Atualização do Google: conheça as principais mudanças do algoritmo

Se deseja aprender sobre a atualização do Google para entender como o buscador funciona visando melhorar suas estratégias de marketing digital, você está no lugar certo! Por isso, fique à vontade e aproveite o conteúdo. Também acesse os links e amplie seu conhecimento.

atualização do google

Precisando de conteúdo para sua empresa? Encontre os melhores escritores em WriterAccess!

Hoje os buscadores são considerados mais que a Barsa dos anos 1970 a 1990, onde as pessoas procuravam solucionar suas dúvidas e aumentar seus conhecimentos relativos a diversos assuntos. Logo, os constantes tipos de atualização do Google visam oferecer a melhor experiência aos seus usuários e boas estratégias de marketing digital para as empresas.

Por esse motivo, quem atua na área precisa saber das atualizações do Google e como trabalhar com ela para atender às demandas do mercado. Visto que, isso pode fazer toda a diferença no momento de executar o trabalho de um site ou blog para que o leitor encontre os resultados que deseja. Sendo assim, continue a leitura e fique por dentro sobre o que já aconteceu no buscador.

    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    Qual a relevância da atualização do Google para uma boa performance?

    Esse aperfeiçoamento por parte dos profissionais que atuam com o Google deve ser constante porque a plataforma faz alterações diárias mesmo que ninguém perceba. Pois, o objetivo dela é distribuir os conteúdos com as melhores respostas para quem está pesquisando.

    Dessa maneira, é importante acompanhar as atualizações para continuar tendo boa performance nas suas iniciativas digitais. Por isso, veja as principais alterações feitas de 2003 em diante.

    Florida

    Foi o Florida, a primeira atualização feita pelo motor de busca em 2003, que inseriu o SEO (Search Engine Optimization). Com isso, retirou de sua lista quase a metade dos sites que lá estavam. Na verdade, foi criada para reprimir sites de baixa qualidade e que não usavam as boas práticas determinadas pela plataforma.

    Panda

    Uma das principais mudanças feita pelo Google em 2011 e eliminou 12% de sites que não tinham bons conteúdos e continham muitos anúncios. A partir daí, todas as demais alterações tiveram como objetivo fazer com que os donos de sites e blogs primassem pela qualidade de seus artigos e textos.

    Penguin

    Para ganhar as primeiras posições valia usar todo tipo de otimização possível no conteúdo. Por isso, essa atualização ficou conhecida em 2012, como webspam update impactando 3,1% dos resultados em inglês. Dessa forma, o Google penalizou os praticantes de keyword stuffing, ou seja, quem tinha más práticas. Logo, houve outras melhorias até a versão 4.0, em 2016, que se tornou parte do algoritmo atuando em tempo real.

    Hummingbird

    Para a melhoria e um processo contínuo o Google investiu na Hummingbird, o que fez um checklist em todo o algoritmo. Assim, em 2013 as buscas passaram ser além da palavra-chave e foi incluído a semântica. Ou seja, são avaliados os sinônimos das palavras, seu contexto, localização do usuário e pesquisas já realizadas. Tudo para que o buscador compreenda a real intenção da pessoa em sua pesquisa.

    Pigeon

    Aprimorando a busca local, o Google lançou em 2013 o Pigeon. Com isso, os usuários recebem diversos resultados de acordo com sua localização. Por exemplo: se ele procurar por praia e estiver em uma cidade litorânea, aparecerá as praias naquele lugar. Já se ele estiver em um município com rio mostrará as praias de lá. Isso foi feito devido ao cruzamento de informações do Google Maps, o que auxilia muito as empresas ao divulgarem seus negócios.

    Https/SSL Update

    Em 2014, foi a vez de investir em segurança, logo a https/SSL Update incentivou os desenvolvedores a criarem páginas mais seguras para poderem ranquear melhor na plataforma. Uma vez que com o certificado SSL as informações são criptografadas para que ninguém acesse no meio do caminho.

    Mobile Friendldy Update – Mobilegeddon

    Tendo como referência o filme Armageddon, a Mobilegeddon está direcionada para os celulares. Desse modo, priorizou os sites amigáveis para o buscador em 2015, independente se estavam adaptados a mobile ou não.

    Rankbrain

    No mesmo ano, a plataforma investiu na inteligência artificial para auxiliar na interpretação e busca dos resultados. Isso se tornou uma das três importantes condições para ranqueamento, acompanhado dos links e conteúdos. Todavia, esse conjunto só surtiria efeito se fosse seguido de palavra-chave como parte da semântica.

    Fred

    Fazendo um pente fino na plataforma em 2017, o Fred chegou para avaliar sites com baixa qualidade de conteúdo e inúmeros banners de propaganda. Logo, se o proprietário do site seguisse as boas práticas de SEO com artigos relevantes nada aconteceria.

    Mobile-first Index

    Significado “mobile primeiramente”, o Mobile-First Index prioriza inicialmente a versão do site dirigida aos celulares e não mais ao PC. Esse se tornou outro fator de ranqueamento, pois as pesquisas feitas no Google têm sido maiores nos dispositivos móveis do que no desktop. Portanto, quem usa estratégia de SEO no site precisa seguir esta prática e as demais variáveis para uma boa posição.

    Medical Update

    Essa atualização causou um reboliço no posicionamento de diversos sites em 2018, principalmente nas páginas Your Money, Your Life (YMYL) que trazem temas sobre saúde e finanças. Depois de suas análises a atualização do Google quis melhorar as métricas de qualidade, inclusive dos autores de conteúdos.

    Sendo o objetivo atingir os conteúdos que não eram escritos por pessoas capacitadas e que dominavam o assunto nessas áreas. Antes de mais nada, se o assunto era saúde tinha de ter um médico no texto, se fosse de investimento alguém de finanças.

    E-A-T

    Complementando a anterior, a E-A-T (Expertise, Authoritativeness and Trustworthiness — Expertise, Autoridade e Credibilidade, em português) em 2019 visou termos identificados pelos profissionais de SEO como prioritários que valeriam muito no ranqueamento.

    Separamos os links abaixo para você conhecer mais sobre o que o SEO pode fazer pela sua estratégia de marketing de conteúdo, veja:

    Expertise

    A experiência dos autores conta muito no mercado de atuação. Afinal, o ideal é ter orientações com um médico e não com alguém que tem a doença, por exemplo.

    Autoridade

    Dessa maneira, o autor mostra autoridade no assunto e na sua página, logo os conteúdos são de qualidade, evita-se comentários em forma de spam ou de baixa qualidade.

    Confiabilidade

    Consequentemente os leitores confiarão nas informações daquele site. Também, as questões gramaticais e ortográficas entram na avaliação, podendo prejudicar o ranqueamento. Outro ponto, são as traduções automáticas que não são bem-vistas pelo Google.

    Atualização de Confiabilidade

    Em 2019 uma mudança realizada trouxe impactos não muito favoráveis a diversos sites, principalmente aqueles que eram de notícias. Por exemplo, o The Daly Mail, um jornal britânico, chegou a perder 50% do tráfego devido aos ajustes.

    Dessa maneira, essa atualização de confiabilidade mostrou que os leitores estão ávidos por informações de qualidade, que agregam valor as suas vidas. Inclusive, as alterações foram informadas ao mercado antes de ocorrem o que causou ansiedade nos publishers perante as métricas.

    Atualização de Diversidade

    Ainda em 2019 foi lançado a atualização da confiabilidade, três dias depois surge a de diversidade. Assim, os sites começaram a ter dois resultados diferentes na SERP.

    Ou seja, portais que mostravam vários resultados de uma pesquisa, foi reduzido a dois. Essa estratégia veio para evitar que sites com alta autoridade ficassem várias vezes entre as 10 primeiras posições.

    BERT

    Ainda nesse mesmo ano mais um update foi incrementado: o processamento de linguagem natural com redes neurais denominado BERT (Bidirectional Encoder Representations from Transformers). Ele é direcionado para pesquisas em idioma inglês.

    Favicon e Posição 0 (zero)

    O ano de 2020 começou agitado com duas melhorias: uma sobre os conteúdos da posição zero (featured snippets) e a outra a aparência dos resultados até com anúncios. A primeira eliminou a repetição abaixo do destaque e o segundo mostra o que os usuários viram pelo celular. No entanto, isso não caiu no gosto popular e logo foi retirada.

    Page Experience Update e Core Web Vitals

    Muitas pessoas confundem o Page Experience Update e Core Web Vitals. Então, agora, saiba a diferença. O primeiro visa quanto a atualização da experiência na página, desse modo, objetiva a qualidade e usabilidade pelos pesquisadores. Principalmente, entregando a melhor resposta na intenção de busca. Por outro lado, o Core Web Vitals considera a otimização mobile, protocolo HTTPS, navegação segura, ausência de anúncios/banners intrusivos na tela — essa atualização do Google ocorreu em 2021.

    Link Spam Update

    A inovação feita em 2021 procura lutar contra spams e links não-qualificados anulando-os em certas categorias que não consta tags determinadas. Por exemplo, em links de afiliados, inseridos em posts patrocinados e em guest post.

    Spam Update

    Outra atualização do Google em 2021 foi o Spam Update, que considera spam as intenções erradas para enganar os usuários como induzir a fornecer seus dados pessoais, a baixar malwares, que se disfarçam de sites com boa reputação e que utilizam diversas técnicas de black hat.

    Core Update

    Visando melhorar o E-A-T a última atualização feita em 2021 exige cada vez mais qualificação nos conteúdos entregues nos sites e blogs como os artigos virem assinados por pessoas especializadas. Isso ajuda os resultados no ranqueamento para que os leitores encontrem sites qualificados.

    Core Update

    Em maio de 2022 o Google fez uma grande mudança no seu algoritmo. No entanto, não foi perceptível, porém pode ser sentida no desempenho dos sites para melhor ou piorar no ranking das páginas quando forem pesquisados. Visto que, houve inovação aos conteúdos da web desde a última mudança.

    Quais foram os principais impactos dessas atualizações nas páginas do Google?

    A maioria das mudanças foram sutis, somente quem trabalha com SEO percebeu as alterações nas posições de seu site. Na verdade, o principal impacto é que agora o Google é mais preciso, pois ele entende mais nossas perguntas para oferecer a melhor resposta e o que desejamos saber.

    Portanto, para seguir as atualizações do Google as empresas têm que se preocupar com a experiência do usuário em suas páginas, pensando desde o layout ao site responsivo. Textos com qualidade e que atendam as dores das personas e boas práticas de SEO.

    Depois de entender sobre as mudanças do maior buscador que tal você, agora, compreender melhor o que é um bom conteúdo? Acesse o link e fique por dentro!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo no WriterAccess.

    CONTEÚDO CRIADO POR HUMANOS

    Encontre os melhores freelancers de conteúdo em WriterAccess.

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Compre conteúdo de alta qualidade com a WriterAccess.

    Tenha acesso a mais de 15.000 freelancers especializados em redação, edição, tradução, design e muito mais, prontos para serem contratados.

    Fale com um especialista e amplie seus resultados de marketing.

    A Rock Content oferece soluções para produção de conteúdo de alta qualidade, aumento do tráfego orgânico e conversões, e construção de experiências interativas que transformarão os resultados da sua empresa ou agência. Vamos conversar.