Por Ivan de Souza

Analista de Marketing na Rock Content.

Publicado em 3 de março de 2020. | Atualizado em 6 de abril de 2020


A criação de sites é o estágio mais importante numa estratégia de Marketing Digital. Para que você saiba como criar um para a sua empresa com foco em resultados de negócio, continue a leitura deste post.

Quando uma empresa planeja levantar novos meios de prospecção de negócios, o digital não pode estar de fora. Para dar início a ele, é necessário saber como funciona o processo de criação de sites, seja a partir do WordPress ou outro CMS.

Aliás, apesar de, hoje em dia, haver diversas plataformas capazes de criar sites em poucos cliques no conhecido método do “arrasta e solta”, existem pontos que devem ser considerados para que o site se torne um forte representante da sua empresa e levantamos aqui neste artigo os principais:

  • qual é a importância da criação de site para empresas;
  • o que é preciso para ter um site;
  • como é o processo de criação de sites para empresas;
  • quais são as vantagens da criação de site;
  • o que deve ter em um site.
  • como fazer a criação de site usando o Rock Stage.

Vamos em frente?

Qual é a importância da criação de site para empresas?

Para realizar uma estratégia de Marketing Digital, é necessário que as ações sejam aplicadas nos canais online em que o seu público está inserido. Esses canais são bem variados: blogs, redes sociais, e-mails, entre outros. Mas, o principal deles é o site.

A estratégia digital precisa estar relacionada aos seus objetivos de negócio, tanto qualitativos quanto quantitativos. Quando falamos em quantidade, nos referimos às oportunidades de vendas que o seu site possa oferecer. 

Mesmo que o seu site não seja uma loja virtual, é possível gerar receita por meio de um site institucional, por exemplo. O importante é que os conteúdos produzidos nele sejam pertinentes às pessoas que os acessam.

Para que isso ocorra, é necessário que o seu site tenha uma boa visibilidade online, ou seja, estar presente entre os primeiros resultados dos buscadores como o Google. Isso é bastante desafiador, pois é preciso conhecer bem as técnicas de SEO e aplicá-las.

Ao fazer isso, uma vez que as pessoas façam buscas na internet ao digitarem termos específicos (que chamamos de palavras-chave) e elas encontrem o seu site, maiores serão as chances de que parte delas se transforme em clientes.

Dessa maneira, o seu site passa a gerar as oportunidades de negócio que a sua empresa tanto quer conquistar. Por isso, é importante que ele tenha CTAs em pontos estratégicos convidando os visitantes a comprarem o seu produto (se a sua oferta for uma venda simples) ou falar com um consultor comercial (caso se trate de uma venda complexa).

O que é preciso para ter um site?

Antes de começar o processo de criação de um site, é preciso fazer duas aquisições: domínio e servidor. Vamos ver quais são as importâncias de cada um.

O que é o domínio de um site?

O domínio é a URL que deve ser inserida na barra de endereços para acessar o seu site. Por exemplo, a domínio da Rock Content é rockcontent.com de modo que, toda vez que alguém faz a inserção dele no navegador, tem acesso ao conteúdo do site.

A escolha do domínio é importantíssima no seu planejamento digital, pois ele precisa ter conexão com a sua empresa, de preferência o mesmo nome dela.

Para saber se esse nome está disponível, você pode recorrer a sites como o RegistroBR que oferece a venda de domínios .com.br ou outros que vendam domínios .com como, por exemplo, a GoDaddy.

Eles têm em sua página principal uma barra de busca para consultar se o nome que você deseja dar ao seu site está disponível para compra. 

O que é o servidor de hospedagem de um site?

O domínio é o comando que dá acesso ao site, mas todo o seu conteúdo precisa estar armazenado em algum lugar da web, certo? Para isso existe o servidor de hospedagem.

Portanto, todos os seus conteúdos textuais, imagens, vídeos, arquivos e afins são guardados. A exemplo do domínio, a contratação também é anual e os preços vão depender do tipo de hospedagem necessária para o seu site. Basicamente, existem dois tipos de hospedagem: compartilhada e dedicada

A hospedagem compartilhada, como o próprio nome diz, oferece um espaço na web que você compartilha com outros usuários, sendo uma opção viável para sites iniciantes que ainda não recebem muito tráfego. Já a hospedagem dedicada traz um espaço só pra você, sendo a opção apropriada para sites que já recebem muitas visitas.

Como é o processo de criação de sites para empresas?

É fundamental que o site tenha a identidade da sua empresa. Por essa razão, é comum que donos de negócio recorram à um programador que possa desenvolvê-lo com base nesse critério. Nesses casos, o processo de criação de sites costuma ter os seguintes passos abaixo.

Passo 1: atendimento

O primeiro passo é o atendimento, isto é, o contato que você tem com a pessoa responsável pela criação do site. Nessa reunião, você deverá informar as necessidades do seu negócio que o site precisa suprir para que o desenvolvedor possa dizer qual é o trabalho mais adequado e o orçamento.  

