Conheça o XaaS, o modelo de negócio baseado na oferta ampla de serviços

O XaaS (Everything as a Service) é um modelo de negócios que explora a computação na nuvem para realizar serviços que, antes, só eram possíveis de forma presencial. Entre os muitos benefícios oferecidos estão a redução dos custos e o aumento da produtividade das equipes.

XaaS

    A manutenção e gerenciamento de uma infraestrutura física está entre uma das maiores despesas que uma empresa pode encarar. Contudo, a necessidade de alugar grandes espaços e armazenar fisicamente os bens da empresa não é mais a única alternativa.

    Com a transformação digital, é grande o número de companhias adotando uma nova modalidade de negócio, chamada XaaS (Everything as a Service).

    Se você já é familiar com o SaaS, termo um pouco mais conhecido, pode imaginar do que se trata esse modelo empresarial. Com o auxílio do cloud computing, essa tendência possibilita que a empresa execute seus serviços com maior agilidade, segurança e economia.

    Além do SaaS, existem outros modelos que se encaixam na realidade do XaaS, como o IaaS e o PaaS. Quer saber mais sobre o assunto, conhecer os benefícios da novidade e entender como o marketing pode se encaixar nesse modelo? Neste texto, vamos abordar as seguintes questões:

    Continue a leitura!

    O que é XaaS (Everything as a Service)?

    A letra “x” é muito utilizada, principalmente na linguagem matemática, para se referir a um valor oculto ou que pode ser preenchido por mais de uma opção. A ideia do termo XaaS vem justamente daí. Trata-se de uma forma abrangente de se referir a qualquer coisa que seja oferecida “as a service”, ou, em português, como serviço.

    O XaaS é, portanto, uma modalidade de negócios que conta com diversas possibilidades. Um exemplo muito conhecido, como citamos na introdução, é o SaaS, que significa Software as a Service.

    Viu como a primeira letra do que é oferecido substitui o X? Pois é, isso acontece não só com softwares, mas também com serviços de comunicação, plataforma, infraestrutura e muito mais. Assim, o XaaS pode englobar dois, três ou mais modelos que utilizam a nuvem para atividades que, antes, eram realizadas fisicamente.

    A seguir, vamos listar alguns dos principais exemplos de serviços que são contemplados pelo XaaS e explicar do que se tratam. Acompanhe!

    PaaS (Platform as a Service)

    A plataforma como serviço é destinada às empresas que querem desenvolver projetos, como a criação e teste de aplicativos, sem esbarrar na complexidade e nos altos valores que são corriqueiros nos softwares em construção.

    Trata-se de um ambiente inteiro destinado ao desenvolvimento e implantação, que, por ser baseado na nuvem, oferece recursos completos e seguros.

    SaaS (Software as a Service)

    O SaaS, como já mencionamos, se refere ao oferecimento de softwares como serviços. Exemplos de programas disponibilizados sob esse modelo estão mais presentes em nosso cotidiano do que muita gente imagina.

    É o caso, por exemplo, do Google Docs, ferramenta online e gratuita que faz parte de um conjunto de aplicações disponibilizadas pelo Google Drive.

    O que o diferencia de programas similares é que ele não precisa de nenhuma forma de instalação. Por se tratar de um SaaS, o software fica em um servidor remoto, o que acaba trazendo diversas vantagens, que serão exploradas ao longo do artigo.

    NaaS (Network as a Service)

    NaaS é a sigla que representa Network as a Service, que pode ser traduzido livremente para o português como Rede como Serviço. Trata-se de uma ferramenta extremamente simples, que precisa apenas de um computador com conexão à internet e acesso ao portal do provedor para funcionar.

    Por meio do acesso direto à rede, o NaaS interliga diversos serviços baseados na nuvem. Isso tudo acontece de forma digital, ou seja, sem a necessidade de montar sua própria estrutura de rede ou utilizar qualquer tipo de hardware.

    IaaS (Infrastructure as a Service)

    Infraestrutura como serviço. Lembra que falamos sobre como é custoso e ineficaz gerenciar uma infraestrutura física? O IaaS surge como solução para esse problema. Trata-se de um data center que é gerenciado a distância e substitui a necessidade de comprar equipamentos voltados para a tecnologia de computação.

    Nessa modalidade de XaaS, é possível, por exemplo, armazenar grandes quantidades de dados, além de contratar serviços para aumentar o poder de armazenamento, processamento e até memória RAM. Um dos exemplos mais famosos é o AWS, uma plataforma oferecida pela Amazon.

    CaaS (Communication as a Service)

    CaaS, como o nome já sugere, se refere ao oferecimento de comunicação como serviço. Geralmente aborda o emprego da computação na nuvem para o uso de serviços ligados à telefonia. Isso inclui o uso de voz sobre IP (VoIP) e a distribuição automática de chamadas (ACD).

    O que Cloud Computing tem a ver com XaaS?

    O Cloud Computing, ou, em português, computação na nuvem, é o detalhe que torna possível a existência do XaaS. Trata-se de uma tecnologia que explora a conectividade e a grande escala da internet para hospedar recursos, dados, aplicativos, plataformas etc.

