Como vender cursos online e atrair mais alunos: confira 9 dicas

Quer aprender como vender cursos e atrair muitos alunos para assistir suas aulas? Por meio de boas estratégias isso fica mais fácil. Por exemplo, consegue-se recorrer aos diversos recursos do marketing digital, investir em conteúdos de valor e garantir satisfação aos atuais alunos.

como vender cursos

Para quem deseja aproveitar o potencial que a internet oferece para conquistar alunos de todo Brasil, é importante aprender como vender cursos online. Como os canais digitais permitiram que professores de qualquer região possam dar aulas de maneira simples e barata, esse modelo de negócios está atraindo cada vez mais profissionais.

Os benefícios dessa modalidade são inegáveis: aulas gravadas que minimizam o esforço do professor, possibilidade de escalar o negócio com baixo investimento e a criação de autoridade em um mercado que está apenas começando a crescer. Para ajudar em sua jornada, preparamos um guia de vendas que foi desenvolvido exclusivamente para quem deseja trabalhar com educação via internet. 

Se você quer saber quais as melhores dicas para arrasar em sua estratégia, continue a leitura e confira nosso post. Nele, você vai conferir:

    Boa leitura!

    Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

    Não se preocupe, não fazemos spam.

    Por que oferecer cursos no formato online?

    Atualmente, você já encontra os mais variados cursos na internet. Com apenas alguns minutos na Hotmart, é possível encontrar desde os materiais mais tradicionais que oferecem preparação para concursos, até os mais inusitados que ensinam, por exemplo, como treinar uma calopsita. 

    Por isso, indivíduos que contam com algum conhecimento específico, mesmo que não atuem diretamente como professores, podem ingressar nesse mercado e contribuir para que outras pessoas, interessadas em sua área de domínio, tenham acesso a um material rico, detalhado e objetivo. Veja, a seguir, quais os benefícios de criar um curso online.

    Redução de custos

    Um dos grandes diferenciais das novas modalidades de curso se refere a facilidade com que esse conteúdo pode ser produzido. Antigamente, era necessário alugar um estúdio, contratar especialistas em audiovisual, criar um site próprio, ajustar os meios de pagamento, divulgar nas redes sociais e realizar infinitas tarefas para que seu conteúdo estivesse pronto para a compra.

    Atualmente, toda essa dinâmica foi transformada por videoaulas gravadas em casa, disponibilizadas em grandes plataformas como a Hotmart e com a publicidade realizada via blog ou redes sociais. Isso significa que houve uma grande redução dos custos de entrada desse mercado, permitindo que seu material seja produzido com despesas mínimas.

    Possibilidade de escala

    Qualquer negócio de sucesso normalmente precisa ser escalável. Esse termo significa que se você aumentar as suas vendas, o custo de cada unidade adicional é decrescente.

    Portanto, um mesmo profissional que oferece aulas presenciais para uma turma de trinta alunos também consegue disponibilizar conteúdos gravados para milhares de estudantes, sem ter grandes desafios quanto ao ensino.

    Isso significa que mesmo cursos de nichos mais pequenos e específicos podem gerar um grande retorno, considerando que o público a se considerar está distribuído por todo o país.

    Custo marginal baixo

    Um baixo custo marginal significa que atender a um novo cliente não eleva de maneira significativa os seus custos. Imagine, por exemplo, que uma papelaria vende materiais de escritório. A cada consumidor ele deve gastar com a compra de novos itens para atender seu público, logo, o custo marginal é consideravelmente alto.

    Já para os professores responsáveis por infoprodutos, como o curso é gravado uma única vez, não há muitas diferenças de custos entre uma turma de 10 alunos ou uma de 1000, afinal, todo o conteúdo está pronto e, dependendo da sua oferta, você se preocupa apenas com o suporte e com o atendimento ao cliente.

    Criação de uma oferta crescente

    Esse termo se tornou popular à medida que os infoprodutos se tornavam melhores com o passar do tempo. Como o custo marginal é pequeno, a cada novo aluno que chegava, o professor poderia pensar em melhorias do curso, contratar um estúdio bonito para fazer as gravações, ampliar o volume de aulas e tornar seu produto mais competitivo.

    O efeito de melhoria constante nesse tipo de negócio é conhecido como uma oferta crescente, sendo amplamente utilizada por empresas que já estão há algum tempo no mercado. 