Passo 2: criação

Em seguida, começa a criação. Caso se trate de um site WordPress, será necessário escolher um template que servirá de base para ele. Existem opções gratuitas e também pagas, neste artigo apontamos os principais temas premium para empresas.

Nesta etapa também é definida a parte visual do site que inclui as cores, tipologia, organização do menu, botões, entre outros itens que os visitantes verão ao acessarem o site.

Passo 3: programação

Agora começa o trabalho nos bastidores. A programação (também chamada de back-end) envolve estruturar os códigos que dão funcionalidades ao site, ou seja, é diferente da parte visual (chamada de front-end). Este artigo explica mais aprofundadamente a diferença que existe entre as duas.

Esta parte do trabalho é mais complexa e específica. Embora alguns empreendedores consigam criar sites sem ter conhecimentos de programação, se o desenvolvimento requerer trabalhar o código, é melhor delegar a quem saiba fazer isso.

Passo 4: conteúdo

“O conteúdo é rei”. Essa frase cunhada por Bill Gates em 1996 perpetua até hoje no universo do Marketing Digital. Afinal, por mais que o seu site tenha um visual incrível e um código limpo, não terá muita eficiência se o conteúdo não for muito bom.

E se você estiver se perguntando o que é um bom conteúdo, a resposta é simples: aquele que é útil e relevante para o seu público-alvo.

Por isso, apesar do conceito ser simples, a produção requer a construção de uma estratégia de Marketing de Conteúdo que você pode aprender a fazer neste curso online gratuito da Rock University.

Passo 5: aprovação

O último passo é a aprovação, o momento em que o programador apresenta o site a você. Se algo estiver em desacordo com a sua expectativa, pode ser feita uma solicitação de ajuste. Do contrário, o site é entregue e você pode, por fim, divulgá-lo ao mundo para começar a girar mais negócios.

LEIA TAMBÉM
👉Aprenda a instalar WordPress para criar o site ou blog da sua empresa
👉 Como fazer meu site WordPress aparecer no Google? Descubra em 8 passos
👉 Crie um blog para o seu negócio usando o Rock Stage

Quais são as vantagens da criação de site?

Agora que você sabe quais são as etapas da criação de um site, vejamos os benefícios que ele pode trazer para o seu negócio.

Presença online

Um site faz com que você esteja presente na internet e este é o primeiro passo para conquistar novos clientes. Afinal, se outrora os consumidores costumavam ir até as lojas para obter informações e tirar dúvidas sobre os produtos, hoje muitos o fazem online.

Isso faz com que a decisão de compra seja mais cuidadosa, pois as pessoas examinam detalhadamente cada produto ou serviço a fim de escolher o melhor. Por isso, o seu site deve trazer todas as informações a respeito da sua oferta.

Alcance do público em qualquer momento da jornada de compra

Embora uma das finalidades do site seja informar o público sobre o que a sua empresa oferece a fim de convencê-lo a comprar, e quanto às pessoas que ainda não sabem que precisam do seu produto? Elas também são importantes para a sua prospecção comercial, pois a jornada de compra (também chamada de funil de vendas) de um cliente é composta por três etapas:

  • topo do funil: momento em que a sua persona descobre ter um problema;
  • meio do funil: etapa em que a persona busca soluções para o problema;
  • fundo do funil: aqui, ela descobre quem pode resolver o problema que tem.

Os conteúdos do site que falam a respeito do seu produto ou serviço são do tipo fundo de funil. Portanto, os conteúdos de topo e meio de funil devem ser publicados num blog (de preferência dentro do domínio do seu site) a fim de informar e educar o seu público e, assim, conduzi-lo ao fim da jornada de compra ao consumir a sua oferta.

Aumento das vendas

Conforme a performance do seu site aumenta, como consequência, as vendas também tendem a crescer. Vejamos um exemplo que ilustra bem essa colocação.

Powered by Rock Convert

Imaginemos uma loja física localizada numa rua onde não transitam muitas pessoas. Por conta disso, a loja recebe poucos frequentadores e pouquíssimos clientes. 

Porém, um dia, a rua passa a receber mais movimento e, como consequência, mais pessoas visitam a loja e as vendas aumentam. Assim é o mundo offline e o online não é muito diferente.

Quanto mais visitas o seu site receber, maiores chances ele tem de aumentar as vendas. Claro que o acompanhamento da sua estratégia de Marketing Digital é necessário para se certificar de que essas visitas sejam qualificadas, ou seja, pertençam a pessoas interessadas no seu produto.

Autoridade digital

Como os consumidores hoje têm mais opções de escolha, eles certamente vão comprar de quem tiver maior destaque no mercado. E como suas buscas pelo melhor produto são feitas na internet, um site profissional tem papel fundamental.

Afinal de contas, quando ele precisar decidir entre uma empresa que tem todas as informações organizadas, além de um bom posicionamento online, e uma que sequer tem site, qual você acha que ele vai escolher? Certamente a primeira por conta da autoridade online que ela tem.

O que deve ter em um site?

Apesar de sites possuírem diferenças entre si, alguns pontos em comum não podem faltar e listamos aqui os principais.

