? Não é qualquer marca que consegue se dar bem dessa forma.

    Mas a empresa de Steve Jobs conquistou o mercado, desde seus primeiros passos, usando a exclusividade como forma de estratégia de persuasão. 

    Sabendo que os produtos da marca “não são para qualquer um”, o ato de ter um iPhone ou derivado foi além das necessidades básicas de um celular e se transformou em uma espécie de estilo de vida.

    3. Evernote

    O Evernote tem uma proposta similar ao Dropbox quando pensamos em simplicidade e persuasão.

    Logo ao entrar no site, o usuário se depara com uma frase em destaque, que diz “Domine seu trabalho, organize sua vida”. E logo abaixo: “Lembre-se de tudo e enfrente cada projeto com suas notas, tarefas e calendário, tudo no mesmo lugar.”

    O objetivo dessa comunicação bem direta é o cadastro no site, que vem logo abaixo do texto. Um botão verde diz “Cadastre-se gratuitamente”, e o uso dessa última expressão também é uma estratégia persuasiva.

    A adição da gratuidade leva um público maior de pessoas a converterem e um pensamento comum seria algo como: “já que não vou pagar nada por isso, posso ao menos testar e ver o que acho”. Pronto! A conversão aconteceu e o principal objetivo foi cumprido. 

    Além disso, ao navegar ainda na página inicial, conseguimos ver um carrossel de peças que ilustram o uso do Evernote na prática. Mas esse contexto não é realizado de forma básica e que se resume à descrição, algo como:

    • Escreva suas notas na plataforma;
    • Compartilhe com seus colegas;
    • Navegue entre pastas.

    Esses são atributos reais do Evernote e poderiam estar descritos dessa forma. Mas veja como o texto persuasivo é poderoso:

    • trabalhe de qualquer lugar: mantenha as informações importantes à mão, suas notas sincronizam automaticamente em todos os seus dispositivos;
    • lembre-se de tudo: deixe as notas mais úteis ao adicionar texto, imagens, áudio, digitalizações, PDFs e documentos;
    • transforme a fazer em feito: junte suas notas, tarefas e calendários para construir as coisas mais facilmente.

    4. Netflix

    A gigante do streaming usou uma estratégia bem interessante: selecionou um dos seus principais benefícios, que é a possibilidade de assistir um filme ou série em qualquer lugar, e espalhou esse discurso ao longo do site.

    Começando pelo destaque da página inicial, que diz: “Assista onde quiser. Cancele quando quiser”. Ao rolar a página, o usuário descobre que pode usar a Netflix em uma série de aparelhos diferentes, sendo televisões, aparelhos de Blu-ray e até mesmo no PlayStation.

    Também descobrimos que os títulos estão disponíveis até mesmo quando o usuário não tem internet, podendo fazer um download e, novamente, assistir onde e como quiser. 

    Como criar textos persuasivos?

    Depois de conhecer ótimos exemplos, é hora de arregaçar as mangas e colocar a mão na massa. Listamos 3 ações bem simples que vão te ajudar a construir um bom texto persuasivo de vendas.

    Fale diretamente com a sua persona

    Partindo do pressuposto que a sua marca tem um público-alvo bem definido, sabemos que ele é composto por um grupo de pessoas. Mas na hora da construção de um bom copy, se esqueça disso e foque em um único prospect. Nada de frases genéricas.

    As estratégias que apontamos acima são ótimas formas de reforçar essa ação: o uso do “você” e daqueles termos no imperativo como “faça”, “conheça”, “experimente”. 

    O poder é do leitor

    Mesmo que você tenha em mente o fato de que o seu produto é incrível e vai ser a solução perfeita para os clientes, fuja dos discursos em primeira pessoa. Troque o “vou te mostrar como fazer” para “você será capaz de fazer”

    A sensação de que o interessado pode resolver a sua dor no segundo em que clicar no botão de conversão é muito poderosa. Não a subestime!

    Se apoie em gatilhos mentais

    Lembra dos gatilhos mentais, que comentamos no início do conteúdo? Esses estímulos recebidos pelo cérebro vão te ajudar a caprichar na persuasão. Listamos alguns exemplos bem simples:

    • apresente a dor do seu cliente e depois mostre como você poderá solucioná-la;
    • se apoie no conceito de escassez e deixe claro o fato de que caso a pessoa demore a tomar uma ação, pode perder a sua hora;
    • trabalhe o senso de urgência com palavras como “não perca”, “é só até o dia X”;
    • desperte curiosidade;
    • ofereça condições especiais para quem comprar o produto de forma antecipada;
    • divulgue os cases de clientes satisfeitos.

    Você também pode se interessar por este artigos:

    Quais são os benefícios da persuasão para as vendas?

    A palavra “persuasão”, até pouco tempo atrás, era vista com certa desconfiança por muita gente: quase como se o cliente fosse enganado ou levado a tomar uma decisão que não deseja.

    Mas os avanços do neuromarketing e neurovendas foram capazes de provar, por A + B, que os benefícios existem e são poderosos. 

    Maior aproximação com o público

    Um discurso que conversa diretamente com o público, explora suas dores e é sensível na medida certa, é capaz de gerar uma identificação e aproximação de pessoas interessadas. Elas se sentirão diretamente conectadas com a marca e vão querer ir além.

    Aumento nas vendas

    Essa aproximação genuína faz com que as vendas aumentem. É uma consequência quase óbvia, mas que vale ser destacada.

    Lembra daqueles gatilhos e do processo de tomada de decisão? Pois é! É neste momento que eles mostrarão o seu poder. 

    Fidelização

    O pós-venda é igualmente importante e deve ser cuidado com carinho. A persuasão também pode ser usada nessa etapa do funil, com um discurso que reforça e oferece benefícios para os clientes que retornarem.

    Agora que você entendeu o poder de um bom texto persuasivo de vendas, está esperando o que para se capacitar ainda mais e construir estratégias incríveis?

    Conheça o curso de Copywriting da Rock University que vai te ajudar a transformar o seu setor de marketing e vendas. 

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo no WriterAccess.

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo em WriterAccess.

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Compre conteúdo de alta qualidade com a WriterAccess.

    Tenha acesso a mais de 15.000 freelancers especializados em redação, edição, tradução, design e muito mais, prontos para serem contratados.

    Fale com um especialista e amplie seus resultados de marketing.

    A Rock Content oferece soluções para produção de conteúdo de alta qualidade, aumento do tráfego orgânico e conversões, e construção de experiências interativas que transformarão os resultados da sua empresa ou agência. Vamos conversar.