Por Mateus Pimenta

Redator em Marketing Digital e Finanças e revisor em português e inglês.

Publicado em 26 de agosto de 2020. | Atualizado em 19 de outubro de 2020


Email transacional é o email enviado para dar um posicionamento ao cliente, ao lead ou a um inscrito com respeito a algo que é do interesse dele. Esse tipo de comunicação geralmente é usada para confirmar compras, pagamentos, envios de produtos, inscrições e assim por diante.

O Email Marketing é um dos pilares de uma estratégia de marketing. Se você usa tráfego orgânico e mídia paga para atrair leads, é preciso desenvolver um bom relacionamento com essas pessoas.

Os emails ajudam justamente nisso, colaborando para uma boa comunicação entre empresa e clientes. Assim, essas pessoas podem ser guiadas com mais facilidade pelo funil de vendas.

No entanto, existe um tipo de email que tem um papel fundamental na satisfação do lead depois que ele converte: são os emails transacionais. Eles são tão importantes que podem fazer a diferença entre o cliente ficar satisfeito com uma compra ou tomar a decisão de nunca mais comprar de você.

Sendo assim, que tal entender o que são emails transacionais e como usá-los na sua estratégia de marketing? Neste artigo, vamos falar sobre:

Continue lendo e entenda de vez os emails transacionais!

O que é email transacional e para que serve?

Email transacional é o email enviado logo após um evento envolvendo o usuário ou o cliente e a empresa. Isso inclui inscrição em newsletter, cadastro em uma plataforma, compra de um produto, envio de um item solicitado, entre muitas outras possibilidades.

Vamos ver um exemplo? No print abaixo, você vê a confirmação de envio de um produto:

Email Amazon

No próximo exemplo, temos a confirmação de cancelamento de um serviço:

Email de cancelamento Amazon Music

Agora, um último exemplo para mostrar outro tipo de email transacional, que é aquele enviado quando a pessoa se inscreve em uma newsletter:

Newsletter

Com esses exemplos, fica fácil vermos algumas características dos emails transacionais. Em primeiro lugar, eles são enviados de maneira individual, já que estão relacionados com alguma ação envolvendo o destinatário. É claro que eles são automáticos, mas, de qualquer forma, são particulares.

Outra característica do email transacional é o fato de ele dar uma informação que o destinatário já espera. Por exemplo, se a pessoa se inscreve para receber uma newsletter, é natural que queira receber uma confirmação em sua caixa de entrada.

Quem faz uma compra gosta de ser informado em todas as etapas da transação — solicitação, pagamento, envio e até a saída para entrega. Se o cliente recebe todas essas informações no decorrer do processo de compra e recebimento, isso pode colaborar muito para sua satisfação.

Qual é a diferença entre email transacional e Email Marketing?

Enquanto um email transacional tem um conteúdo particular, o Email Marketing é de interesse geral. Tanto é que o envio deste é feito para listas de destinatários que provavelmente vão gostar da mensagem. Esse é o caso de ofertas que as lojas costumam enviar.

Mas o Email Marketing não é voltado apenas para vendas. Se você acabou de produzir um ebook para a sua estratégia de Marketing de Conteúdo, por exemplo, talvez queira enviá-lo para a sua base de leads. Esse envio será um Email Marketing.

Assim, vemos que o Email Marketing também pode ter o objetivo de nutrir os leads para que eles continuem percorrendo o funil de vendas. Por outro lado, os emails transacionais geralmente são enviados a leads que já converteram, de modo que a intenção não é converter, mas sim dar um posicionamento.

Quais são as vantagens do email transacional?

Agora já está claro para você o que são emails transacionais e para quem servem. Mas será que eles realmente são vantajosos? Implementá-los em um processo pode dar algum trabalho, de modo que vale a pena destacarmos seus benefícios.

É sobre isso que vamos falar agora.

Aumentar a confiança do cliente

Independentemente de você ter um e-commerce ou uma equipe trabalhando com inside sales, os emails transacionais podem aumentar a confiança que as pessoas têm na sua empresa.

Eles deixam evidente que você se preocupa com as necessidades do cliente e quer que ele tenha a melhor experiência possível.

Otimizar o engajamento

O engajamento é um dos grandes objetivos no Marketing Digital. Afinal, você pode executar diversas ações para atrair leads e convertê-los, mas, se eles não se interessarem por uma mensagem e não se engajarem com ela, sua estratégia simplesmente não dará resultados.

Quando sua empresa dá o primeiro passo de informar o cliente e interagir com ele, é mais provável que a pessoa se sinta inclinada a se envolver com o que você está falando.