URLs amigáveis

Vamos supor que uma empresa ofereça o serviço de segurança predial e tenha uma parte do site dedicada a isso cuja URL é:

nomedosite.com.br/para-o-bem-estar-de-todos-invista-em-seguranca-precial

Ficou longo, não é mesmo? Por isso, a URL ideal – e amigável – seria:

nomedosite.com.br/seguranca-predial

Assim, ela fica mais agradável aos olhos do seu leitor e otimizada para o algoritmo saber qual é a ideia principal desta parte do site.

Menu

Geralmente localizado na parte superior do site, ele traz todos os itens da sua empresa para que seus visitantes possam navegar por eles.

Blog

Tal como apontamos neste artigo, existe uma diferença entre site e blog de modo que é estrategicamente importante você ter ambos.  

Informações de contato

Uma vez que o visitante conheça a sua empresa e se interesse pela sua oferta, ele quererá fazer contato com você, certo? Portanto, deixe todas as informações numa seção dedicada do menu.

SEO

Para que as pessoas encontrem o seu site a partir de motores de busca, é essencial que ele esteja otimizado para SEO. E, para isso, você precisa conhecer as principais técnicas a respeito.

Botões de redes sociais

Ao encontrar um conteúdo interessante no seu site ou blog, é comum que os visitantes queiram compartilhá-los nas redes sociais. E se os botões estiverem lá para facilitar essa ação, melhor!

Design responsivo

O Brasil tem mais de 230 milhões de celulares ativos no país, um número maior que o da população brasileira. Por essa razão, é necessário que o seu site tenha um design responsivo.

Rapidez

Sabe quanto tempo, em média, as pessoas costumam esperar pelo carregamento de um site? 3 segundos. Portanto, faça o teste para se certificar de que o seu está dentro dessa média.

Como fazer a criação de site usando o Rock Stage?

Agora que você sabe os principais pontos para a criação de sites, pode estar se perguntando como dar início ao seu, certo? Como já apontamos neste artigo os custos que envolvem a produção de um site, apresentamos aqui como você pode fazê-lo a partir do Rock Stage.

O que é o Rock Stage?

O Rock Stage é uma plataforma para a criação de sites em WordPress, ideal tanto para empresas quanto profissionais que trabalham com Marketing.

Apesar do CMS trazer ferramentas para que um site não precise ser construído do zero, o Rock Stage permite que a pessoa envolvida não se preocupe com as demandas técnicas e, assim, focar nos pontos que são mais importantes, tais como:

  • segurança para proteger o site de possíveis ameaças virtuais;
  • aumento dos resultados de performance e conversão;
  • suporte dedicado a WordPress sempre que for necessário.

Quais são as funcionalidades da criação de site no Rock Stage?

Além de oferecer a você um site com boa performance, o Rock Stage também possui integração com as principais ferramentas de marketing, tais como:

  • Hubspot;
  • RD Station;
  • MailChimp.

Portanto, se você tem a automação de marketing estruturada por meio de alguma dessas ferramentas, poderá continuar usando-a no Rock Stage. 

Além disso, a plataforma foi estruturada para superar os seguintes desafios:

  • site com carregamento lento;
  • independência do time ou profissional de tecnologia;
  • falta de suporte para a resolução de problemas.

O que os clientes dizem sobre o Rock Stage?

A Supersonic é uma das maiores autoridades digitais do país e contou com o Rock Stage para ter um site mais rápido e focado em conversões.

O Homini Lúpulo é um blog sobre cerveja e viu no Stage a chance de ter uma melhor influência mobile e, assim, otimizar o tráfego.

A Acoplast aposta na boa experiência dos usuários do seu site e apostou no Stage para ter um design profissional focado nessa experiência. 

Como começar a criação de site no Rock Stage?

O Rock Stage oferece planos que se adequam às necessidades de cada um.

Caso seu número de visitantes seja de até 10 mil acessos, é preciso passar para o plano pró que traz como bônus: backups automáticos, SSL, o plugin Convert Premium e suporte via email e chat. Os benefícios são os mesmos para quem tem até 40 mil visitas mensais, a diferença é atribuída somente no preço.

Caso você tenha milhões de visitas por mês, é preciso falar com um consultor, pois também contará com uma equipe de suporte dedicada e onboarding consultivo.

Conclusão

Conforme você pode conferir durante a leitura deste artigo,  ter um site é fundamental para a estratégia de uma empresa, pois ele é o principal canal digital voltado a atrair o público certo e convertê-lo em oportunidades de negócio.

Para isso, o primeiro passo é comprar um domínio e também um servidor que será o espaço da web onde o seu site e todos os arquivos serão armazenado

Contudo, em vez de contar com um programador, você pode criar o seu site via Rock Stage (que, inclusive, inclui o custo do servidor) e conseguir os resultados tão esperados para o seu empreendimento.

E para que você saiba como essa plataforma de criação de sites funcionará para o seu, clique aqui e entre em contato agora mesmo com um consultor do Rock Stage.

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *