Aprenda a fazer uma análise de site e melhore a performance dele

A análise de site é importante para verificar pontos que podem estar afetando sua performance. Ao corrigir problemas de carregamento, segurança, SEO e muitos outros, o site pode se tornar uma ferramenta ainda mais poderosa de vendas e branding. Vamos ver agora por que e como fazer isso.

análise de site

    Ter um site na web é muito mais do que colocar as páginas no ar. Se você quer gerar resultados para o seu negócio, ele precisa passar por otimizações constantes. Por isso, o processo de análise de site é primordial no marketing digital.

    A intenção da análise de site é traçar um diagnóstico sobre a performance das páginas e as oportunidades de otimização. Então, ao corrigir problemas, você consegue melhorar a experiência do usuário no site, ganhar posições no Google, atrair mais visitantes e aumentar as conversões do negócio.

    A seguir, vamos mostrar o que é e qual a importância de fazer uma análise de site periódica para melhorar seus resultados no marketing digital. Acompanhe:

      O que é uma análise de site?

      Análise de site é um processo de auditoria de performance com o objetivo de identificar, acompanhar e corrigir pontos de atenção que impactam no seu desempenho.

      Com esse processo, a empresa deve conseguir extrair mais resultados do site, conforme os seus objetivos de negócio.

      Se você tem um site apenas para colocar informações sobre a sua empresa, saiba que você está desperdiçado uma poderosa ferramenta do marketing digital.

      Um site pode ser muito mais que isso. Ele pode atrair uma infinidade de potenciais clientes para o seu negócio, converter visitantes em leads, gerar vendas diretas se for um e-commerce e ainda fortalecer a imagem da sua marca.

      Mas um site não faz tudo isso sozinho. Depois que as páginas estão no ar, você precisa manter uma otimização constante para alcançar esses resultados.

      Então, a análise do site é o ponto de partida para verificar a sua performance em relação a diversos pontos que impactam em usabilidade, tráfego e conversões. A partir do diagnóstico da análise, você pode corrigir problemas e melhorar o desempenho do site.

      Velocidade de carregamento, compatibilidade com dispositivos móveis e problemas de rastreabilidade são alguns desses pontos que podem precisar de melhorias, como vamos ver mais adiante.

      Por que a análise de site é importante?

      Um site pode ser uma ferramenta de vendas, de geração de leads, de fidelização de clientes, de engajamento dos visitantes e de fortalecimento do branding. Vamos ver agora em detalhes como a análise de site pode contribuir para esses resultados:

      Melhorar a experiência do usuário

      A análise do site busca pontos de melhoria de layout e usabilidade do site. Problemas nessas áreas atrapalham a performance do site porque prejudicam a qualidade da experiência do usuário.

      A demora no carregamento, a falta de protocolos de segurança ou a dificuldade de encontrar uma informação, por exemplo, são falhas que podem fazer o usuário abandonar o site. Elas deixam o usuário impaciente, inseguro e desorientado.

      Por isso, identificar e corrigir esses problemas a partir da análise do site significa melhorar a experiência do usuário. Dessa maneira, você conquista a confiança, a satisfação e o engajamento dos visitantes, além dos resultados que vamos ver a seguir.

      Gerar mais conversões

      Ao melhorar a experiência do usuário, a análise do site também tende a gerar mais conversões.

      Afinal, sem obstáculos e dificuldades para realizar o que deseja, o visitante chega mais facilmente à compra ou à conversão que a marca deseja. E, se o usuário se sente confortável, orientado e seguro no site, ele tem mais confiança na marca, que é fator determinante na decisão de compra.

      Além disso, a análise do site se preocupa com o foco na conversão por meio do layout e do copywriting. A intenção também é encontrar oportunidades de melhoria no poder de persuasão das páginas, que leva a mais vendas e conversões de leads.

      Ganhar posições no Google

      A análise do site inclui a identificação de problemas de rastreabilidade e de rankeamento no Google. Portanto, fatores de SEO — técnico, on page e off page — entram na análise, com a intenção de melhorar a otimização do site e ganhar posições no buscador.

      Mas qual a importância de melhorar o posicionamento no Google? Bom, estar nos primeiros lugares do buscador significa ganhar as visualizações e os cliques da maioria dos usuários do Google, que geralmente não passam da primeira página para encontrar o que querem. 

      Portanto, ganhar posições no Google significa potencializar o tráfego orgânico do seu site e atrair potenciais clientes para o seu negócio.

      Melhorar desempenho de anúncios

      A análise do site também ajuda a atrair mais visitantes e conversões por meio do tráfego pago. Isso acontece porque as plataformas de publicidade da web, como o Google Ads, consideram a qualidade da página de destino dos anúncios para qualificar uma campanha.

      Então, quando a página de destino oferece uma boa experiência ao usuário, a campanha tende a ter melhor desempenho nas vendas e menores custos para o anunciante. E a análise do site aponta as melhorias que você pode fazer.

      O que você deve analisar no site?

      Vamos ver agora quais são os principais pontos que você deve analisar no site para ter um diagnóstico completo. As análises passam por questões de design, usabilidade, SEO, até problemas mais técnicos. Vamos a eles:

      Velocidade do site

      A velocidade de carregamento de um site é um ponto crítico para a sua performance. Se uma página demora apenas alguns segundos a mais para carregar, o visitante já pode desistir, fechar a página ou, pior ainda, ir para o concorrente.

      Por outro lado, se carrega mais rápido, as taxas de conversão aumentam: segundo estudo do Google, 1 segundo a menos significa 27% mais conversões.

      análise de site

      A lentidão no carregamento também pode fazer o site perder posições no Google. Desde 2010, a velocidade é um dos fatores de rankeamento do Google. Por isso, identificar e corrigir problemas de carregamento com a análise de site também é uma medida de SEO.

      A demora no carregamento é provocada pelo tamanho das imagens, pelo uso excessivo de plugins no WordPress, por códigos desnecessários na programação do site, por problemas com o servidor, entre muitos outros fatores.

      As ferramentas de análise de site costumam apresentar um diagnóstico com o tempo de carregamento (ou uma pontuação para a velocidade) e recomendações de otimização desses fatores.

      Compatibilidade com dispositivos móveis

      A compatibilidade com dispositivos móveis também é um dos principais fatores para a boa performance de um site. Afinal, usuários mobile já são maioria no tráfego de muitos sites por aí. No Brasil, os dados do Think With Google mostram como o celular predomina no acesso à internet:

      análise de site

      Então, é preciso oferecer a melhor experiência a esses visitantes no seu site. Quando isso acontece, o site pode aumentar suas conversões, melhorar a satisfação do usuário mobile e ganhar posições no Google.

      Assim como a velocidade, a compatibilidade com dispositivos móveis também é um dos fatores de rankeamento do Google. Portanto, melhorar a compatibilidade ajuda no SEO para mobile.

      Para ter um site mobile-friendly, você pode utilizar o design responsivo, criar uma versão mobile (m.exemplo.com), aplicar o dynamic server (mesma URL para mobile e desktop, mas HTML e CSS diferentes) ou usar páginas AMP (Accelerated Mobile Pages).

      Independentemente da opção que você escolher, o site deve oferecer a melhor experiência ao usuário mobile. Isso significa que ele deve conseguir visualizar imagens, ler textos, clicar em links e botões e realizar o que deseja sem qualquer obstáculo ou demora. Uma análise de site deve avaliar todos esses pontos que impactam na experiência mobile.

      Segurança do site

      Oferecer segurança na navegação é essencial para a performance do site. Quando o usuário se sente inseguro para navegar e informar seus dados, ele pode desistir da visita sem realizar as conversões que você deseja.

      Além disso, se o seu site for vítima de ataques e malwares, os dados da sua empresa e dos seus visitantes podem ser roubados. Já imaginou a dor de cabeça que isso pode trazer?

      Por isso, uma análise de site deve mirar também na segurança. Uma ferramenta de análise pode identificar se o site tem um certificado SSL válido e se utiliza o protocolo HTTPS em vez de HTTP.

      Esses fatores demonstram que o site é seguro e que os usuários podem fornecer suas informações sem correr riscos. Além disso, desde 2014, são também fatores de rankeamento para o Google.

      análise de site

      Problemas de SEO

      A análise do site também pode fazer uma auditoria completa de SEO. Nesse caso, a análise procura mapear todos os possíveis erros de otimização do site que estejam prejudicando sua indexação ou rankeamento nos buscadores.

      Velocidade, compatibilidade mobile e segurança são fatores de rankeamento, mas uma auditoria completa engloba muitas outras questões.

      A auditoria de SEO pode buscar problemas e oportunidades na estrutura do site (SEO técnico), nas páginas (SEO On Page) ou ainda nas relações com outros sites (SEO Off Page). Vamos ver agora alguns pontos de atenção em cada uma dessas áreas:

      • SEO técnico: páginas não rastreadas, erros 4XX e 5XX, arquivo robots.txt ausente ou com erros, arquivo sitemap.xml ausente ou com erros, páginas com Flash, arquivos JavaScript e CSS não compactados, entre outros.
      • SEO On Page: linkagem interna, conteúdo repetido ou duplicado, meta description vazia ou repetida, title tag vazio ou repetido, imagens quebradas, imagens sem atributo alt, entre outros.
      • SEO Off Page: backlinks de sites duvidosos, de conteúdos de baixa qualidade, com baixa pontuação de autoridade, com textos-âncora incoerentes, entre outros.

      Conteúdo

      A análise de conteúdo pode fazer parte da auditoria de SEO, porque influencia diretamente na indexação das páginas pelo Google. Mas também impacta na experiência do usuário, no engajamento do visitante e nas conversões.

      A análise de site com foco em conteúdo deve olhar para as informações que o site entrega ao visitante, nos mais diversos formatos — textos, imagens, vídeos, infográficos etc. A intenção é entender se o conteúdo ajuda a atingir os objetivos da marca e se oferece o que o visitante procura, além de encontrar oportunidades de melhoria. Estes são alguns pontos de atenção:

      • Copywriting
      • Escaneabilidade
      • Arquitetura da informação
      • Conteúdo de baixa qualidade (páginas nocivas)
      • Frequência adequada de palavras-chave
      • Posicionamento de palavras-chave
      • Uso de variações de palavras-chave

      Design

      A análise do site também deve olhar para o design, que é determinante para a experiência do usuário.

      O visitante deve conseguir interagir facilmente com as páginas e realizar as conversões que a empresa deseja, além de ter uma boa impressão sobre a marca e captar a sua identidade. O design, por meio das áreas de UX e UI Design, tem um papel essencial em tudo isso.

      Então, a análise do site deve avaliar o poder de comunicação e persuasão do design. Você pode analisar:

      • Posicionamento de CTAs
      • Foco na conversão
      • Uso estratégico de cores
      • Facilidade de acesso aos menus
      • Uso de títulos visíveis e claros
      • Hierarquia dos elementos da página

      Como analisar o site para identificar sua performance?

      Agora, vamos ver algumas dicas para executar a análise de site. É preciso se organizar para tornar esse processo mais ágil e eficiente. Veja agora o que recomendamos:

      Priorize os pontos de atenção

      Uma análise de site pode oferecer inúmeras informações sobre oportunidades de otimização. Diante do diagnóstico, você pode se perder com tantas recomendações. Então, saiba priorizar os pontos que merecem atenção, conforme a complexidade do problema e os seus objetivos.

      Existem correções que podem demorar mais tempo, ser muito complexas ou até exigir a contratação de profissionais especializados. Por outro lado, podem gerar pouco impacto no tráfego, nas conversões e na experiência do usuário. Por isso, talvez essa melhoria possa ficar para mais tarde.

      Além disso, olhe também para os objetivos do seu negócio. Se o seu objetivo agora é aumentar o tráfego, priorize as correções que contribuam mais para isso. Nesse caso, uma melhoria de design, por exemplo, pode ficar para outro momento.

      Crie um checklist para corrigir os problemas

      Para organizar os pontos de melhoria, crie um checklist. Assim, você consegue visualizar facilmente quais melhorias precisam ser feitas e quais já foram executadas.

      Isso vai ajudar no gerenciamento do processo de análise do site, além de ser uma referência para as próximas vezes em que isso acontecer.

      Acompanhe os impactos das correções

      Depois de fazer as correções, fique de olho no impacto que elas trazem para as métricas do site e indicadores-chave de performance.

      Nos relatórios do Google Analytics, você pode anotar o dia em que as correções foram feitas, para monitorar se elas contribuíram para o aumento de visitas, conversões e posições no Google. Dessa forma, você pode medir também a eficácia do processo de análise do site.

      Utilize ferramentas de análise de site

      Por fim, é importante ter a ajuda de uma ferramenta de análise de site para cumprir todo esse processo.

      Essas ferramentas analisam pontos críticos para a experiência do usuário, como a velocidade, a compatibilidade mobile e a segurança, como mostramos anteriormente. Então, elas oferecem um diagnóstico, geralmente com uma pontuação, que traz recomendações de melhorias para otimizar a performance do site.

      Você pode usar ferramentas como o PageSpeed Insights, o Test My Site, o Mobile-Friendly Test ou a Auditoria de SEO da SEMrush, por exemplo.

      A Rock Content também tem uma ferramenta de análise de site que vai ajudar você nesse processo. O Stage analisa elementos de SEO On Page, erros de SEO técnico, problemas com imagens, velocidade, entre outros diversos pontos, além de oferecer um diagnóstico com vários insights de melhorias.

      análise de site

      Agora, aproveite para verificar a sua performance com a nossa ferramenta gratuita de análise de site. Você vai receber vários insights para melhorar o desempenho das suas páginas!

      Compartilhe
      facebook
      linkedin
      twitter
      mail

      Inscreva-se em nosso blog

      Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

      Posts Relacionados

      Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

      Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!