    A ideia é utilizar a nuvem em vez dos já ultrapassados hardwares, eliminando a necessidade de downloads e instalações. Assim, para acessar um programa de qualquer lugar, basta contar com conexão à internet e um navegador.

    Uma das principais características ligadas a esse conceito é a centralização das informações. Tudo é armazenado em um servidor remoto, que, no cenário das XaaS, permite acesso às pessoas que contratam o serviço.

    Você também pode se interessar por estes outros conteúdos!
    Lean Innovation Management: o que é e como aplicar esse método?
    O que é Assessment e como usar esse método no seu negócio?
    Projetos de inovação: como implantar e executar na empresa
    Freemium: o que é e como funciona esse modelo de negócio?

    Ser uma empresa XaaS tem benefícios?

    O modelo de negócios XaaS, como você já pode ter notado, é uma tendência crescente na área de tecnologia e inovação. Isso não se trata apenas de uma moda passageira, mas sim de uma alternativa que apresenta vantagens significativas se comparada ao modelo tradicional de serviço.

    Quer conhecer os principais benefícios? Falaremos sobre eles a seguir!

    Aumento da produtividade

    O modelo XaaS, como já explicamos, centraliza as informações em um servidor que pode ser acessado de qualquer lugar do planeta e permite a colaboração de equipes. Sabe o que isso significa? Seus colaboradores, mesmo distantes, podem trabalhar de forma remota e conjunta, o que eleva a produtividade.

    Fora isso, o modelo possibilita um monitoramento aprofundado por parte da gestão. É fácil realizar análises para identificar e corrigir falhas rapidamente, o que pode fazer toda a diferença e evitar a perda de oportunidades por conta de problemas técnicos.

    Redução de custos

    A criação e manutenção de uma infraestrutura de TI demanda recursos e tempo que nem todas as empresas podem disponibilizar. A partir do modelo XaaS, contudo, não existe a necessidade de investir em equipamentos, espaço para armazenamento ou mesmo manutenção. Tudo com base na nuvem, o que reduz drasticamente os custos envolvidos.

    Maximização do ROI

    O retorno sobre investimento mede o quanto uma companhia lucrou após investir determinada quantidade de dinheiro. Ora, se o XaaS apresenta recursos tão ou mais eficientes que os oferecidos pelo modelo tradicional, por um custo consideravelmente menor, é natural que o ROI acabe elevado.

    Aumento da agilidade

    Sem as restrições ligadas a um espaço físico, a agilidade das equipes ganha um aditivo. Imagine, por exemplo, o surgimento de um problema que precisa ser resolvido com urgência.

    Se sua empresa conta com um XaaS, um colaborador pode acessar o servidor rapidamente de qualquer lugar e resolver a questão. Como não precisa se deslocar para o local e pode usar o próprio dispositivo para agir, o serviço se torna muito mais ágil e fácil de executar.

    Adaptação da oferta de acordo com a demanda

    Um dos grandes desafios da gestão de negócios é lidar com as comuns oscilações de demanda. No cenário da computação, por exemplo, é normal observar períodos de grande demanda e outros com baixa necessidade de uso dos recursos. Como o modelo XaaS é extremamente flexível, é possível atrelar o serviço ao seu índice de necessidade.

    Dessa forma, caso você preveja um aumento de fluxo em um determinado mês, pode aumentar seu plano de serviço para contar com recursos mais potentes. Isso também é uma forma de otimizar a eficiência financeira, já que você pode pagar apenas pelo que for utilizar.

    Como o XaaS vai afetar o marketing?

    No mundo do marketing, já existe uma discussão sobre como lidar com o crescimento desse modelo de negócios. Algumas correntes acreditam que nomes que carregam a sigla as a service (aas) vão desaparecer, já que, teoricamente, existem formas mais simples de rotular esse tipo de modalidade.

    Contudo, o fato é que, conforme o XaaS avança em popularidade, o consumidor se habitua ao uso do termo as a service. Dessa maneira, manter essa nomenclatura pode favorecer a experiência do público, que vai encontrar maior facilidade para reconhecer o modelo e as características atribuídas a ele.

    Existem, ainda, os efeitos que a tendência pode causar nos departamentos de marketing das empresas. A contratação de um serviço sob o modelo XaaS prevê um aumento na colaboração entre equipes, o que abre espaço para que um conceito, já difundido, ganhe ainda mais relevância: o vendarketing.

    A necessidade do time de marketing trabalhar com o de vendas tende a aumentar, já que os vendedores vão precisar ainda mais dos insights de marketing para educar o público sobre as características do modelo. Além disso, o caráter colaborativo dos XaaS vai facilitar essa cooperação.

    O XaaS (Everything as a Service) é fruto de um longo processo de desenvolvimento tecnológico. Utilizando a nuvem para eliminar a necessidade de downloads, espaço para armazenamento e compra de equipamentos, esse modelo de negócios oferece vantagens como o aumento do ROI, da produtividade e da colaboração entre equipes.

    Já que estamos falando no assunto, que tal saber mais sobre como o desenvolvimento tecnológico impacta uma empresa? Neste ebook, apresentamos uma visão 360 graus do impacto da transformação digital nas empresas. Confira!

    Compartilhe

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!