    Assim, com essa atitude a sua marca trava os preços e eleva a qualidade e quantidade do material oferecido, tornando-se cada vez mais competitiva e capaz de punir a sua concorrência.

    Como vender cursos e atrair mais alunos?

    As vendas representam grande parte do sucesso de uma empresa e, para conquistar bons resultados, é necessário atrair pessoas interessadas no seu curso. Para ajudar a otimizar ambos os aspectos do negócio, separamos várias dicas úteis. Continue a leitura e confira!

    1. Tenha clareza sobre o seu curso

    O primeiro passo ao objetivo de vender muitos cursos e atrair uma quantidade crescente de alunos para suas aulas é deixar bem claro os assuntos que serão tratados. Ao fazer isso, você pode poupar muito esforço e alcançar vários benefícios.

    Por exemplo, ao deixar claro quais são os temas abordados ao longo do tempo, você reduz o número de reclamação e os clientes que adquiriram seu produto ficam mais satisfeitos. Assim, as chances de você ganhar indicações são boas.

    Além disso, ao ter clareza sobre todas as condições e aspectos do seu curso é possível fazer com que os indivíduos que estavam na dúvida efetuem a compra. Você também pode elaborar um vídeo com um tour pelos materiais para usar nas divulgações. Assim, tudo fica transparente aos interessados.

    2. Produza conteúdos de qualidade

    Recorrer ao Marketing de Conteúdo sempre é uma ótima forma de atrair leads para os seus cursos. Por meio dessa ferramenta, é factível conscientizar a persona sobre uma dor que ela ainda nem sabe que tem e agregar muito valor.

    Por exemplo, suponha que você esteja oferecendo um curso sobre redes sociais. Assim, pode-se criar conteúdos que ensinam a importância de usar as mídias nas campanhas do negócio, quais são as ferramentas possíveis para isso e como otimizar as ações já adotadas.

    Portanto, vale a pena caprichar nesse aspecto para conquistar potenciais clientes e conseguir efetuar mais vendas.

    Abaixo, apresentamos vários conteúdos muito úteis que podem lhe ajudar nessa jornada. Vale a pena conferir!

    3. Entregue conteúdos gratuitos

    Fazer entregas gratuitas é uma ótima forma de atrair novos consumidores. Por exemplo, é plausível elaborar um ebook com várias dicas que possam sanar algumas dores dos seus leads e ofertá-los em troca de um contato de email.

    Ou então, disponibilizar vídeos no YouTube que agreguem valor e direcionem o usuário à compra do curso que você está ofertando. Assim, é possível proporcionar um gatilho de reciprocidade, devido ao material disponibilizado sem custo.

    Outra boa estratégia com potencial de aumentar suas vendas é fazer uma entrega que supere as expectativas de quem comprou o curso. Assim, os alunos que efetuaram a compra ficaram tão satisfeitos e fidelizados que voltam a fazer negócios, além de indicar seu curso aos amigos.

    4. Use Landing Pages

    Ter uma landing page persuasiva pode garantir bons resultados de vendas para sua empresa. Para isso, é importante mostrar aos visitantes como sua oferta funciona, demonstrar o quão valorosa ela é e fazer os potenciais alunos tomarem uma ação e se inscrever em seu curso.

    Nesse sentido, é importante incluir vários aspectos em sua página com o objetivo de levar o lead a tomar uma ação. Por exemplo, pode ser uma boa caprichar nas descrições e usar provas sociais de como seu curso pode ajudar àquela pessoa.

    Além disso, deve-se ter uma cadência boa de informações, gerando emoções e afunilando o seu lead ao decorrer da leitura. Outra boa dica é criar várias chamadas para a ação em sua landing page a fim de facilitar a tomada de decisão do consumidor.

    5. Recorra ao email marketing

    Usar o email marketing é sempre uma boa opção, pois você consegue personalizar as ofertas e aumentar as conversões do seu produto. Com isso em mente, vale criar uma estratégia para conquistar algum contato do lead e começar a afunilar para fazer sua oferta.

    Por exemplo, você pode desenvolver um ebook e oferecê-lo em troca de um endereço de email. Com essa informação em mão, consegue-se encaminhar artigos do seu blog para conscientizar o lead e agregar valor em sua jornada.

    Após essas etapas, é possível fazer uma oferta do seu curso, sendo que as chances de converter são maiores, pois, o seu potencial cliente já estará mais consciente. Além disso, há diversas ferramentas de automação de email marketing que facilitam e muito a vida de quem recorre a tal estratégia.

    6. Faça anúncios nas redes sociais

    As redes sociais são úteis de várias formas. Para gerar conteúdos e atrair por meio de tráfego orgânico ou então com anúncios patrocinados. Com o uso do gerenciador oferecido pelo Facebook é plausível realizar diversas segmentações.

    Por exemplo, você pode direcionar suas postagens para pessoas com uma idade entre 20 e 40 anos, que moram na cidade de São Paulo e que apresentam interesse em empreendedorismo.

    Com o objetivo de ter melhores resultados com seus anúncios, desenhar a persona do curso é uma ótima saída. Assim, fica simples direcionar suas publicidades aos indivíduos com tal perfil e, consequentemente, aumentar a taxa de conversão.

    7. Escolha uma boa plataforma

    Já comprou um curso que o local no qual as aulas estavam armazenadas não carregava, ou que a qualidade dos vídeos eram ruins? Ao escolher uma plataforma que não ofereça bons recursos, isso pode acontecer com você.

    Portanto, vale prestar atenção na hora de realizar a definição de qual o local mais adequado para disponibilizar os conteúdos aos seus alunos. Ao fazer isso, você evita frustrações e garante que o nível de satisfação se mantenha lá no alto e, consequentemente, consiga indicações para aumentar seus lucros.

    8. Entenda a concorrência

    Conhecer sua concorrência pode proporcionar várias ideias de como melhorar o seu negócio, além de compreender as oportunidades que o mercado em que você atua disponibiliza.

    Portanto, vale a pena fazer uma boa pesquisa de mercado, investigar quais são as ações da concorrência em seu segmento de atuação e de que forma é possível melhorar os resultados e aproveitar as possibilidades para fidelizar e aumentar a satisfação de seus alunos.

    9. Use provas sociais

    Para convencer seus futuros alunos da qualidade do curso, vale recorrer à experiência de outros clientes para atestar a qualidade do material e a validade de sua oferta. Por isso, recolher depoimentos, gravar vídeos com cases de sucesso e coletar resultados é muito importante para potencializar as vendas.

    Mas o que fazer quando você ainda não tem provas concretas ou o curso está no início? Nesse caso, é possível criar produtos gratuitos e usar os depoimentos relacionados a ele para reforçar a prova social nas primeiras vendas. Vale também gravar um vídeo mostrando como o curso funciona, quais os módulos e que materiais pretende disponibilizar.

    Quais são os benefícios de usar essas dicas?

    Ao colocar tais ideias em prática, você consegue aproveitar todo o potencial que a internet oferece, sem se preocupar com as restrições de uma sala de aula. Mesmo que para alguns experts essa atividade seja apenas uma renda extra, para muitos indivíduos a criação de um curso online pode representar o nascimento de um negócio de sucesso.

    Para escolher as melhores opções para os seus projetos, vale identificar o quanto seu expert conhece do mercado, qual sua disposição para produzir conteúdo e como o seu curso consegue atender a uma dor real da persona. Assim, você tem mais segurança para investir tempo e esforço no lançamento desse produto.

    Viu como vender cursos online é uma excelente maneira de aproveitar o nascimento de uma nova vertente do mercado de educação? Ao incorporar as estratégias listadas anteriormente, é possível adotar uma postura profissional em um ambiente em que ainda há muitas empresas amadoras. Assim, você consegue se destacar, captar mais clientes e escalar seus resultados.

    Gostou do nosso artigo? Quer saber como criar boas estratégias de marketing com foco em educação? Então confira nosso artigo sobre Marketing Educacional e aprenda a se reinventar para alcançar o topo!

    Compartilhe
    facebook
    linkedin
    twitter
    mail

    Inscreva-se em nosso blog

    Acesse, em primeira mão, nossos principais posts diretamente em seu email

    Posts Relacionados

    Quer receber mais conteúdos brilhantes como esse de graça?

    Inscreva-se para receber nossos conteúdos por email e participe da comunidade da Rock Content!