Nesse sentido, os emails transacionais são uma oportunidade de colocar CTAs diante do usuário para que ele continue interagindo, até porque esse tipo de email tem de quatro a oito vezes mais chances de receber cliques.

Por isso, vale a pena convidar a pessoa a ler algum conteúdo no seu blog, a baixar um ebook, a responder a algumas perguntas em um quiz interativo e até a acessar uma página de ofertas.

Estimular vendas adicionais

Existe um custo para conseguir um novo cliente, o que é medido pelo CAC (custo de aquisição de clientes). Por isso, é ótimo quando conseguimos estimulá-lo a fazer compras adicionais.

Os emails transacionais podem ajudam você nessa questão. Isso ocorre justamente pela satisfação do cliente. Como essa comunicação detalhada o faz confiar mais na sua empresa, é natural que ele queira voltar mais vezes.

Melhorar o reconhecimento da marca

Quanto mais você consegue conversar com as pessoas, mais a sua marca tende a se afixar na mente delas. Por isso, aproveite o fato de que os destinatários estão mais propensos a abrir emails transacionais.

Veja que interessante: enquanto a taxa média de abertura de emails marketing está entre 20% a 25%, nos emails transacionais a proporção chega a 85%. Já que o usuário está mais disposto a abrir seu email, use isso para melhorar o reconhecimento da sua marca.

Como criar um email transacional?

Não restam dúvidas de que é importante usar esse tipo de email no relacionamento com o cliente, não é mesmo? Por isso, vamos ver algumas boas práticas para produzir bons emails transacionais.

1. Seja específico

É verdade que emails transacionais podem conter informações extras. Mas não se esqueça de que eles devem cumprir o que foi prometido no campo assunto. Eles precisam dar um posicionamento claro sobre o assunto que é do interesse do destinatário.

Por isso, seja específico e apresente as informações que o cliente ou lead está esperando. Assuntos extras devem receber menos destaque. Assim você evita que seu email transacional se torne promocional.

2. Inclua informações de contato

Um email transacional deve passar ao destinatário todas as informações de que ele precisa. Entretanto, ele pode, por algum motivo, querer entrar em contato para tirar mais alguma dúvida.

Por isso, é melhor incluir suas informações de contato na mensagem, visando à conveniência do cliente. Informe um email ou configure o email transacional para que, se a pessoa usar a opção responder, sua mensagem seja enviada para um endereço válido.

Caso você atenda por WhatsApp, aproveite para incluir seu número e até um ícone do aplicativo. Assim, o cliente entende rapidamente que pode usar o app para conversar com a empresa.

3. Pense nos dispositivos móveis

É essencial pensar na responsividade do seu email transacional. Alguns são bem simples, como é o caso dos que servem para confirmar inscrição em newsletter. Por outro lado, alguns são mais bem elaborados, como é o caso daqueles que trazem fotos de produtos comprados, tabelas e outros elementos.

Por isso, faça testes para ver se o email abre de maneira correta em qualquer dispositivo — celular, tablet e computador. A responsividade é tão importante que o algoritmo do Google considera esse fator ao rankear um site.

No caso dos emails transacionais, o Google não está avaliando você; quem está fazendo isso é o próprio cliente. Sendo assim, faça com que a experiência seja boa em qualquer dispositivo.

4. Personalize seu email

Mesmo que emails transacionais sejam enviados de maneira automatizada, isso não impede que eles tenham um toque pessoal. Por isso, trate o destinatário pelo nome. No caso de emails relacionados com compras, inclua o nome e a foto do produto.

5. Mantenha consistência na sua identidade visual

Sua marca já tem um conjunto de elementos que ajudam a identificá-la, como logo, cores, formas, fontes, linguagem e assim por diante. Faça com que seus emails transacionais sigam esse estilo para que eles sejam familiares para o cliente.

Como vimos, o email transacional é uma poderosa ferramenta para melhorar o relacionamento com o cliente. Já que conseguir leads e conduzi-los até a conversão requer um trabalho considerável e uma boa estratégia, nada melhor que cuidar bem dessas pessoas para que elas continuem comprando de você por muito tempo.

Um dos desafios em uma estratégia de marketing é fazer com que os leads interajam com os emails que recebem. Por isso, aproveite para se informar sobre o assunto e baixe nosso ebook gratuito com as melhores estratégias de engajamento para Email Marketing!

Powered by Rock Convert

100.000 pessoas não podem estar enganadas
Deixe seu email e receba conteúdos antes de todo mundo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *